Tecnologia

| Gadgets

Aconteceu na última terça-feira (15), o Made by Google. O evento da gigante da internet não trouxe muitas surpresas, mas apresentou novos dispositivos que agora compõem o catálogo da companhia como o Nest Mini, o Pixelbook Go e o Pixel 4 - considerado o smartphone mais vazado de todos os tempos. Se você quer saber tudo o que rolou no evento, confira nosso resumo:

O Stadia está chegando

##RECOMENDA##

Um dos primeiros anúncios do evento foi a chegada da edição dos fundadores do  Stadia, no dia 19 de novembro. Para quem encomendou e recebeu antecipadamente o controle, feito especialmente para o serviço, a data marcará o início da comprar dos jogos prometidos pela empresa.  O produto ainda não tem previsão de chegar ao Brasil e está na pré-venda custando $129 (cerca de R$ 535). 

Conecte sua casa com os produtos Nest

Os produtos da linha Nest do Google, que ajudam a conectar a casa de forma inteligente, receberam duas adições à família, o Nest Mini e o Nest Wifi. A versão mini do assistente vem com uma potência de som maior,  luzes LED que acendem quando uma mão se aproxima para ajustar o volume e uma maior eficácia no controle das ações via voz. Além disso, o dispositivo está disponível em quatro cores: giz, carvão vegetal, coral e uma nova cor, Sky e pode ser preso à parede para economizar espaço na decoração. 

O aparelho também vem com um chip de aprendizado de máquina e um TeraOPS de poder de processamento, que permite mover algumas experiências do Google Assistente direto dos data centers da empresa. O produto está disponível para o mercado brasileiro, mas ainda não há previsão de chegada ou valor do dispositivo. 

Já o Nest Wifi é um roteador poderoso e um ponto Wi-fi que inclui o Assistente do Google, conectado diretamente ao modem, formando a base de uma rede doméstica. Ele permite que o usuário possa controlar os pontos de acesso à internet via comando de voz. O Nest Wifi estará disponível em oito mercados globais a partir de 4 de novembro, mas infelizmente o Brasil ainda não está nesta lista.

Pixel 4 e Pixel 4 XL

Muitos dos rumores sobre o Pixel 4 foram confirmados no evento. Entre eles estão o projeto Soli, com sensores de movimento que permitem que você use o aparelho sem tocar na tela, um assistente Google que permite multitarefas dizendo "ok, Google" apenas uma vez. Além disso, a adição de uma câmera e a melhoria dos softwares de imagem permitem ao usuário fotografar até mesmo estrelas. Para saber todos os detalhes, clique aqui.

Pixelbook Go

O Pixelbook Go deve chegar às lojas prometendo lidar com qualquer carga de trabalho, silenciosamente. Com uma tela de 13,3'' polegadas, sensível ao toque, o computador portátil exibe imagens com resolução 4K, tem bateria de até 12 horas, sistema operacional Chrome OS, Processador Intel Core que varia entre os modelos m3, i5 ou i7 de 8ª geração. Além disso, a memória também varia dependendo da unidade adquirida ficando entre 8 GB ou 16 GB de RAM e 64 GB e 256 GB de armazenamento. Os preços iniciais do Pixelbook Go vão de US $ 649 (R$ 2.689, na cotação atual), podendo chegar até US $ 1.399 (R$ 5.798, sem impostos).

Google Pixel buds

A próxima guerra da tecnologia será pelos seus ouvidos e para disputar essa batalha o Google apresentou os Pixel Buds. Sem aquele fio que interligava os dois fones a nova versão vem com um arco estabilizador que promete se encaixar suavemente e permanecer preso à orelha, mesmo quando o usuário estiver se exercitando.

Um dos destaques são as pontas dos fones que selam suavemente o ouvido para isolar os ruídos externos altos e fornecer áudio de alta qualidade. Também possuem Adaptive Sound, que ajusta dinamicamente o volume à medida que você passa de um ambiente silencioso para um barulhento, para que você não precise aumentar ou diminuir constantemente o volume. Dois microfones em cada fone de ouvido focam no som da sua voz enquanto suprimem outros sons em segundo plano, o que promete facilitar as chamadas de voz.

O Google Pixel Buds estará disponível no próximo ano nos EUA por US $ 179, e terá quatro cores: Clearly White, Oh So Orange, Quite Mint and Almost Black. Mas ainda não há previsão de chegar ao Brasil.

Nesta quarta-feira (15), o Google preparou um evento focado em apresentar seus novos dispositivos e tecnologias que devem chegar ao mercado em breve. Apesar de não contar com grandes surpresas a empresa aproveitou para apresentar uma data para o início do Google Stadia, lançar o Pixel 4 e uma nova versão para a sua linha de laptops: o Pixelbook Go. O dispositivo chega às lojas após um hiato de dois anos, prometendo lidar com qualquer carga de trabalho silenciosamente.

Com uma tela de 13,3'' polegadas, sensível ao toque, o computador portátil exibe imagens com resolução 4K, sem grandes dificuldades. A bateria promete durar até 12 horas e, caso você precise recarregá-lo, o laptop possui carregamento rápido que dá duas horas de bateria em apenas 20 minutos .

##RECOMENDA##

Um dos destaques do laptop é o teclado Hush, que traz teclas silenciosas e com iluminação de fundo para ajudar a digitar mais facilmente. Com sistema operacional Chrome OS, processador Intel Core que variam entre os modelos m3, i5 ou i7 de 8a geração, a depender do modelo escolhido, o notebook vem com memória entre 8 GB ou 16 GB de RAM e 64 GB e 256 GB de armazenamento.

O preço inicial do Pixelbook Go é de US $ 649 (R$ 2.689, na cotação atual), podendo chegar até US $ 1.399 (R$ 5.798, sem impostos). Porém, assim como muitos dos produtos da linha pixel, o aparelho não tem data para chegar ao Brasil.

O Google anunciou nesta terça-feira (15), durante o evento "Made by Google" o seu novo smartphone da linha Pixel. Tido como o celular que mais teve vazamentos na internet, o Pixel 4 foi a estrela da apresentação, descatando-se principalmente por conta de seus novos recursos. Muitos dos rumores já haviam sido confirmados como o projeto Soli, com sensores de movimento, além das três cores disponíveis e um assistente Google muito mais rápido e funcional. 

Fotos ao infinito e além 

##RECOMENDA##

Se você gosta de fotografia vai ficar feliz com as melhorias anunciadas no Made by Google para o Pixel 4. O telefone, que chega em duas versões, incluindo a XL, agora conta com duas câmeras na parte de trás, incluindo uma nova lente teleobjetiva. Ela deve funcionar em conjunto com um recurso de software chamado Super Res Zoom, que promete oferecer a mesma qualidade da imagem não importando a distância.

Outro recurso que mistura as lentes com os softwares de melhoramento de imagem da companhia é o Modo Nortuno, que recebe um "upgrade" para que você consiga tirar fotos do céu, à noite, captando até mesmo as estrelas. Por se tratar de uma melhoria de software os telefones Pixels 3 e 3a também receberão uma versão do recurso.

Google Assistente e gravadores de voz

Uma das melhorias mais impressionantes do Pixel 4, em relação ao uso do smartphone está no Google Assistente. A ferramenta poderá realizar multitarefas sem precisar do famoso "ok Google" em toda as ações. O funcionamento desse recurso já havia sido mostrado no começo do ano durante o Google I/O. Incluindo a possibilidade de apagar as mensagens de voz gravadas pelo celular para aprendizado. 

Para usar a ferramenta basta dizer o famoso comando de voz do Android apenas um vez e ir solicitando as ações de acordo com a sua necessidade. Ele pode abrir aplicativos rapidamente, pesquisar no seu telefone, compartilhar o que há na tela e muito mais.

Além disso, o aparelho conta com um gravador de voz, feito especialmente para o celular, que escreve em tempo real tudo aquilo que é dito. O lançamento deste recurso pode ser o motivo pelo qual celulares com Android atualizado não conseguem mais baixar apps para gravar a voz de seus usuários. Se for disponibilizado para todos os aparelhos com o sistema operacional da companhia é possível que essas ferramentas, feitas por terceiros, nem deixem saudade.

Projeto Soli

Esqueça tocar na tela do seu celular para realizar pequenas ações. O recurso de sensor de movimento do Pixel 4 detecta pequenos gestos feitos na frente do seu telefone. Se você está em frente ao smartphone ele iniciará o desbloqueio facial, se vai para longe desligará a tela, já que você não está por perto. Com os novos gestos rápidos, será possível pular músicas, ignorar chamadas, desligar o despertador e muito mais. 

O Pixel 4 custa US $ 799, cerca de R$ 3311 na cotação atual, e o Pixel 4 XL sai por US $ 899 - aproximadamente R$ 3725. Os telefones serão disponibilizados no dia 24 de outubro e vem em três cores, Clearly White, Just Black e uma edição limitada, Oh So Orange. Infelizmente, ainda não há previsão para os telefones da linha Pixel chegarem ao Brasil. 

[@#video#@]

Confira a ficha técnica dos aparelhos

Pixel 4

Tela de 5,7" polegadas com display FHD + OLED flexível a 444 ppi, Gorilla Glass 5 e Suporte HDR.

Bateria: 2800 mAh, com carregador USB-C de 18 W e carregamento rápido

Memória e Armazenamento: 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB

ProcessadoresQualcomm Snapdragon 855

Câmeras: traseiras de 16 MP e 12 MP e frontal de 8MP

SensoresActive Edge

Sensor de proximidade / luz ambiente

Acelerômetro / Gyrometer

Magnetômetro

Barômetro

Hub do sensor Android

Tátil afiado e texturizado

Microfones

Sentido de movimento

Pixel 4 XL

Tela de 6,3'' polegadas com QHD + OLED flexível a 537 ppi, Gorilla Glass 5 e Suporte HDR 

Bateria: 3700 mAh com carregador USB-C de 18 W e carregamento rápido 

Memória e Armazenamento: 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB

Processadores: Qualcomm Snapdragon 855

Câmeras: traseiras de 16 MP e 12 MP e frontal de 8MP

Sensores: Active Edge

Sensor de proximidade / luz ambiente

Acelerômetro / Gyrometer

Magnetômetro

Barômetro

Hub do sensor Android

Tátil afiado e texturizado

Microfones

Sentido de movimento

A Brasil Game Show começou na última quarta-feira (9) e está trazendo novidades, além de diversas atividades para o público. Entre os anúncios está o Zephyrus S, o novo laptop da Asus, que está sendo considerado pela empresa como o notebook gamer mais fino do mundo. 

Com cerca de 15 milímetros de espessura, o aparelho traz  GPU GeForce RTX2080 Max-Q e processador IntelCore i7. A tela de 15,6 polegadas é do mesmo tamanho do seu antecessor, mesmo com o dispositivo mais fino. O Zephyrus S também usa uma mistura de liga de alumínio e magnésio em sua construção para garantir que o chassi encontre o melhor equilíbrio entre força e peso.

##RECOMENDA##

Pertencente a linha ROG da Asus o notebook também é equipado com o Sistema Aerodinâmico Ativo (AAS), que ajuda no resfriamento da máquina. O Sonic Studio III adiciona som surround virtual para uma imersão mais profunda com fones de ouvido estéreo e possui um novo recurso de injeção de APO que estende a virtualização dos alto falantes a uma gama mais ampla de equipamentos, incluindo fones de ouvido analógicos padrão, juntamente com fones de ouvido USB, DACs externos e dispositivos VR.

Ficha técnica 

Sistema Operacional: Windows 10 Home

Processador: Intel i7

Gráficos: NVIDIA GeForce RTX2080 (Max-Q)(Boost Clock: 1230MHz, 90W) 8GB GDDR6 VRAM

Memória: 8GB com capacidade para expandir até 24GB

SSD: 1TB

Peso: 2,5 kg

LeiaJá também

--> Confira 5 ótimos Notebooks Gamers lançados no 1º semestre

--> Asus apresenta laptops profissionais e novo ROG Phone II

--> Asus lança nova linha de notebooks no Brasil

Se você tem em torno de 30 anos, e buscar bem fundo na memória, vai lembrar da evolução dos aparelhos de telefone mobile. De grandes “tijolos” de tela pequena, os celulares evoluíram para versões cada vez mais finas e tomadas por displays cada vez maiores. De 2007 para cá, quando o primeiro iPhone chegou dando o pontapé para formato que conhecemos hoje, muita coisa mudou e agora o design dos smartphones como conhecemos pode estar chegando ao fim.

Esqueça aquela tela grande, porém solitária. O display continua a crescer, mas agora está sendo dobrado para caber no seu bolso. Literalmente. Desde que a Samsung anunciou que lançaria o Galaxy Fold - que em um primeiro momento não pareceu dar muito certo - as empresas de telefonia começaram uma verdadeira corrida para colocar seus próprios modelos dobráveis no mercado. 

##RECOMENDA##

Recentemente, a mais nova gigante a entrar no movimento da tela dupla foi a Microsoft que, após o fracasso do Windows Phone, voltou a fabricar dispositivos mobile com o Surface Duo - o celular que ninguém esperava, mas que, com certeza, entrou na lista de desejos de muita gente. Huawei, Xiaomi e LG também são outros nomes que estão preparando o público para seus modelos flexíveis. Mas será que esse é realmente o futuro? Se você ainda não viu os modelos que vem por aí, confira nossa lista e decida se os smartphones dobráveis vão dobrar seu coração.

[@#video#@]

O Zenfone 6 ainda nem foi lançado oficialmente, mas parece não ter impressionado muito os sites internacionais especializados. O Dxomark, famoso por fazer rankings com as especificações de aparelhos mobile, principalmente câmeras, avaliou o desempenho do aparelho da Asus e o resultado não vai empolgar muito quem faz questão de uma boa imagem na hora de tirar as fotos.

O smartphone não figurou nem entre as 10 câmeras mais potentes. Atrás de modelos como o Huawei Mate 30 Pro (que ocupa o pódio com 121 pontos), o Samsung Galaxy Note 10+ (com 117) e os nem tão novos Huawei P20 Pro (109) e Apple iPhone XS Max (106), o Zenfone 6 estacionou na 12º posição do ranking (com 104 pontos).

##RECOMENDA##

O com lançamento previsto para 21 de outubro, o telefone vem com processador Snapdragon 855, display LCD IPS de 6,4 polegadas e armazenamento de até 256GB com 8Gb de RAM. Além disso ele também apresenta uma câmera dupla com um módulo flip-up motorizado, que só aparece quando o usuário precisa.

Confira as especificações da câmera:

Câmera dupla flip-up motorizada

Primário: sensor Sony IMX586 quad-bayer de 1/2 polegada (saída de 12Mp) de 48Mp com lente de abertura f / 1.8 equivalente a 26mm

Ultra-amplo: sensor de 13 MP com lente de abertura f / 2.4 equivalente a 11 mm ( campo de visão medido de 15 mm )

Foco automático PDAF e laser

Flash com LED duplo

Vídeo de 2160p (4K) a 30fps (padrão) com opções de 1080p / 240fps e 720p / 480fps

Estabilização de vídeo Gyro- EIS (exceto a 720p / 480fps)

Nem só de Prime se fazem os lançamentos da Amazon. Para completar o pacote de novidades que a empresa está colocando no Brasil, está Alexa. A assistente virtual da companhia chega para dividir os holofotes da Siri e do Google Assistente ao ajudar o usuário a solicitar serviços e ações via comando de voz. 

E ela não vem sozinha. Para ajudar o serviço a funcionar corretamente os dispositivos Echo Dot e Echo Show 5, feitos para conectar a casa de forma inteligente, chegam na próxima semana para tornar a experiência ainda mais completa. De acordo com o comunicado feito pela Amazon marcas como Bose, LG, Sony, JBL, Yamaha, Intelbras e Positivo estão lançando dispositivos que funcionam com a Alexa ou possuem a assistente embutida.

##RECOMENDA##

Além de chegar falando o idioma nativo dos brasileiros, a ferramenta, que vem com um modo de falar melhorado, mais coloquial, vai ajudar o usuário a pedir comida por apps como o iFood, chamar um carro pelo Uber, ouvir música pelo Spotify, sem precisar de um acesso manual. Ela também vai funcionar integrada com outros serviços da companhia como o Prime TV e Amazon Músic, que chegaram ao Brasil, em setembro

Os speakers Echo Dot e Echo Show 5 são vendidos a R$ 249 e R$ 449 (preço promocional de pré-lançamento), respectivamente, e o Amazon Echo estará disponível para clientes em novembro - ainda sem preço oficial. Eles, assim como outros produtos compatíveis com a Alexa, podem ser adquiridos pelo site da Amazon. 

A Microsoft realizou, nesta quarta-feira (2), seu evento anual, em Nova York, trazendo sete novos produtos para seu portfólio. A gigante da tecnologia fez diversos anúncios para a linha Surface, incluindo os novíssimos Surface Laptop 3, Surface Pro 7 e o Surface Neo - um tablet de tela dupla que arrancou aplausos de quem assistia a apresentação. Se você não conseguiu assistir nenhum dos anúncios, confira as principais novidades: 

Surface Laptop 3

##RECOMENDA##

A nova versão do notebook da gigante chega em dois tamanhos 13,5’’ ou 15’’ polegadas, além de novas cores. O aparelho promete ser  duas vezes mais rápido do que a versão anterior e para isso é lançado com o processador o Intel Core, 10ª geração. Outra novidade são as entradas para USB-A e USB-C, que ajudam a conectar o aparelho com uma boa parte dos cabos dos smartphones atualmente no mercado.

A Microsoft promete uma carga de 80% da bateria em cerca de hora, o que deve chamar atenção dos consumidores. Câmeras frontais aprimoradas, alto-falantes OmniSonic e microfones de estúdio remotos duplos, são outros destaques do aparelho que começa custando US $ 999 (R$ 4141, na cotação atual), a versão de menorzinha e US $ 1199 (R$ 4970), a de 15 polegadas.

Surface Pro 7 e Surface Pro X 

Para geminianos e indecisos em geral, os dispositivos Pro 7 e Pro X podem funcionar como tablets ou laptops. A novidade dos dispositivos 2 em 1 também estão com as entradas USB-A e USB-C e uma (nem tão) leve mudança no design da versão X. Ele chega mais fino, mais leve, mais poderoso, com o novo processador Microsoft SQ1, criado pela empresa e assinado em código com a Qualcomm. O processador oferece 2 teraflops de capacidade de processamento gráfico, e é o processador da Qualcomm mais rápido criado para um PC. 

As molduras também estão  33% mais finas. Ainda falando da versão Pro X o novo teclado de encaixe inclui caneta em um compartimento que já a deixa carregando. O Surface Pro 7 começa em US $ 749 (R$ 3105, na cotação atual) e o Surface Pro X começa em US $ 999 (R$ 4141).

Surface Neo e o Surface Duo 

E você achava que apenas a Samsung iria se aventurar pela tela dupla? Achou errado. A Microsoft apresentou dois novos dispositivos com telas interligadas, o Surface Neo e o Surface Duo. Pequenos o suficiente para serem transportados com facilidade,ambos têm seus displays ligados por uma discreta dobradiça que gira em 360° e permite ao usuário usar uma das telas, as duas ao mesmo tempo ou até dobrá-lo como se fosse um caderno. 

A versão Neo tem compatibilidade com o teclado removível, Surface Pen e o mouse Bluetooth. Já o Duo é - basicamente - um smartphone Android querendo ser tablet. Ele possui duas telas finas de 5,6 polegadas que se desdobram para 8,3 polegadas. Todos vêm integrados com Microsoft 365.

Acessórios e recursos

Além dos dispositivos a empresa também apresentou novos Earbuds, fones de ouvido sem fio que funcionam ao toque. Nele, o usuário vai poder conectar o Spotify - do Android - com um toque triplo, acessar o calendário e o e-mail do Outlook via comando de voz (apenas para clientes dos Estados Unidos) e até obter legendas e traduções ao vivo na tela e traduções no PowerPoint. Entre os acessórios que vem com o fone está um estojo para carregamento sem fio. O Surface Earbuds custa US $ 249 (cerca de R$ 1032).

Além dos dispositivos, atualizações para o Microsoft 365 também foram apresentadas. As mudanças aconteceram principalmente para o Word que ganha, no OneDrive, uma ferramenta para gravação e transcrição de áudios - começando a funcionar em 2020. Outros aplicativos do pacote Office também terão novidades de integração com a caneta digital da companhia, que irá passar palavras escritas manualmente para a configuração de fonte escolhida pelo usuário.

A escola de programação e robótica Ctrl+Play, no Espinheiro, lançou o primeiro curso do Recife para ensinar idosos a mexer com tecnologia, chamado de Senior Play. Voltada para pessoas com mais de 50 anos, as aulas procuram ensinar o básico para aqueles que não tem intimidade com os novos gadgets ou aplicativos. 

Durante o conteúdo serão ensinadas práticas como utilização de tablets, introdução aos aplicativos Facebook, Waze, Youtube e Whatsapp, além de recursos para leitura, música, filmes, saúde, alarmes e jogos. 

##RECOMENDA##

O curso, que está com matrículas abertas para a formação da primeira turma, ainda não tem data para começar.  Ao todo serão 18 aulas com 1h30 de duração/cada e não é necessário ter nenhum conhecimento prévio sobre tecnologia ou possuir algum item específico, como computadores ou celulares.

Se você costuma escolher seu novo celular pela qualidade das câmeras, prepare o bolso para adquirir o novo Mate 30 Pro da Huawei. O telefone recebeu, na última quinta-feira (26), a classificação mais alta em uma análise feita pelo site especializado em câmeras de celulares DxOMark. Com a indicação, o smartphone passa o líder Galaxy Note 10+, da Samsung.

A câmera Cine do Mate 30 Pro recebeu 121 pontos no total, quatro a mais que a segunda maior pontuação, conquistada pelo aparelho da Samsung, de 117, além da maior classificação para fotos com 131 pontos. A soma dos pontos permitiu ao mais recente carro-chefe da Huawei alcançar o status de número um.

##RECOMENDA##

O sistema de câmeras do Mate 30 Pro inclui quatro câmeras, a SuperSensing e a Cine de 40MP, cada, uma câmera telefoto de 8MP e outra com detecção de profundidade 3D. Juntas, a SuperSensing e a Cine formam um sistema de câmera dupla capaz de tirar fotos noturnas extremamente amplas, fotos de ângulo ultra-amplo com HDR+ e retratos com efeito Pro-Bokeh.

A câmera SuperSensing de 40MP com matriz de cores RYYB foi projetada para atrair mais luz, garantindo que o Huawei Mate 30 Pro obtenha imagens mais detalhadas e nítidas em condições de pouca luz.  Para quem gosta de gravar vídeos, a câmera Cine conta com um sensor de grande porte de 1/1.54 polegadas com um ISO máximo alto de 51200. Ela consegue registrar imagens em câmera ultra-lenta com 7680 quadros por segundo, bem como vídeos em 4K, com time-lapse, ultra-wide e pouca luz.

Apesar disso, a câmera frontal do aparelho não obteve o mesmo feito das traseiras. Com uma pontuação geral de 93 pontos (97 em fotos e 88 em vídeos), o celular fica na quinta posição, sete pontos acima do P30 Pro. O valor do Mate 30 Pro custa cerca de R$ 5.260.

Principais especificações da câmera (de acordo com DxOMark) :

Câmera quádrupla, incluindo sensor ToF

Primário: sensor 40Mp 1 / 1,7 ″, lente f / 1,6 com abertura equivalente a 27 mm, PDAF , OIS

Ultra amplo: sensor 40Mp 1 / 1,54 ″, lente f / 1,8 com abertura equivalente a 18 mm, PDAF

Tele: sensor de 8Mp 1/4 ″, lente f / 2.4 de abertura equivalente a 80mm, PDAF, OIS

Câmera com detecção de profundidade ToF 3D

Flash com LED duplo

Vídeo em 4K, 2160p / 60fps (padrão de 2160p / 30fps)

A Xiaomi lançou essa semana o novíssimo Redmi Note 8 Pro. O telefone chega para substituir o popular Redmi Note 7 que foi um dos sucessos de venda, deste ano, da marca Chinesa. Maior do que seu antecessor em todos os sentidos, o smartphone chama atenção pela melhora em itens como bateria, desempenho e câmeras.

Com processador MediaTek Helio G90T, que oferece melhor desempenho para rodar jogos e apps mais pesados, bateria de alta capacidade de 4500mAh (Suporta até 10 horas de jogo) e tela de 6,5” polegadas, o smartphone chega como uma boa opção para os games mobile. 

##RECOMENDA##

Já quem prefere tirar fotos a Quad Câmera de 64 MP não deixa a desejar. Ela traz uma função muito parecida com a do novo iPhone 11, podendo aumentar ou diminuir a área da foto - para caber todos os amigos, sem espremer ninguém. Para quem prefere selfies, a câmera frontal é de 20 MP.

Apesar de ainda não ser vendido em lojas físicas brasileiras, o novo Xiaomi Redmi Note 8 Pro global pode ser encontrado no site do AliExpress. O telefone custa R$ 1.334,11, no site e vem com 6GB de RAM e 128 GB de memória.

O Procon de Minas Gerais, multou administrativamente a Apple do Brasil em pouco mais de R$ 2.075 milhões, após usuários reclamarem de problemas em celulares Iphone 7 e Iphone 7 Plus. De acordo com a publicação oficial do órgão, os aparelhos apresentaram perda do microfone, após a atualização para o iOS 11.3.1, o que causou prejuízo aos clientes da maçã.

Segundo o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Fernando Ferreira Abreu, após o dia 24 de abril de 2018, quando foi disponibilizada a atualização do sistema operacional, as reclamações contra a companhia teriam aumentado “sensivelmente”. Por conta disso, foi possível fazer a ligação do defeito com a atualização do iOS. 

##RECOMENDA##

“O número bruto de 224 reclamações registradas no site Reclame Aqui, não revela a ainda integralidade do dano, pois, em assuntos relacionados à tecnologia, há uma enorme cifra reprimida de reclamações não registradas, uma vez que o consumidor é induzido a aceitar a informação da assistência técnica”, afirmou Fernando Abreu, no comunicado entregue à imprensa.

Apesar da autuação, se a empresa não recorrer e pagar a multa o valor solicitado irá para o Fundo Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (FEPDC) e não aos clientes prejudicados. Para o promotor de Justiça, diversas companhias têm preferido tomar essas atitudes, pois o custo da multa é - geralmente - menor do que as indenizações a serem pagas aos consumidores. A Apple Brasil não vai comentar sobre o caso.

LeiaJá também

--> Apple lança iOS 13 no mundo. Confira as novidades

--> Confira alguns jogos que estarão no Apple Arcade

--> Confira quais são os iPhones compatíveis com iOS 13

A Huawei apresentou seu novo smartwatch, na última quinta-feira (19). A nova geração do wearable vem em dois tamanhos, com chip próprio da empresa e uma bateria que promete durar até 14 dias, sem precisar ser recarregada. O relógio inteligente também oferece mais modos esportivos, além de recursos de chamada, reprodução de música por Bluetooth e monitoramento e gerenciamento de aplicativos de saúde e fitness.

As duas versões do Watch GT 2, chegam com 46 mm e 42 mm. O chip proprietário instalado no dispositivo vestível é o Kirin A1, que vem para melhorar a vida útil da bateria. A versão maior do relógio pode operar continuamente por até duas semanas, já a menor, por sete dias, ideal para atividades de tempo moderado.

##RECOMENDA##

Esportes e vida saudável

Além das ferramentas de monitoramento de saúde, que fazem bastante sucesso nesse tipo de gadget, o relógio também possui um alerta de sedentarismo, que lembra o usuário de se levantar e se movimentar após um certo tempo. Em ocasiões especiais, o alerta pode ser desativado, mas a intenção é estimular o usuário a praticar mais atividades físicas, inclusive há  15 modalidades de esportes cadastradas, sendo oito esportes ao ar livre e sete esportes indoor, para acompanhamento físico.

Para esses 15 modos esportivos, o relógio fornece monitoramento completo de aproximadamente 190 tipos de dados. O Watch GT 2 fornece análise de dados pré-exercício direcionada para as diferentes atividades, análise de registro de dados durante o exercício e aconselhamento profissional posteriormente.

O relógio inteligente vai custar entre EUR 229 (42mm) e EUR 249 (46mm), equivalentes a R$ 1050 e R$ 1140. Além dos telefones da companhia o aparelho também é compatível com celulares Android e iOS.

Depois de lançar um calendário com as datas das atualizações do iOS 13 em todo o mundo, a Apple liberou, na última quinta-feira (19), a versão final do seu novo sistema operacional. Quem possui celulares a partir do iPhone 6S, já pode atualizar o aparelho no menu "Ajustes" do smartphone. Quem tem o iPhone SE também poderá usufruir da novidade. Entre os recursos mais esperados - e mais aclamados - pelos usuários estão um botão para silenciar chamadas desconhecidas, o Modo Escuro, uma série de ferramentas para edição de fotos e vídeos, Memojis, e o serviço buscar iPhone funcionando sem internet.

Modo Escuro

##RECOMENDA##

Apesar de que, grande parte dos recursos anunciados na WWDC chegaram junto com a atualização, muita coisa também ficou de fora, para entrar nas próximas semanas. Entre aqueles recursos que surpreenderam os usuários está o Modo Escuro do aparelho, que funciona em praticamente todos os aplicativos instalados no telefone. 

Existem duas opções para usá-lo: uma que faz a alteração entre os dois modos manualmente e uma função automática que muda de um lado para o outro com base no nascer e no pôr do sol. Você pode escolher a que se aplica melhor às suas necessidades. Lembrando que você pode escolher ativar ou desativar em aplicativos específicos. É importante frisar que esse modo funciona para aqueles apps nativos da Apple. Os desenvolvidos por terceiros precisarão ser atualizados para dar suporte à alternância.

Fotos

Apple fez duas grandes mudanças para o aplicativo de fotos que vão desde a reformulação do design, facilitando a rolagem dos anos, meses e dias , até a adição de um conjunto de ferramentas de edição para fotos e vídeos, que - se você não precisa usar profissionalmente - parecem muito bon

Na edição, as ferramentas acabam sendo muito parecidas com as do Instagram em que você pode tocar na foto para editar a imagem com uma lista de rolagem de diferentes ajustes, como exposição, realces, sombras, contraste, ponto preto e muito mais. Cada valor pode ser ajustado de -100 a +100 e podem ser ativados ou desativados.

Localização e segurança 

A promessa de impedir que aplicativos de terceiros parassem de usar a sua localização, principalmente, quando desativados parece ser real. Os recursos de localização foram atualizados para dificultar que desenvolvedores e empresas rastreiem onde você está, graças às novas configurações de permissões, limitando o acesso a informação apenas uma vez ou enquanto o aplicativo estiver aberto. O iOS também avisará se os apps estiverem tentando solicitar sua localização em segundo plano.

Sobre as possibilidade de encontrar o seu dispositivo em caso de perda o Find My iPhone e Find My Friends chegam em um único aplicativo que permite rastrear os dois e que funcionam sem a necessidade da conexão à internet. Outra novidade, pequena, mas que deixou muita gente feliz foi o novo indicador de volume que não bloqueia mais a tela inteira quando você ajusta aperta o botão.

Pequenas melhorias

Para além das grandes melhorias, muitos usuários da maçã comemoraram um maior cardápio de Memojis, com mais mais recursos, mais opções de personalização e stickers gerados automaticamente no iMessage, de forma personalizável. A Apple também adicionou gestos de deslizar para o teclado, formando palavras mais rapidamentes (assim como Gboard), entre outros. 

Bug no lançamento

Para encerrar a coroação do iOS 13, o lançamento teve pelo menos algum problema, que afeta a segurança das informações dos smartphones. Um hacker chamado Jose Rodriguez, especialista em cibersegurança, identificou uma falha grave previamente alertada à Apple em julho.

Ele informou à companhia que encontrou uma vulnerabilidade que seria capaz de passar pela segurança do aparelho, mesmo com senhas ou reconhecimento biométrico. Para concluir a invasão, seria necessário ter o telefone em mãos, mas, depois disso, o possível criminoso conseguiria acessar a agenda de contatos, além de obter os dados de cada pessoa lista.

Jose Rodriguez comunicou levou o caso ao programa de recompensas Apple Security Bounty e divulgou as informações à CNN. A Apple confirmou que o problema existe e afirmou que a correção do bug será feita no iOS 13.1, que deve chegar no dia 24 de setembro.

A gigante de telefonia chinesa Huawei confirmou nesta quinta-feira em Munique (sul da Alemanha) que seu novo smartphone de última geração será comercializado sem os aplicativos do Google pré-instalados devido a sanções dos Estados Unidos.

"Devido à proibição dos Estados Unidos não podemos pré-instalar os aplicativos do Google", afirmou Richard Yu, gerente de serviços ao consumidor da Huawei.

##RECOMENDA##

Apesar disso, ressaltou, a marca chinesa oferecerá acesso a outros 45.000 aplicativos por meio de sua plataforma.

 Samsung lançou um refrigerador que não precisa ser aberto para que você saiba quais alimentos estão dentro. E não é só possível saber quais os tipos de comida estão disponíveis, mas também data de validade de cada produto e - para aqueles que gostam de seguir uma rotina mais regrada - programar quais alimentos devem ser consumidos primeiro. 

Chamada de Family Hub, a geladeira possui um software, Tizen 4.0, que promete facilitar o dia a dia dos moradores da casa. Entre os recursos estão câmeras internas que enviam para o smartphone o que há dentro da geladeira, a posição dos alimentos e sua validade, entre outras informações.

##RECOMENDA##

Três câmeras na porta do refrigerador também registram a parte interna toda vez que alguém abre e fecha o refrigerador. A geladeira também vem com um display touchscreen de 21.5” polegadas com resolução Full HD, no qual é possível acessar o histórico das imagens e observar o que há no interior sem a necessidade de abrir a geladeira.Quase um equipamento para fiscalizar quem costuma assaltar a geladeira na madrugada ou abre o produto para se perder em pensamentos. O histórico de alterações fica disponível para saber quando houve qualquer mudança.

É possível usar a tela como um quadro de avisos digital, colocar notas, fotos e até rabiscar diretamente. A data de vencimento dos alimentos pode ser registrada para ajudar a saber o que é necessário consumir primeiro, evitando assim iogurtes esquecidos atrás outros alimentos, por exemplo. O recurso visa evitar desperdício e, ao perceber a falta de algum item costumeiro, pode adicioná-lo automaticamente à lista da próxima compra.

 A Family Hub conta com selo A do Inmetro, com um consumo de 65kw/h, alta capacidade com 582 litros e dez anos de garantia. As especificações do aparelho mostram que ele possui RAM de 2.5 GB, acesso ao Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e dois alto falantes da AKG com 5 Watts RMS. Pode reproduzir vídeos e músicas espelhados no celular e deve custar, pelo menos, R$ 25 mil. A geladeira chega ao mercado este mês, mas ainda não tem uma data definida.

A ASUS anunciou nessa segunda-feira (16), o lançamento do Zenfone Max Pro (M2), para o mercado brasileiro. Entre os destaques do aparelho está a bateria, que promete durar até 35 dias em standby no 4G, ou seja, se o telefone permanecer com a tela desligada ele pode funcionar - sem precisar de recarga - por pouco mais de um mês inteiro.

O smartphone vem equipado com processador Qualcomm Snapdragon 660, 4GB de RAM e duas versões com 64GB e 128GB de armazenamento, com um slot para cartão microSD para expansão de armazenamento de até 2TB. Além disso a poderosa bateria de 5000mAh, promete deixar o usuário fazer uma única ligação de 45 horas de conversação no 3G, jogar por até 10 horas ininterruptamente, assistir 19 horas de filmes e vídeos ou navegar na web via wi-fi por até 23 horas. Ou seja, sair de casa sem se preocupar caso tenha esquecido de carregar o celular. 

##RECOMENDA##

Para quem se preocupa com a qualidade das fotos o Zenfone Max Pro (M2) vem com duas câmeras traseiras, a principal com sensor Sony IMX486 de alta resolução com 12MP, a secundária para modo retrato, com 5 MP e a frontal com 13MP. O preço do aparelho varia  de 1.529,10, para o modelo de 64GB, ou até R$1.799, no m modelo de 128GB. 

Nesta segunda-feira (16) a Apple divulgou alguns do títulos que estarão disponíveis no seu novo serviço de streaming de jogos. O Apple Arcade chega ao mercado em 19 de setembro, e trará uma seleção de games exclusivos, desenvolvidos especialmente para os usuários da maçã. Apesar de os jogos apresentados no Apple Event, na última terça-feira (10), não terem sido dos mais empolgantes, com nomes como o clássico jogo do sapo que atravessa a rua, Frogger, o futuro parece bem mais atraente. 

Mas quais são os games?

##RECOMENDA##

São mais de 100 jogos que ficarão disponíveis no catálogo e os títulos são uma mistura de grandes estúdios de jogos e desenvolvedores independentes. Porém, principalmente pela possibilidade de conexão com a Apple TV, as categorias de games vão além de quebra-cabeças. Um deles é "Overland", jogo de aventura pós-apocalíptico, que convida o jogador a resgatar sobreviventes, buscar suprimentos e ocasionalmente convidar um cão perdido para a jornada. 

Outros títulos como Skate City , um jogo de skate que se destaca na tela sensível ao toque, Oceanhorn 2 e Various Daylife, um RPG novinho em folha da Square Enix, que também é responsável pelo remake de Final Fantasy VII.

Inclusive, a lista de grandes desenvolvedoras chama a atenção com estúdios como a Sega, que terá Sonic Racing, SEGA com o quebra-cabeças ChuChu Rocket Universe, Pac-Man Party Royale da Bandai Namco e Shinsekai: Into the Depths da Capcom. No Brasil, o serviço vai custar R$ 9,90.

[@#video#@] 

Confira outros títulos (e seus estúdios) que estarão disponíveis no serviço

Oceanhorn 2: Knights of the Lost Realm - Cornfox

Towaga: Among Shadows” - Noodlecake

Mosaic - Raw Fury

Overland - Finji

Manifold Garden - William Chyr

Lifeslide - Block Zero

Where Cards Fall - Snowman

WHAT THE GOLF - Fun Plus

ChuChu Rocket! Universe - SEGA

Cat Quest II - Gentlebros

The Enchanted World - Noodlecake

Hot Lava - Klei Entertainment

EarthNight - Cleaversoft

Skate City - Snowman

Jenny LeClue - Detectivu - Mografi 

LEGO Brawls -  Lego

Sayonara: Wild Hearts - Annapurna

Sonic Racing - SEGA

Pac-Man Party Royale - Bandai Namco Entertainment Inc.

Frogger in Toy Town - Konami

Shinsekai: Into the Depths - Capcom

Cricket Through the Ages - Devolver

ShockRods - Stainless Games

Redout: Space Assault - 34BigThings

Super Impossible Road - Rogue Games Inc.

Oceanhorn 2: Knights of the Lost Realm - Cornfox

Uma das promessas feitas pela Apple quando anunciou o novo iPhone 11 Pro, na última terça-feira (10), foi uma maior resistência à água, poeira e quedas. Recursos de melhorias de fotos também fizeram parte da lista de novidades apresentadas para a nova geração do aparelho. Para comprovar que não estava de brincadeira, a companhia da maçã divulgou dois vídeos com um ensaio fotográfico canino e outro dando uma verdadeira surra no smartphone.

No primeiro trailer, com pouco mais de um minuto, não são apenas alimentos como brócolis, morangos e uma cabeça inteira de alface arremessados no smartphone. Brinquedos infantis, flores e até um bolo de casamento estão entre os objetos jogados no aparelho, lançados dentro de um túnel de vento de alta velocidade. Tudo isso, sem deixar nenhum arranhão no iPhone 11.

##RECOMENDA##

[@#podcast#@]

No outro vídeo a empresa mostra seus diferentes recursos para melhoria das fotos tiradas com o celular. Entre eles os efeitos das telas grande angular e ultra grande angular. Outro recurso anunciado pela marca no Apple Event foi o modo noite, que clareia as imagens fotografadas em ambientes com pouca luz, no caso do vídeo, de um belíssimo cachorro. Confra:

[@#video#@]

O Apple Event deixou muita gente empolgada na última terça-feira (10), ao trazer novidades relacionadas ao iPhone 11, o Apple Watch, seus serviços de streaming, entre outros. Porém, com a chegada dos novos smartphones da maçã outro anúncio muito esperado era sobre o sistema operacional do aparelho.  

A companhia deixou claro que o novo iOS 13 chegará cheio de novas funcionalidades, incluindo modo noturno em todo o aparelho, suporte ao Apple Arcade, um mapa mais detalhado - com navegação em 3D, Sing with Apple e muito mais. Mas, infelizmente, nem todas as gerações do iPhone vão ser contempladas com a atualização do sistema. Se você quer saber qual aparelho vai receber as novidades, confira a lista completa:

##RECOMENDA##

iPhone 11

iPhone 11 Pro

iPhone 11 Pro Max

iPhone X S

iPhone X S  Max

iPhone X R

iPhone X

iPhone 8

iPhone 8 Plus

iPhone 7

iPhone 7 Plus

iPhone 6s

iPhone 6s Plus

iPhone SE

iPod touch (7ª geração)

LeiaJá também

--> Hi!Tech: Apple Event mostra nova cara do iPhone

--> Apple apresenta iOS 13 com modo escuro em todo software

--> Perdeu o Apple Event? Confira tudo o que rolou

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando