Tópicos | iOS

Confesse, desde que o Instagram disponibilizou os efeitos nos stories é cada vez mais difícil resistir a vontade de testá-los ou seguir alguém que não os use. Os adereços digitais podem entrar em vídeos e fotos deixando as publicações mais divertidas, seja com pinturas faciais, fantasias e até figuras, como os monstrinhos Pokémon, dançantes.

O mais recente e - atualmente - mais popular desses efeitos é o da cachorra Sasha. A foto em 3D do animal deitado já causou muito susto em seguidores desavisados, por conta do seu realismo que deixou todo mundo acreditando se tratar de uma cadela de verdade. Mas, você sabe como usar esses efeitos? Se você ainda não faz parte do time de usuários dos efeitos do Instagram, confira nosso tutorial na galeria!

##RECOMENDA##

E se quiser ir diretamente para o efeito, acesse esse link pelo seu celular e abra-o no aplicativo do Instagram, disponível para Android e iOS.

[@#galeria#@]

A Amazon lançou nesta quinta-feira (10), seu primeiro aplicativo do Amazon Music para a Apple TV. Com intenção de se fazer presente em mais dispositivos - e logo após o Spotify anunciar sua versão para o aparelho da maçã - a ferramenta inclui compatibilidade com o modelo 4K e o HD padrão. Para funcionar o app requer a versão tvOS 12.0 ou posterior e pode ser baixado na tvOS App Store, gratuitamente.

Parte do pacote Prime da Amazon (no Brasil), o Amazon Music oferece aos usuários acesso ao catálogo de músicas, listas de reprodução e estações da companhia. Há a opção de acompanhar as letras de cada canção no aplicativo, e os usuários que utilizarem a ferramenta usando o Apple TV também ainda podem acessar todas as músicas compradas e importadas que estão na biblioteca "Minhas músicas".

##RECOMENDA##

O Amazon Music para Apple TV está disponível a partir de  hoje nos EUA, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, Canadá, França, Itália, Espanha, Alemanha, México, Japão e Índia.

LeiaJá também

--> Amazon Prime chega ao Brasil com serviços por R$ 9,90

--> Alexa chega ao Brasil falando português

--> Existe vida fora da Netflix? Veja os 'tesouros' da Amazon

Call of Duty Mobile mal chegou e parece já estar agradando o público. O game chegou ao topo dos jogos mais baixados tanto para iOS quanto para celulares Android, ocupando o lugar conquistado pelo Mario Kart Tour, na última semana. Para quem está curioso, o FPS conta com possibilidade de multiplayer e até modo Battle Royale. 

Se você já conhecia o título nas versões para PC e consoles e já se empolgou com as diversas guerras retratadas no enredo vai gostar da versão mobile. Tanto os gráficos apresentam uma boa qualidade, quanto a jogabilidade parece ser um verdadeiro desafio, possuindo níveis para aqueles mais experientes e também um “modo simples”, que lança tiros automaticamente. 

##RECOMENDA##

A versão mobile do Call of Duty nada deixa a desejar de suas versões em aparelhos mais robustos. É possível conversar com outros jogadores através de bate-papo por texto e voz, seja em grupo de amigos ou randomicamente. Mapas emblemáticos do multiplayer do Call of Duty: Black Ops e do Call of Duty: Modern Warfare, também estão disponíveis gratuitamente, dando uma sensação de nostalgia a quem já se aventurou pelos cenários.

Disponível gratuitamente, o game possui compras no app, mas nada que atrapalhe a jogabilidade. Durante as partidas a área segura do mapa vai reduzindo até que o jogador ou equipe sobreviva no final. Se você está pensando em testar o jogo, aproveite apenas para fazer uma limpeza no seu aparelho, se livrando dos aplicativos que não usa mais. A versão mobile do Call of Duty pesa quase 1.5 GB e precisa estar conectada à internet para funcionar.

Aqueçam seus motores e preparem suas bombinhas para dar a largada no novíssimo Mario Kart Tour. O game para mobile conquistou o pódio dos aplicativos para iOS mais baixados da semana trazendo a saudosa e popular corrida dos personagens da franquia Mario Bros. Na loja do Android, na aba de jogos, ele também é o mais requisitado.

Além do game e dos aplicativos de redes sociais, o ranking do iOS segue com o iFood em segundo lugar, o Adobe Lightroom em quinto e o app de compras Wish, na nona posição. Na Google Play Store, nos aplicativos gratuitos (que não incluem os jogos), o destaque fica para o TikTok, eleito o app mais baixado do mês de agosto.

##RECOMENDA##

Confira todos:

Google Play

Apple Store

O portal Hacker News relatou um erro no aplicativo do WhatsApp na função de excluir fotos enviadas.

De acordo com a publicação, a função "Apagar para todos" não funciona corretamente se o usuário contar com as configurações básicas do aplicativo.

##RECOMENDA##

Neste caso, todas as fotos enviadas são armazenadas na memória do telefone do destinatário, e, caso o remetente decida apagar as imagens do histórico, os arquivos enviados permanecerão salvos no celular para onde foram enviados.

A vulnerabilidade abrange apenas smartphones com o sistema operacional iOS. Em telefones com Android, tudo funciona como se deve.

De acordo com a publicação, a empresa se recusou a remover este bug. Segundo WhatsApp, a principal tarefa da função "Apagar para todos" é eliminar mensagens de texto e não multimídia.

Da Sputnik Brasil

São dezenas de aplicativos disponíveis para Android e iOS que oferecem diferentes tipos de conteúdo para a aprendizagem de novos idiomas. Com tantos no mercado de aplicativos, o que avaliar na hora de encontrar o app ideal?

##RECOMENDA##

Existem algumas características fundamentais que a pessoa precisa estar atenta ao escolher um novo aplicativo e separamos as principais neste artigo.

Praticidade

Um aplicativo para aprender um novo idioma precisa ser um facilitador e não um complicador. Portanto, é essencial que o app tenha layout limpo e conte com comandos fáceis que, consequentemente, resultam em maior praticidade para quem o manuseia.

Poucas ou nenhuma propaganda também é algo que conta a favor do aplicativo quando o assunto é praticidade. Apps com anúncios que flutuam por basicamente toda tela prejudicam na comodidade da pessoa ao tentar aprender um novo idioma.

O ideal é ler algumas reviews antes de baixar o aplicativo e não é preciso se aprofundar muito para tal — basta analisar os comentários de quem já usou o app e normalmente isso fica em evidência na loja virtual que o aplicativo se encontra.

Versatilidade não é sinal de qualidade

Não é raro quando aplicativos oferecem dezenas de idiomas para aprendizagem, mas isso entra naquele velho ditado que quantidade não é sinônimo de qualidade.

A quantidade exorbitante de idiomas disponíveis não deve ser um fator decisivo na hora de escolher um app para aprender novas línguas e muito disso passa pelo fato de que é virtualmente impossível aprender mais do que 10 idiomas em um curto espaço de tempo.

Foque em aplicativos que sejam referências em suas respectivas línguas, pois assim há maiores chances do app ter uma atenção maior a um determinado idioma. Um exemplo é o English Live, reconhecido como um dos dos maiores destaques no mundo online para estudar inglês. Com o curso totalmente realizado à distância, ele conta com professores disponíveis 24 horas por dia.

Desconfie de aplicativos que prometem métodos milagrosos

Dominar um novo idioma não é uma tarefa fácil e dependendo do “grau de parentesco” da língua com o português o processo se torna ainda mais longo — como por exemplo o russo.

Dessa maneira, desconfie de aplicativos que divulgam seus respectivos serviços através de métodos que parecem milagrosos. Coisas como “aprenda mandarim em uma semana” e anúncios do tipo geralmente não condizem com a realidade.

Assim como nos outros tópicos citados neste artigo, uma maneira de se precaver quanto a isso é uma rápida pesquisa na internet e, principalmente, avaliar os comentários de pessoas que já utilizaram determinado aplicativo.

Métodos interessantes de ensino

Aprender é bom, mas tudo fica ainda melhor quando o processo é interessante, cativante e ao mesmo tempo divertido. Aplicativos que utilizam métodos de ensino criativos e dinâmicos contam bastante quando um estudante está à procura de um app do tipo.

Geralmente os aplicativos contam com descrição em texto ou vídeo de como são os seus respectivos métodos de ensino e, portanto, é fundamental analisar essa parte antes de começar a usar um app.

Teste de nivelamento

Essa parte é fundamental para o uso de qualquer aplicativo que ensina idiomas. O teste de nivelamento serve como uma forma para a pessoa saber corretamente o nível de conhecimento de determinada língua.

Um bom teste de nivelamento faz muita diferença sobre como será o percurso de aprendizado. Caso o teste tenha uma fórmula errônea, pode acontecer da pessoa lidar com questões de iniciante quando ela já intermediária e vice-versa.

Se você não gostar do teste de nivelamento que o aplicativo oferecer e mesmo assim se identificar com outras questões positivas do app, não é preciso descartá-lo por completo, pois uma alternativa interessante é realizar esse mesmo procedimento em algum site de maior reputação em que você confie melhor no método utilizado.

A Apple já começou a contagem regressiva para o seu evento principal, marcado para acontecer dia 10 de setembro, em Cupertino, Califórnia. Usuários que seguem o perfil da maçã, no Twitter, devem ser avisados sobre as novidades anunciadas durante a conferência. A expectativa é que a companhia lance o novo iPhone 11, mas que também dê novas informações sobre serviços como o Apple TV e o Apple News, melhorias de softwares e até - quem sabe - anuncie novos gadgets vindo por aí.

O trio de iPhones

##RECOMENDA##

Tradicionalmente, setembro é um mês em que a Apple aproveita para lançar seus modelos de iPhone e, dessa vez, não deve ser diferente. Durante o evento devem ser anunciados três novos modelos do smartphone da maçã: o iPhone 11 Pro, o iPhone 11 Pro Max e o iPhone 11, substituindo o iPhone XS, XS Max e XR, respectivamente.

Mesmo com as expectativas altas em relação ao que esses novos aparelhos vão trazer, é possível que melhorias como a compatibilidade com internet 5G ou um scanner de impressão digital na tela só cheguem em modelos futuros. O que é mais provável que os novos smartphones tragam são atualizações de resistência contra acidentes (quedas, ou água) e um recurso de carregamento sem fio reverso, semelhante ao Samsung.

Apple Watch 

Outra grande expectativa é uma atualização dos smartwatches da empresa. Mesmo que, na WWDC deste ano, muita coisa tenha sido anunciada para os relógios inteligentes, sites especializados acreditam que a Apple poderia estar adicionando rastreamento de sono ao Apple Watch. O recurso já está presente em alguns wearables concorrentes, mas não nos da maçã. Um dos anúncios da WWDC, que ainda não foi implementado é a App Store autônoma para os aparelhos. A data dessa melhoria deve ser anunciada durante o evento. 

Sistemas Operacionais e serviços

A Apple já havia liberado a versão beta do iOS 13, mas é de se esperar que no evento oficial tenhamos informações de lançamento para iOS 13 , iPadOS, watchOS 6, tvOS, HomePod e macOS 10.15 Catalina.  Os serviços devem aparecer justamente com a confirmação dessas datas. O Arcade e o Apple TV Plus, entre outros produtos, devem ter seus valores revelados. 

Mac Pro

Um dos anúncios que mais causaram frisson na WWDC foi o lançamento do Mac Pro. A Apple fez grandes promessas para os usuários profissionais, criando expectativas entre os mais exigentes, mas nada de preço, data de lançamento ou tela que o acompanha foi divulgado. Espera-se que na próxima terça-feira (10) tudo seja, finalmente, revelado. 

Os fãs de Pokémon não perderam tempo para prestigiar o novo game da franquia, Pokémon Masters. O jogo lançado para mobile, na última quinta-feira (29), ficou entre os aplicativos mais baixados em aparelhos com sistema operacional iOS. No título, o jogador deve formar um time com três treinadores pokémon começando com nomes famosos como Brock e Misty, presentes também no anime. 

Já entre os usuários de Android, apps para edição de vídeos foram os mais procurados. Porém, inesperadamente, uma ferramenta do próprio Google Play Services que desbloqueia as experiências de realidade aumentada criadas com um software em dispositivos Android certificados ocupou o segundo lugar.

##RECOMENDA##

Confira todos:

Google Play

Apple Store

Em maio, a Pokémon Company levou os fãs dos monstrinhos ao delírio quando anunciou uma leva de novos games da franquia para diversas plataformas. Um desses games foi Pokémon Masters, que chegou ao mercado nesta quinta-feira (29). Agora, já é possível baixar o título tanto para celulares com sistema Android, quanto iOS.

O jogador deve formar um time com três treinadores pokémon que pode, inclusive, ser formado por nomes famosos como Brock e Misty, presentes também no anime. No jogo cooperativo, três jogadores se unem para batalhas na Pokémon Masters League, mas a ideia é que você consiga jogar de forma solo. 

##RECOMENDA##

É possível ter acesso a Pokémon de várias gerações, além de personalizar o seu personagem, inclusive trocar a aparência dele ao longo da história. O jogador já começa com um Pikachu, mas poderá montar seu time ao longo do jogo. O game é gratuito, mas possui compras dentro do aplicativo.

LeiaJá também

--> Pokémon Company anuncia novidades para universo Pokémon

--> Hi!Tech: Galaxy Note 10, impostos e Pokémon Sword e Shield

--> Nintendo revela novidades em Pokémon Sword e Shield

Há nem tanto tempo assim o Dicionário era tido popularmente como “pai dos burros” por trazer, em suas páginas, o significado de praticamente todas as palavras da língua portuguesa. Com a mudança de costumes, resultante do advento da internet, a maioria das pessoas parou de levá-lo a todos os lugares. Para facilitar a consulta de um dos mais importante livros para o idioma, a Editora Positivo lançou novas versões dos dicionários Aurélio da Língua Portuguesa (5ª edição) e Mini Aurélio (8ª edição) para as plataformas Android, iOS, Web e Desktop. 

Agora, o tradicional companheiro de vocabulário dos brasileiros pode ser acessado de qualquer lugar, mesmo sem acesso à internet. É possível fazer pesquisas por voz, digitadas ou por cliques com os recursos “Palavra do Dia” e “Conjugador de verbos”, além da verificação de pronúncia e destaque das regras do Novo Acordo Ortográfico. 

##RECOMENDA##

Para quem utilizá-lo no navegador Chrome, há também o recurso "Aureliar!", um plugin que permite ao usuário selecionar uma palavra em uma página da web e checar a definição dela no Aurélio. O Mini Aurélio está disponível para versão mobile, Android e iOS e o Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa em versões mobile ou em um pacote de produtos de todas as plataformas. O aplicativo tem uma versão gratuita que permite consultar até 50 verbetes sem custo, depois disso é necessário assinar o conteúdo.

Desde que os Estados Unidos começou a impor restrições para os produtos vindos da China, diversas empresas oriundas do país asiático seguem correndo para buscar soluções para que seus produtos não dependam de componentes norte-americanos. No início de agosto a Huawei lançou o HarmonyOS, um novo sistema operacional que deverá operar em seus novos aparelhos e concebido para competir com o Android e iOS. 

Nesta quarta-feira (21), a empresa chinesa divulgou mais informações sobre o novo sistema que, de acordo Richard Yu, CEO da Huawei Consumer Business Group, é completamente diferente de seus rivais. "Estamos entrando em um momento em que as pessoas esperam uma experiência inteligente em todos os dispositivos e cenários. Para dar suporte a isso, achamos importante ter um sistema operacional com recursos aprimorados e uma plataforma conectada. Precisávamos de um sistema operacional compatível com todos cenários, que possa ser usado em uma ampla variedade de dispositivos e plataformas, e que possa atender à demanda do consumidor por baixa latência e alta segurança", disse.

##RECOMENDA##

A empresa afirma que o HarmonyOS chegará ao mercado como um sistema operacional compacto e leve, porém, com uma funcionalidade poderosa. Apesar da empolgação o sistema será usado primeiramente em dispositivos inteligentes como smartwatches, telas inteligentes, sistemas integrados nos veículos e alto-falantes, de forma integrativa.  

Entre os destaques técnicos divulgados pela Huawei estão uma plataforma de comunicação compartilhada, gerenciamento de dados, agendamento de tarefas e periféricos virtuais, que facilitaria a vida de desenvolvedores de aplicativos. De acordo com a companhia os aplicativos criados no HarmonyOS poderão ser executados em diferentes dispositivos.

Além disso, desafios um Mecanismo de Latência Determinística e Comunicação Entre Processos (IPC, sigla em inglês) de alto desempenho também estará presente.  Ele define prioridades de execução de tarefas e limites de tempo para agendamento antecipado. O que ajudará os dispositivos a trabalharem mais rapidamente nas ações selecionadas como prioridades. 

A companhia também garante que o sistema operacional será mais seguro que os demais, por conta de um microkernel projetado para simplificar as funções do kernel, adicionando proteção de segurança mútua. O HarmonyOS seria o primeiro sistema operacional a usar a verificação formal no TEE (Ambiente de Execução Confiável) do dispositivo, diminuindo a possibilidade de ataques.

Por fim, haverá um suporte de um IDE para vários dispositivos, uma compilação unificada em vários idiomas e um kit de arquitetura distribuída, para que sistema operacional se adapte automáticamente a diferentes controles e interações de layout de tela. 

Para os desenvolvedores

Na Huawei Developer Conference, deste ano, a empresa também anunciou como será a evolução do HarmonyOS e seu kernel. Ele estará presente em alguns produtos que devem ser lançados ainda este ano e nos próximos três anos, será otimizado para, gradualmente, ser adotado em dispositivos inteligentes, incluindo wearables (vestíveis), o HUAWEI Vision e sistemas de áudio para o seu carro.

A empresa também estabelecerá uma base de código aberto e uma comunidade de código aberto para colaborar com desenvolvedores. Uma das intenções que a empresa demonstrou foi fornecer um ambiente ideal para equipamentos que usem 5G,  IA e IoT (a Internet das Coisas). "Queremos convidar os desenvolvedores de todo o mundo a se juntarem a nós enquanto formulamos esse novo ecossistema. Juntos, iremos oferecer uma experiência inteligente para os consumidores em todos os cenários.", disse Richard Yu, no comunicado.

Usuários de aparelhos Android estão, aparentemente, numa fase de mudanças. Apesar do aplicativo da Caixa Econômica ter ficado entre os mais baixados - principalmente por conta da proximidade do pagamento do FGTS e PIS, apps como Mercado Livre e OLX aparecem em segundo e quarto lugar, respectivamente. 

Outro que está entre os 10 mais procurados é o game dos Irmãos à Obra. O joguinho simula os desafios do programa de reformas, para ajudar os usuários a transformar ambientes como se fossem os irmãos Drew e Jonathan Scott. O que deixa a dúvida se os usuários estão se inspirando no app para buscar melhorias para suas próprias residências, com o combo feito junto aos aplicativos de compras.

##RECOMENDA##

Já no lado iOS, a novidade é um jogo de futebol chamado Cool Goal. O game põe à prova a capacidade o jogador de ter uma pontaria certeira na hora de marcar um golaço. As outras nove posições continuam com redes sociais, aplicativos de comida, entre outros. Confira os rankings completos.

Google Play

Apple Store

LeiaJá também

--> Pretende sacar o FGTS? Cuidado com novo golpe

--> App para consultar o FGTS está entre os mais baixados

--> Aprenda a colocar a verificação por digital no WhatsApp

Depois de algumas semanas agitadas nas lojas de aplicativos, com pessoas buscando ferramentas para ver como ficariam mais velhas ou ver como ficariam se fossem bonequinhos de olhos grandes, as redes sociais voltaram a ficar entre os apps mais procurados pelos usuários. Porém, além das plataformas tradicionais como Instagram, Facebook e WhatsApp, outro aplicativo que tem crescido semana após semana entre os usuários de celulares Android é o Nubank.

O banco digital, que recentemente atingiu a marca de 4 milhões de clientes espalhados pelo país (dados de abril de 2019), teve seu aplicativo - e principal meio de controle de gastos dos seus usuários - em segundo lugar no ranking dos mais baixados da Play Store. O pódio não se repete em telefones iOS, que não possui nenhum app de banco entre os 10 mais procurados e continua com as redes sociais entre as ferramentas com maior número de downloads. Confira a lista completa:

##RECOMENDA##

Google Play

 

Apple Store

LeiaJá também

--> Apps: usuários começam agosto se preocupando com finanças

--> Cliente do Nubank terá nova opção de aplicação

--> Nubank lança comunidade online para seus clientes

Muita gente está na expectativa para a liberação do saque de parte do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), prometida pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. A ansiedade é tanta que, às vésperas da data marcada para o anúncio de retirada do benefício, usuários de Android e iOS começaram a baixar o aplicativo da Caixa Econômica Federal, em que é possível consultar o extrato e a validade do fundo. 

O app aparece entre os mais procurados, junto com opções de redes sociais, delivery e o polêmico Face App, que deixou todo mundo preocupado com o uso de dados - requisitado pela ferramenta. Confira nossa lista semanal dos aplicativos mais baixados dessa semana:

##RECOMENDA##

Google Play

Apple Store

As redes sociais foram inundadas por imagens de bonecas fofinhas que tentam - muitas vezes sem sucesso - parecer com quem as criou. O Dollify, aplicativo de avatar que permitia que seus usuários se transformassem em caricaturas, chegou ao topo dos apps mais baixados tanto para Android, quanto para iOS. 

Na plataforma do Google, a ferramenta chegou ao primeiro lugar, passando todas as redes sociais. Na loja da Apple, perdeu apenas para o jogo Aquapark.io. Apesar da “febre”, causada pela nova moda, outros lugares do pódio continuaram ocupados por aplicativos de redes sociais como WhatsApp, Instagram e Facebook. Confira as listas completas abaixo:

##RECOMENDA##

Google Play

Apple Store

Mês de julho é sinônimo de férias para muita gente. Além de ser uma época de recesso escolar e acadêmico é também garantia das melhores estações do ano em diversos lugares do mundo. Se suas férias começam este mês e você ainda está pensando em programar aquela viagem, confira quais são os aplicativos que vão facilitar a sua vida e a sua trip. 

Para achar uma boa passagem 

##RECOMENDA##

Skyscanner

O Skyscanner é um excelente aplicativo para quem quer procurar passagens mais baratas, hotéis ou até empresas para alugar veículos. Ao buscar uma passagem o usuário pode criar alertas de preço, para ser avisado quando o destino desejado estiver mais acessível, além de fazer o comparativo de valores entre as companhias aéreas. Há também uma aba de inspirações, em que - por temas - o aplicativo seleciona os melhores lugares para ir a partir da sua localização.  Também é possível programar uma viagem, assim o aplicativo dará informações sobre ofertas no período que o usuário escolher. Disponível para iOS e Android.

Hopper

O Hopper é um aplicativo de viagens que funciona avisando o melhor momento para você comprar a sua passagem. Vencedor do Prêmio Google Play de 2016, o app monitora uma a rota de viagens que você escolher para garantir o preço mais baixo. Ele envia notificações instantâneas, além de dar dicas de viagem, e ter ofertas personalizadas para cada viagem. Disponível para iOS e Android.

Kayak

Um dos buscadores de passagens mais usados. O Kayak traz as opções tradicionais, como previsão de preços, sugestão de destinos e alerta de preços, mas também oferece alguns diferenciais. Com ele é possível medir a bagagem de mão, ter conselhos sobre altas e baixas dos valores das passagens e também salvar as informações pessoais para buscar melhores ofertas de hotéis e alugueis de carro. Disponível para iOS, Android e compatível com Apple Watch.

Para ficar no melhor lugar

Airbnb

Se você não faz questão de café da manhã de hotel e quer apenas um lugar reservado e barato para se hospedar, bem-vindo ao Airbnb. A plataforma é excelente para quem procura desde quartos até uma casa inteira, principalmente pela segurança que passa tanto para quem está alugando, quanto para quem quer alugar o imóvel. Os anfitriões são avaliados por diversos itens, é possível ver toda as restrições e bônus dos imóveis, existem políticas flexíveis de cancelamento e - caso você tenha algum problema - o suporte deles é bastante ágil para que sua viagem não se estrague por conta de algum imprevisto. 

A única dica aqui é - ao falar com seu anfitrião - use o chat que eles disponibilizam na ferramenta. Isso faz com que, caso você não consiga falar (seja com o dono do local, seja com seu hóspede) com a pessoa responsável pela sua estadia e deseje cancelar, eles usarão as conversas de dentro do app para achar a melhor solução para o seu caso. Disponível para iOS e Android.

Hurb

O Hotel Urbano é um app já conhecido no mercado porque - vez ou outra - realiza excelentes promoções de passagem mais hospedagem. É possível comprar pacotes de viagem completos, com ingressos para passeios famosos - dependendo do destino, cruzeiros, entre outros. Apesar do grande trunfo deles serem os pacotes também é possível encontrar apenas hotéis, sem outros custos incluídos. Disponível para iOS e Android.

Booking

É um dos aplicativos para hospedagem em hotel dos mais confiáveis do mercado até agora. São mais de 1,5 milhão de acomodações registradas no sistema do app e é possível filtrar as buscas por preço, nota de avaliação, qualidade do Wi-Fi e até se tem café da manhã ou não. A ferramenta também informa quantos quartos estão disponíveis no local escolhido e qual o melhor preço do dia. Tudo de acordo com o bolso do usuário. Disponível para iOS e Android.

Para criar o roteiro perfeito

TripAdvisor 

O trunfo do TripAdvisor é ser um aplicativo de recomendações por avaliações que muita gente usa. Ou seja, sempre que você precisa de uma dica de restaurante, casa de show ou qualquer outro passeio, as recomendações serão feitas por quem realmente esteve no local. Você também pode seguir especialistas em viagens e pegar dicas de quem trabalha com o tema. Além disso, há informações sobre voos, hotéis e cruzeiros. As reservas podem ser pagas com Google Pay ou PayPal e o app está disponível para Android e iOS.

My Maps

O aplicativo é um serviço do Google para criar e personalizar mapas, o que facilita bastante a vida de quem gosta de criar roteiros para viajar. Crie o mapa, coloque os pontos que você deseja visitar e vá seguindo sua viagem. Ele não precisa do Google Maps para funcionar, mas só funciona em celulares Android, porque é necessário estar logado em sua conta Google.

Para andar por aí

Google Maps

O Google Maps é um aplicativo bastante útil se é a primeira vez que você visita uma cidade. É possível pesquisar restaurantes, bancos, farmácias e uma sorte de estabelecimentos perto de você. Também é possível descobrir quais ônibus pegar para chegar aos lugares, assim como o preço da passagem e a quantidade de paradas. Ele também salva seus destinos mais usados e permite calcular o tempo da viagem em diferentes modais. 

Waze

Se sua viagem será feita de carro, o Waze é uma boa opção pela quantidade de detalhes que dá nas pistas. Ele cria melhores rotas levando em consideração problemas nas vias como buracos, trânsito, sinais quebrados, entre outros. Disponível para iOS e Android.

LeiaJá também

--Dez motivos para o Telegram ser melhor do que você imagina

--> Testamos! Harry Potter: Wizards Unite é o novo Pokémon GO?

O YouTube anunciou que, em breve, sua interface mobile será atualizada para melhorar ainda mais a experiência do usuário na escolha dos conteúdos. Isso significa que encontrar vídeos que realmente são interessantes para você, além de se livrar de sugestões que não fazem muito sentido, ficará mais fácil. 

Entre os novos recursos disponibilizados para a versão mobile da plataforma estão a possibilidade de explorar tópicos e vídeos relacionados na sua página inicial e nos vídeos que aparecem em “Próximo”. O que isso significa? Que agora as sugestões que aparecem serão relacionadas ao que você está assistindo, vídeos publicados pelo canal do que você está assistindo ou outros tópicos que podem ser de seu interesse. 

##RECOMENDA##

Será possível também remover as  sugestões de canais que você não quer assistir. Para isso basta tocar no menu de três pontos ao lado de qualquer vídeo na página inicial (ou em Próximo) e depois clicar em "Não recomendar canal". Apesar da ação retirar o conteúdo das sugestões ela não impossibilita que você encontre ou assista o vídeo posteriormente. 

Por fim, o YouTube também dará mais informações quando recomendar um conteúdo. Abaixo do vídeo o usuário terá acesso a uma  pequena caixa de texto explicando porque esses conteúdo foi sugerido. A maioria dos recursos já está disponíveis globalmente para aparelhos Android (alguns só para quem usa a versão em inglês), mas quem tem iOS vai ter que esperar um pouquinho mais para receber as atualizações do aplicativo.

LeiaJá também

--> YouTube bane vídeos supremacistas, violentos e de ódio

--> Seguindo o Facebook, YouTube anuncia novidades para marcas

--> Youtuber é condenado à prisão após humilhar morador de rua

Durante essa semana é bem possível que você tenha visto dezenas de amigos postando fotos de bonequinhos renderizados parecidos com eles. Isso é possível graças ao Dollify, um aplicativo de caricaturas que figura entre os mais baixados da Google Play. São diversos tipos de cabelo, roupas, tons de pele e acessórios para criar o avatar mais parecido possível com o usuário. 

Até a publicação dessa matéria mais de 160 mil pessoas já tinham baixado o app, que está disponível gratuitamente na loja do Google e na Apple Store. Além das ferramentas gratuitas também é possível acessar recursos pagos, que custam em torno de R$ 27.

##RECOMENDA##

O aplicativo possui uma versão premium, em que é possível ter acesso a acessórios exclusivos, além de retirar as marcas d'água das imagens e ter acesso a outros tipos de cabelo e até filtros parecidos com usados no Instagram.

[@#galeria#@]

Muito tem se falado sobre o novo game da franquia Harry Potter para mobile, "Harry Potter: Wizards United". O jogo chegou ao Brasil na última semana, para Android e iOS, e tem despertado a curiosidade tanto de fãs quanto do público em geral. Produzido pela Niantic, a mesma desenvolvedora de Pokémon GO, o game tem controles muito parecidos com aqueles experimentados com os monstrinhos, trazendo a forma do mapa e os recursos de realidade aumentada, mas as semelhanças param por aí. Nós testamos o game do momento e vamos dizer para você se o novo título do bruxinho mais famosos do mundo realmente empolga.

História e objetivo

##RECOMENDA##

A história se passa um pouco depois da batalha de Hogwarts e traz personagens como Harry, Rony e Hermione (todos trabalhando para o Ministério da Magia). É possível encontrar muitos personagens dos livros/filmes, como Hagrid, Professora McGonagall e até alguns que morreram ao longo da história como Tonks e a coruja Edwiges - o que gerou espanto dos fãs. Neste universo, uma “Catástrofe” - nome dado para um feitiço sombrio que se sabe muito pouco - assola o mundo bruxo e transporta os Magis – artefatos mágicos, criaturas, pessoas e, até mesmo, memórias – para o mundo dos trouxas. 

É seu trabalho como recruta da Força-Tarefa de Manutenção de Sigilo solucionar o mistério da Catástrofe, praticar feitiços, recolher os Magis (que ficam guardados como em um álbum de figurinhas) e vencer batalhas contra alguns monstros. Para isso, Constance Pickering, uma funcionária do Ministério, vai acompanhá-lo. Ela funciona como um narrador, explicando porque as coisas acontecem e para que servem os itens capturados.

Esqueça Pokémon GO

Não, não estamos dizendo para você parar de jogar o jogo dos monstrinhos, mas sim esquecer os comparativos que muita gente tentou fazer entre um game e outro. É verdade que os recursos utilizados em ambos os jogos são os mesmos. O estilo do mapa, a necessidade de andar pelas ruas para encontrar novos desafios, o uso da realidade aumentada na hora de recuperar os Magis - ou, no caso anterior, os pokémons, mas as semelhanças param por aí.

Harry Potter: Wizards United é muito mais detalhado. No mapa você pode encontrar diferentes tipos de desafios ao clicar em brasões que aparecem (da mesma forma que aparecem os monstrinhos do Pokémon), mas também pode entrar em estalagens, estufas. coletar itens para poções no meio do mapa e muito mais.  As fortalezas encontradas pelo caminho permitem batalhas contra comensais da morte tanto multiplayer quanto sozinho. Nelas você aprende a lançar feitiços para atacar e precisa fazer alguns comandos para se defender. 

Geralmente (ou até onde joguei) todos os movimentos que você precisa fazer aparecem na tela em forma de seta ou bola. Isso facilita na hora de acertar o inimigo ou recuperar algum Magi enfeitiçado. Porém, nem adianta fazer um desenho desleixado com os dedos. Para conseguir derrotar o “obscurus” é necessário precisão. Fazer o desenho corretamente faz uma diferença muito maior do que apenas jogar o feitiço para cima do adversário.

[@#galeria#@]

Saco vazio não joga em pé

Em Harry Potter WU é preciso ter um número de energias para conseguir cumprir os desafios do jogo. São elas que permitem que você continue o game e para recuperá-las é preciso ir em estalagens para se alimentar ou estufas. Afinal, saco vazio não joga em pé. O jogador começa o game com 75 de energia, mas elas vão sendo gastas de acordo com os Magis recuperados ou as batalhas enfrentadas.

O problema - de acordo com as avaliações na página do app - é que elas acabam muito rapidamente e é preciso esperar para recarregar. Porém, também é possível gastar dinheiro real para comprar as energias no “Beco Diagonal”, a loja online do game. 

Ajuda, mas atrapalha

Uma das coisas mais legais e ao mesmo tempo mais chatinhas do game é a quantidade de coisas e informações passadas. Por um lado, saber sobre feitiços, criaturas e mistérios é bastante empolgante e desperta curiosidade - principalmente, porque há desafios a serem completados para evoluir dentro da profissão escolhida - e disponível a partir do nível 6. 

Mas quando você pensa que estará andando e terá que parar várias vezes no meio da rua para ler o que a funcionária do ministério, Harry, ou qualquer outro personagem diz sobre o que você está fazendo, a coisa fica um pouco mais complicada. Não é muito divertido ter que parar - a quase todo item encontrado - para ler sobre pessoas desaparecidas, tudo isso enquanto você tenta atravessar o sinal de trânsito. Além disso, andar com o celular na mão em algumas cidades brasileiras pode ser uma coisa perigosa, que exige mais atenção do que o enredo do game. 

[@#video#@]

Profissão, desafios e veredito

Chegado ao fim do nosso review, há muita coisa para descobrir em Harry Potter WU. No nível 6 você pode escolher entre virar Auror (com habilidades maiores em ataques contra as artes das trevas), Magizoologista (com mais força para feitiços contra criaturas) e Professor (desenvolvendo novas técnicas e magias). Após a escolha da carreira um leque de possibilidades se abre para o jogador.

Cada desafio gera conquistas. Há tarefas diárias, tarefas das profissões, poções e muitas outras coisas do universo bruxo para você aprender. Além disso, cada Magi recuperado vem em forma de figurinha - para completar um álbum cheio de abas. No fim, Harry Potter Wizards Unite é um divertido, com bons gráficos, cheio de opções para explorar, mas que precisa encontrar um equilíbrio entre o excesso de informações e as oportunidades de jogo. 

Para fazer a quantidade de desafios que o game exige seria preciso disponibilizar mais energias ou, quem sabe, a possibilidade de cumprir algumas tarefas no conforto do lar. Afinal, pode até ser que dê para virar super bruxo, correndo por aí atrás dos itens em tempos relativamente curtos, cumprindo tarefas que custam - muitas vezes - 30 energias, rindo na cara do perigo das esquinas. Mas só se você não morar no Brasil.

Em Bekasi, na Indonésia, um bebê foi registrado com o nome de Google, pois os pais têm esperança de que, futuramente, ele possa ajudar muitas pessoas e se tornar útil assim como o mecanismo de busca da web. Ella Karin, 27 anos, e Andi Cahya Saputra, 31 anos, ainda pensaram em dar ao filho o nome de Windows, Microsoft, iPhone e iOS.

O casal teve o bebê em novembro de 2018, mas a notícia da escolha inusitada do nome só chegou agora à imprensa local. Andi contou que teve a ideia de batizar o filho com um nome inspirado na tecnologia quando a esposa estava grávida de sete meses.

##RECOMENDA##

Foto: Reprodução / Asiawire

A criança não possui nenhum sobrenome porque, segundo o pai, isso "diluiria a essência do nome". Andi também admitiu que demorou um tempo para que a família, incluindo a mãe do bebê, se acostumassem com o nome inusitado, mas agora Ella espera que o filho se torne "um líder".

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando