Tecnologia

| Gadgets

Desde que os Estados Unidos começou a impor restrições para os produtos vindos da China, diversas empresas oriundas do país asiático seguem correndo para buscar soluções para que seus produtos não dependam de componentes norte-americanos. No início de agosto a Huawei lançou o HarmonyOS, um novo sistema operacional que deverá operar em seus novos aparelhos e concebido para competir com o Android e iOS. 

Nesta quarta-feira (21), a empresa chinesa divulgou mais informações sobre o novo sistema que, de acordo Richard Yu, CEO da Huawei Consumer Business Group, é completamente diferente de seus rivais. "Estamos entrando em um momento em que as pessoas esperam uma experiência inteligente em todos os dispositivos e cenários. Para dar suporte a isso, achamos importante ter um sistema operacional com recursos aprimorados e uma plataforma conectada. Precisávamos de um sistema operacional compatível com todos cenários, que possa ser usado em uma ampla variedade de dispositivos e plataformas, e que possa atender à demanda do consumidor por baixa latência e alta segurança", disse.

##RECOMENDA##

A empresa afirma que o HarmonyOS chegará ao mercado como um sistema operacional compacto e leve, porém, com uma funcionalidade poderosa. Apesar da empolgação o sistema será usado primeiramente em dispositivos inteligentes como smartwatches, telas inteligentes, sistemas integrados nos veículos e alto-falantes, de forma integrativa.  

Entre os destaques técnicos divulgados pela Huawei estão uma plataforma de comunicação compartilhada, gerenciamento de dados, agendamento de tarefas e periféricos virtuais, que facilitaria a vida de desenvolvedores de aplicativos. De acordo com a companhia os aplicativos criados no HarmonyOS poderão ser executados em diferentes dispositivos.

Além disso, desafios um Mecanismo de Latência Determinística e Comunicação Entre Processos (IPC, sigla em inglês) de alto desempenho também estará presente.  Ele define prioridades de execução de tarefas e limites de tempo para agendamento antecipado. O que ajudará os dispositivos a trabalharem mais rapidamente nas ações selecionadas como prioridades. 

A companhia também garante que o sistema operacional será mais seguro que os demais, por conta de um microkernel projetado para simplificar as funções do kernel, adicionando proteção de segurança mútua. O HarmonyOS seria o primeiro sistema operacional a usar a verificação formal no TEE (Ambiente de Execução Confiável) do dispositivo, diminuindo a possibilidade de ataques.

Por fim, haverá um suporte de um IDE para vários dispositivos, uma compilação unificada em vários idiomas e um kit de arquitetura distribuída, para que sistema operacional se adapte automáticamente a diferentes controles e interações de layout de tela. 

Para os desenvolvedores

Na Huawei Developer Conference, deste ano, a empresa também anunciou como será a evolução do HarmonyOS e seu kernel. Ele estará presente em alguns produtos que devem ser lançados ainda este ano e nos próximos três anos, será otimizado para, gradualmente, ser adotado em dispositivos inteligentes, incluindo wearables (vestíveis), o HUAWEI Vision e sistemas de áudio para o seu carro.

A empresa também estabelecerá uma base de código aberto e uma comunidade de código aberto para colaborar com desenvolvedores. Uma das intenções que a empresa demonstrou foi fornecer um ambiente ideal para equipamentos que usem 5G,  IA e IoT (a Internet das Coisas). "Queremos convidar os desenvolvedores de todo o mundo a se juntarem a nós enquanto formulamos esse novo ecossistema. Juntos, iremos oferecer uma experiência inteligente para os consumidores em todos os cenários.", disse Richard Yu, no comunicado.

A JBL anunciou na última sexta-feira (16), o lançamento de seus novos fones de ouvido voltados para quem pratica esportes. O Endurance RUN BT promete não machucar a orelha de quem o usa e não cair durante as práticas dsa atividades esportivas.

Para isso, o acessório conta com ajuste do fio, ponteiras magnéticas que facilitam o manuseio do cabo quando não estão em uso e classificação IPX5 contra respingos d’água. Além disso, tem duração de uso contínuo por até 6 horas, alto falantes de 8 mm, Bluetooth e chega disponível nas cores preta com amarelo ou vermelha.

##RECOMENDA##

Também é possível atender chamadas telefônicas viva-voz e pressionar o botão no cabo para ativar o Google Now ou a Siri, ajudante da Apple. O preço sugerido pelo gadget é de R$ 229 e ele pode ser encontrado no site da marca.

LeiaJá também

--> JBL lança caixa de som voltada para público infantil

--> Mini Impressora revela fotos vindas do smartphone

--> Xiaomi traz Mi 9T para o Brasil

A loja da Xiaomi no Brasil está, cada vez mais, trazendo produtos cobiçados para as terras brasileiras. A novidade da vez é o Mi 9T, um dos aparelhos top de linha da marca, que ficou mais conhecido pelo público por conta de sua câmera “pop-up”, de 20MP, que pode ser escondida dentro do celular, aparecendo apenas quando o usuário quiser tirar uma selfie. O desejado smartphone começa a ser vendido a partir deste sábado (10), na loja física da marca chinesa, localizada no Shopping Ibirapuera, em São Paulo.

Especificações

##RECOMENDA##

Para quem está interessado no aparelho, o smartphone vem com processador Qualcomm Snapdragon TM 730, tela AMOLED de 6,39 polegadas, Android 9.0 pie, 6 GB de RAM e memória de 64 GB, sem possibilidade de expansão. São três câmeras traseiras, além da frontal, divididas em câmera principal de 48MP, com um sensor IMX 582 da Sony, uma lente ultra grande angular de 13MP e uma telefoto de 8MP. Há também um sensor da câmera que suporta a fusão de quatro fotos para melhorar a exibição de fotos tiradas em ambientes de pouca luz.

Games, games, games

Uma das propostas da Xiaomi para o celular é oferecer uma experiência de jogo de nível elevado, por isso, a empresa inseriu no smartphone um aplicativo nativo chamado GameTurbo 2.0, que otimiza o processador para cada jogo específico rodado no aparelho. Dessa forma, a experiência de quem prefere passar o tempo com novos títulos mobile, ganha outra dimensão. 

O Mi 9T, deve chegar ao mercado custando R$ 3.397, nas cores Carbon Black, Glacier Blue e Flame Red. Por enquanto, a venda do aparelho só será feita via loja física, mas a empresa garante que o smartphone chegará aos pontos de e-commerce, em breve. 

Ficha técnica

Preço

R$ 3.397,00

Sistema operacional (OS)

Android 9.0 MIUI 10 Pie

Chipset

Qualcomm SnapdragonTM 730

 Câmeras

48 MP + 13 MP + 8 MP e frontal de 20 MP

Tela

Display de 6.39 polegadas - AMOLED

Memória Externa

Não

Memória Interna

64 GB

Dimensões (AxLxP)

156.7 x 74.3 x 8.8 mm

Peso

191 g

Cores

Carbon Black, Glacier Blue e Flame Red

Bateria

4.000 mAh.

A Samsung anunciou na última quarta-feira (7) seus novos smartphones Galaxy Note 10 e o Galaxy Note 10 plus. A nova versão do"phablet" - como é chamado lá fora por conta do seu tamanho próximo aos tablets - já vinha sendo esperada desde que a empresa lançou o vídeo do convite para o Galaxy Unpacked, que aconteceu em Nova York. A novidade é que a companhia lançou não uma, mas duas versões do aparelho e com melhorias significativas de funcionamento.

Tamanho e configurações

##RECOMENDA##

Apesar da expectativa com algo gigante, o Note 10 chega com um tamanho próximo ao do Galaxy S10, com uma tela de 6,3 polegadas, de AMOLED dinâmico com mapeamento de tom. Entre suas especificações estão 8GB de RAM e 256GB de armazenamento, sem possibilidade de expansão e processador Snapdragon 855.

Para a versão plus, um pouco mais de variedade. O aparelho chega com uma tela de 6,8 polegadas, 12 GB de RAM, mas em duas versões de armazenamento 256 GB ou 512 GB UFS 3.0, com expansão microSD. O resto é igual ao seu irmão menor, com processador Snapdragon 855, tela de AMOLED e sensor de impressão digital na tela. 

Câmera e design

Ambos os Note 10 apresentados pela Samsung possuem quatro câmeras iguais, mas o plus vem com uma extra. O que é comum aos dois é a câmera grande angular que vem com 16 megapixels, f / 2.2, a principal com 12 megapixels, abertura dupla f / 1.5 e f / 2.4, OIS, a telefoto de 12 megapixels, f / 2.1, 45 graus e a selfie com 10 megapixels e f / 2.2. Para o Note 10+ há também uma câmara de profundidade de campo VGA, mas nada muito inovador.

A novidade das câmeras fica no design, já que a Samsung voltou a colocar apenas uma abertura frontal, como se fosse um olho, no meio do aparelho. O corpo do smartphone também foi muito bem aproveitado. Na frente, o sensor de impressão digital está escondido sob a tela, as bordas são quadradas em vez de arredondadas e a caneta está lá. O botão dedicado para a Bixby, assistente pessoal da Samsung, foi removido já que a assistente não emplacou. Outra coisa que, infelizmente, também desapareceu foi o conector de fones de ouvido, que a empresa justificou atrapalhar a bateria. Atrás as câmeras estão alinhadas em uma fileira vertical, discretas, em um celular que chega tão fino que nem parece tão grande.

[@#video#@]

Caneta ou varinha mágica?

O destaque principal da apresentação foi, com certeza, para a nova S Pen. A caneta clássica do Note parece mais uma varinha mágica. Além de uma sensibilidade maior para os desenhos, ela pode funcionar como um controle remoto de ações como acionar o obturador da câmera ou avançar slides, junto com um acelerômetro e um giroscópio. Como assim? Fazendo um movimento que quase lembra um abracadabra você vai poder alternar entre modos da câmera e dar e reduzir zoom, entre outras ações.

Crossover entre Windows e Macs 

A Samsung tem uma interface desktop que se instala automaticamente no seu computador quando você conecta um celular da marca a ele. Agora, os novos big smartphones da companhia ganham aplicativos para Mac e Windows. Isso quer dizer que você pode conectar seu telefone diretamente ao seu computador e obter uma janela com todos os seus aplicativos mobile. Essa ferramenta vai facilitar e muito quem precisa descarregar arquivos do smartphone para o PC ou até mesmo o contrário, arrastar arquivos da máquina para o aparelho.

Há também um suporte para o recurso “Seu telefone” da Microsoft, no Windows 10, que permite alternar diretamente as configurações rápidas, entre outras inovações. O gravador de tela permite que você grave vídeos com a S Pen e é possível transmitir jogos do seu PC com Windows e reproduzi-los nos aparelhos.

Preço e lançamento

O Galaxy Note 10 e o Galaxy Note 10 Plus chegam ao mercado no dia 23 de agosto. A versão mais simples custa US $ 949 (cerca de R$ 3.735, no câmbio atual) e a versão plus chega em US $ 1.099 (cerca de R$ 4.326,35) para o modelo de 256 GB e US $ 100 (R$ 4.720) para o de 512 GB de armazenamento. Ambos já estão disponíveis para pré-encomenda. Na data de lançamento a empresa promete um Note 10 5G disponível para pré-encomenda no dia 23, mas por tempo limitado. 

Uma, duas, três. Essa é a quantidade de telas que pode ter o próximo smartphone da LG. Em um vídeo convite para a sua conferência de imprensa IFA 2019, que acontece dia 6 de setembro, a empresa mostrou o que seria um jogo sendo rodado em um smartphone com tela tripla, seguido de informações sobre o evento. 

A princípio, podemos ver o game em uma tela padrão que se expande para uma segunda - algo parecido com a proposta do Galaxy Fold - mostrado o mapa da conferência. Por fim a tela dupla se fecha em uma terceira tela externa. com o dia e o horário de início da apresentação da LG.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Apesar da imagem ainda não há informações sobre o que a LG está preparando para o IFA 2019. Entre as especulações feitas por sites especializados está a possibilidade do dispositivo ser um acessório para um potencial V60 ThinQ ou para o já existente V50 ThinQ, da companhia.

O Google anunciou na última segunda-feira (6) que, até 2020, 100% de todos os seus produtos serão livres de carbono e incluirão materiais recicláveis. A decisão faz parte do compromisso de sustentabilidade da empresa e vai atingir gadgets como os telefones Pixel e o Google Home Mini.

A empresa informou que desde 2018, começou a publicar relatórios ambientais de seus produtos, o que ajudaria a entender exatamente de que são feitos, como são construídos e enviados. "De 2017 a 2018, nossas emissões de carbono para remessas de produtos diminuíram em 40%", afirma Anna Meegan, chefe de sustentabilidade e hardware de consumo da companhia.

##RECOMENDA##

Ainda voltado para a sustentação do meio ambiente o Google lança o Power Project, que pretende levar um milhão de Nest termostatos, que economizam energia e dinheiro, para as famílias em situação de vulnerabilidade até 2023. 

LeiaJá também

--> Google marca primeira semana de agosto com novidades

--> Lixo Eletrônico vira matéria-prima em centro no Recife

--> Canadá vai proibir plásticos descartáveis até 2021

O Google anunciou nesta segunda-feira que está desenvolvendo controles de gestos - sem necessidade de toques na tela - e reconhecimento facial no novo modelo de smartphone Pixel 4, buscando alimentar o entusiasmo em torno de sua linha de celulares.

O Pixel 4 deve chegar ao mercado em outubro, junto com o novo iPhone, num momento em que as empresas se esforçam para ganhar ou manter seus usuários no competitivo mercado de smartphones.

##RECOMENDA##

As duas novas funções de Pixel promovidas pelo Google foram consideradas como um "próximo passo" na visão da gigante da Internet para um futuro em que a potência da computação estará disponível em qualquer lugar e quando as pessoas quiserem.

O Pixel 4 também contará com o sistema de reconhecimento de movimentos e facial chamado "Soli".

"Pixel 4 será o primeiro dispositivo com Soli, impulsionando nossos novos recursos de detecção de movimento para que você possa pular músicas, adiar alarmes e silenciar telefonemas, apenas acenando com a mão", declarou o gerente de produto do Pixel, Brandon Barbello, através de um comunicado.

"Esses recursos são apenas o começo e, assim como os Pixels melhoram com o tempo, o sensor de movimento também evoluirá", acrescentou.

A equipe de projeto e tecnologia avançada do Google trabalhou no Soli - um radar de envio de movimento - nos últimos cinco anos, de acordo com Barbello.

Além de reconhecer gestos das mãos, Soli ativará os sensores de reconhecimento facial quando o usuário pegar o Pixel 4 para permitir que o dispositivo seja desbloqueado automaticamente para seu proprietário.

Tirar fotos é um dos costumes mais naturais da nossa geração. Com o aumento do uso dos smartphones, registrar aquele momento especial ou engraçado é bem mais fácil do que na época dos nossos pais. Pensando nisso, a Canon criou uma impressora portátil que imprime fotos e adesivos de 5,0 x 7,6 cm.

O aparelho, disponível na cor rosa, funciona junto com o aplicativo Canon Mini Print, que inclui filtros, molduras, stickers e recursos de distorção de rosto em realidade aumentada, entre (AR), assim como ferramentas de edição de fotos, de texto, entre outros.

##RECOMENDA##

É possível imprimir não só fotos adesivas, mas também montar uma foto maior com quatro ou nove fotos lado a lado. A impressora oferece mais de dez opções de colagem na hora da impressão, sem a necessidade de cartuchos de tinta. O valor da Mini Impressora é de R$ 1.299 e o papel fotográfico cerca de R$ 79,90.

LeiaJá também

-->  JBL lança caixa de som voltada para público infantil

--> Quatro smartphones perfeitos para fotos noturnas

--> Wacom lança mesa digitalizadora com foco em iniciantes

Para quem gosta de fotografar uma boa luz é um convite quase que irrecusável para um click. Mas nem sempre é possível contar com um ambiente claro, ou com a luz do sol, na hora de fazer um registro visual. Para suprir as (nem sempre) desanimadas fotos tiradas à noite ou em ambientes com pouca luminosidade uma grande parte das empresas está investindo em telefones com câmera Quad Pixel, ou outras formas de melhorar a imagem na hora do “xiis”. Confira nossa lista com quatro boas opções para quem quer ou precisa fazer umas fotos à luz do luar.

Motorola One Vision

##RECOMENDA##

A Motorola sempre foi reconhecida pela boa qualidade das fotos tiradas por seus aparelhos, por isso, não é de surpreender que o One Vision continue esse legado. O smartphone vem com a tecnologia do Quad Pixel, um sensor de 48 MP da câmera traseira que consegue combinar quatro pixels em um único grande pixel de 1.6µm. Além disso há o novo modo Night Vision, um recurso de aprimoramento de software que captura frames com diferentes graus de exposição de luz e depois gerar uma única imagem, melhorando a performance em baixa luminosidade.

Huawei P30 Pro

Equipado com uma câmera principal de 40MP com sensor Super Spectrum, o P30 Pro vem um sensor RYYB que, de acordo com a empresa, teria a capacidade de capturar 40% mais luz do que os sensores tradicionais. As novidades do aparelho prometem qualidade em qualquer ambiente. Vale lembrar que o smartphone é um dos mais vendidos atualmente.

Galaxy S10

Após reclamações a Samsung liberou, em maio, uma atualização que corrigia o software do seu modo noturno. O recurso "Night" passou a fazer parte da lista de modos de câmera do smartphone, fazendo a vez da função "Bright Night", que já era ativada automaticamente quando o celular detectava um ambiente com baixa luminosidade. Não chega a ser a melhor opção, mas ainda assim apresenta melhorias.

Pixel 3a

O Google derrubou muitos queixos ao apresentar o Pixel 3a, na Google I/O, em maio. Um dos motivos foi a promessa de fotos tão boas quanto em modelos mais caros usando inteligência artificial para otimizar as imagens automaticamente e o modo Night Shift oferecendo uma maior nitidez para fotos tiradas à noite. A única coisa triste no aparelho é que, infelizmente, o smartphone da empresa ainda não tem data para chegar ao Brasil.

 A Wacom anunciou na última quinta-feira (18) a Cintiq 22, um monitor interativo destinado a ajudar entusiastas de arte e design, jovens profissionais a melhorar suas criações. O aparelho conta com a Pro Pen 2, uma caneta de nível profissional, além de fornecer 8192 níveis de sensibilidade à pressão, resposta de inclinação e precisão de coordenadas. A tecnologia EMR (Electro Magnetic Resonance) faz com que a caneta usada no monitor não precise de recarga. 

A tela integral HD 1920 x 1080, reproduz imagens em 4K e vem com vidro de cobertura endurecido para dar uma sensação semelhante ao papel. O valor sugerido é de R$ 13.499,70, para compras no site da empresa. Confira o vídeo:

##RECOMENDA##

[@#video#@]

As caixinhas de som da JBL ganharam uma versão para o público infantil. A JBL JR POP foi desenvolvida com um design compacto para facilitar o transporte por crianças. Os pequenos podem usar a alça para transporte para prender a caixa de som à mochila, por exemplo, além de e divertir com luzes temáticas integradas no aparelho.

O produto também é resistente a impactos, totalmente à prova d’água (classificação IPX7) e ainda vem acompanhado com adesivos para personalizá-lo. A duração da bateria vai até 5 horas de reprodução. A JR POP está disponível nas cores roxa e vermelha, pesa cerca de 121 gramas e o valor sugerido para compra é de R$ 269. 

##RECOMENDA##

Confira as especificações técnicas

Versão Bluetooth®: 4.2

- Suporte: A2DP V1.2, AVRCP V1.5

- Transdutor: 1.5 cm

- Potência nominal: 3W RMS

- Resposta de frequência: 190Hz a 20kHz

- Relação sinal/ruído: ≥80dB

- Tipo da bateria: Polímero íon-lítio (3,7 V, 600mAh)

- Tempo de carga da bateria: 2 horas

- Entrada de carregamento: 5v/0,5ª

- Tempo de reprodução de música: 5 horas

- Potência do transmissor Bluetooth®: 0-4dB

- Intervalo de frequência do transmissor Bluetooth®: 2,402 a 2,480 GHz           

- Modulação do transmissor Bluetooth®:  GFSK, π/DQPSK, 8 DPSK

- Dimensão (A x L x P): 39.7 x 87.8 x 75.5mm

- Peso: 121.2g

LeiaJá também 

--> YouTubers do Gato Galáctico e Flokiis chegam ao Recife

--> Spotify cria Hub com músicas originais da Disney

--> Instagram faz testes para ocultar curtidas no Brasil

Todos os meses o site AnTuTu divulga a lista dos smartphones mais poderosos do mês anterior. Dessa vez, focando nos aparelhos que mais se destacaram em junho, o ranking traz figurinhas repetidas, como OnePlus 7 Pro, Mi 9 e Mi BlackShark 2 - que repetem o pódio, mas também tem muita novidade. Confira o top 10 de celulares Android escolhidos e saiba se aquele aparelho que é seu objeto de desejo está entre eles.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Depois que as primeiras impressões do Galaxy Fold não deram muito certo, a Samsung parece estar buscando outras alternativas no quesito celulares dobráveis. O site Lets Go Digital revelou que a gigante coreana registrou uma patente de um novo smartphone com tela “enrolável”. Isso mesmo. O aparelho contaria com um visor principal e outro que estaria enrolado dentro do telefone, sendo expandido quando o usuário quisesse usar uma tela maior.

Em um primeiro momento o desenho do telefone da Samsung parece um celular normal, só que um pouco mais robusto ao que estamos acostumados. Ele ficaria guardado em sua forma mais compacta, contendo a tela extensível armazenada em uma espécie de caixa, dentro do aparelho. 

##RECOMENDA##

O mecanismo que rolaria a tela para fora do smartphone poderia ser implementado manualmente, semi-automaticamente ou automaticamente, com um botão separado, colocado na lateral do dispositivo. Há algum tempo a Samsung tem registrado patentes de telefones com o visor dobrável, o que não necessariamente quer dizer que eles serão produzidos.

Quanto ao Galaxy Fold, a empresa garante que conseguiu resolver as falhas apresentadas no pré-lançamento e que o aparelho deverá ser lançado em breve.

 A Apple atualizou, nesta terça-feira (9), algumas especificações do MacBook Air e do MacBook Pro de 13 polegadas - sua versão básica. Com intenção de chegar mais próxima do público estudantil americano, a empresa da maçã inseriu novos componentes e abaixou o preço dos dois computadores, além de incluir alguns acessórios.

O MacBook Pro agora será vendido com processadores quad-core de 8ª geração, com 1.4GHz, da linha Coffee Lake da Intel. Ele também traz um novo touch bar e ID Touch, um display “true tone”, em dois modelos com SSD de 128 GB e 256 GB, respectivamente.

##RECOMENDA##

Além da linha Pro, o MacBook Air também está recebendo a tecnologia True Tone da empresa, que ajusta automaticamente a tela com base na luz ambiente para obter cores mais naturais. Os dois chegam às lojas custando a partir de US $ 999 (MacBook Air) e U$ $ 1.299 (MacBook Pro), para estudantes.

Outra novidade é que ambas as máquinas podem ser atualizadas, gratuitamente, com o macOS Catalina, versão mais recente do sistema operacional da Apple.

LeiaJá também

--> 'Sign in with Apple' pode ser usado para acessar o iCloud 

--> Veja os aplicativos mais baixados durante a semana

--> Apple transferirá produção do Mac Pro dos EUA para China

No dia 1º de julho a Sony completou 40 anos do lançamento do seu primeiro Walkman e, talvez seja coincidência, porém, nesta sexta-feira (5), uma empresa está tentando reviver esse jeito nostálgico de ouvir música. A NINM LAB, está procurando apoiadores para lançar o seu (novo?) Walkman “It’s OK” - um aparelho igual aos usados pelos jovens nos anos de 1980/90, mas com um toque de modernidade.

A diferença é que agora o “toca-fitas” vem com bluetooth 5.0 integrado, para ser usado tanto com fones de ouvido clássicos, como alto-falantes sem fio. Além disso, quem adquirir o aparelho ganha uma fita cassete vazia, para realizar gravações com duração de 60 minutos - já que ele também possui microfone integrado. 

##RECOMENDA##

O cassete portátil possui três cores clássicas para escolher: “Sakura”, um rosa claro, “Nuvem”, branco e “Noite”, que representa um azul marinho. O valor para quem quiser apoiar o projeto e ainda tiver fitas para ouvir no aparelho é de US $ 63 (aproximadamente R$ 240), no site da empresa.

[@#video#@]

A Lenovo anunciou nesta quinta-feira (4) o novo smartphone da empresa, o Lenovo Z6. Entre as especificações do novo modelo, que fica entre um Pro e um Youth, está um chipset Snapdragon 730, com processador de 8nm e frequência de 2,2 GHz. Porém, o destaque do aparelho fica mesmo com o peso. O novo smartphone chega com 159g e uma bateria de 4.000 mAh.

O celular também conta com uma tela de Super AMOLED, com 6,39 polegadas - que deixa o aparelho quase sem bordas e memória RAM de até 8GB. Além disso, há três câmeras traseiras com 24 Megapixels (MP), 8 MP e 5 MP, esta última ideal para dar profundidade na hora das fotos - principalmente para quem gosta de usar modo retrato. A câmera frontal aparece com 16 MP, em um notch discreto, em forma de gota d’água.

##RECOMENDA##

O modelo virá 128 GB de armazenamento interno, que pode ser expandido para até 512 GB via cartão MicroSD. Ele também irá rodar o Android 9.0 Pie e deve custar cerca de US$ 275, o que equivale a aproximadamente R$ 1.040.

Quem tem um Windows Phone já pode começar a contagem regressiva para o aparelho. A Microsoft havia anunciado que iria descontinuar a linha - tanto mobile quanto para desktop, mas a data finalmente foi marcada. Os usuários têm até o dia 31 de dezembro de 2019 para utilizar normalmente os apps no aparelho mobile. 

A partir desta segunda-feira (1º) serviços como WhatsApp e Facebook não estarão mais disponíveis para download na loja Microsoft Store. Quem já tem as ferramentas só poderá usá-las até o final do ano. Porém, não são apenas usuários do telefone da Microsoft que terão que atualizar seus smartphones. 

##RECOMENDA##

O WhatsApp, mensageiro mais utilizado entre os brasileiros, deverá parar de funcionar também em aparelhos com versões Android 2.3.7 e mais antigas e iOS 7 e versões anteriores até o dia 1º de fevereiro de 2020. Isso afetará usuários de celulares como o Samsung Galaxy 3, Sony Xperia S, Nokia S40, Galaxy Nexus, Blackberry 10 e os iPhones 3G, 3GS e 4. A solução para quem possui algum desses smartphones é realmente, procurar uma opção mais moderna para se comunicar.

LeiaJá também

--> Sete em cada dez utilizam smartphone para compras online

--> Huawei inaugura quiosques e dá descontos de até mil reais

--> YouTube vai otimizar escolhas de conteúdo em versão mobile

A Asus anunciou nesta quarta-feira (26), o lançamento de sua nova linha de notebooks Zenbooks em terras tupiniquins, sendo um deles fabricado no Brasil. Devem chegar às lojas o ZenBook Pro 15 (UX580), ZenBook Pro 14 (UX480) e o brasileiríssimo ZenBook 14 (UX433). Os três são modelos premium da empresa e podem ser adquiridos por preços razoáveis, quando comparados aos seus concorrentes, como o MacBook Air, por exemplo.

Além deles, a Asus também revelou um modelo voltado para o público gamer e uma linha mais acessível chamada VivoBook. Confira as especificações de cada uma.

##RECOMENDA##

ZenBook 14 (UX433)

Primeiro ZenBook fabricado no Brasil, o notebook chama atenção por um design extremamente fino e leve, com apenas 1,09kg. O modelo inclui um NumberPad, teclado numérico iluminado por LED incorporado ao touchpad, tela NanoEdge com resolução em Full HD com bordas bem fininhas.  

O computador também possui CPU quad-core Intel Core i7 de 8ª geração, 8 GB de RAM, 256 GB SSDs PCIe, Wi-Fi, sistema de áudio estéreo ASUS SonicMaster com som surround e até 13 horas de vida de bateria. Além disso, o microfone do aparelho vem com suporte de reconhecimento de voz para o Alexa, a assistente da Amazon. Mas se você gosta de games é melhor tentar outro modelo da linha, já que - na descrição - este modelo não apresenta placa de vídeo. 

O preço do notebook varia entre R$ 6.499 a prazo, e R$ 5.899 à vista. Quem quiser adquirir o aparelho tem até às 19h, desta quarta-feira (26), para comprá-lo por R$ 4.999 à vista.

ZenBook Pro 14 (UX480)

A versão mais sofisticada do modelo fabricado no Brasil o ZenBook Pro 14 também é uma opção levinha, com 1,6kg e alguns mimos a mais. Longe do NumberPad, do primo brasileiro, este modelo conta com um ScreenPad, que funciona como uma tela secundária em que se é capaz de controlar não apenas o mouse, mas também de mexer em aplicativos que podem funcionar em segundo plano, como o Spotify.

As especificações da tela são as mesmas do ZenBook Pro, com o destaque para a certificação da Pantone, que promete cores bem mais realistas. Ele também vem com a tecnologia ErgoLift, que suspende o notebook para que fique inclinado e ventile melhor. 

O notebook é equipado com o processador Intel Core  i7 da 8ª geração, 16GB de memória RAM e 512GB SSD PCI-e, processador NVIDIA GeForce GTX 1050 Max-Q e 4GB de memória GDDR5 dedicada para processamento gráfico. A bateria dura, em média, 12,5 horas e ele chega ao mercado custando R$ 14.999. 

ZenBook Pro 15 (UX580)

A versão de 15 polegadas do ZenBook também vem com um ScreenPad, tela NanoEdge (dessa vez com resolução Ultra HD - 4K) e a certificação Pantone. O processador é o Intel Core i9 de 8ª geração, e o notebook vem equipado com 16GB de memória RAM, SSD PCI-e de 1TB e processador NVIDIA GeForce GTX 1050Ti com 4GB de memória GDDR5. A bateria pode durar até 9,5 horas em funcionamento total e o preço deve ficar por R$ 24.999, em compras a prazo.

VivoBook 15 (X512FJ e X512FA)

Na versão mais acessível dos computadores da Asus o VivoBook aparece como uma boa opção para o dia a dia. Com uma tela NanoEdge de 15,6 polegadas, tecnologia ErgoLift, carregamento rápido e em duas versões, uma com placa de vídeo NVIDIA Geforce MX230  com memória de 2GB VRAM GDDR5 e outra sem. 

Mesmo sendo um modelo intermediário o VivoBook vem equipado com o processador Intel Core i5 e 1TB de armazenamento, em versões de 4 ou 8 GB de memória RAM. O preço fica a partir de R$3.699.

LeiaJá também

--> Apple troca baterias de Macbook Pro gratuitamente

--> ASUS celebra 30 anos apresentando o ZenBook Pro Duo

--> Apple divulga novo MacBook Pro com promessa de velocidade

Um grupo de dez alunos, da Rede Estadual de Ensino de Pernambuco, criou o aplicativo que será usado oficialmente, na Fenearte 2019. Eles foram os vencedores do Desafio APP Fenearte 2019, realizado em parceria com a AD Diper, e concorreram com estudantes de outras 10 escolas para desenvolver a ferramenta. Os vencedores fazem parte da Escola Técnica Estadual Ariano Villar Suassuna, em Garanhuns.

Os jovens foram recebidos na última quinta-feira (20), pelo governador Paulo Câmara e a primeira dama Ana Luiza, no Palácio do Campo das Princesas. Na ocasião, eles foram contemplados, cada um, com um computador desktop, como forma de reconhecimento pelo trabalho.

##RECOMENDA##

O aplicativo permitirá aos visitantes saber informações como a programação da feira, os expositores, link para venda de ingressos, transporte, entre outros. Ele estará disponível para download gratuito a partir da próxima quarta-feira (26), nas plataformas Android e iOS. A Fenearte acontecerá entre os dias 3 e 14 de julho, no Centro de Convenções, em Olinda

LeiaJá também

--> Primeira edição do Rolê REC'n'Play já tem data marcada

--> Desafio seleciona startups com foco em animais

--> Moda e tecnologia são tema de evento no CESAR

A Apple anunciou nesta quinta-feira (20), o recall voluntário de um número limitado de unidades MacBook Pro de 15 polegadas da antiga geração. Os aparelhos estariam apresentando um superaquecimento da bateria, representando um risco à segurança dos usuários. As unidades foram vendidas principalmente entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017 e podem ser identificadas pelo número de série do produto.

Quem tiver adquirido um dos aparelhos com o problema devem parar de usar as unidades e visitar o site suporte da empresa para obter detalhes sobre a elegibilidade do produto e formas de substituí-lo gratuitamente. O recall não afeta outras unidades MacBook Pro de 15 polegadas ou outros notebooks Mac.

##RECOMENDA##

Para saber se o modelo que você possui está entre os que precisam ter a peça trocada, clique em Sobre este Mac no menu Apple, no canto superior esquerdo da tela do computador. Em seguida digite o número de série do seu computador na página do programa para ver se ele é elegível para substituição de bateria.

LeiaJá também

--> Versões antigas de Safari e macOS não acessam Apple Store

--> Apple divulga novo MacBook Pro com promessa de velocidade

--> Internautas comparam visual do Mac Pro com ralador gigante

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando