Tópicos | Sony

A Sony Pictures divulgou, nesta quinta-feira (31), o trailer final de 'Jumanji 3: Próxima Fase' (Jumanji 3: Next Level). A prévia do longa mostra os personagens de Dawnayne Johnson, Karen Guillian, Kevin Hart e Jack Black enfrentando novos lugares e perigos para salvar Spencer (Alex Wolf) do jogo mais perigoso do mundo.

Confira:

##RECOMENDA##

[@#video#@]

'Jumanji 3: Próxima Fase' mostrará o jogo mais famoso do mundo num outro nível, com novos lugares e perigos. Depois de terem pensado que destruiram o jogo, Spencer (Alex Wolf), Bethany (Madison Iseman), Fridge (Ser´Darious Blain) e Martha (Morgan Turner) seguiram suas vidas separadamente. Até que Spencer reativa o jogo e é sugado para dentro. Agora, os seus outros amigos precisam voltar a Jumanji para salva-lo, o que eles não contavam é que o avô de Spencer (Danny DeVito) e seu melhor amigo Milo (Danny Glover) iriam se meter nesta confusão.

A terceira aventura de Jumanji chega aos cinemas em 5 de dezembro.

Por Pietro Tenorio

A Sony Pictures lançou hoje (28) o primeiro trailer do reboot de O Grito (The Grudge), longa produzido por Sam Raimi, mesmo produtor de Predadores Assassinos e diretor de A Morte do Demônio e da trilogia do Homem-Aranha. Confira abaixo.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

O elenco conta com Andrea Riseborough, Demián Bichir, John Cho, Betty Gilpin, Jacki Weaver e Lin Shaye (da saga Sobrenatural). Quem fica a cargo da direção é Nicolas Pesce. O filme chega aos cinemas em 16 de janeiro de 2020.

Por Pietro Tenorio

O perfil oficial da Kojima Productions, produtora criada por Hideo Kojima, anunciou nesta segunda-feira (28) que o game Death Stranding estará disponível também para PC. O jogo, que promete ser a obra prima do ex-vice-presidente da Konami, tinha sido apresentado como título exclusivo para PlayStation, mas deve chegar aos computadores pessoais em 2020.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Atualmente, Kojima está em turnê para apresentação do jogo junto com a Sony. Death Stranding chega ao PS4 em 8 de novembro e só deve ser disponibilizado para PC no segundo semestre de 2020. Ainda não há informações sobre compatibilidades futuras com outras plataformas.

LeiaJá também

--> Hideo Kojima anuncia seu novo game, Death Stranding

--> Death Stranding ganha trailer e data de lançamento

--> Top 6 destaques da Gamescom 2019 até agora

A Sony divulgou na última quinta-feira (24), que um de seus games mais esperados para 2020, ganhou uma nova data de lançamento. A notícia foi dada por Neil Druckmann, diretor de The Last of Us Part II, que revelou que o jogo vai precisar ficar alguns dias a mais no forno. O motivo seria dar um cuidado especial no processo de finalização do título, que tinha sido anunciado para chegar aos consoles no comecinho do próximo ano.

"[...] Conforme nos aproximávamos das sessões de fechamento do jogo, que percebemos que simplesmente não havia tempo o suficiente para trazer o jogo inteiro ao nível de polimento que é necessário para ter a qualidade Naughty Dog. A esta altura, tínhamos duas escolhas: comprometer partes do jogo ou conseguir mais tempo. Optamos pela última, e esta nova data de lançamento nos permite terminar tudo ao nosso nível de satisfação e ao mesmo tempo reduzir o estresse em nossa equipe", disse o diretor em comunicado.

##RECOMENDA##

A segunda parte do game de sobrevivência, que fez um estrondoso sucesso em 2013, deve chegar no 29 de maio de 2020, a data anterior era 21 de fevereiro. Nesta fase da história a expectativa é de diversas nuances narrativas, emoções e muito enredo, embalados pelo mote "Até onde você iria para fazer justiça com aqueles que machucaram as pessoas que você ama?".

[@#video#@]

A forma como nos conectamos com os jogos e suas plataformas está mudando. Este ano, diversas empresas anunciaram que estão investindo em serviços de jogos on-demand, os famosos streaming de games, para seus títulos. Alguns desses serviços devem chegar com a próxima geração de consoles, como o PS Now que, de acordo com a Sony, estará integralmente disponível para o PlayStation 5, em 2020.

E ela não está sozinha. No próximo dia 19 de novembro, o Stadia - streaming do Google - chega ao mercado para se juntar ao time das empresas que vão disponibilizar jogos na nuvem. O objetivo é permitir ao usuário acessar qualquer título em diversos dispositivos eletrônicos, sejam eles tablets, celulares ou laptops. Mas você sabe quais as companhias que vão oferecer o serviço? E o que será que essas novidades vão trazer? Confira os detalhes para saber e escolher qual dos streamings de jogos é mais interessante para você. 

##RECOMENDA##

Playstation Now

A Sony foi uma das primeiras grandes empresas a entrar no mundo dos streamings de games. Em 2012, a gigante comprou a Gaikai - que havia criado uma das primeiras plataformas de streaming de jogos lançadas no mundo. Na época, o serviço não deu muito certo por conta da qualidade da rede de internet. Porém, em 2014, foi relançado com o nome PlayStation Now, oferecendo acesso a títulos de PS2, 3 e 4 e finalmente começou a ganhar público. Nessa versão, seria possível que os jogadores tivessem acesso aos seus títulos favoritos, em diversos dispositivos diferentes como celulares, tablets, PCs, além do console da empresa.

Atualmente, são mais de 700 jogos disponíveis no Playstation Now que agrega títulos de todas as versões do Playstation e do Vita, seja por tempo limitado ou em caráter definitivo. O serviço não está disponível no Brasil e, lá fora, custa US$ 9,99 no plano mensal e US$ 59,99 no plano anual, após o reajuste em seus preços.

Steam

Depois de lançar o Steam Link versão beta, em maio, a Steam parece está querendo se inserir cada vez mais nas tecnologias que marcam os streamings. O app permite fazer streaming de jogos instalados no PC para o celular e agora a Valve anunciou que, deverá testar ainda este mês, uma ferramenta que vai possibilitar o modo multiplayer local online na Steam. Essa nova função, chamada de "Remote Play Together", possibilitará que o jogo seja compartilhado com outro usuário via streaming. Por ainda estar em fase de testes o serviço chega sem nenhum adicional.

Stadia

Um dos serviços de streaming mais falados e esperados do momento, o Google Stadia, é uma das promessas do segmento. Desde o começo do ano a gigante da internet divulga informações como o preço e design dos controles, títulos disponíveis, entre outros detalhes. Ao todo, estão confirmados 36 títulos disponíveis no catálogo, entre eles Red Dead Redemption 2, Mortal Kombat 11, Kine e muito mais. Todos compatíveis com dispositivos de TV, laptop, desktop, tablets e smartphones. 

Para dúvidas sobre quais dispositivos são suportados, requisitos de conexão à Internet de banda larga e detalhes sobre o Stadia Pro, a empresa disponibiliza essas informações no site do Stadia. É importante lembrar que o produto ainda não tem previsão de chegar ao Brasil e está na pré-venda custando $129 (cerca de R$ 535). 

Microsoft xCloud

Para não ficar para trás na corrida do streaming de games, a Microsoft também iniciou suas próprias pesquisas para a plataforma. O Project xCloud ganhou aplicativo para testes, disponível apenas para telefones com Android instalados. De acordo com o site do Xbox, inicialmente, serão 4 jogos disponíveis, mas outros serão adicionados ao longo do tempo. Para testar não é preciso possuir os jogos ou um console da empresa, mas existem algumas regrinhas para que o serviço funcione corretamente.

A primeira delas é que você precisa ser convidado para o teste. Qualquer um pode se inscrever a Microsoft vai selecionar aqueles que terão a oportunidade de testar o serviço em primeira mão. Além disso, é preciso ter um dispositivo móvel compatível com Android versão 6.0 ou superior, luetooth versão 4.0 ou superior controle sem fio Xbox compatível com Bluetooth, Wi-Fi de 5 GHz ou conexão de dados móveis de 10 Mbps e - é claro - o aplicativo de streaming de jogos do Xbox (versão prévia). Ainda não há valores ou data de lançamento confirmados.

Amazon

Quem parece também estar de olho nessa fatia de mercado é a Amazon. No começo do ano rolaram rumores que a gigante estaria criando seu próprio streaming de jogos. A empresa já é uma das maiores provedoras de computação em nuvem do mundo e - dado a ampliação de seus serviços ao redor do globo. Apesar da expectativa, não há indícios recentes de que a empresa esteja prestes a lançar a plataforma.

GeForce Now

Para fechar a nossa lista, em agosto deste ano, a Nvidia anunciou seu serviço de streaming de jogos, o Nvidia GeForce Now, estaria disponível para telefones Android. Recentemente o 

serviço entrou em fase de testes, na Coreia do Sul, e lá o usuário pode fazer login em sua conta na plataforma, para testar o jogo que desejar. A vantagem do serviço é que ele imita o desempenho de hardwares mais potentes para o celular baseado na velocidade da conexão de dados.

Como a empresa não conta com uma biblioteca própria, como no caso do Stadia, o GeForce Now pretende disponibilizar acesso aos títulos dos principais fornecedores de jogos, como Steam, Epic Games, entre outras. Dessa forma, os jogadores poderão utilizar seus próprios pagando apenas uma assinatura para utilizar o sistema. O valor cobrado é feito por hora, e depende da placa gráfica utilizada para transmissão dos jogos.

A semana começou cheia de novidades para quem usa o Instagram. A plataforma de compartilhamento de fotos fez diversos anúncios, incluindo novidades para os stories, como o modo 'Criar', o fim da aba 'Seguindo' e um aplicativo de mensagens muito parecido com o Messenger. Também rolou anúncio do preço do iPhone 11 no Brasil, a polêmica do Uber sem conversas e muito mais. Quer saber mais sobre tudo isso? Então clica no vídeo e confere!

[@#video#@]

##RECOMENDA##

LeiaJá também

--> 'Criar': Instagram lança nova ferramenta para stories

--> Uber lança opção de viagem sem conversa

--> Threads: o aplicativo de mensagens do Instagram

--> Instagram vai remover função 'Seguindo' do aplicativo

--> Sony lançará PlayStation 5 no fim de 2020

--> Hi!Tech: Apple Event mostra nova cara do iPhone

A Sony anunciou, nesta terça-feira (8), que a próxima geração de seu famoso console PlayStation chegará às lojas durante as festas de fim de ano de 2020.

O PlayStation 5 contará com controles ou joysticks melhorados, garante a gigante japonesa, líder mundial do mercado de videogames.

##RECOMENDA##

"Um de nossos objetivos com a próxima geração é aprofundar a sensação de imersão quando você está jogando, tivemos a oportunidade com nosso novo controle de voltar a imaginar o que pode o sentido do tato pode aportar para essa imersão", disse Jim Ryan, chefe da Sony Interactive Entertainment, em um comunicado.

O controle do PlayStation 5 vai incluir uma "tecnologia tátil" ("haptic technology", em inglês), que deve tornar a experiência de jogo mais realista.

"A tecnologia tátil te oferece uma ampla variedade de sensações, muito diferentes quando você bate contra um muro em uma estrada ou quando faz uma jogada em um campo de futebol americano", explicou Ryan.

Os "disparadores adaptativos", outro novo elemento dos novos controles, permitirão também "ter a sensação tátil de disparar uma flecha com um arco ou acelerar um 4x4 em um terreno rochoso", acrescentou.

Após negociações, Sony e Disney fecharam um acordo para a volta do Homem-Aranha vivido por Tom Holland ao universo da Marvel. Uma nova produção está à caminho e deve estrear em 16 de julho 2021.

A ruptura entre Marvel Studios e Sony Pictures aconteceu em agosto, motivada pelo fato da Marvel estar descontente com os lucros distribuídos nas produções dos filmes do Homem-Aranha. A produtora negociou uma porcentagem maior e a Sony, sabendo do grande sucesso que o MCU está alcançando, decidiu retomar o acordo.

##RECOMENDA##

Até o momento, o herói vivido por Holland teve dois filmes solo: "Homem-Aranha": De Volta ao Lar (2017) e "Homem-Aranha: Longe de Casa" (2019).

A Sony quer produzir o seu mundo cinematográfico baseado no Homem-Aranha, após o sucesso inesperado que o filme do arque vilão Venon fez. Nas próximas produções, o vilão Morbius, que será estrelado por Jered Leto, já está confirmado.

port Thiago Apelbaum

Na última terça-feira (24), a Sony fez mais um State of Play, o drops de novidades do Playstation, e - dessa vez - as notícias giraram em torno de The Last of Us Part II. A segunda parte do game de sobrevivência, que fez um estrondoso sucesso em 2013, foi apresentada com um trailer de tirar o fôlego e a notícia de que, além da sua data de lançamento, a primeira versão do jogo estará disponível gratuitamente, em outubro.

Para quem não lembra, The Last of Us mostrava a relação entre Joel e Ellie em um mundo pós-apocalíptico dominado por um fungo que transformava pessoas em Zumbis. Sua continuação, traz a protagonista, agora mais velha, de volta à ativa para responder a seguinte questão: "Até onde você iria para fazer justiça com aqueles que machucaram as pessoas que você ama?".

##RECOMENDA##

De acordo com Neil Druckmann, diretor de The Last of Us Part II, a história do jogo terá diversas nuances narrativas, emoções e muito enredo. "Para contar a história do jogo, ele precisava ser imenso", diz o diretor. Ele também afirma que o título é o mais ambicioso em 35 anos da Naughty Dog, desenvolvedora do projeto.

[@#video#@]

Além do trailer, a Playstation vai liberar várias edições do jogo, incluindo The Last of Us Parte II Standard Edition, Special Edition, Digital Deluxe Edition, Collector’s Edition e Ellie Edition, com conteúdos e brindes exclusivos para os jogadores, incluindo uma estátua de 30 cm da Ellie. 

A versão remasterizada do jogo The Last of Us e o The Last of Us: Left Behind estarão disponíveis gratuitamente para todos os assinantes da PlayStation Plus, em outubro. Já a data de lançamento do The Last of Us Parte II ficou para 21 de fevereiro de 2020. O game já está disponível para pré-venda.

Venom 2 começa suas filmagens em novembro, segundo relatório publicado no ‘Production Weekly’, site que lista produções cinematográficas e televisivas que estão em andamento. O portal também revelou que o título do longa será ‘Fillmore’. 

 Tom Hardy continua no papel de Eddie Brock, jornalista que se uniu ao simbionte. O ator Woody Harrelson foi confirmado no elenco como Cletus Kasady, o vilão CarnificinaO lançamento da sequência está marcado para 2 de outubro de 2020 

##RECOMENDA##

Por Isabelle França 

Expectativa é um sentimento que existe dentro de todo gamer. Para se manter vivo as empresas de games lançam, quase toda semana, títulos que vão ajudar a exercitar os dedos de seus consumidores. Nesta segunda semana de setembro, alguns dos títulos anunciados para Switch, PS4, Xbox e PC estão entre os mais esperados por jogadores de todo o mundo e, se você ainda não sabe quais jogos estão chegando por aí. confira nossa lista:

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Faltam pouquíssimos dias para mais uma edição do IFA 2019. Uma das maiores feiras de tecnologia da Europa acontece entre os dias 6 e 11 de setembro, em Berlim, e promete trazer diversas novidades entre telefones, computadores e acessórios inteligentes. Entre as empresas que já estão dando um gostinho do que vem por aí, está a LG, que lançou um convite ao evento com o que parece ser um smartphone dobrável.

LG e o smartphone de três telas

##RECOMENDA##

No começo de agosto a LG deixou muita gente com a pulga atrás da orelha, após lançar um convite para sua conferência de imprensa no evento. O vídeo não deixa claro se estaria mostrando um smartphone de três telas ou um acessório para o já existente V50 ThinQ, da companhia. 

Também há rumores de que a LG poderia anunciar o LG G8X , seu primeiro aparelho com sensor de impressão digital na tela, além de um par de novos aparelhos de médio porte: o K50S e o K40S. A empresa realizará sua coletiva no dia 6 de setembro às 5h, no horário de Brasília (10h, horário local de Berlim ).

Internet das Coisas

Apesar do apelo voltado aos smartphones, a Huawei irá dedicar sua participação no evento para falar sobre seus planos de infraestrutura relacionada ao 5G e IoT (Internet das Coisas). Quem vai entrar como parceira da empresa chinesa é a Qualcomm, que também subirá ao palco para falar sobre os avanços que a quinta geração da internet móvel promoverá em produtos que carregam processadores Snapdragon.

A volta do Galaxy Fold?

Depois do fracasso que foi o pré-lançamento do Galaxy Fold, em abril, a Samsung ocupou seu tempo em consertar as falhas do aparelho. Rumores indicam que a empresa pode estar se preparando para roubar os holofotes do evento, anunciando a volta do smartphone dobrável. A gigante sul-coreana tem uma conferência de imprensa agendada para uma dia antes do início do IFA 2019, mas especula-se que ela poderá lançar o dispositivo em 6 de setembro, primeiro dia da feira.

 Televisores, vestíveis e itens de informática

Além dos anúncios de smartphones e internet, outra coisa que se pode esperar das grandes marcas são anúncios relacionados a televisores, acessórios inteligentes e laptops. Acer, Asus, Dell, HP e Lenovo, além das fabricantes de processadores como Intel, costumam fazer pequenos lançamentos direcionados ao mercado de computadores portáteis. A própria Razer, especialista em gadgets para gamers pode apresentar o laptop mais fino do mundo, de acordo com anúncio da própria companhia no Twitter.

[@#video#@]

A Apple resolveu pedir desculpas aos seus usuários após ouvir conversas através do programa de classificação da Siri. No Hi!Tech desta semana a gente fala sobre isso, boato sobre produção de PS4 no Brasil, e novidades no mundo dos games. Ficou curioso? Então clica no vídeo!

[@#video#@]

##RECOMENDA##

LeiaJá também

--> Hi!Tech: Galaxy Note 10, impostos e Pokémon Sword e Shield

--> Decreto reduz imposto sobre jogos eletrônicos

--> Após redução de IPI, preço do PS4 no Brasil cai R$ 200

--> Apple se desculpa e para programa de classificação da Siri

--> Jogos clássicos do Rei Leão e Aladdin serão remasterizados

 

A Sony anunciou na última segunda-feira (26), a redução no valor de varejo do Playstation 4, no Brasil. Em comunicado à imprensa, a companhia confirmou uma diminuição de cerca de R$ 200 no preço praticado no mercado atual. A causa desse desconto é a redução dos impostos sobre videogames, anunciada no início de agosto pelo Governo Federal, que deve atingir também controles e outros acessórios para os consoles.

No dia último dia 15, foi publicado no Diário Oficial da União um decreto que reduzia o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), indo de 50% para 40% as alíquotas sobre consoles e de 40% para 32% para acessórios. De acordo com a Sony, o repasse do valor para o consumidor vai depender dos varejistas optarem por aderir ao novo preço sugerido, já que a redução é uma sugestão da empresa.

##RECOMENDA##

Entre as mudanças de preços a versão simples do PlayStation 4 sai de, aproximadamente, 2,6 mil para R$ 2,4 mil e PS4 Pro de R$ 3 mil para R$ 2,8 mil. Acessórios como os controles DualShock 4, black ou outras cores, recebem uma redução de 10 reais. O VR, óculos de realidade aumentada da marca, vai de R$ 2,8 mil a R$ 2,6 mil.

Outra surpresa foi o anúncio da Sony que, ao contrário do que se esperava, revelou não produzir nenhum console no país desde 2017. A notícia não era esperada, uma vez que o valor do PS4 (que chegou ao Brasil custando R$ 4 mil), só foi reduzido após a companhia começar a fabricá-lo em território nacional. Logo, os descontos valerão apenas para os produtos que forem importados de outras regiões do mundo.

A Sony e a Disney não chegaram a um acordo em relação a porcentagem de lucro dos filmes do Homem-Aranha, e parece que os próximos longas do amigão da vizinhança não serão mais parte do Universo Cinematográfico da Marvel - que conta com heróis como Capitão América, Doutor Estranho, entre outros.

No entanto, durante a D23, evento que traz novidades sobre os filmes da Disney, Tom Holland se mostrou otimista em relação ao destino do Aranha nos próximos filmes - e, em entrevista à Entertainment Weekly, deu super a entender que continuará interpretando o personagem!

##RECOMENDA##

- Basicamente nós fizemos cinco filmes incríveis, foram cinco anos incríveis, me diverti muito. E quem sabe o que pode acontecer no futuro? Tudo o que eu sei é que eu vou continuar interpretando o Homem-Aranha e me divertindo muito. Vai ser muito divertido, não importa a forma que escolhermos fazer. O futuro do Homem-Aranha vai ser diferente, mas vai ser igualmente incrível, e nós encontraremos novas formas de torná-lo ainda mais legal.

No entanto, nenhuma declaração oficial foi emitida pela Sony confirmando que Holland segue como Peter Parker. Durante a mesma entrevista, Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, deu uma declaração que deixou claro que o Homem-Aranha não faz mais parte da Disney - e nem do MCU.

- Não deveria durar para sempre [o acordo entre a Sony e a Disney], nós sabíamos que poderíamos fazer isso por um período de tempo, e contamos a história que queríamos contar, então sou grato por isso.

Vale lembrar que o final de Homem-Aranha: Longe de Casa deixou várias pontas soltas, não só na história do Peter Parker, mas também em acontecimentos que impactam todo o MCU. Como será que a Sony lidará com isso?

Tom Holland publicou uma série de fotos fofíssimas em seu perfil no Instagram! O ator se encontrou com Robert Downey Jr. e os dois fizeram diversas selfies divertidas, incluindo uma onde eles seguram os bonequinhos de seus personagens, Homem-Aranha e Homem de Ferro. Talvez para demonstrar apoio, Downey apareceu agarrando a action figure de Peter Parker, em meio à polêmica de que os filmes do Amigão da Vizinhança irão deixar o MCU por uma briga entre a Sony e a Disney.

Nós conseguimos, Sr. Stark!, escreveu Holland na legenda, fazendo uma referência à franquia dos Vingadores.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Joan Celia Lee expressou sua opinião em relação a polêmica envolvendo os direitos do herói Homem Aranha. Em entrevista com o TMZ, a filha do quadrinista disse que “a busca da Marvel e da Disney por controle total das criações do meu pai deve ser conciliada por outros que, mesmo buscando lucro, tenham genuíno respeito por Stan Lee e seu legado”. 

 Para ela, ninguém poderia ter tratado o legado do seu pai de maneira pior que os executivos das empresas. “Quando ele morreu, ninguém da Marvel ou Disney entrou em contato comigo”.  

##RECOMENDA##

 “Seja Sony ou qualquer outra, a evolução contínua dos personagens de Stan e seu legado merecem múltiplos pontos de vista”, disse J.C. Lee.  

Por Isabelle França

Como você viu, os longas da franquia Homem-Aranha podem não ser mais produzidos, e o motivo seria a divisão dos lucros do filme. Após essa notícia, dada pelo portal Deadline, os fãs foram para as redes sociais protestar contra a decisão. E Ryan Reynolds, ator que interpreta o Deadpool, também deu uma declaração em sua conta do Twitter.

Um fã da saga perguntou se agora poderia ter um filme com a junção do Homem-Aranha e do Deadpool, e a resposta de Ryan movimentou a rede:

##RECOMENDA##

Vocês podem. Mas só podem ver no meu coração, escreveu o ator.

Em resposta, vários seguidores brincaram com a ideia. Outros pediram a ajuda de Ryan para devolver a franquia do Aranha para a Marvel, incluindo o ator do personagem Gavião Arqueiro, Jeremy Renner.

Seu coração tem aquelas poltronas legais e reclináveis de cinema?, escreveu a fã.

Oi @sonypictures, nós queremos o Homem-Aranha de volta pro @therealstanlee e @marvel, por favor, obrigado, declarou Renner no Instagram.

A Sony, por sua vez, deu seu comunicado oficial no Twitter:

Muitas das notícias de hoje sobre o Homem-Aranha descaracterizaram discussões recentes sobre o envolvimento de Kevin Feige na franquia. Estamos desapontados, mas respeitamos a decisão da Disney de não tê-lo como produtor principal de nosso próximo longa do Homem-Aranha. Esperamos que isso mude no futuro, mas entendemos as muitas responsabilidades que a Disney lhe deu - incluindo todas as novas propriedades da Marvel - que não permitem que ele trabalhe em protocolos que não são dele. Kevin é incrível e somos gratos por sua ajuda e orientação e apreciamos o caminho que ele ajudou a trilhar, e continuaremos, finalizou a conta oficial.

Os filmes de super-heróis da Marvel, que arrecadaram 22 bilhões de dólares nas bilheterias mundiais, podem perder seu personagem mais famoso depois que a Sony confirmou, na terça-feira, que as negociações sobre o acordo para dividir o Homem-Aranha com os estúdios Disney quebraram.

O ator britânico Tom Holland, que faz o Homem-Aranha, tornou-se uma figura cada vez mais central na franquia mais lucrativa da história do cinema.

##RECOMENDA##

No entanto, embora o adolescente lançador de teias tenha sido durante décadas a joia do império de histórias em quadrinhos da Marvel, quem possui os direitos do personagem é a Sony.

Ele só começou a aparecer no "universo cinematográfico" da Marvel, pertencente à Disney, após os gigantes de Hollywood terem fechado um acordo quase sem precedentes, e ainda altamente sigiloso, em 2015 para co-produzir e dividir os lucros entre os filmes.

Um aspecto fundamental dessa parceria agora está quebrado.

A Sony confirmou que o diretor da Marvel Studios, Kevin Feige - amplamente creditado com o boom fenomenal dos filmes de quadrinhos da última década - não produzirá mais filmes do Homem-Aranha, e um porta-voz da Marvel adicionou que o estúdio está "desapontado".

"Esperamos que isso mude no futuro, mas entendemos que muitas das novas responsabilidades que a Disney lhe deu... não permitem que ele tenha tempo de trabalhar em IP (propriedade intelectual) não pertencentes à eles", afirmou o porta-voz em declaração enviada à AFP.

A separação torna "quase certo" que o personagem Homem-Aranha estará ausente de aparições cruzadas em futuros filmes da Marvel, de acordo com o jornalista do Hollywood Reporter, Graeme McMillan.

Diversos meios de comunicação de Hollywood informaram, na terça-feira, que Disney e Sony não conseguiram chegar a um acordo sobre termos financeiros para futuros filmes do Homem-Aranha.

De acordo como Deadline, que deu a notícia, a Disney queria aumentar significativamente sua participação financeira em novos filmes do Homem-Aranha, enquanto a Sony se recusou a alterar os termos existentes.

A Sony afirmou que as matérias "descaracterizaram discussões recentes", mas agradeceu a Feige pelo "rumo que ele nos ajudou a tomar, o qual continuaremos".

Em termos financeiros, o Homem-Aranha é um dos super-heróis mais bem sucedidos da história do cinema.

A versão do Homem-Aranha interpretada por Tom Holland foi um sucesso nas bilheterias - ele apareceu em um total de cinco filmes dos estúdios Marvel e Sony, desde o acordo de colaboração, que arrecadaram coletivamente quase 8 bilhões de dólares em todo o mundo.

Entre as produções, estão "Vingadores: Ultimato" da Marvel, o filme de maior bilheteria de todos os tempos.

Na Comic-Con do mês passado, a Marvel Studios estabeleceu uma linha do tempo de filmes e programas de televisão agendados para os próximos dois anos, incluindo novas participações para personagens populares como Thor, Viúva Negra, Doutor Estranho e Loki - mas nenhum com o Homem-Aranha.

Espera-se também que Feige esteja ocupado supervisionando as novas franquias da Marvel adquiridas pela Disney na compra da 21st Century Fox, que inclui o popular "X-Men".

No ano passado, a Sony produziu, separada do domínio da Marvel Studios, uma animação do Homem-Aranha ganhadora do Oscar, o "Aranhaverso", bem como um filme independente centrado no popular vilão do lançador de teia, Venom.

Para falar sobre o assunto, a Disney não respondeu imediatamente ao pedido de comentário da AFP.

A parceria entre Disney e Sony foi desfeita e o Homem-Aranha está fora do universo cinematográfico da Marvel. Os estúdios não se entenderam quanto à divisão de lucros em novos projetos e colocaram fim no relacionamento. 

Segundo o portal Deadline, a Disney queria aumentar o controle sobre outros personagens relacionados ao Homem-Aranha, como Venom e Morbius, dividindo o lucro em 50%. A Sony, no entanto, não topou a proposta por ser esta sua franquia de maior sucesso. Sendo assim, o herói das teias deixa de fazer parte do universo Marvel bem como perde um de seus produtores, Kevin Feige. 

##RECOMENDA##

No entanto, o ator Tom Holland e o diretor Jon Watts ainda têm contratos assinados para mais dois filmes da franquia. Ainda de acordo com o Deadline, os planos da Sony são manter a equipe criativa de Longe de Casa garantindo a dobradinha Holland-Watts. Porém, Peter Parker não vai mais encontrar os personagens com quem contracenou em Capitão América: Guerra Civil e Vingadores, entre outros.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando