Tecnologia

| Games

A Brasil Game Show (BGS) anunciou mais uma marca que deverá compor seu time de convidados para a 12ª edição do evento. A Microsoft levará um estande exclusivo do Xbox, com direito a uma área para o público experimentar de perto os games feitos para o console.

Porém, ela não é a única que vai brilhar durante a feira, que acontece entre 9 e 13 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP. Grandes nomes da indústria mundial de games, como Hidetaka, Miyazaki, diretor de Sekiro: Shadows Die Twice;  John Romero, criador de DOOM; Charles Martinet, dublador de Mario, Yoshinori Ono, produtor de Street Fighter e muitos outros estarão no local.

##RECOMENDA##

Entre as atividades que devem acontecer na BGS 2019, o público poderá participar de campeonatos de e-sports, jogar games nacionais, ambientes para cosplay, maratona de desenvolvimento de games, painéis e apresentações de convidados, exposição de videogames antigos, máquinas arcade, entre outros. Ao todo, o evento contará com mais de 400 estandes, que mostrarão os principais jogos do ano, novidades do mercado de PC Gaming, consoles e mobile, acessórios e periféricos.

Confira as marcas confirmadas até agora

AOC;

ASUS;

Banco do Brasil;

Corsair;

DXRacer;

Epic Games;

Falkol Esports

Fini, Gigabyte;

Logitech;

Lupo;

Joysticket;

Magic the Gattering;

Microcamp;

OEX Gaming;

Panini;

Piticas;

Pichau;

Razer;

Redragon;

Sunny Brinquedos;

TNT;

VIVO; 

Warrior;

YouTube;

Xbox.

A Gamescom começou na última segunda-feira (19), na Alemanha, e já teve anúncios suficientes para deixar muito gamer ansioso. O evento que, diferente da E3, é mais voltado para o público consumidor, reuniu diversas empresas como Sony, Nintendo, Google, Microsoft, entre outras para dar um gostinho do que vem por aí em seus respectivos consoles. 

Para te ajudar a acompanhar os principais destaques da feira, confira o resumo com 6 anúncios que mais empolgaram na Gamescom 2019. 

##RECOMENDA##

PUBG multiplataforma para Xbox One e PS4 em outubro

Jogadores de Playerunknown's Battlegrounds (PUBG) tanto de Xbox One quanto de PS4 vão poder interagir durante as missões a partir de outubro. O anúncio foi feito durante o painel da Microsoft. A empresa revelou que a temporada 4 do game permitirá que os jogadores do Xbox participem de partidas contra os jogadores do PlayStation. Um recurso de reprodução entre plataformas no Pubic Test Server (PTS, disponibilizado para download gratuito na Microsoft Store) ficará disponível no final de setembro, mas os servidores só começaram a rodar ao vivo em outubro. O PUBG Season 4 será lançado no Xbox One em 27 de agosto.

Nintendo Indie

Para quem gosta de jogos indie a Nintendo aproveitou seu painel e lançou uma lista dos games indies que ficarão disponíveis para Switch nos próximos meses. São quase 30 títulos chegando entre o final de 2019 e o primeiro semestre de 2020. Entre os games mais aguardados está a edição definitiva do belíssimo Ori and The Blind Forest, muito aclamado entre o público e a crítica. Confira a lista completa dos jogos anunciados aqui. 

Trailer e gameplay Death Stranding 

Outra apresentação bastante aguardada foi a que levou primeiro trailer de gameplay de Death Stranding. Hideo Kojima, criador do jogo, mostrou um pouco do que o público vai encontrar durante a narrativa, incluindo possibilidades de usar o personagem baseado em Norman Reedus para fazer ações simples como urinar no meio da missão. O trailer também mostrou que o jogador deverá acalmar o bebê carregado por Reedus, que se estressa em alguns momentos da viagem, usando o sensor de movimento do controle de PlayStation 4. O game ficará disponível para PS4, e, 14 de novembro. 

[@#video#@]

Google Stadia anunciando mais jogos

Para quem não tinha certeza se valeria a pena dar uma chance para o Google Stadia, streaming de jogos do Google, a empresa anunciou uma série de títulos de peso para seu catálogo. Jogos como Cyberpunk 2077, Watch Dogs, Kine, Orcs Must Die 3, Windjammers 2, Destroy All Humans!, Superhot, Attack on Titan 2: Final Battle e muitos outros. A plataforma deverá começar a funcionar dia 6 de novembro e os títulos anunciados estreiam entre o segundo semestre de 2019 e o primeiro semestre de 2020.

[@#video#@]

Sony adquire Insomniac Games

Através de um comunicado à imprensa a Sony anunciou que passou a ser dona da Insomniac Games. A empresa é a criadora de “Ratchet & Clank", "Marvel's Spider-Man", entre outros jogos de sucesso. Só com o título do Homem-Aranha, a companhia independente havia conseguido vender 13,2 milhões de unidades em todo o mundo e o número chamou a atenção da gigante.

[@#podcast#@]

Mais grandes jogos chegando ao Xbox Game Pass

Oito novos jogos foram anunciados para o Xbox Game Pass, incluindo três grandes títulos, que já podem ser acessados pelo público. Devil May Cry 5, Stellaris: Console Edition e Age of Empires: a Definitive Edition junta-se serviço da Microsoft para console e PC. A empresa também aproveitou para marcar a data de sua conferência, a X019, que acontecerá de 14 a 16 de novembro no Copper Box Arena em Londres, Reino Unido. Confira as datas e o nome dos games anunciados:

19 de agosto

Age of Empires: Edição Definitiva (Xbox Game Pass para PC, Xbox Game Pass Ultimate)

Devil May Cry 5 (Xbox Game Pass para Console, Xbox Game Pass Ultimate)

Stellaris (Xbox Game Pass para Console, Xbox Game Pass Ultimate, em breve para Xbox Game Pass para PC)

22 de agosto

Ape Out (Xbox Game Pass PC e Xbox Game Pass Ultimate)

Kingdom Come: Deliverance (Passe de Jogo Xbox para Console, Passe de Jogo Xbox para PC, Passe de Jogo Xbox Ultimate)

27 de agosto 

Bard's Tale IV (passagem de jogo Xbox para console, passagem de jogo Xbox para PC, Xbox Game Pass Ultimate)

30 de agosto

Projeto da Bruxa de Blair (Passe de Jogo Xbox para Console, Passe de Jogo Xbox para PC, Passe de Jogo Xbox Ultimate)

A Nintendo aproveitou a Gamescom, uma das feiras de jogos mais importantes da Europa, para anunciar quais jogos indie deverão entrar no Switch nos próximos meses. Entre os títulos que animaram o público do evento estão Superhot, Risk of Rain 2 e o belíssimo Ori and Blind Forest: edição definitiva - que chega ao console em 27 de setembro.

Disponível desde a última segunda-feira (19) Hotline Miami Collection é um dos títulos que foram anunciados no painel. São quase 30 títulos de desenvolvedoras independentes ingressando no catálogo da companhia. “Desde o lançamento do sistema em 2017, o Nintendo Switch tornou-se uma plataforma para desenvolvedores independentes", disse Kirk Scott, gerente de relações com editores e desenvolvedores da Nintendo of America. 

##RECOMENDA##

Scott diz que os usuários podem esperar elevar suas expectativas em relação aos games. “Com o line up diversificado apresentado hoje, os proprietários do Nintendo Switch já podem ficar ansiosos para expandir suas bibliotecas digitais com uma grande variedade de jogos indie de qualidade, para jogar em casa ou onde eles forem”, afirma. 

Confira a lista completa dos games anunciados:

Blasphemous (Team17) – 10 de setembro de 2019

Close to the Sun (Wired Productions) – 29 de outubro 2019

Cat Quest II (PQube Limited) – Outono de 2019

Spiritfarer (Thunder Lotus) – Primavera 2020

Trine 4: The Nightmare Prince (Modus Games) - 8 de outubro de 2019

Creature in the Well (Flight School Studio) – 6 de setembro de 2019

One Finger Death Punch 2 (Silver Dollar Games) – 2 de dezembro

Best Friend Forever (Alliance) – 14 de fevereiro de 2020

PHOGS! (Coatsink) – 2020

WHAT THE GOLF? (Triband) – Inverno de 2019

KINE (Chump Squad) – 2019

HYPERCHARGE: Unboxed (Digital Cyber Cherries) – Inverno de 2019

Northgard (Shiro Games) – 26 de setembro 2019

Sparklite (Merge Games) – Outono 2019

Munchkin: Quacked Quest (Asmodee Digital) – Outono de 2019

SUPERHOT - Já está disponível

Hotline Miami Collection - Já está disponível

Risk of Rain 2 - Verão de 2019

Ori and the Blind Forest: Definitive Edition - 27 de setembro de 2019

Torchlight II - 3 de setembro de 2019

Eastward - 2020

Freedom Finger - 27 de setembro de 2019

The Touryst - 14 de novembro de 2019

Skellboy - 3 de dezembro de 2019

Röki - Inverno de 2019

Youropa - 2019

Dungeon Defenders: Awakened  - 2019

Skater XL  - Fevereiro de 2020

Para quem estava se perguntando quais títulos seriam disponibilizados no novo serviço de streaming de jogos do Google, a empresa aproveitou o começo da semana para anunciar muitos nomes para gamer nenhum botar defeito. Em um painel chamado Stadia Connect, realizado nesta segunda-feira (19), o catálogo da companhia deu uma animada para quem ainda estava desconfiado se valeria a pena assinar o serviço.

A companhia aproveitou o primeiro dia da Gamescom 2019 - uma das mais importantes feiras de jogos da Europa - para divulgar títulos como Cyberpunk 2077, Watch Dogs, Kine, Orcs Must Die 3, Windjammers 2, Destroy All Humans!, Superhot, Attack on Titan 2: Final Battle e muitos outros. 

##RECOMENDA##

No começo do ano, 30 jogos já haviam sido divulgados, em uma apresentação da empresa na E3 2019. Os títulos apresentados hoje, devem ser conferidos entre o final do semestre e o início de 2020. Quem quiser assinar o serviço deve, além de adquirir o chromecast do Stadia, comprar os controles personalizados. A mensalidade ficará em US$ 10 (aproximadamente R$ 40) e a plataforma deverá começar a funcionar dia 6 de novembro.

Confira a lista completa de games

[@#video#@]

Cyberpunk 2077

Kine

Orcs Must Die 3

Windjammers 2

Destroy All Humans!

Superhot

Attack on Titan 2: Final Battle

Assassin's Creed Odyssey

Baldur's Gate 3

Borderlands 3

Darksiders Genesis

Destiny 2: The Collection

DOOM

DOOM Eternal

Farming Simulator 19

Get Packed

Ghost Recon Breakpoint

Gods & Monsters

GRID

GYLT

Just Dance 2020

Marvel's Avengers

Metro Exodus

Mortal Kombat 11

NBA 2K20

Rage 2

Rise of the Tomb Raider

Shadow of the Tomb Raider

The Crew 2

The Elder Scrolls Online

Thumper

Tom Clancy's The Division 2

Tomb Raider: Definitive Edition

Trials Rising

Watch Dogs Legion

Wolfenstein: Youngblood

Depois de Cuphead ser confirmado pela Netflix, chegou a vez do Cartoon Network anunciar sua nova série baseada em um game. Ninjin: Clash of Carrots é um game brasileiro que chamou a atenção do canal infantil e deve estrear na programação da TV à Cabo, no dia 4 de setembro. O anúncio foi feito na semana passada pelo canal e confirmado pela equipe que trabalhou na animação. 

Produzido pelo Birdo Studio junto com a desenvolvedora indie Pocket Trap, a primeira versão do jogo saiu para iOS e fez tanto sucesso que foi parar nas plataformas PC, PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch. A estética do game já lembrava um pouco as animações produzidas pela Cartoon o que deve ajudar ainda mais o público a se acostumar com a história.

##RECOMENDA##

Essa não é a primeira vez que o canal por assinatura resolve investir em um produto brasileiro para sua programação. A animação Oswaldo também foi feita pelo Birdo Studio, e já vai para sua 2ª temporada, além da premiada série Irmão do Jorel, criada por Juliano Enrico.

[@#video#@]

Uma competição de e-sports que acontece na parte interna do Shopping D, zona norte da capital paulista, promete agitar jogadores e fãs de um dos games de combate mais famosos de todos os tempos, o "Street Fighter". No próximo domingo (18), a One Academy, espaço exclusivo para atletas de esportes eletrônicos, recebe a Tiger Upper Cup, competição que vai reunir oito grandes jogadores do game no Brasil.

Além da entrada gratuita para acompanhar o torneio batizado em homenagem ao principal golpe de um dos personagens do jogo, o tailandês Sagat, os visitantes ainda poderão curtir o Free Play. Este ambiente foi reservado pela organização da competição para quem quiser se arriscar a jogar "Street Fighter".

##RECOMENDA##

Sucesso nas máquinas de fliperama dos anos 1990, o jogo consiste em duelos nos quais o jogador controla lutadores de diversas partes do planeta, cada qual com suas facetas e golpes especiais.

Serviço 

Tiger Upper Cup

Quando: 18 de agosto, às 15h

Onde: One Academy, no Piso 1 do Shopping D - Avenida Cruzeiro do Sul, 1.100, próximo das estações Armênia e Portuguesa-Tietê do Metrô

Entrada gratuita

Informações (11) 4506-6000

Quem gosta de games, cultura pop e tem saudade do 'Bom Dia & Cia' vai ficar feliz em participar de um evento que começa nesta sexta-feira (16). Até domingo (18), o shopping Patteo Olinda receberá, das 11h às 20h, o Festival do Videogame. Feito em parceria com a UNINASSAU e o evento celebra sua 10ª edição com diversas atividades.

Entre as atrações que estarão no local está o ex-apresentador do programa Bom Dia & Cia e vencedor do Dancing Brasil, Yudi Tamashiro. Ele irá comandar um concurso de cosplay, no sábado (17/08), a partir das 16h, além de tirar fotos e distribuir autógrafos e prêmios para os participantes.

##RECOMENDA##

A programação contará com o Guitar Gamers, show inédito com guitarristas tocando os clássicos enquanto rolam cenas de jogos igualmente queridos. Campeonato de Just Dance, palestras com designers e criadores de games, blogueiros e youtubers locais que falam sobre o tema, jogos de mesa, concurso de K-Pop, e muitas outras atividades serão desenvolvidas durante o festival

 Para os colecionadores e fãs um Mercado Geek, trará vários estandes, de diversos estados do Brasil, com produtos como quadrinhos, roupas, acessórios e outros objetos que remetem a cultura Nerd. A entrada é gratuita, mas a produção pede que o público leve um 1kg de alimento não perecível, material de higiene pessoal ou roupas novas ou usadas, que serão doadas para as vítimas das recentes chuvas que assolaram a Região Metropolitana do Recife.

Confira a programação completa

Sexta (16/08)

11h - Abertura do feirão geek com estantes de cultura pop, japonesa, espaço com artistas de quadrinhos e Just Dance;

14h - Cerimônia oficial de abertura, com campeonato de Street Fighter V;

15h - Show rock gamer com Cyder Cyan;

16h - Batalha de Rap;

17h - Just Dance Fit;

18h - Abertura K-Pop;

19h - Programa Multiverso Cultural Ao Vivo.

Sábado (17/08)

11h - Abertura com estandes, rádio japonesa, Arena Gamer com campeonatos e freeplay de videogame, exibição do filme “Akira: edição especial de 30 anos”;

12h - Mortal Body Combat;

13h - Street Fighter Champions (apresentação de artes marciais inspiradas no jogo);

14h - Animeokê Idol (concurso musical de karaokê)

15h - Show Elvis Presley;

16h - Yudi Tamashiro;

17h - Concurso de Cosplay;

18h - Downtown Pub Live Session com homenagem a André Matos (Angra).

 Domingo (18/08)

12h - Feirão Geek, salas temáticas, cosplays, cultura pop Brasil-Japão, exposições, entre outros;

13h - Animeokê Idol (concurso musical de karaokê)

14h - Desfile de Cosplay e campeonato de Dragon Ball FighterZ;

15h - Show Pop Gabbi;

16h - Concurso K-Pop e campeonato Naruto Ultimate Ninja Storm 4;

18h - Balada cosplay;

20h – Encerramento.

O governo federal publicou nesta quinta-feira (15) no Diário Oficial da União (DOU) o Decreto 9.971 que reduz o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente sobre consoles e máquinas de jogos de vídeo, os jogos eletrônicos. O presidente Jair Bolsonaro já tinha, na semana passada, antecipado que estava preparando um decreto para reduzir a carga tributária sobre jogos eletrônicos.

As alíquotas do IPI sobre consoles e máquinas de jogos de vídeo ficam reduzidas de 50% para 40%. O Decreto trata ainda da redução do IPI para partes e acessórios de consoles e das máquinas de jogos de vídeo cujas imagens são reproduzidas em televisão. Nesse caso, a alíquota passa de 40% para 32%.

##RECOMENDA##

Teve ainda o IPI reduzido de 20% para 16% as máquinas de jogos de vídeo com tela incorporada, portáteis ou não e suas partes. Quando anunciou a intenção de reduzir o imposto sobre o setor, Bolsonaro disse que a ideia era diminuir a carga tributária.

Na última terça-feira (6), a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal decidiu aprovar uma proposta que concede imunidade tributária para jogos e consoles produzidos no Brasil. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 51/2017, se baseia em uma decisão parecida, que aconteceu em 2013, e foi favorável à fonogramas e videofonogramas musicais (CDs e DVDs) de origem nacional, reunindo obras musicais ou literomusicais de artistas brasileiros.

Porém, apesar da proposta parecer favorável aos desenvolvedores nacionais o texto não explicita se essa isenção será feita desde o começo do desenvolvimento do jogo até a fase final ou se vai contar para games que não chegarem a mídias físicas, mas apenas digitais. Isso porque, no Brasil, ainda não há empresas que vendam seus próprios consoles e muitos produtores de jogos disponibilizam seus título apenas em versões digitais. 

##RECOMENDA##

Para Telmário Mota (Pros-RR), relator do projeto, a proposta não evidencia privilégio para um setor econômico, “mas sim o aproveitamento de oportunidade real para o desenvolvimento dos jogos eletrônicos, com o incremento do emprego, dos lucros e também da arrecadação”, já que a intenção é fomentar ainda mais o mercado de jogos nacional. 

Nesta quarta-feira (7), a Nintendo anunciou uma série de personagens para seus novos títulos da franquia Pokémon Sword e Shield. Entre as novidades apresentadas estão novas evoluções, personagens e até mesmo um novo monstrinho que muda de forma quando está com fome. Confira a lista completa dos anúncios:

Empregando seus monstrinhos

##RECOMENDA##

A primeira das novidades anunciadas para o game é a possibilidade de mandar seus monstrinhos para trabalhar. Chamados de Poké Jobs, esses "freelas" de Pokémon levam os personagens para ajudar em corporações e universidades através de um novo ajudante chamado "Rotomi", uma máquina de classificados. 

Em troca de enviar o seu monstrinho para trabalhar em uma terra distante o jogador poderá receber itens raros e o Pokémon ganha pontos de base ou experiência, dependendo do tempo de trabalho. 

Preocupe-se com os fãs

Com um visual misturado, que junta punks e emos em uma fusão cor de rosa, os novos vilões do jogo chegam para atrapalhar a jornada do herói. Chamados de Team Yell, o grupo de encrenqueiros só tem um objetivo: que a personagem Marnie se torne a campeã dos Gym Challenge. Para isso eles vão tanto batalhar, quanto e cantar seus gritos de torcida para levantar seu ídolo.

A regra é alimentar o coleguinha

Tem gente que vira um verdadeiro monstro quando está com fome e isso não seria diferente com Pokémon. O Morpeko parece um hamster adorável, do tipo elétrico e bochechas rosadas. Ou pelo menos até que sua energia seja consumida e ele fique com fome. 

Caso esse monstrinho não possa se alimentar na hora que o estômago ficar vazio, ele vai mudar não apenas a aparência como as habilidades. Roxo de fome (literalmente), o personagem fica mais agressivo w volátil, mudando do tipo elétrico para o tipo escuro.

Novos personagens

Além dos grupos de fãs do Team Yell, a Nintendo apresentou Marnie (treinadora do pokémon com problemas em ficar com fome), que pretende se tornar a campeã da região de Galar e Beda, um treinador que parece ter outros planos, além da vitória da competição.

Igual, mas diferente

Alguns Pokémon ganharam novos visuais dependendo da região em que são criados. A região de Galar tem suas próprias formas regionais conhecidas como formas galarianas, que abraçam o Weezing que, criado para representar a poluição do ar, ganha um design com cara de revolução industrial, com uma cartola-chaminé e um bigode tóxico. Além dele há também o Zigzagoon e o Linoone, que ganham novas formas e o novíssimo Obstagoon, evolução da versão galariana de Linoone.

Pokémon Sword e Shield chegam ao mercado em 15 de novembro de 2019, para Nintendo Switch, e já é possível comprar os títulos antecipadamente no site.

[@#video#@]

Legiões mecanizadas, vampiros que querem dominar o mundo e palavras cruzadas. Esses são os desafios que os gamers vão encontrar nas novidades que chegam aos principais consoles do mundo. Além disso, o RPG Pillars of Eternity, chega para trazer aos fãs de D&D raças mágicas, classes e enredos hospedados em um mundo expandido e com conteúdo de The White March: Parts I & II. Confira a lista:

Metal Wolf Chaos XD - 6 de agosto

##RECOMENDA##

Disponível para PS4, Xbox One, PC. O jogo conta a história de Michael Wilson, o 47º Presidente dos Estados Unidos, que tenta recuperar a nação, após um golpe liderada pelo vice-presidente Richard Hawk e as legiões mecanizadas que comanda. O jogador contra o personagem em um robô armado até os dentes, em paisagens americanas icônicas, incluindo a Ponte do Brooklyn, o Grand Canyon e os degraus da frente da Casa Branca. Lançado originalmente em dezembro de 2004, exclusivamente no Japão, o jogo se tornou uma espécie de lenda, já que era difícil de adquirir e ainda mais difícil de se jogar fora do país asiático. 

Pillars of Eternity - 8 de agosto

Disponível para Nintendo Switch e Xbox One. Criado pelos e para os fãs de RPG da Obsidian Entertainment, mestres do gênero, o game inclui todas as características de jogabilidade importante para os fãs.  É possível criar personagens com raças, classes e origens mágicas diferentes. Além de que o conteúdo adicional, lançado anteriormente a partir da versão para PC, está disponível.

The Forbidden Arts - 7 de agosto

Disponível para Nintendo Switch e Xbox One. Jogo de plataforma de aventura de ação com foco em descoberta e exploração, o game foi lançado originalmente em 2017. Agora, chega ao Switch trazendo Phoenix, herói que  busca o conselho de uma druida para entender suas visões, ela desperta a piromancia latente dentro dele. 

Damsel -  07 de agosto

Disponível para Xbox One e Nintendo Switch. A Agente Especial Damsel é a primeira e última linha de defesa contra o mundo decadente dos vampiros corporativos. Ao controlá-la o jogador deve resgatar reféns, desarmar bombas, hackear servidores e despachar os mortos-vivos com precisão. Ela deve livrar o mundo da Red Mist, uma poderosa corporação de vampiros que está adicionando um ingrediente novo (e ilegal) à sua popular bebida de vampiro. 

Wordsweeper by Powgi

Disponível para PS4, PS Vita, Nintendo Switch. Um jogo para quem gosta de palavras cruzadas. O game consiste, basicamente, em completar os quadrados com letras para formar palavras, em diversos níveis e com controle de tempo. 

Cuidados com a natureza, o que fazer com o lixo urbano, biodiversidade e sustentabilidade. Estes são alguns dos objetivos que 17 games pernambucanos, criados para estimular o aprendizado sobre o meio ambiente, tentam alcançar através do público infantil. Os jogos digitais fazem parte do acervo da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, e estão disponíveis na Play Store.

Os games trazem ambientações comuns aos pernambucanos - como o Marco Zero e o Jardim Botânico. Eles podem ser encontrados através do livro digital Mangue e Tal (que traz 10 dos jogos desenvolvidos), nos tablets da rede municipal de ensino (com 14 jogos) ou através do link para download em celulares com sistema Android. 

##RECOMENDA##

Também é possível encontrá-los no ambiente digital do Econúcleo Jaqueira, a sala ECOInteratividade, em que os jogos são apresentados em diferentes plataformas como Touchscreen (PC Tela Touch e Android) e Realidade Virtual (PC Oculus Rift).

Confira a lista completa dos games:

Aventuras do Bem (Sustentabilidade, verde urbano, resíduos sólidos,

recursos hídricos e biodiversidade);

CAPIBARIBE - O Guardião da Biodiversidade (Biodiversidade);

Ecoaventura (Sustentabilidade, verde urbano, resíduos sólidos, recursos hídricos e biodiversidade);

Ecombinando (Resíduos Sólidos);

Jô - Por um Recife Mais VERDE (Verde Urbano);

Mangue e Tal - O Mistério da Fábrica Sinistra (Mudanças Climáticas);

Mangue e Tal - PlayGround City (Resíduos Sólidos);

Mangue e Tal - Marco Zero (Sustentabilidade, verde urbano, resíduos sólidos, recursos hídricos e biodiversidade);

Mangue e Tal Contra a Invasão das Máquinas (Resíduos Sólidos);

Mangue e Tal PlayBook (Livro gamificado que centraliza os jogos mobile);

Mangue e Tal Poket (Mudanças Climáticas)

Mangue e Tal vs Dr. Lixo (Resíduos Sólidos)

Meu Recife Melhor (Sustentabilidade, verde urbano, resíduos sólidos, recursos hídricos e biodiversidade);

Preservando Recife (Sustentabilidade, verde urbano, resíduos sólidos,

recursos hídricos e biodiversidade);

Recife Limpeza (Resíduos Sólidos);

Reciclo (Resíduos Sólidos);

Rio Limpo (Resíduos Sólidos) 

O mercado de games no Brasil deve crescer em torno de 5,3% até 2022, conforme resultado apresentado pela 19ª Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia, da PricewaterhouseCoopers (PwC). No ano passado, o faturamento do setor no país atingiu US$ 1,5 bilhão, mantendo a posição de líder latino-americano e 13º na classificação global.

Apenas com jogos de celulares, segundo a PwC, o faturamento subirá de US$ 324 milhões, em 2017 para US$ 878 milhões em 2022. O faturamento estimado do mercado nacional de jogos digitais chegará a US$ 1,756 bilhão.

##RECOMENDA##

O levantamento analisou 15 segmentos do setor em 53 países e indicou que a receita global deve chegar a US$ 2,4 trilhões em 2022 contra US$ 1,9 trilhão registrado em 2017. De acordo com a PwC, os segmentos de publicidade digital e games são os que mais crescerão até 2022 – a expansão média anual prevista é de 12% e 15%, respectivamente.

Censo

Segundo o relatório de pesquisa do 2º Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais, financiada por meio de acordo de cooperação técnica firmado entre o Ministério da Cultura, a Agência Brasileira de Cooperação e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), foram identificadas, no Brasil, no início do ano passado, 375 desenvolvedoras de jogos digitais – uma expansão de 182% em relação ao primeiro censo, elaborado em 2014.

Desse total, 276 eram empresas formalizadas, o que mostra um crescimento de 107% no mesmo período, além de 99 informalizadas. O levantamento foi divulgado em 2018.

O relatório confirma Rio e São Paulo como centros desenvolvedores de games (42,4% do total), com o Sudeste detendo a maior quantidade de empresas de jogos digitais (52,9%).

O estudo evidencia ainda que, em relação ao primeiro censo, aumentou de 23,3% em 2014 para 27,9% em 2018 o número de empresas estabelecidas fora das capitais. No estado de São Paulo, o crescimento do número de desenvolvedoras formalizadas foi de 82% entre 2014 e 2018; no Rio de janeiro, de 160%; e, em Minas Gerais, de 316,7%, na mesma comparação.

Panorama

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Desenvolvedoras de Jogos Digitais (Abragames), o Brasil está atrás de líderes de mercado como Estados Unidos, Japão, Canadá, França e Reino Unido. “Ainda assim, estamos entre as indústrias emergentes com maior potencial”, disse a entidade à Agência Brasil.

Apesar dos baixos resultados da economia nacional no momento, a indústria de jogos eletrônicos vive um boom histórico. Dados da Pesquisa de Inovação Tecnológica (Pintec), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que o número de desenvolvedoras de programas de computador no país cresceu, em média, 9,07% ao ano entre 2007 e 2014.

O crescimento do número de empresas brasileiras desenvolvedoras de jogos digitais nos últimos quatro anos foi cerca de 4,5 vezes a média de crescimento das desenvolvedoras de software, por exemplo.

Outro indicador desse crescimento é o número de jogos desenvolvidos no biênio 2016/2017. Segundo a Abragames, foram 754 produções em 2016 contra 946 em 2017 – um crescimento de 28%. Se considerados apenas os jogos de entretenimento (excluindo jogos sérios e educativos), o crescimento é de 50% de um ano para o outro.

Escola de games

Na esteira do sucesso do setor, o Brasil ganhou a primeira escola estúdio de jogos digitais da América Latina. A unidade funciona na Tijuca, zona norte da capital fluminense. Além de ensinar sobre o desenvolvimento de games, a escola tem um estúdio profissional, onde os alunos criam projetos profissionalmente para o mercado, tanto na área de games, de modelagem 3D, como na área de projetos.

O coordenador do departamento de Games da rede Zion, Rogério Félix, explica que, com isso, os alunos já conseguem ter retorno financeiro em cima da área que estão estudando. “Conseguem monetizar o que estudam”. Segundo Félix, a escola estúdio tem uma “veia de empreendedorismo”. “Ela trabalha como se fosse uma startup [empresa nascente]. Eles aprendem e, ao mesmo tempo, também têm como empreender, porque aprendem no dia a dia do estúdio”.

Até o momento, são 600 alunos matriculados, mas a capacidade é para 2 mil. Os estudantes são divididos em turmas de 30 pessoas e as aulas acontecem diariamente, das 8h às 22h. Rogério Félix esclareceu que os cursos acontecem duas vezes por semana. Nessa unidade pioneira, os alunos aprendem desde a criação de um jogo de tabuleiro até a execução de jogos para novas tecnologias, como realidade virtual e realidade aumentada.

Durante a Game XP, que aconteceu no Rio de Janeiro, entre os dias 25 e  28 de julho, a Konami disponibilizou um super telão para os visitantes experimentarem um pouquinho do que virá no Pro Evolution Soccer 2020. Porém, além de dar um gostinho aos fãs de PES, a empresa japonesa revelou que a nova versão do game trará 22 times presentes no Campeonato Brasileiro.

O processo de intermediação entre a Konami e os clubes ficou a cargo da License Solutions, que conseguiu o licenciamento exclusivo para o game de 18 equipes da Série B e 4 da Série A: Avaí, Goiás, CSA e Bahia. A contratação é um grande passo para que, em lançamentos futuros, seja possível aos jogadores brasileiros irem a campo com seus times do coração.

##RECOMENDA##

O PES 2020 ficará disponível para as plataformas PS4, Xbox One e PC. O game  deverá ser lançado oficialmente em 10 setembro, mas a versão demo do jogo já está disponível para quem quiser experimentar. 

Tyler "Ninja" Blevins, o superastro do jogo online Fornite, anunciou que está trocando a plataforma de jogadores Twitch, propriedade da Amazon, pela rival Mixer, filial da Microsoft.

"Serei um streamer na Mixer em tempo integral a partir de agora", afirmou o jovem americano em um vídeo no Twitter, ao simular uma entrevista coletiva na qual respondia perguntas que ele mesmo fazia com diferentes disfarces. "Sinto que vou retornar às raízes do streaming", disse.

##RECOMENDA##

A contratação é uma vitória para a Microsoft, que tenta aumentar sua comunidade de jogadores no Mixer e espera aproveitar o poder de influência de "Ninja", que tem milhões de seguidores.

Mais de 5,4 milhões de pessoas já assistiram a sua falsa entrevista coletiva. Tyler Blevins revelou no ano passado ao canal ESPN que suas atividades como jogador rendiam um faturamento mensal de sete dígitos.

Outra estrela do Fortnite, o americano Kyle Giersdork, de apenas 16 anos e conhecido como "Bugha", se tornou no domingo em Nova York o primeiro campeão mundial na categoria solo do jogo, o que rendeu um prêmio de três milhões de dólares.

Fortnite sacudiu o mercado dos jogos eletrônicos desde seu lançamento em 2017. A Microsoft anunciou que está trabalhando em um console de nova geração, mas agora considera os jogos online a parte central de sua estratégia.

Depois de passar pelo Nintendo 3DS e o Wii u, é a vez do LEGO Jurassic World chegar ao Nintendo Switch. O game, que traz o visual do filme de 2015 em formato de lego, está marcado para disponibilização no console em 17 de setembro. Desenvolvido pela TT Games e publicado pela Warner Bros. Interactive Entertainment, o jogo cobre mais de duas décadas da épica franquia Jurassic World.

Seguindo o enredo do game é possível reviver cenas inesquecíveis de Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros, Jurassic Park: O Mundo Perdido, Jurassic Park III, além do título que dá nome ao jogo. Os jogadores podem controlar personagens icônicos, como o Dr. Ian Malcolm, o Dr. Henry Wu, Claire Dearing, Owen Grady, entre outros.

##RECOMENDA##

São 20 fases do modo história, cujo desafio é coletar o precioso âmbar contendo o DNA de dinossauros. É possível criar dinossauros completamente originais com o "Dino Customizer", misturando e combinando cores, partes do corpo, habilidades e jogando como os próprios bichos.

Todos os DLCs lançados nos títulos anteriores estão disponíveis no game, incluindo novos personagens como Dino Handler, Eric Kirby e Paul Kirby, e o Veículo de Controle Animal. Resta saber por quanto o título vai sair, já que a Nintendo ainda não liberou o valor do jogo.

Em linha reta, 9.816 quilômetros separam São Bernardo do Campo, no ABC paulista, de Amsterdã, na Holanda. A distância foi rapidamente percorrida por uma oferta que transformou sonho em realidade. Victor "Tore" Santos fechou acordo para representar o Ajax em janeiro deste ano, se tornou jogador profissional de Fifa, principal simulador de futebol, e, ao lado de outros quatro brasileiros, vai brigar pelo prêmio de US$ 250 mil (cerca de R$ 943 mil) destinado ao campeão da eWorldCup 2019, que começa nesta sexta-feira e vai até domingo, em Londres, na Inglaterra.

A oferta holandesa surgiu após o brasileiro de 18 anos se destacar no FUT Champions Cup, um dos torneios da temporada do game da EA Sports, em Bucareste, quando foi vice-campeão na plataforma Playstation, pela equipe SPQR. "No começo, achei que era uma loucura, me destaquei em apenas um torneio", comentou "Tore".

##RECOMENDA##

Foi o impulso para entrar no eSports. Atualmente, "Tore" se dedica exclusivamente ao Fifa, após concluir o ensino médio. O acordo com o Ajax é intermediado por uma agência chamada Bundled, que é especializada em pro players e faz o repasse do salário. "Consigo ajudar a minha mãe em casa, que é uma das coisas que mais tenho orgulho", disse. Silvia acompanha o filho nos torneios.

Ainda não há uma legislação sobre o eSports no Brasil. Atualmente, existem dois projetos de lei em análise na Câmara (3.450/2015, do deputado federal JHC, do PSB-AL, e 7.747/2017, da deputada federal Mariana Carvalho, do PSDB-RO), com alterações na Lei Pelé, e um no Senado (383/2017, do senador Roberto Rocha, do PSDB-MA), que é mais amplo. A discussão promete se arrastar.

Outro representante do Brasil na eWorldCup, Ebinho, de 21 anos, que atua no Xbox, vive situação similar a de "Tore". Agenciado pela Bundled, o paulista de Jundiaí assinou contrato com o Wolverhampton, da Inglaterra, neste ano. A equipe inglesa contratou também Flávio "Fifilza", que mora em Guarulhos e vai ao Mundial no Playstation. "Ainda dependemos das premiações, mas é um salário bom", afirma Ebinho, que trancou o curso de jornalismo para se dedicar ao Fifa neste ano.

Melhor brasileiro do ranking do Xbox, em oitavo, Pedro Resende, de Anápolis-GO, tem acordo assinado com o M10 Team, equipe formada pelo meia Özil, jogador do Arsenal. Ele recebe no Brasil como autônomo. O mesmo ocorre com Henrique "Zezinho" Lempke, do Team Gullit, do ex-jogador holandês Ruud Gullit, para atuar no Playstation. "Pago impostos como autônomo", explica o gaúcho de 19 anos.

Apesar de não ser oficialmente uma profissão no Brasil, os pro players têm uma rotina de muita dedicação. O dia não se resume em passar diversas horas diante da televisão com o controle na mão, especialmente nos finais de semana. Eles cuidam da alimentação, do aspecto físico e mental. "Todo mundo pensa que é só ficar sentado, jogando", comentou Resende, que tem ajuda até de um coach para melhorar o rendimento e analisar os adversários.

Os outros jogadores, como "Tore", tem um técnico que atua nas competições. Antes dos playoffs, torneio que aconteceu em Londres e antecedeu o Mundial em Londres, o jogador do Ajax realizou até uma pré-temporada, utilizando inclusive o CT do clube holandês.

Em Londres, os principais adversários dos brasileiros serão o inglês Donovan "F2TekKz" Hunt e o saudita Mossad "MsDossary" Aldossary, atual campeão do Fifa, no Xbox. No Playstation, o favorito é o argentino Nicolas, do Basel, da Suíça. Os 32 jogadores, 16 em cada plataforma, se enfrentam em uma fase de grupos e os melhores vão às oitavas. O campeão sairá do confronto entre os vencedores das duas plataformas.

"Estou bem tranquilo, meu objetivo foi alcançado nesta temporada. Vou jogar como se tivesse em casa", afirma "Tore". "Fifilza" está confiante. "Tenho condições de ser campeão. Ninguém me assusta."

PREMIAÇÃO - Apesar de competirem em um torneio que oferece quase R$ 1 milhão ao campeão, os pro players que enfrentaram uma temporada exaustiva e conseguiram ficar entre os 32 melhores do mundo, em cada plataforma, recebem apenas US$ 750 (R$ 2,8 mil) pela participação na eWorldCup 2019. Ao todo, o Mundial vai distribuir US$ 500 mil (R$ 1,88 milhão). O vice fatura U$ 100 mil (R$ 377 mil), o terceiro e quatro, US$ 25 mil (R$ 94,4 mil), quem fica de quinto ao oitavo lugar, recebe US$ 12 mil (R$ 45,3 mil), e de nono até 16º, US$ 5 mil (R$ 18,8 mil).

"A distribuição teria de ser feita de outra maneira. A classificação para o Mundial, que é muito difícil, vale apenas 750 dólares, mas, se você passar da fase de grupos, já ganha 5 mil dólares. Mas não dá para reclamar muito porque eles pagam todos os custos da viagem", afirmou Ebinho. "É um prêmio bom apenas para quem chega longe. Ganhar 750 dólares por classificar para o Mundial, que não é fácil, acaba sendo pouco", comenta "Fifilza".

Quem é fã da franquia Harry Potter sabe o quanto o universo de J.K. Rowling consegue emocionar e empolgar quem tem acesso a ele. Seja na telona, nos livros ou no parque temático, a verdade é que, a história do bruxinho órfão - escrita há mais de 20 anos - ainda consegue soar atemporal. Assim como a indústria do cinema, que lançou produtos baseados nos livros, os games também beberam um pouco da fórmula mágica criada pela autora inglesa. Nesta quarta-feira (31), aniversário do personagem principal, preparamos uma lista com os games do universo Harry Potter que mais marcaram os fãs. Confira!

Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001)

##RECOMENDA##

Primeiro jogo da franquia do bruxinho foi desenvolvido para PC, Mac, Game Boy Color, Game Boy Advance, Playstation, Playstation 2, Gamecube e Xbox. Na época, ele foi totalmente traduzido para o Português, fazendo a alegria de muitos fãs, principalmente por ter uma jogabilidade mais fácil, voltada para o público de crianças e adolescentes.

Harry Potter: Quidditch World Cup (2003)

Também lançado pela EA Games, o game traz a Copa Mundial de Quadribol. Ele foi disponibilizado nas plataformas PC, Nintendo GameCube, PlayStation 2, Game Boy Advance, Nintendo DS e suportava até dois jogadores. Ao todo, nove times disputam o campeonato, com personagens diferentes dos conhecidos pelo público.

Harry Potter e o prisioneiro de Askaban (2004)

Um dos games mais populares da franquia Harry Potter, do começo dos anos 2000, foi lançado para PC, PlayStation 2, Nintendo GameCube, Xbox, Game Boy Advance. Sua popularidade se dá, principalmente, por ser um jogo multiplataforma e por utilizar os três personagens do trio principal. É possível completar tarefas e missões com Harry, Rony e Hermione, usando feitiços e atributos exclusivos de cada personagem.

Lego Harry Potter: Years 1-4 (2010)

O primeiro jogo da franquia desenvolvido pela Traveller's Tales e publicado pela Warner Bros. Ele chegou para as plataformas Wii, Nintendo DS, Playstation 3, Xbox 360, PSP, Windows, Mac OS X, iOS e Android. No game os personagens são baseados na linha de brinquedos LEGO e na série de filmes e livros Harry Potter. Seu enredo trata dos quatro primeiros livros da série: Harry Potter e a Pedra Filosofal, Harry Potter e a Câmara Secreta, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban e Harry Potter e o Cálice de Fogo, sendo cada um contando um ano na vida de Harry Potter.

Harry Potter LEGO - Anos 5-7 (2011)

Lançado pouco tempo depois para Microsoft Windows, Nintendo Wii, Xbox 360, Playstation 3, PSP, Nintendo DS, Nintendo 3DS, iOS e Android, Harry Potter: Years 5-7 é a continuação da história do bruxinho usando LEGO.  Apesar de se tratar da continuação dos livros vários momentos presentes na saga não são apresentados, em que a franquia usa do humor - marca registrada dos títulos da LEGO - para completar a história.

Harry Potter: Hogwarts Mystery (2018)

Aqui o sentimento é marcado de outro jeito. Harry Potter: Hogwarts Mystery é um jogo de RPG mobile para Android e iOS, que deveria marcar a volta da franquia para o mundo dos games. Porém, não conseguiu se firmar no coração dos fãs. Uma das principais críticas foram os incentivos frequentes de pagamento com dinheiro real por energia e outros itens. Acabou caindo no esquecimento por parte dos usuários.

Harry Potter: Wizards Unite (2019)

O mais novo game da franquia para mobile teve uma recepção muito melhor do que seu antecessor. Harry Potter: Wizards Unite chama atenção por uma jogabilidade parecida com a de Pokémon GO, já que a desenvolvedora é a mesma, mas que consegue ter seu próprio desenrolar. Apesar do excesso de diálogos e informações atrapalharem que precisa andar para conseguir encontrar as coisas do jogo, o game até teve uma boa recepção entre os fãs, mas ainda precisa melhorar.

Eles têm 16 anos e já são milionários. O norueguês Emil Bergquist Pedersen, apelidado Nyhrox, e seu companheiro austríaco Thomas Arnould, conhecido como Aqua, foram a primeira dupla campeã do mundo do videogame Fornite - uma vitória que lhes rendeu US$ 3 milhões.

Os dois adolescentes venceram duas de seis partidas da primeira final do Mundial em dupla, que aconteceu em Nova York, e terminaram com o maior número de pontos.

##RECOMENDA##

"Não sei o que dizer. É uma loucura", disseram os ganhadores.

Em uma partida de Fornite, o jogador dirige uma personagem em uma ilha, onde enfrenta os demais. O vencedor é o último sobrevivente. À medida que a partida avança, o perímetro de jogo vai reduzindo para acelerar o desfecho.

Cada jogador pode encontrar armas e material de construção na ilha, que lhe permite levantar estruturas para se proteger dos ataques de outros competidores.

Com um total de 51 pontos, Nyrhox e Aqua derrotaram outra dupla europeia, formada pelo holandês "Rojo" e o britânico "Wolfiez", que também ficaram milionários neste sábado.

David Jong, o chamado "Rojo", de 21 anos, e Jaden Ashman, conhecido como "Wolfiez", de 15, receberam US$ 1,125 milhão cada.

A editora do jogo Fortnite, Epic Games, distribuirá US$ 30 milhões em prêmios durante p fim de semana. Ao longo de toda a temporada de competição, os prêmios somam US$ 100 milhões.

O jogo se tornou um fenômeno desde seu lançamento em julho de 2017, reunindo mais de 250 milhões de jogadores, segundo a Epic Games.

Entre os dias 27 e 28 de julho, acontece a segunda edição do Arena Games, evento que traz elementos da cultura nerd e geek para o público pernambucano. Entre as atividades que devem acontecer no local estão maratona de jogos, desfile de cosplays, shows com grupos cover de K-Pop e apresentação de doramas (histórias de drama coreano), além de um espaço infantil exclusivo para jogar Minecraft.

A programação contará com torneios de jogos clássicos como Mario Kart, FIFA, Street Fighter, Super Smash Bros Ultimate, Dragon Ball Z e Jump Force. Jogos Arcade também terão espaço no evento. Gamers conhecidos como, Milena “MenyeB” Bragati, de São Paulo, Gustavo “Kerberos” Pacheco, do Rio de Janeiro e Kamila "KamiFerreira", Thiago "TheoCL" Santana e Maria "VBLuuiza" Vieira, vão marcar presença no local.

##RECOMENDA##

Para os otakus e amantes da cultura oriental desfiles de cosplays, shows de grupos cover de K-Pop e apresentação de doramas serão exibidos no Auditório. Uma área para fãs de Just Dance também estará disponível. Tudo gratuitamente.

Espaço para as crianças

Quem quiser levar os pequenos para aproveitar as atrações, o evento contará com a Bekalândia e o Espaço Minecraft. O primeiro contará com shows de personagens da Disney e o último servirá para desenvolver o raciocínio lógico com sessões do game pedagógico por 30 minutos. O evento contará ainda com uma feira geek, onde o público poderá adquirir produtos personalizados dos seus heróis e personagens favoritos.

Ano passado, o evento levou mais de 22 mil pessoas para curtir as atrações e, dessa vez, a expectativa dos organizadores é superar esse público. A Arena Games acontece das 10h às 20h (sábado) e das 9h às 17h (domingo). O ingresso é gratuito, com exceção da sessão do Espaço Minecraft, em que é cobrado R$ 15. Por conta das chuvas que acometem grande parte do estado de Pernambuco, o local também servirá de ponto de coleta para doações. Poderão ser levados agasalhos ou alimentos não perecíveis.

Para auxiliar na chegada e saída dos visitantes, será implementada a linha Circular/Arena durante o fim de semana. No sábado, o coletivo especial funcionará das 8h às 20h e no domingo, das 8h às 18h. Ele sairá a partir da Estação Cosme e Damião, ao custo de R$ 3,45 (ida e volta). Durante o Arena Games, serão usados os estacionamentos amarelo e laranja, no valor de R$ 5. 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando