Tópicos | PA

[@#galeria#@]

Lotado. Foi assim que o Teatro Luiz Souto Dourado, no Centro Cultural de Garanhuns, esteve para receber as duas sessões do espetáculo “O Som e a Sílaba”. Escrita e dirigida por Miguel Falabella, a peça abriu a programação da 29ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns nessa quinta-feira (18), contando com as interpretações sutis das atrizes-cantoras Alessandra Maestrini e Mirna Rubim.

##RECOMENDA##

Com atraso de uma hora e pequenas falhas técnicas na iluminação, o público ria e se emocionava com a história de Sarah Leighton. O musical conta a trajetória de uma mulher que tem Síndrome de Asperger, um grau de autismo, que não esconde o amor que sente pela ópera. Sabendo das suas limitações, a personagem de Maestrini prova que a arte liberta e rompe qualquer barreira que tenha a pretensão de elevar a tristeza. Seguindo os ensinamentos de Leonor Delis, sua professora de música clássica, Sarah transita pela essência da luta de ter o bem-estar impregnado na alma.

Na contramão, Leonor vive dramas pessoais. A presença de Sarah faz com que os problemas da sua professora de canto sejam enfrentados com sabedoria, e a partir daí a troca de conhecimentos das duas personagens é transformada em um elo de cumplicidade pelas diferenças. Abordando com humor e suavidade a inclusão social, a peça ao longo de sua estrutura visceral ressalta que a oportunidade - nas mais diversas áreas - transforma e realiza sonhos.

Ao término da apresentação, Maestrini, que também fez sucesso na televisão interpretando a Bozena no humorístico “Toma Lá Da Cá”, se despediu do público.  “Muito obrigada pela presença de todos. Soubemos que tinha muita gente esperando e isso fez toda a diferença para nós. Estamos muito felizes de estar aqui”, declarou. 

Misturando arte e vida, “O Som e a Sílaba”, que foi feita especialmente para Alessandra Maestrini, liderou mais de 20 indicações a prêmios, conquistando cinco, entre eles o conceituado Bibi Ferreira de Melhor Roteiro Original em 2018. A comédia musical ficou em cartaz este ano no Teatro XP, no Rio de Janeiro, de ‪14 de março a 21‬ de abril.

PROGRAMAÇÃO 

Depois de oferecer duas sessões da peça “O Som e a Sílaba”, do escritor e diretor Miguel Falabella, nessa quinta-feira, o Teatro Luiz Souto Dourado abrirá suas cortinas para uma produção pernambucana. Nesta sexta-feira (19), segundo dia do Festival de Inverno de Garanhuns, aportará no local a peça “O Alienista”. O espetáculo está previsto para começar às 18h. O Teatro Luiz Souto Dourado fica localizado no Centro Cultural de Garanhuns.

O presidente Jair Bolsonaro considera transferir a Agência Nacional do Cinema (Ancine) do Rio de Janeiro para Brasília. Ele criticou o suposto "ativismo" na produção de filmes brasileiros, citando como exemplo o filme "Bruna Surfistinha", que narra a história de uma ex-garota de programa. Bolsonaro falou sobre o assunto durante evento de comemoração pelos 200 dias de governo.

"Agora há pouco, o Osmar Terra (Cidadania) e eu fomos para um canto e nos acertamos. Não posso admitir que, com dinheiro público, se façam filmes como o da Bruna Surfistinha. Não dá. Ele apresentou propostas sobre a Ancine, para trazer para Brasília. Não somos contra essa ou aquela opção, mas o ativismo não podemos permitir, em respeito às famílias, uma coisa que mudou com a chegada do governo", disse o presidente.

##RECOMENDA##

Nesta quinta-feira, 18, Bolsonaro assinou a transferência do Conselho Superior de Cinema, responsável pela política nacional de audiovisual, do Ministério da Cidadania para a Casa Civil. O objetivo é que o Palácio do Planalto tenha mais influência sobre o órgão. Oficialmente, o intuito é "fortalecer a articulação e fomentar políticas públicas necessárias à implantação de empreendimentos estratégicos para a área".

No evento, o presidente focou mais em questões ideológicas e deixou de lado medidas econômicas. Ele voltou a falar da suspensão do vestibular que reservava 120 vagas para transgêneros e pessoas não-binárias, o que, para ele, é algo que não pode acontecer. Ele disse que por ser um vestibular "exclusivo" significa que "não tem espaço para quem for heterossexual".

Bolsonaro também disse que não sabia o que era "não-binário," foi pesquisar, mas não ia comentar em respeito aos presentes. A categoria de pessoas que não se definem exclusivamente como homem ou mulher é contemplada em glossário da Organização das Nações Unidas (ONU).

"Não podemos preservar um concurso público que tem esse comportamento. Tenho que levar avante as bandeiras que fizeram o povo acreditar em mim", afirmou Bolsonaro.

O popular aplicativo FaceApp, criado na Rússia e que permite aos usuários visualizar como ficariam mais jovens ou mais velhos, é motivo de polêmica nos Estados Unidos, onde um senador pediu ao FBI que investigue seus riscos potenciais à "segurança nacional e à privacidade".

Muito popular entre celebridades e usuários em geral de redes sociais, o aplicativo usa a inteligência artificial para modificar fotos dos internautas, adicionando rugas ou eliminando anos de seus rostos. O cantor Drake, a rapper Cardi B e o campeão da NBA Stephen Curry já o usaram e compartilharam imagens que passaram pelo filtro do envelhecimento.

##RECOMENDA##

Mas o senador Chuck Schumer, líder da minoria democrata no Senado, pediu na quarta-feira ao FBI e ao FTC, organismo de proteção do consumidor nos Estados Unidos, que "investigue os riscos para a segurança nacional e a privacidade" das pessoas com relação ao FaceApp.

Além dos famosos, o aplicativo tem sido usado por milhões de pessoas comuns e atualmente é o app gratuito mais baixado no Google Play, com mais de 100 milhões de downloads.

"A localização do FaceApp na Rússia traz questionamentos sobre como e quando a companhia pode fornecer dados de cidadãos americanos a terceiros, incluindo potencialmente a governos estrangeiros", indicou o senador por Nova York em sua carta ao FBI.

"Seria profundamente preocupante se informação pessoal sensível de cidadãos americanos fosse entregue a algum poder estrangeiro ativamente envolvido em hostilidades cibernéticas contra os Estados Unidos", acrescentou.

O FaceApp foi lançado há dois anos, mas viralizou recentemente depois que as fotos de celebridades retocadas com seu filtro de envelhecimento inundaram as redes sociais.

Sua empresa desenvolvedora, a Wireless Lab, foi fundada em São Petersburgo (noroeste da Rússia) e atualmente fica no polo tecnológico de Skolkovo (perto de Moscou), o que gerou preocupação também entre outros membros do Partido Democrata nos Estados Unidos.

O jornal The Washington Post reportou que o Comitê Nacional Democrata chamou os candidatos em campanha para as primárias presidenciais para a eleição de 2020 a "apagar o aplicativo imediatamente".

O partido é especialmente sensível a qualquer possibilidade de vigilância ou espionagem relacionada a Moscou depois que alguns democratas foram alvo de ataques de hackers russos durante a campanha presidencial de 2016.

O medo de ciberespionagem floresceu nos últimos anos com os temores das autoridades de que os governos estrangeiros tenham acesso e possam potencialmente usar de forma inapropriada informação pessoal de milhões de americanos.

Em maio, uma companhia chinesa de jogos para celulares que comprou o popular aplicativo de relacionamentos gay Grindr informou que o venderia em junho de 2020 após pressões das autoridades americanas.

Segundo informes, as autoridades temiam que americanos pudessem ser vítimas de chantagens se o governo chinês exigisse os dados de seus usuários à empresa Kunlun Tech, com sede em Pequim.

- Controverso -

Os responsáveis pelo FaceApp não responderam à carta de Schumer.

Mas o diretor-executivo da empresa russa, Yaroslav Goncharov, assegurou ao The Washington Post que as autoridades deste país não têm acesso aos dados de seus usuários.

Também afirmou que as fotos não são usadas com nenhuma outra finalidade e que a maioria delas é apagada de seus servidores 48 horas depois de publicadas pelos usuários.

Nem Goncharov, nem a Wireless Lab puderam ser imediatamente contatados pela AFP para fazer comentários.

Esta não é a primeira controvérsia envolvendo o FaceApp. Pouco após seu lançamento, um filtro "hot" (sexy), que automaticamente clareava o rosto dos usuários, gerou acusações de racismo.

Além disso, os desenvolvedores do aplicativo tiveram que remover no mesmo ano uma ferramenta que permitia aos usuários mudar sua origem racial.

Na semana passada, Goncharov comentou o sucesso viral do aplicativo em uma incomum publicação no Facebook: "Conquistar Instagram e WhatsApp mais uma vez? Uma coisinha, mas faz a gente se sentir bem", escreveu.

Mari Palma anunciou na última quinta-feira, dia 17, sua saída da TV Globo. No Instagram, a jornalista publicou uma foto do crachá e se despediu da emissora, assim como fez seu namorado, o repórter Phelipe Siani, que na mesma semana comentou a decisão de pedir demissão.

É hora de dizer tchau! O crachá tá todo desgastado assim porque tem muita história (tem até o selinho de camisa 10 do campeonato de futebol). Essa história tem exatos 11 anos, completados no último dia 7/7. A Globo foi meu primeiro e único emprego. Quando eu comecei como estagiária, em 2008, com 19 anos, não fazia ideia do que ia acontecer na minha vida. Lembro que comprei vários saltos e camisas sociais porque achei que teria que trabalhar assim pro resto da vida, mas olha só: hoje, 11 anos depois, eu saio da empresa com meu guarda-roupa cheio de camisetas divertidas e tênis - isso porque lá dentro eu tive a liberdade de ser quem eu sou de verdade. E por isso, eu vou ser eternamente grata..nesses 11 anos, eu fiz tanta coisa: comecei no digital, fazendo chats, arrumando estúdio, passando cabo no chão; depois fui pra redes sociais e notícias no G1; aí virei editora do site do Bem Estar; aí fui pra TV aberta ao vivo, sem TP, com o G1 em 1 minuto; virei a vida em 360 graus no Fantástico; depois fui me aventurar no esporte e terminei meu ciclo no Mais Você..e sabe o que eu acho engraçado? notícias por aí sempre classificaram minhas mudanças como promoção ou rebaixamento, boas ou ruins. sendo que na verdade, mudanças são sempre importantes e positivas, né? cada passo que eu dei me fez aprender uma coisa diferente, me fez descobrir onde eu me encaixo melhor e o que eu mais gosto de fazer, começou.

##RECOMENDA##

Em seguida, Mari Palma afirmou sobre a difícil decisão de sair da emissora:

Mudar é difícil demais, mas eu gosto do frio na barriga, de sair da zona de conforto, de me arriscar - sem isso, a gente nunca sai do lugar. agora, adivinha só: chegou a hora de mudar de novo. Pra onde? Eu conto depois. Enquanto isso, vou viver esse momento de despedida que tá sendo tão difícil e tão gostoso ao mesmo tempo, junto com os amigos que fiz na Globo, com o amor da vida que eu ganhei lá dentro, com minha família e com vocês também que sempre me receberam tão bem e fazem parte de tudo que eu construí até hoje. Bora que o caminho é longo e cheio de aventuras! Obrigada @redeglobo por TUDO!, finalizou ela.

Phelipe Shiani comentou a decisão da namorada e publicou uma foto no Instagram com uma homenagem à ela:

Eu não sei dizer o tamanho do orgulho que eu sinto dessa mulher linda e corajosa, que me aceitou como companheiro de vida. O mundo é nosso, meu amor!, escreveu ele.

Na terça-feira, dia 16, Phelipe já havia falado sobre a decisão de sair da TV Globo. Na legenda de vídeo em que explica a mudança na carreira, ele escreveu: Pedi demissão! E a vida segue... Já na publicação, o repórter seguiu o mesmo discurso de Mari Palma e falou sobre a difícil decisão de sair da empresa: Eu sai porque a gente precisa se desafiar a fazer coisas novas na vida da gente. Decidi que estava na hora de explorar outros universos.

Um coro de gritos estridentes e galões de sangue falso marcaram a inauguração da edição de número 50 da Comic-Con em San Diego, que apresentou imagens arrepiantes de "It: A Coisa 2", sequência do filme de terror que ocupa o primeiro lugar no ranking do gênero.

O estúdio New Line Cinema, da Warner Bros., aproveitou a noite de quarta-feira do maior encontro de fãs de cultura pop para apresentar a segunda e última parte da adaptação do romance de Stephen King, publicado originalmente em 1986, sobre um palhaço aterrorizante que aparece nos esgotos e aterroriza as crianças.

##RECOMENDA##

[@#video#@]

A sequência tem Jessica Chastain e James McAvoy como as versões adultas das crianças que aparecem na primeira parte e que retornam a sua cidade 27 anos depois para lutar contra o palhaço Pennywise.

Consultado por Conan O'Brien, anfitrião da noite, em um trecho em que seu personagem aparece banhado em sangue da cabeça aos pés, Chastain disse que ela própria se ofereceu para uma imersão total, mas depois se arrependeu.

"Foi algo como: vamos fazer 'Carrie' com esteroides", comentou ela em um cinema lotado no centro da cidade.

"E foi isso que ele (o diretor Andy Muschietti) fez; e ele literalmente me torturou durante o filme", disse ainda.

Chastain afirmou que a produção do filme consumiu 4.500 galões (pouco mais de 20.400 litros) de sangue falso, segundo ela um recorde mundial e que teve que ser armazenado a temperaturas muito baixas para que não fermentasse no calor do verão.

McAvoy, por sua vez, disse que sofreu tensões musculares e tendinite durante as filmagens devido à grande demanda física que Muschietti exigiu em várias tomadas.

- Personagens femininos -

Chastain, conhecida por seu papel como analista da CIA que descobre o paradeiro de Osama bin Laden em "A Hora mais Escura", também elogiou a forma como as mulheres, da era #MeToo, são representadas em filmes de terror.

"Muitas pessoas estão falando sobre as personagens femininas e os arcos (de narrativa). Acho que os filmes de terror honram as mulheres, porque são s mulheres que acabam derrotando o monstro e, em geral, os homens morrem", afirmou.

A edição do 50º aniversário da Comic-Con reúne 135.000 nerds e geeks por quatro dias em um centro de convenções de San Diego tomado por propagandas de filmes, programas de televisão e histórias em quadrinhos.

Alguns dos eventos mais esperados é a nova sequência de "O Exterminador do Futuro", que reúne Arnold Schwarzenegger e Linda Hamilton, assim como a estreia de "Star Trek: Picard", com a volta de Patrick Stewart, e uma reunião com o elenco de "Game of Thrones".

"Se Vira nos 30". É com esse bordão célebre do apresentador Fausto Silva que atores se dividem em produções fora do núcleo televisivo e cinematrográfico. No mundo da música, diversos cantores já convidaram grandes nomes da atuação para estrelar seus videoclipes.

Independentemente do gênero, os atores protagonizaram ao lado dos músicos cenas que conquistaram o público. No entanto, o LeiaJá relembra essa galera que aceitou o convite de brilhar musicalmente os vídeos através de interpretações ímpares.

##RECOMENDA##

Confira:

Tom Hanks - I Really Like You (Carly Rae Jepsen)

Marcelo Adnet - Escolho Você (Sandy)

Mariana Xavier - Jenifer (Gabriel Diniz)

Ben Affleck - Jenny From The Block (Jennifer Lopez)

Fabio Assunção - Canibal (Ivete Sangalo)

Isis Valverde - Essa Mina é Louca (Anitta)

Scarlett Johansson - What Goes Around…Comes Around (Justin Timberlake)

Nanda Costa - Eu Amo Você (Ana Cañas)

Mariana Rios - Onde Estiver (NX Zero)

José Loreto - Te Pegar (Iza)

Sidney Sampaio - Imortal (Sandy e Junior)

Mariana Ximenes  - Anna Júlia (Los Hermanos)

Jonathan Azevedo - Segue o Som (Vanessa da Mata)

A turnê Nossa História - que marca o retorno de Sandy & Junior aos palcos - começou recentemente e apesar dos shows estarem sendo muito esperados pelos fãs, o próprio Junior resolveu surpreender seus admiradores e, em seu canal do YouTube, que apresenta juntamente com Bruno Bock, revelou algumas curiosidades dos bastidores da sua carreira! Além de ter falado, por exemplo, sobre o que achava da sua fama, da fortuna que fez e até das brigas que teve com sua irmã, ele também não deixou de citar sobre os comentários de que vivia à sombra de sua irmã e também de um momento turbulento que passou em sua carreira!

Durante o vídeo, Junior chamou a atenção ao deixar claro que, assim como todos os irmãos, ele e Sandy tiveram alguns conflitos e chegaram até mesmo a sair no tapa quando mais novos. Mas, segundo ele, foi só após conseguirem entender que as brigas poderiam atrapalhar o desempenho na carreira, que arrumaram um jeito rápido de resolver os desentendimentos! Não que ele não tivesse que ceder. Segundo o próprio, ele já relevou muita coisa que sua irmã fazia!

##RECOMENDA##

Quando se pensa na dupla que ele forma com Sandy, é impossível não pensar nas críticas que ele recebia de que vivia a sombra da irmã. Sobre isso, ele revelou como lidava com esses comentários:

- Esse tipo de coisa me estimulava a fazer um trampo legal. [Eu pensava:] Vou dançar bem, vou aprender algum instrumento. Falam que sou sombra então vou fazer um solo de guitarra no meio do show.

Durante o vídeo, o sucesso do álbum As Quatro Estações não ficou de fora. Nem o título que eles ganharam na época pela Universal Music que os nomeavam como os artistas jovens mais influentes da gravadora ao redor do mundo. Apesar de conquistas grandiosas, Junior falou que ele não tinha noção do tamanho de seu sucesso:

- A gente não dimensionava. Eu não entendia nada. Acordar de manhã e minha mãe virar para mim e falar: Olha, o disco que saiu hoje já vendeu um milhão de cópias. E aí eu virar e falar: Nossa que legal, cadê meu cereal? Depois de muitos anos eu fui pensar nisso e entendi que isso era um absurdo.

Tendo feito sucesso desde muito cedo e vindo de uma família bem-sucedida, o cantor ainda revelou que sempre teve o vídeo game da moda. Entretanto, ele disse que seus pais davam presentes para ele e para a irmã só em determinadas datas como uma das formas de educar e dar limites.

Quando se é um jovem cantor, passar pela puberdade pode ser uma baita de uma dor de cabeça. Junior teve que enfrentar este desafio e no vídeo relembrou o quanto ficou desesperado quando percebeu que não tinha mais controle de sua voz:

- Eu cheguei no estúdio para gravar e eu não tinha mais domínio da minha voz. Não conseguia cantar, não conseguia fazer mais nada. Fiquei desesperado. Fui para a fono, fiquei um mês fazendo fono para ter o domínio da minha voz para poder voltar a gravar, teve que adiar em um mês a gravação do álbum. Puberdade é muito louca.

A organização do Garota VIP, evento comandado por Wesley Safadão, divulgou as atrações que irão agitar o Classic Hall, em Olinda, no dia 19 de outubro. O público vai se divertir com as apresentações de Márcia Fellipe, Simone e Simaria e do DJ Vintage Cultura.

Na edição pernambucana, a festa promete um agito de quase dez horas, seguindo os moldes tradicionais que faz sucesso nos lugares por onde passa. A maratona de shows é conhecida por reunir aproximadamente 25 mil pessoas. Informações sobre os valores dos ingressos serão divulgadas em breve. 

##RECOMENDA##

Recentemente, Wesley Safadão liberou em todas as plataformas digitais o novo trabalho. Intitulado "TBT WS", o projeto traz ao vivo as canções "Juras de Amor", "Pra Você Voltar Pra Mim", "Absurdos", "Amor Transparente" e "Despedida".

O escritor italiano Andrea Camilleri, "pai" do comissário Montalbano, faleceu nesta quarta-feira (17) aos 93 anos, anunciou o hospital onde ele estava internado em estado crítico desde uma parada cardíaca em junho.

"Seu estado, ainda crítico nos últimos dias, piorou nas últimas horas, comprometendo suas funções vitais", anunciou o hospital de Roma em um comunicado, acrescentando que o funeral será realizado de forma privada.

##RECOMENDA##

A Itália, porém, espera poder prestar uma última homenagem a esse "papa" do romance policial.

Foi sob a sua caneta que nasceu, em 1994, o famoso comissário Montalbano, amador de boa comida e uma das principais figuras do romance policial europeu.

Diretor de teatro e de televisão e roteirista, Andrea Camilleri, se tornou conhecido como romancista tardiamente, mas o sucesso foi avassalador.

O anúncio da morte deste ex-militante comunista provocou uma chuva de homenagens unânimes em toda a Itália e nas redes sociais, onde a mensagem "Ciao Maestro" ("Adeus, Mestre") estava em alta.

"Esta é uma triste notícia para a Sicília, que perde seu filho, e para a Itália, que vê partir um magnífico mestre da vida. Adeus Andrea Camilleri, vamos sentir sua falta", declarou o vice-primeiro-ministro Luigi Di Maio (M5S, antissistema).

O outro vice-primeiro-ministro, Matteo Salvini (extrema direita), elogiou "o incansável narrador de sua Sicília".

"Uma voz única e maravilhosa desaparece", escreveu Nicola Zingaretti, líder do Partido Democrata (centro-esquerda) e irmão de Luca Zingaretti, o ator que interpreta o comissário Montalbano na televisão. "Perdemos muito mais que um grande escritor. Restará para nós a beleza de suas histórias".

"Ele ofereceu a Sicília ao mundo", disse o ministro da Justiça, Alfonso Bonafede, ele próprio um siciliano.

O ator André Bankoff, que está no ar em Jezabel como o rei Acabe, revelou em bate-papo com Antonia Fontenelle no YouTube, que já ficou com a cantora Anitta. O breve affair aconteceu em 2015, quando ele conheceu a cantora e protagonizou ao lado dela o videoclipe da música Deixa ele Sofrer.

- Peguei. Aconteceu, fui lá, fiz e tal... Ficamos umas quatro vezes no total. Não foi muito, assumiu ele para a surpresa de Fontenelle.

##RECOMENDA##

O galã também foi só elogios para a cantora:

- Ela é gente boa, queridaça, superprofissional, bem louvável... A gente fez o clipe, depois a gente conversou e aí rolou.., relembrou ele, dizendo que fez o mesmo que Antonia Fontenelle, que também ficou com Eduardo Costa depois de participar de um clipe do sertanejo.

Atualmente, Anitta está relacionando com Pedro Scooby, enquanto André namora há um ano Bárbara Neudine, que é estudante de medicina. Na época do clipe, André chegou a compartilhar uma foto com Anitta e na legenda escreveu: Essa garota...é um furacão... Rs!

 

A atriz Mônica Martelli, que atualmente apresenta com Pitty, Gabi Amarantos e Astrid Fontenelle o programa "Saia Justa", no GNT, irá aportar no Teatro Guararapes, em Olinda, com a peça "Minha Vida em Marte", no dia 26 de outubro.

Na história, a personagem de Mônica está em busca de respostas que possam superar a crise do casamento. O espetáculo estreou em 2017, no Rio de Janeiro, e ficou em cartaz na cidade por quase um ano. Em dezembro de 2018, "Minha Vida em Marte" exibiu nos cinemas as aventuras de Fernanda e Aníbal, interpretado pelo ator Paulo Gustavo.

##RECOMENDA##

A comédia, continuação de "Os Homens São de Marte… e é pra Lá que eu Vou", peça que também virou filme, alcançou mais de 5 milhões de espectadores. Dirigido pela irmã, Susana Garcia, o monólogo vai passar por Brasília, Florianópolis, Goiânia e Ribeirão Preto. Em Pernambuco, os valores dos ingressos serão divulgados em breve pela Art Rec Produções.

Morando em Portugal, Luana Piovani divide diariamente com os internautas a rotina com os filhos, além de mostrar os bastidores do programa que apresenta, "Like Me", ao lado do português Ruben Rua. Aproveitando a nova vida fora do Brasil, Luana promoveu nessa terça-feira (16) a "Festa da Lua".

Entre os convidados da loira, estava o ator Paulo Vilhena, com quem teve um breve relacionamento no começo dos anos 2000. Em um vídeo publicado pelo Blog do Leo Dias, é possível ver Luana e Paulo tomados pelo clima de romance.

##RECOMENDA##

Questionado pelo colunista Leo Dias, do Uol, o ator brasileiro falou sobre as imagens em que aparece ao lado de Luana. "Apenas um reencontro lisbonense. [...] Um reeencontro lindo", declarou. Solteira, Luana Piovani foi casada por quase oito anos com o surfista Pedro Scooby. Atualmente, Scooby está namorando a cantora Anitta. Ele e Luana são pais de três filhos, Dom, Liz e Bem.

No último final de semana, diversas celebridades brasileiras resolveram brincar na internet. Através de um aplicativo que mostra a pessoa envelhecida, os famosos arrancaram risos dos fãs, incluindo o jornalista William Bonner.

Em uma postagem na conta do Instagram, o âncora do "Jornal Nacional" surfou na onda tecnológica promovida pela ferramenta. Assim como fizeram Angélica, Xuxa, Luciano Huck, entre outros, Bonner não deixou barato. "Três noites em claro, tosse e darizitupido [nariz entupido]", escreveu. 

##RECOMENDA##

A publicação de William Bonner contou apenas com curtidas dos usuários da rede social. O jornalista sempre divulga no Instagram as imagens com a função dos comentários desativada.

Confira a montagem:

[@#video#@]

Uma confusão entre Fabio Assunção e o ex-sogro Luis Felipe Tavares, envolvendo dinheiro, foi parar na Justiça. Em junho de 2015, o ator da Globo teria emprestado cerca de R$ 1 milhão para Tavares, que não efetuou o pagamento no período combinado de 90 dias.

No mês passado, a Justiça determinou que Fabio seja ressarcido com a quantia ajustada, com juros e correções, de R$ 1,469 milhão. Segundo informações do Uol, o caso ainda cabe recurso. No processo, o ex-sogro de Fabio Assunção alegou que o empréstimo não tinha data para ser quitado.

##RECOMENDA##

A advogada de Luis Felipe Tavares, de acordo com o Uol, vai analisar a sentença da juíza Paula Rocha da Silva e Formoso. Contratados por Fabio, os advogados pediram judicialmente a penhora de um imóvel de Tavares, localizado no Jardim Europa, em São Paulo, avaliado em quase R$ 10 milhões. Fabio Assunção foi casado com Karina Tavares, filha de Luis Felipe. Do relacionamento nasceu Ella Felipa, que hoje está com 10 anos.

Depois de passar por uma cirurgia no septo, procedimento que visa à correção de um desvio nasal, Zeca Pagodinho viu o seu nome virar caso de polícia. O músico foi vítima de um golpista, que se passou por ele para pedir dinheiro. O impostor criou um perfil no WhatsApp e entrou em contato com os músicos Jorge Aragão, Marcelo D2, Thiaguinho e Xande de Pilares, alegando que estava passando por problemas de saúde.

De acordo com informações do colunista Ancelmo Gois, a farsa foi descoberta após os artistas perceberem que Zeca não usa o aplicativo de mensagens. O sambista só entra em contato com familiares e amigos por meio de ligações. Em entrevista ao jornal Extra, a voz do clássico "Deixa a Vida me Levar" declarou que continuará a falar com as pessoas à moda antiga.

##RECOMENDA##

"Agora mesmo é que não vou usar WhatsApp, vou continuar falando com as pessoas do mesmo jeito de antes, por ligação telefônica", disse. Após ser alertado pela equipe, Zeca Pagodinho registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Defraudações, na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro. 

No começo desta semana, Marina Ruy Barbosa usou o seu perfil do Instagram para dizer que as publicações sobre doações de celulares postadas na página dela eram falsas. A rede social da atriz foi hackeada, e ela compartilhou depois nos stories sua explicação do que tinha acontecido. Em menos de 24h do ocorrido, a conta de Marina no Instagram foi novamente invadida.

O que havia sido solucionado, na verdade, voltou a ser um pesadelo em poucas horas na vida da ruiva. Com quase 34 milhões de seguidores, Marina Ruy Barbosa declarou para o jornalista Leo Dias, nessa terça-feira (16), que estava com medo de ter sua rede social deletada pelo hacker.

##RECOMENDA##

Na manhã desta quarta-feira (17), o conteúdo compartilhado no feed e nos stories dela havia sido excluído. Até o momento, Marina Ruy Barbosa não se pronunciou sobre o assunto.

Recém-contratado pelo Botafogo, o atacante Biro Biro, de 24 anos, sofreu uma parada cardíaca durante o treino que o elenco do time carioca realizou na tarde desta terça-feira em um dos campos do Engenhão. O jogador caiu desacordado no gramado e, após ser amparado pelos seus companheiros, foi reanimado nos vestiários do local durante socorro de emergência feito pelo cardiologista do clube, Eduardo Amorim.

Por meio de uma publicação em sua página no Twitter, o Botafogo informou que o atleta foi encaminhado a uma hospital e está sendo acompanhado pelo doutor Ricardo Bastos, médico do clube que também participou do atendimento ao atacante no estádio Nilton Santos. "O quadro do atleta é estável e o mesmo passará por exames", revelou a nota.

##RECOMENDA##

Biro Biro foi contratado por empréstimo junto ao Nova Iguaçu e foi oficializado como reforço botafoguense apenas na semana passada, embora já estivesse treinando com o elenco alvinegro desde o último dia 1º. Antes disso, ele esteve no São Paulo, no qual foi pouco aproveitado, no primeiro semestre do ano, após passar uma temporada no Shanghai Shenxin, da China.

No ano passado, por sua vez, o atacante precisou passar por um procedimento médico, chamado de ablação, para corrigir uma arritmia cardíaca, detectada no período em que ele estava atuando no futebol chinês. Este tipo de cirurgia, a qual ele foi submetido no Rio de Janeiro, é realizada por meio de cateteres, sem a necessidade de abertura do tórax para acesso ao coração, possibilitando uma rápida recuperação.

Biro Biro ficou com uma inflamação no coração após sofrer algumas arritmias cardíacas, mas foi liberado para continuar atuando depois de ser operado. Nesta terça-feira, ele foi internado em um hospital na Gávea, onde será submetido a exames complementares para investigar a gravidade do seu problema. O atleta não participa de uma partida oficial desde o dia 24 de fevereiro, quando disputou um dos apenas dois jogos que fez pelo São Paulo.

O jogador rescindiu seu contrato com a equipe do Morumbi, que era válido até dezembro de 2022, mas o clube paulista tem prioridade para comprar os direitos econômicos do jogador até 31 de dezembro, caso ele tenha bom desempenho.

A defesa de Jair Bolsonaro não recorreu da decisão da Justiça Federal que considerou inimputável o agressor do presidente, Adélio Bispo de Oliveira. Como o Ministério Público também não recorreu, a sentença transitou em julgado, ou seja, estão esgotados os prazos para recursos. Durante a campanha eleitoral de 2018, Bolsonaro recebeu uma facada de Adélio em um ato na cidade de Juiz de Fora (MG).

Em 14 de junho, data da publicação da sentença proferida pelo juiz Bruno Savino, o presidente afirmou que recorreria da decisão. À época, Bolsonaro afirmou que estava "tomando as providências jurídicas do que posso fazer para recorrer. Normalmente o MP (Ministério Público) pode recorrer também, vou entrar em contato com o meu advogado".

##RECOMENDA##

Em nota, a 3.ª Vara Federal da Justiça Federal em Juiz de Fora afirmou que "a sentença transitou em julgado". De acordo com o texto, "a sentença foi proferida em 14 de junho de 2019. O Ministério Público Federal foi intimado em 17 de junho de 2019 e não apresentou recurso. O Excelentíssimo Senhor Presidente da República, que atuou na ação penal como assistente da acusação, foi intimado em 28 de junho de 2019 e também não recorreu no prazo legal. Por último, a defesa de Adélio Bispo de Oliveira, intimada da sentença, renunciou ao prazo recursal em 12 de julho de 2019". Assim, diz a nota, "a sentença transitou em julgado em 12 de julho de 2019, não sendo mais cabível a interposição de qualquer recurso".

O escritório Moraes Pitombo, que atua na defesa do presidente Jair Bolsonaro, afirma ter mudado de posição quanto à decisão de recorrer da sentença do juiz Bruno Savino. "Os advogados do sr. presidente preferiram adotar nova estratégia jurídica, em razão da persecução penal evidenciar que o condenado se apresentou como instrumento, ou parte de uma engrenagem, para a prática do grave crime", diz o texto.

O advogado de Adélio Bispo, Zanone Oliveira, disse que o desfecho era esperado. "Prova científica, prova técnica, aí não tem como não. A gente entende de direito. De medicina sabem os psiquiatras, os psiquiatras forenses e os psicólogos. Ali é doença mental, é outro mundo. E os laudos não mentem. Agora é ir lá visitar o Adélio. Vamos lá depois de amanhã", afirmou.

Na sentença, o juiz absolveu Adélio Bispo depois de considerá-lo inimputável, ou seja, não poder ser condenado, por, no caso, ser portador de Transtorno Delirante Persistente, conforme apontaram laudos médicos. A absolvição, segundo o juiz Bruno Savino, ocorreu "impropriamente", em razão da inimputabilidade. Foi aplicada a Adélio Bispo, no entanto, medida de segurança que, no caso, é a internação do autor do atentado contra Bolsonaro "por tempo indeterminado, enquanto não for verificada a cessação da periculosidade, o que deve ser constatado por meio de perícia médica".

Adélio Bispo, com a sentença, deverá passar pela primeira avaliação psiquiátrica no prazo mínimo de três anos, "em razão das circunstâncias do atentado e da altíssima periculosidade do réu", conforme a sentença. À época ficou decidido ainda que Adélio Bispo permanecerá no Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande (MS), onde cumprirá a medida de segurança.

Jogador mais cobiçado nesta janela de transferências, o zagueiro Matthijs de Ligt foi confirmado como novo reforço da Juventus nesta terça-feira. O jogador de apenas 19 anos foi um dos destaques do Ajax na última temporada europeia, decisivo na conquista do título do Campeonato Holandês e da grande campanha da equipe na Liga dos Campeões, onde o time de Amsterdã alcançou a semifinal.

"Oi, Bianconeri [como é chamada a torcida da Juventus], aqui quem fala é o Matthijs. Estou muito feliz por estar aqui", declarou De Ligt assim que desembarcou do avião, em Turim. O ex-capitão do Ajax será submetido aos exames físicos e médicos nesta quarta-feira. E, logo em seguida, deve assinar contrato por período ainda não definido.

##RECOMENDA##

Segundo a imprensa italiana, o vínculo deve ser de cinco anos. O valor pago pela Juventus pelo jogador, também estimado pelos jornais do país, é de 70 milhões de euros (cerca de R$ 295 milhões, podendo chegar a 75 milhões de euros, caso sejam alcançadas as metas estipuladas no futuro contrato.

Ao desembarcar em solo italiano, De Ligt encerrou um período de dez anos no Ajax, time que vinha defendendo desde as categorias de base. Ele atingiu projeção mundial nesta última temporada, em razão das grandes performances na defesa do time holandês, principalmente na Liga dos Campeões. Com De Ligt na zaga, o Ajaz eliminou rivais do peso de Real Madrid e Juventus, sua nova equipe.

No clube italiano, De Ligt pode se tornar o dono do segundo maior salário do time, com estimados 12 milhões de euros (R$ 50,5 milhões) por ano, ficando atrás somente do astro Cristiano Ronaldo. Mas estaria à frente de jogadores como Dybala, Pjanic e Icardi.

Um dos principais destaques da última temporada europeia, o zagueiro holandês virou alvo do Barcelona antes mesmo da queda do Ajax na Liga dos Campeões. Mas logo desistiu. O Paris Saint-Germain entrou na disputa, mas a Juventus intensificou esforços nas últimas semanas e confirmou o reforço nesta terça.

São megainvestidores milionários, estudantes, empresários, escultores de areia, motoristas de aplicativo, artistas, desempregados. São brasileiros, em Portugal. Números e relatos obtidos pelo Estado mostram "zucas" (como se tratam e são chamados pelos lusitanos) de todas as idades e classes sociais, fazendo a rota oposta à do Descobrimento - repetindo as desigualdades sociais e os desafios do outro lado do Atlântico. Mas sem pensar em voltar.

O Serviço de Imigração e Fronteiras (SEF) registrou em 2018 acréscimo da população estrangeira residente, que chegou a 480.300, maior número da série iniciada em 1976. Só que os "zucas" já são um em cada cinco: 105.423. Dois anos antes, eram 81.251, um avanço de 29,7%.

##RECOMENDA##

Dados solicitados pela reportagem ao SEF mostram que os brasileiros residentes em Portugal têm um perfil bem mais feminino e no auge da idade, quando se fala em capacidade produtiva, entre 30 e 44 anos. No total, registraram-se 42.848 homens e 62.575 mulheres. Desse grupo, 43.396 (41,16%) estão nessa faixa etária.

O advogado Luiz Ugeda, do escritório Porto Advogados, explica que o país europeu, com uma população envelhecida, precisa de mão de obra qualificada. Já do ponto de vista do Brasil, "há um desconforto de certas camadas da população brasileira com a crise que o País vive". "Não só a econômica e política, mas a de valores mesmo. Tem muita gente qualificada, dos meios acadêmicos, profissionais liberais e empresários."

Dessa forma, os que chegam têm um perfil diferente de fluxos migratórios anteriores - em 2012, havia praticamente o mesmo número de residentes "zucas" (105.622). "Você continua tendo profissionais que se submetem a subempregos, que buscam qualquer meio de sobrevivência, mas há também os qualificados."

Só o Aeroporto de Lisboa, a capital, recebe diariamente 12 ligações aéreas provenientes do Brasil. Entre quem não está a turismo, grande parte já fica por ali mesmo. Na sua maioria, esses cidadãos passam a residir nos distritos de Lisboa (42.847), Porto (12.994) e Setúbal (10.728), onde há mais oferta de empregos. Os brasileiros já estão entre os estrangeiros que mais investem na antiga "metrópole" europeia. Em 2017, responderam por 19% dos investimentos (atrás só dos franceses, com 29%).

Mercado imobiliário

E a chegada de estrangeiros procurando residência sobretudo em Lisboa já é apontada como um dos fatores que colabora para a "crise" do mercado imobiliário (falta de moradias). Além disso, a alta do turismo está transformando diversos imóveis em locais de estadia temporária (como o Airbnb). Muita procura e pouca oferta fazem os preços dos aluguéis dispararem.

"Está difícil encontrar casas a preços acessíveis. Além disso, para brasileiros, muitas vezes os locadores exigem 12 aluguéis adiantados", alerta Cyntia de Paula, presidente da associação Casa do Brasil, que dá orientações aos recém-chegados. Entre 2013 e 2018, os preços dos imóveis cresceram 46%, de acordo com o grupo Confidencial Imobiliário.

Danilo Bethon, de 29 anos, produtor cultural, adotou Portugal como novo lar há dois anos e diz ter sido sempre tratado com muita cortesia. Contudo, teve dificuldade em alugar um apartamento por ser "zuca". "Só de falar pelo telefone pedindo informação, percebiam o meu sotaque e diziam que o lugar já tinha sido alugado", lembra. "Teve a dona de uma casa que, no dia de assinar o contrato, quando viu que eu era brasileiro, pediu seis alugueis adiantados de caução, em vez de dois. Não tinha todo esse dinheiro e não fizemos negócio."

As principais razões invocadas para a concessão de novos títulos foram reagrupamento familiar - quando a mulher, ou muitas vezes o marido, vai na frente para a Europa e depois traz os demais - para trabalho e estudo. Além da alta de pedidos de residência, muitos brasileiros têm buscado a nacionalidade portuguesa, por casamento, por ter antepassados lusitanos, ou por autorização de residência antiga no país. Em 2018, 11.586 obtiveram o documento; no ano anterior, haviam sido 10.805.

E há um empoderamento feminino. "A imigração costuma ser associada ao homem, mas na verdade muitas mulheres buscam a mudança de país de forma autônoma", afirma Cyntia. Segundo ela, contribui o fato de serem mais pobres e ganharem menos. "Elas imigram para buscar melhor qualidade de vida, de trabalho e de estudo." Ugeda levanta ainda a hipótese de o fator segurança sensibilizar mais as mulheres. "Isso faz com que busquem Portugal como projeto de vida e tenham porcentual maior de regularização."

Bem-estar, mais que ocupação

A queda no desemprego (de 17,3% há seis anos para 6,6% agora) é sempre citada como atrativo para Portugal. Mas há quem não se preocupe com isso. "Nossa família levava uma vida confortável: morávamos numa boa casa e as minhas filhas, de 10 e 14 anos, estudavam em colégio particular, tínhamos uma vida social movimentada", afirma Nelson Pires da Costa, de 43 anos, que deixou o Rio no ano passado e seguiu para Cascais. Hoje, ele ainda não tem ocupação fixa - trabalhava com reboques no Brasil - e cogita partir para o Uber, mas não pensa em voltar. "Minha filha mais velha, que no Rio não andava nem um quarteirão por medo, agora vai sozinha para a escola."

Gilda Pereira, sócia da Ei! Assessoria Migratória, conta que seus clientes sempre citam a segurança, as escolas e a saúde pública de qualidade como fatores que pesam. "Tive um cliente que teve câncer depois de chegar e se surpreendeu com a qualidade do atendimento no sistema público."

Mesmo com o melhor mercado de empregos, não é fácil a colocação para um "zuca" - e em certas áreas o idioma ajuda menos do que se poderia esperar. "Tenho conseguido bons trabalhos em Portugal, mas sei que minhas possibilidades são limitadas porque o português que falo é o do Brasil. As duas personagens de novela que fiz eram brasileiras", conta a atriz Thaiane Anjos, de 30 anos, que trocou o Rio por Lisboa há quatro anos. No País, atuou nas novelas Flor do Caribe, Além do Horizonte e Malhação, da Rede Globo.

Outro problema é a burocracia, como explica a publicitária Aline Camargo, de 34 anos, que foi para Lisboa há quatro anos e meio. Inicialmente, ela e o marido entraram na Europa como turistas, mas depois decidiram ficar e buscar trabalho remunerado. "Para conseguir a residência, há um processo que chegava a levar dois anos esperando a marcação da entrevista", diz. Foi depois de ter filha em Portugal que ela correu atrás de regularizar a situação. "Consegui minha residência só este ano."

Preconceitos

O fator discriminação também influencia, de algum modo, a comunidade de imigrantes. Segundo o Relatório Anual sobre a situação da Igualdade e Não Discriminação Racial e Étnica em Portugal, a nacionalidade brasileira, enquanto fator de discriminação na origem, surge na terceira posição, referida em 45 queixas, que representam 13% do total - no ano anterior, foram 18 casos. Em abril, teve repercussão internacional uma montagem feita na Universidade de Lisboa que "oferecia" pedras para atirar em "zucas".

Só que até nesse ponto o fluxo migratório traz contradições bem brasileiras. É o caso da professora de circo Glaucia Manzzaneira, de 36 anos, que trocou São Paulo pelo Porto há sete meses. "A partir de 2016 comecei a sentir uma mudança no Brasil, uma liberação do discurso de ódio contra a comunidade LGBT." Ela e a mulher passaram a ser alvo de xingamentos, brincadeiras e ameaças nas ruas. "Aqui (em Portugal) pode até haver algum preconceito, noto alguns olhares, mas ninguém ousa nos abordar nas ruas", diz ela, que também foi vítima da crise econômica e teve de fechar a escola de circo que tinha. "Portugal foi um lugar que nos pareceu seguro e fácil para emigrar."

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando