Tópicos | Mato Grosso

Um homem foi preso, na manhã da quinta-feira (15), acusado de matar seis cachorros de sua ex-companheira porque ele não aceitar o fim do relacionamento. O crime ocorreu no município de Cuiabá, no Mato Grosso.

O suspeito, identificado pelas iniciais J.P.P., de 48 anos, teve a prisão preventiva cumprida pelos crimes de maus tratos, descumprimento de medidas protetivas, divulgação de cena de sexo e pornografia e ameaças. "Ele estava ameaçando a vítima há alguns dias e já havia anunciado que mataria primeiro os cachorros e o próximo passo seria tirar a vida da ex-companheira", disse a delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (Dedm).

##RECOMENDA##

Os seis cachorros foram envenenados na terça-feira (13), após o suspeito jogar pedaços de carne no quintal da ex. Em seguida, o homem mandou mensagem para a vítima anunciando o feito e fazendo outras ameaças contra ela e seus dois filhos menores de idade. "Duas crianças a menos no mundo não faria falta", ele escreveu em uma das mensagens, segundo a Polícia Civil.

Outros dois filhos maiores da mulher também foram alvo do suspeito, que chegou a perseguir a filha da ex no trabalho. Para o outro filho, o suspeito mandou uma mensagem com a fotografia de um sapo com a boca amarrada, dizendo ter feito "macumba" para a mãe dele. J.P.P. também é investigado por divulgar fotografias íntimas da ex-companheira nua e mantendo relações sexuais com ele.

O suspeito foi encaminhado para a delegacia, onde confessou ter envenenado os animais. A pena de maus tratos a animais será aumenta de um sexto a um terço devido à quantidade de cachorros envenenados.

O sonho de tornar-se milionário após ganhar um prêmio da Mega-Sena é capaz de fazer alguns brasileiros cometerem loucuras. Uma jovem de 19 anos de Mato Grosso foi detida, na última quarta (7), após tentar resgatar o prêmio em uma lotérica apresentando um bilhete falso. A fraude foi logo descoberta e a mulher acabou na delegacia.

A jovem foi detida em São José do Rio Claro, a 325 km de Cuiabá após a tentativa do golpe. Ela foi até uma lotérica com um bilhete da Mega-Sena falsificado mas a funcionária do lugar logo descobriu a fraude pois o código de barras apresentado pela cliente não era aceito pelo sistema. Diante a insistência da mulher, a proprietária da lotérica foi chamada e acionou a polícia. 

##RECOMENDA##

Segundo o Portal G1, a mulher negou a falsificação a princípio mas, em seguida, confessou alegando ter feito a fraude para ajudar sua família. No bilhete, ela colou os números sorteados e chegou a circulá-los para convencer os funcionários da lotérica. Os policiais classificaram o bilhete falsificado como "grotesco". A jovem foi ouvida e liberada em seguida. 

A Prefeitura Municipal de Nova Maringá, localizada no estado de Mato Grosso, está com inscrições abertas para o concurso público que vai contratar 41 novos profissionais de todos os níveis de escolaridade. O certame pretende pagar salários de até R$ 15.979,14. Os interessados têm até 4 de setembro para se inscrever, através do site da prefeitura.

As oportunidades são para analista administrativo, auxiliar administrativo, auxiliar de mecânico, auxiliar de serviços gerais, eletricista, engenheiro civil, borracheiro, coveiro, jardineiro, motorista, recepcionista, técnico de enfermagem, médico, lavador, mecânico de máquinas, mestre de obras, engenheiro sanitarista, eletricista de veículos automotores e dentista.

##RECOMENDA##

Os participantes passarão por etapas que consistem na aplicação de prova objetiva, com conteúdos de português, matemática, conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, além do teste prático que será de acordo com cada cargo. A prova objetiva está prevista para ser realizada no dia 22 de setembro.

Mais detalhes do certame estão disponíveis no edital.

 

Um homem de 23 anos foi preso por matar a filha de sete meses em pleno Dia dos Pais em Sapezal, no Estado do Mato Grosso. Diogo Morais tentou suicídio após o ocorrido, mas foi socorrido e levado ao hospital. As informações são do G1.

Conforme a polícia, os pais da criança são separados e a mãe havia autorizado que a menina ficasse o fim de semana com o pai. No período, o homem teria ligado para a ex-mulher e afirmado que 'resolveria o problema'. A suspeita é que Diogo não aceitava o fim do relacionamento.

##RECOMENDA##

A criança foi encontrada sem vida sobre o peito do pai. Ao lado dos dois, havia uma chave de fenda. No local, também foram encontradas duas facas molhadas e uma esponja suja de sangue.

O acusado precisou ser escoltado para não ser agredido pela população. Após receber alta, ele foi levado para uma delegacia e preso em flagrante. O preso teria histórico de problemas psiquiátricos

A Universidade do Estado do Mato Grosso (UNEMAT) anunciou a abertura de processo seletivo com o objetivo de contratar quatro professores de ensino superior nas áreas de engenharias, ciências exatas e da terra e ciências agrárias. A remuneração pode variar de R$ 2.703,88 a R$ 6.218,89 e os interessados podem se inscrever, até o dia 08 de agosto, no portal online da universidade

Os profissionais serão selecionados a partir da realização de prova de desempenho didático e avaliação da titulação. A prova de desempenho didático tem previsão de ser aplicada nos dias 14 e 15 de agosto. O processo seletivo vai ter validade de dois anos, a partir da homologação do resultado, podendo ser prorrogado por outros dois anos. Para obter mais informações, acesse o edital do processo.

##RECOMENDA##

O telhado das Lojas Americanas que fica dentro do Tangará Shopping, em Tangará da Serra, Mato Grosso, desabou e ao menos duas mulheres ficaram feridas com o incidente. A ocorrência foi nesta última terça-feira (30), por volta das 17h, momento em que a loja estava em pleno funcionamento.

[@#video#@]

##RECOMENDA##

A estrutura que desabou é metálica e assustou diversas pessoas que estavam no shopping, causando tumulto. De acordo com os sites locais, equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram acionadas para auxiliar. As causas da queda do telhado serão apuradas. 

As mulheres atingidas não tiveram ferimentos graves e o shopping foi interditado depois da ocorrência e deve voltar à normalidade nesta quarta-feira (31). 

O Tribunal de Justiça do Mato Grosso anunciou processo seletivo para contratação de um juiz leigo. O selecionado terá remuneração através de abono variável, observando o teto máximo correspondente do cargo efetivo de Analista Judiciário, previsto na Classe A, Nível I, que equivale, atualmente, a R$ 5.143,07. 

Os interessados podem se inscrever das 12h do dia 29 de julho às 19h do dia 16 de agosto, de forma exclusiva, na Diretoria do Foro da Comarca de Paranatinga, localizada no endereço rua 15 de novembro, 118 - Centro, Paranatinga - MT. O horário de atendimento vai das 12h às 19h (fuso-horário de Cuiabá). Para obter mais informações, o telefone para contato é (66) 3573-1003.

##RECOMENDA##

O processo seletivo será composto por prova objetiva e prática, de caráter eliminatório, com previsão de serem aplicadas no dia 1 de setembro de 2019, às 13h, no mesmo local da inscrição.

Depois de ser surpreendida com a suspensão da energia elétrica, na manhã desta terça-feira (16), a Universidade Federal do mato Grosso (UFMT) voltou as atividades normais com o religamento da luz. O atraso no pagamento das contas foi o motivo do corte que afetou cinco campus da universidade: o de Cuiabá, Rondonópolis, Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Sinop.

A reitora da UFMT Myrian Serra, já vinha alertando sobre as condições da universidade que poderia ter campi paralisados já a partir de julho, devido à falta de recursos para questões mais básicas como a distribuição de energia e água. Segundo a reitora, o campus mais prejudicado é o de Cuiabá.

##RECOMENDA##

Ao todo, seis contas de luz estavam em atraso. A instituição tentava negociar com a Energisa, empresa responsável pelo fornecimento de energia elétrica no estado do Mato Grosso. O valor do débito era de R$ 1,8 milhão. Com o desligamento da energia elétrica, as aulas precisaram ser canceladas durante toda a terça-feira. 

"Logo após o corte, a Universidade entrou em contato com o Ministério da Educação (MEC), solicitando a liberação de recursos financeiros necessários para o pagamento da fatura de energia. Durante todo o dia, a comunidade universitária uniu esforços e permaneceu mobilizada para minimizar os efeitos do corte de energia elétrica" informou em nota no site oficial da entidade. 

O Ministério da Educação emitiu uma nota informando que iria adotar medidas emergenciais para a religação imediata da energia em todos os campus. O ministro Abraham Weintraub, ainda pretende tomar providências administrativas e judiciais para fins de "responsabilizar os envolvidos pela má gestão Na UFMT’’. O chefe da pasta também se pronunciou via Twitter, no qual reafirma que na última sexta-feira (12), o MEC  havia feito um repasse de R$ 4,5 milhões para a quitação do débito. Confira abaixo a nota de esclarecimento do Ministério da Educação.

O Ministério da Educação informa que, após ter conhecimento da falta de luz na Universidade Federal do Mato Grosso, o ministro, Abraham Weintraub, vai adotar medidas emergenciais para a religação imediata de energia elétrica nos quatro campi que compõem a Universidade. O ministro irá ainda tomar as medidas cabíveis tanto administrativas como judiciais para a responsabilização dos envolvidos pela má gestão na UFMT.

O ministro tomou conhecimento da situação na última quinta-feira (11) quando chamou a reitora ao Ministério e autorizou o repasse de R$ 4,5 milhões para que a reitoria da UFMT, nomeada há três anos, quitasse a dívida das contas de luz com a concessionária de Mato Grosso. Os valores, herdados no governo anterior, correspondem ao montante de R$ 1,8 milhão. A liberação do limite de empenho foi realizada na sexta-feira da semana passada com o compromisso da reitora para o pagamento imediato da referida dívida.

 

O Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria Regional Eleitoral em Mato Grosso, instaurou procedimento com o objetivo de investigar os fatos que envolvem as contas e/ou funcionamento do diretório estadual do Partido Social Liberal (PSL).

A instauração se deu tendo em vista o teor da reportagem veiculada no Jornal Nacional na data de 26 de junho de 2019, sobre o suposto uso de doadores "laranjas" em favor de candidatos do PSL em Mato Grosso.

##RECOMENDA##

O procurador Regional Eleitoral, Pedro Melo Pouchain, além de determinar a instauração do procedimento, também expediu ofício ao Promotor Eleitoral de Juína para que seja avaliada a abertura de investigação de crime eleitoral, relativamente aos fatos veiculados na imprensa nacional e regional.

O procedimento investigatório ficará sob a tutela do Ofício de Fiscalização Partidária da Procuradoria Regional Eleitoral em Mato Grosso.

Da assessoria do MPF

No primeiro dia de trabalho, uma médica foi afastada de suas funções depois de atender um jovem de 18 anos que estaria com uma perfuração no pulmão após ter sido atingido por um golpe de faca. A profissional se limitou a fazer um curativo e liberá-lo. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

O caso aconteceu na cidade de Sorriso, no Mato Grosso. O jovem havia procurado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade depois de ter recebido uma facada nas costas. Segundo publicação do G1, o golpe teria sido dado por um adolescente de 15 anos, próximo à escola onde os dois estudam.

##RECOMENDA##

A confirmação de que a vítima foi atendida pela médica, que fez o curativo e o mandou para casa, veio do secretário de saúde de Sorriso, Luís Fábio Marchioro. Em sua residência, o jovem continuou sentindo fortes dores e procurou, novamente, a UPA - onde foi atendido por um outro profissional.

Dessa vez, o médico teve o diagnóstico de uma possível perfuração no pulmão e hemorragia. Após o diagnóstico, o paciente foi encaminhado para o Hospital Regional de Sorriso, onde encontra-se em estado grave.

*Por: Francine Nascimento

A Prefeitura Municipal de Lucas do Rio Verde, do estado do Mato Grosso, divulgou nesta segunda-feira (25), o edital de concurso público Nº 001/2019. Nele, são oferecidas quatro vagas para os cargos de guarda municipal, engenheiro civil e advogado com salários de R$ 2,2 mil, R$ 5,3 mil e R$ 7,3 mil respectivamente.

##RECOMENDA##

As inscrições serão abertas no dia 10 de abril e seguirão até às 23h59 (horário oficial do Mato Grosso) do dia 13 de maio de 2019, conforme divulgado no edital. O valor da taxa de inscrição varia de acordo com o nível do cargo, sendo R$ 120 para nível superior e R$ 80 para nível médio.

Na madrugada desta segunda-feira (18), uma idosa de 92 anos morreu após ser espancada e estuprada por Alexandre Antunes de Oliveira da Silva, de 29 anos, dentro da sua casa. Foi a filha da vítima quem a encontrou caída no chão e machucada. O fato aconteceu em Cuiabá, Mato Grosso.

O suspeito tinha antecedentes criminais e era monitorado por tornozeleira eletrônica, que confirmou que ele passou duas horas dentro da casa da idosa. A vítima chegou a ser socorrida em estado grave para o Hospital e Maternidade Laura de Vicuna, mas não resistiu e morreu.

##RECOMENDA##

Alexandre foi encontrado em uma chácara e reconhecido pela filha da vítima. O suspeito já havia prestado serviço para a idosa, pintando a casa da vítima antes do crime. De acordo com publicação do G1, O homem negou o estupro.

Dois homens foram presos por tráfico de drogas no distrito de Campo Grande, no Mato Grosso. No entanto, o que chamou a atenção da corporação policial foi a cadelinha de um dos presos, que também "se entregou" à polícia para ser levada junto.

Na prisão que aconteceu na tarde desta última sexta-feira (15), quando o animal viu o seu tutor ser colocado para se render, se jogou no chão e ficou em posição para que, também, fosse algemada pelos policiais.

##RECOMENDA##

De acordo com informações de um dos policiais ao site O Tempo, a foto do inusitado caso foi tirada no instante em que a cadela "se entregou". O tutor do animal e seu comparsa foram presos com 11 quilos de maconha e encaminhados para a Delegacia de Deodápolis. A cadelinha não foi levada pelos agentes e segue em liberdade, sob o cuidado dos vizinhos.

Nove governadores encerraram seus mandatos em 2018 com um rombo de R$ 71 bilhões para os sucessores, segundo dados declarados pelos próprios Estados ao Tesouro Nacional. Não deixar dinheiro em caixa suficiente para bancar as despesas de sua gestão é prática vedada pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e criminalizada no Código Penal, sujeita a pena de um a quatro anos de reclusão, embora até hoje ninguém tenha sido responsabilizado formalmente.

A informação prestada pelos governos estaduais confirma a tendência apontada por levantamento do Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, divulgado em dezembro, que já mostrava o risco de novos governadores herdarem um caixa no vermelho.

##RECOMENDA##

Os dados são o retrato da situação delicada das contas desses Estados, que continuam com folhas de pagamento atrasadas e negociam com o governo federal um pacote de socorro. O resgate que já está sendo desenhado pelo Tesouro pretende antecipar recursos via empréstimos à medida que os governos estaduais implementem medidas de ajuste.

Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe encerraram o ano passado com um rombo que soma R$ 67,9 bilhões. Em praticamente todos eles, faltou tanto dinheiro não vinculado (ou seja, que pode ser usado livremente em qualquer despesa) quanto vinculado (carimbado apenas para determinado gasto, como em saúde ou educação).

Outros dois Estados (Pernambuco e Tocantins) e o Distrito Federal deixaram um rombo somado de R$ 3 bilhões apenas em recursos não vinculados. Em tese, o dinheiro carimbado seria suficiente para cobrir essa insuficiência, mas, na prática, essa aplicação violaria a legislação. Ou seja, eles também descumpriram a regra de responsabilidade fiscal.

"O gestor assumiu obrigações financeiras sem a suficiente disponibilidade caixa para cumprir com essas obrigações, pois os recursos vinculados não poderão ser utilizados para honrar esses compromissos", explicou o Tesouro Nacional em resposta ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Procurados, os Tribunais de Contas Estaduais do Distrito Federal, do Rio e de Minas Gerais informaram que seguirão o cronograma de análise das contas, cujo processo deve ser concluído no segundo trimestre deste ano. O TCE-MG informou ainda que, em caso de irregularidade, o parecer prévio pode recomendar a rejeição das contas e resultar em inelegibilidade eleitoral do ex-governador Fernando Pimentel (PT).

O TCE de Tocantins não quis se manifestar antes da análise das contas. Os tribunais de Pernambuco e Sergipe informaram que só poderiam dar uma resposta nesta terça-feira, 26. Os demais não retornaram. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Um caso inusitado aconteceu na cidade de Várzea Grande, no Mato Grosso. Enquanto assaltavam uma loja de eletrodomésticos, nesta última quinta-feira (21), os ladrões fizeram uma transmissão ao vivo pelo Facebook. 

[@#video#@]

##RECOMENDA##

Na "live", os assaltantes mostram o gerente que foi feito de refém. Policiais da Força Tática foram acionados e isolaram o local, tendo sido necessário chamar os policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Na loja assaltada, os agentes levaram uma hora para conseguir a liberação do gerente.

Os suspeitos chegaram a pedir a presença da imprensa e dos familiares como condição para livrar o refém. De acordo com informações da Polícia Militar à TV Centro América, Diego Henrique Ferreira dos Santos, de 19 anos, Allex Sandro Gomes dos Santos, 22 anos, e Leonardo Luan Maciel Almeida, 18 anos, foram presos.

Um revólver e uma arma de brinquedos foram apreendidas, além dos quase 100 aparelhos celulares que os assaltantes pretendiam levar do roubo.

Uma cobra sucuri, de aproximadamente 5 metros, foi capturada após moradores escutarem um cachorro latindo e acionarem o Corpo de Bombeiros, na manhã desta sexta-feira (22), no município de Alto Garça, no Mato Grosso.

O cão, que foi atacado pela cobra, não resistiu e morreu - mas a serpente não chegou a comê-lo. Segundo publicação do G1, após a captura, os bombeiros soltaram a sucuri numa região de mata. Além do cachorro, não há relatos de humanos atacados.

##RECOMENDA##

Após a missão cumprida no Mato Grosso, quando venceu o Sinop e avançou na Copa do Brasil, o Santa Cruz já sabe quem será seu adversário na próxima fase: o Náutico. O jogo, porém, ainda não tem data, mas, segundo a CBF será 20 ou 27 de fevereiro.

Para o treinador Leston Júnior, no entanto, a hora não é de pensar no Timbu, pois o próximo compromisso coral é daqui a três dias e diante de outro rival. “O problema é que eu já tenho um clássico no domingo e já é preocupação. Pensar no Sport agora, o Náutico fica em segundo plano”, disse.

##RECOMENDA##

O Leão vem de cabeça inchada, após dar vexame e perder do Tombense, sendo eliminado na mesma competição que os tricolores avançaram. Leston acha que isso não pesará no duelo. “No clássico se iguala tudo, em qualquer circunstância. O que aconteceu com o Sport diante do Tombense, serviu foi de alerta para nós hoje”, revelou.

Sobre a vitória contra o Sinop, o técnico comemorou, mas falou com humildade sobre o momento que vive sua equipe. “Um clube da grandeza do Santa Cruz não pode ficar na primeira fase, tem que avançar e a parte financeira é importante, pois enche o cofre do clube. Time ideal ainda não achamos, tenho que adaptar algumas situações. Tem que ter criatividade. Estamos ganhando casca no aspecto emocional”, afirmou.

Vencer o Sinop nesta quinta-feira (14), ou pelo menos empatar, era primordial para o Santa Cruz. A cota por passar de fase seria um desafogo financeiro para o clube. No estádio Gigante do Norte, no Mato Grosso, a Cobra Coral se impôs e venceu por 2 x 1, carimbando a vaga. Na próxima fase, os tricolores encaram o Náutico, em partida única no Arruda. Vai ser jogão.

O JOGO

##RECOMENDA##

Elétrico, o Santa Cruz abriu o placar logo aos 5 minutos. Escanteio cobrado a meia altura, a bola passou por todo mundo dentro da área, menos por Elias Carioca que, de carrinho, abriu o placar para os pernambucanos.

A partir daí os corais relaxaram e viram o Sinop ganhar mais volume de jogo. Porém, sem muita qualidade a equipe não levou muito perigo à meta do goleiro Ricardo Ernesto. O arqueiro tricolor, porém, se machucou e não voltou para a etapa final.

Segundo tempo, inclusive, que começou embolado no meio de campo. Até que aos 27 minutos, Pipico foi derrubado dentro da área. O próprio atacante foi para a cobrança do pênalti e fez 2 x 0 para tranquilizar o time. Nos minutos finais, Igor descontou para o Sinop.

FICHA DE JOGO

Competição: Copa do Brasil

Local: Gigante do Norte (Sinop-MT)

Sinop: Guilherme Santiago; Léo Coman, Bruno Boré, Gustavo Henrique e Jefferson Arroz; Daniel Lucini (Igor), Natan, Fabiano Menezes (Michel) e Cleucio Riquelme; Deivison Pikachu e Fernando (Elber). Técnico: Gianni Freitas

Santa Cruz: Ricardo Ernesto (Anderson); Marcos Martins, Danny Morais, Vitão e Bruno Ré; Charles, Diego Lorenzi, Allan Dias (Guilherme Queiroz) e Jô (Cesinha); Elias Carioca e Pipico. Técnico: Leston Júnior

Gols: Igor (SIN); Elias Carioca e Pipico (SAN)

Arbitragem: Adriano Milczvski (PR)

Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Joao Fabio Machado Brischiliari (PR)

Cartões amarelos: Michel (SIN); Anderson, Diego Lorenzi e Elias (SAN)

Cartão vermelho: Elias (SAN)

A Justiça do Mato Grosso condenou a ex-panicat Juju Salimeni pelo não comparecimento a um evento, em 2013, em Cuiabá. A loira foi contratada para marcar presença VIP de uma festa intitulada "Feijofashion".

Segundo informações do G1, Juju terá que pagar R$ 20 mil aos organizadores da festa. Na época, a musa fitness e a empresa de agenciamento que lhe representava haviam sido condenadas em primeira instância no valor de R$ 50 mil, mas recorreram da decisão.

##RECOMENDA##

Os responsáveis pela feijoada alegaram no processo que Juju Salimeni teria cancelado sua participação na manhã do evento, no dia 7 de abril. Consta nos autos que os organizadores investiram em propagandas, como panfletos, revistas, jornais e vídeos.

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, disse que pretende decretar nesta quinta (17) estado de calamidade financeira. Ele esteve com o ministro da Economia, Paulo Guedes, pedindo a liberação de recursos do Fundo de Apoio às Exportações (Fex). Segundo o governador, seriam aproximadamente R$ 500 milhões para o Estado garantir sua "sobrevivência" nos próximos meses.

"A liberação do Fex neste momento seria um canudinho para que possamos não morrer afogados", disse Mendes. Segundo ele, Guedes ficou de estudar a possibilidade de fazer a liberação aos Estados, o que depende de espaço no Orçamento e no teto de gastos. O último repasse ocorreu no fim de 2017, no valor de R$ 1,9 bilhão.

##RECOMENDA##

Mato Grosso está com o pagamento dos salários de servidores de dezembro e do 13º atrasado. Segundo o governador, metade das viaturas policiais saíram de circulação no último mês por falta de recursos para manter o serviço. "É o colapso do serviço público", disse.

Mendes reconheceu que o Estado precisará adotar medidas duras, mas disse que algumas delas já foram propostas à Assembleia Legislativa, como a elevação da alíquota previdenciária de servidores de 11% para 14%. O governo estadual também tem planos de tributar o agronegócio.

Segundo ele, as gestões anteriores promoveram um "aumento irresponsável de despesas do Executivo", que extrapolaram o crescimento da arrecadação. Agora, disse o governador, será preciso traçar um plano para reduzir despesas e ampliar as receitas do Estado.

Mendes disse que vai trabalhar pela aprovação da reforma da Previdência. Segundo ele, Mato Grosso deve ter um déficit de R$ 1,6 bilhão só na Previdência. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando