Esportes

| Geral

Final de semana de muita adrenalina para o público apaixonado por manobras radicais. A cidade de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, recebe neste domingo (28) a 3ª Etapa do Circuito Pernambucano de Bicicross BMX2019. As disputas acontecem em Aldeia, no Km 10, antigo Jipódromo e a entrada é gratuita.

A expectativa dos organizadores é que o desafio reúna ao menos 100 pilotos de Pernambuco, João Pessoa, Alagoas, Natal e Ceará. O ciclismo BMX surgiu na Califórnia (Estados Unidos) em 1968. Sua origem está relacionada como uma espécie de adaptação do Moto Cross para bicicletas. Nos Jogos Olímpicos de 2016 que aconteceu no Brasil, Estados Unidos e Colômbia se destacaram no Ciclismo BMX.

##RECOMENDA##

A pista do CT de Aldeia em Camaragibe tem cerca de 350 metros de extensão, é muito  irregular, com presença de muitos obstáculos e dificuldades (lombadas, rampas, morros, curvas acentuadas, valetas e ondulações) que devem adicionar muita emoção a competição.

A programação prevê treinos livres a partir das 10h de domingo (28), com a primeira largada acontecendo  as 10h30 e durante todo o dia serão disputadas 18 categorias, com pilotos profissionais e amadores.

Da assessoria de imprensa

Depois de três dias seguidos de adiamentos por causa das más condições do mar, a etapa de Bells Beach, na Austrália, a segunda da temporada de 2019 do Circuito Mundial de Surfe, teve sequência nesta segunda-feira. Após a realização das últimas três baterias da primeira fase e as quatro da segunda, o Brasil conseguiu a classificação de quatro surfistas para a terceira rodada, fazendo com que o País siga com 10 representantes na disputa - entre eles Gabriel Medina e Italo Ferreira.

Na praia de Winkipop, palco alternativo da etapa de Bells Beach, quatro brasileiros entraram em ação nas três baterias restantes da primeira fase masculina. Dois deles venceram seus dois rivais e avançaram direto à terceira rodada - foram os casos de Deivid Silva e Peterson Crisanto. Willian Cardoso, em segundo no confronto vencido pelo bicampeão mundial John John Florence, também avançou. Jessé Mendes ficou em terceiro e caiu para a repescagem.

##RECOMENDA##

No novo formato de disputa das etapas do Circuito Mundial, a segunda fase conta com quatro baterias de três surfistas cada. Os dois primeiros avançam e o último é eliminado. Este foi o destino de Jessé Mendes, que obteve 11.46 pontos na terceira bateria e por pouco ficou atrás dos australianos Reef Heazlewood (12.67) e Mikey Wright (11.50).

Na sequência, dois brasileiros entraram na água pela quarta bateria da segunda fase e avançaram às etapas eliminatórias em Bells Beach. Michael Rodrigues venceu com 12.83 pontos e Caio Ibelli obteve 11.07, eliminado o francês Joan Duru, que fez apenas 7.64.

Pela terceira fase, 32 surfistas farão 16 baterias na luta por uma vaga nas oitavas de final. Dos 10 brasileiros na disputa, seis deles duelarão em suas baterias: Peterson Crisanto x Michael Rodrigues, Filipe Toledo x Caio Ibelli e Willian Cardoso x Yago Doria.

Atual campeão mundial, Medina enfrentará o local Reef Heazlewood. Vencedor da primeira etapa de 2019, em Gold Coast, Italo Ferreira buscará a classificação contra o também australiano Jack Freestone. Os outros dois brasileiros são Jadson Andre (contra John John Florence) e Deivid Silva (contra o anfitrião Wade Carmichael).

O Vasco acabou adotando a "lei do silêncio" após a derrota para o Flamengo, por 2 a 0, neste domingo (21), no Maracanã, no segundo jogo da final do Campeonato Carioca. Enquanto o rival comemorava o título no gramado, jogadores vascaínos e o técnico Alberto Valentim deixaram o local sem falar com a imprensa.

Os primeiros a deixar o Maracanã pelo estacionamento foram Yago Pikachu, Danilo Barcelos e Lucas Mineiro. Logo em seguida, foi Valentim quem deixou o estádio sem conceder entrevista coletiva. Posteriormente, o diretor executivo de futebol Alexandre Faria confirmou a demissão do treinador.

##RECOMENDA##

Na zona mista do estádio reservada para as conversas com os jornalistas, o departamento de comunicação do Vasco confirmou que nenhum jogador pararia para falar com a imprensa e que apenas executivo falaria. Apesar de ter disputado a final do Carioca, o Vasco vive uma série de problemas internos com salários atrasados.

"Dentro das nossas capacidades financeiras, a equipe vem muito bem. Ainda está vivo na quarta fase da Copa do Brasil. Estamos mobilizados para esse jogo de quarta (contra o Santos, em São Januário). Amanhã (segunda-feira) no CT vão trabalhar para colocar a melhor equipe em campo. O duelo está em aberto", comentou Faria.

O Vasco agora tenta reverter a desvantagem na quarta fase da Copa do Brasil depois de o Santos ter vencido o duelo de ida do mata-mata por 2 a 0, na Vila Belmiro. Assim, a equipe carioca precisa de um triunfo por três gols de diferença para avançar às oitavas de final. Em caso de vitória por dois, a decisão da vaga ocorrerá nas cobranças de pênaltis.

O Vila Nova, de Goiânia, confirmou sua vaga na quarta fase da Copa do Brasil mesmo perdendo de virada por 2 a 1 para o Bragantino-PA, nesta tarde de sábado (20), no Mangueirão, em Belém (PA). O time goiano avançou porque no duelo de ida, em casa, tinha vencido por 2 a 0.

A vaga garantiu a premiação de R$ 1,9 milhão ao Vila Nova, que agora vai enfrentar o Juventude. O time gaúcho eliminou o Botafogo para seguir no torneio nacional.

##RECOMENDA##

O primeiro jogo do mata-mata entre as duas equipes será realizado na próxima quarta-feira, às 21h30, em Caxias do Sul (RS), no estádio Alfredo Jaconi. A volta vai acontecer em Goiânia, no dia 30, às 19h15.

O time visitante começou todo no ataque e abriu o placar logo no primeiro minuto com Facundo Boné. Depois perdeu outras chances para ampliar, sendo castigado com o empate. Aos 39 minutos, Marco Goiano, de falta, deixou tudo igual.

No segundo tempo, o Vila Nova foi muito cauteloso, deu espaço ao time da casa e levou o segundo gol aos 33 minutos, quando Paulo de Tarcio marcou de cabeça para virar o jogo. Os últimos minutos foram tensos e de pressão sofrida pelos visitantes, mas o time goiano conseguiu segurar o resultado e avançou no torneio nacional.

Mesmo atuando fora de casa, o Hoffenheim não tomou conhecimento do Schalke 04 ao golear o adversário por 5 a 2, neste sábado (20), em resultado que garantiu ao time a sexta posição do Campeonato Alemão, com 50 pontos. Assim, a equipe fecha a zona de classificação às competições europeias por meio do torneio nacional.

Horas mais cedo, o Bayer Leverkusen havia assumido o sexto lugar ao derrotar o Nuremberg por 2 a 0, em casa, e chegar aos 48 pontos. Porém, com o triunfo expressivo obtido pelo Hoffenheim, voltou a cair para o sétimo lugar da tabela.

##RECOMENDA##

Já o Schalke, em péssima fase, está logo acima da zona do rebaixamento, em 15º lugar, com 27 pontos. Porém, com uma confortável vantagem para o Stuttgart, que encabeça a zona de degola, em 16º, com 21, depois de ter sido massacrado por 6 a 0 pelo Augsburg, horas mais cedo.

Na partida deste sábado em Gelsenkirchen, o Hoffenheim abriu o placar com um gol de Belfodil, aos 25 minutos, e ampliou com Kramaric no finalzinho do primeiro tempo, aos 45.

Na etapa final, Caligiuri descontou para os anfitriões aos 15, cobrando pênalti, mas Szalai voltou a marcar para os visitantes aos 20. E depois o Hoffenheim abriu 5 a 1 com Amiri balançando as redes aos 28 e Belfodil fazendo o seu segundo no jogo aos 40. No finalzinho, aos 45, Burgstaller voltou a marcar para os donos da casa, mas o estrago já estava feito pelo adversário.

Em outro duelo que fechou o dia de confrontos na Alemanha, o RB Leipzig superou o Borussia Mönchengladbach por 2 a 1, também como visitante, e se consolidou ainda mais na terceira posição, com 61 pontos, firme para garantir a sua vaga na Liga dos Campeões - os quatro primeiros da tabela asseguram lugar no torneio continental.

Já Borussia estacionou na quinta colocação, com 51 pontos, e encabeça a zona de classificação à Liga Europa. E corre o risco de ver o Eintracht Frankfurt, dono do quarto lugar, com 52, disparar na sua frente na segunda-feira, quando encara o Wolfsburg, fora de casa, com o objetivo de ficar mais próximo da Liga dos Campeões.

Atuando fora de casa, o RB Leipzig abriu o placar aos 17 minutos, com Halstenberg convertendo uma cobrança de pênalti. Na etapa final, ele voltou a marcar aos oito. Pléa descontou aos 16, mas os anfitriões não tiveram força para empatar o jogo.

Com um gol de Fred de pênalti, assinalado com ajuda do árbitro de vídeo (VAR), o Cruzeiro empatou com o Atlético-MG por 1 a 1, neste sábado (20), no estádio Independência, em Belo Horizonte, e conquistou o Campeonato Mineiro de 2019. O time celeste venceu o jogo de ida por 2 a 1 e levou a melhor no placar agregado, levantando a taça do torneio estadual. O volante Elias abriu o placar para o time da casa, que estava ficando com o título até os 34 do segundo tempo em função da melhor campanha na fase inicial, mas o gol do atacante cruzeirense assegurou a taça para os visitantes.

Com a conquista, o Cruzeiro volta a ser bicampeão do Campeonato Mineiro após dez anos, depois de ter faturado o troféu de forma consecutiva pela última vez em 2008 e 2009. Além do bi, a equipe de Mano Menezes termina a competição invicta. Treinado interinamente por Rodrigo Santana após a demissão de Levir Culpi, o Atlético amarga a derrota, além de situação complicada no Grupo E da Libertadores, com três derrotas e apenas uma vitória. Já o rival está 100% na competição e já assegurou classificação às oitavas de final da competição.

##RECOMENDA##

O jogo começou agitado. Logo aos 5 minutos, veio a primeira bola na trave: substituto de Cazares, Geuvânio fez boa jogada pelo lado direito da grande área cruzeirense e cruzou para Ricardo Oliveira, que bateu de chapa no travessão. No rebate, Luan mandou para fora, desperdiçando boa chance para o Atlético.

Seis minutos depois, foi a vez de o Cruzeiro ficar na baliza: Marquinhos Gabriel fez boa jogada pela esquerda, cruzou rasteiro na pequena área e Igor Rabello cortou de carrinho, mas a bola subiu e bateu no travessão de Victor. Começo agitado no clássico de Minas Gerais, que ficou mais equilibrado no decorrer da primeira etapa.

Até que, aos 29 minutos, o Atlético levou a melhor. Chará recebeu pela intermediária esquerda e lançou Ricardo Oliveira, que bateu de esquerda para grande defesa de Fábio. Na sequência, Elias veio rápido para aproveitar o rebote no meio da área e cabecear forte. O zagueiro Léo até desviou, mas não conseguiu bloquear a bola, que ainda bateu caprichosamente na trave antes de balançar as redes.

O Atlético ainda teria outra boa chance antes no fim do primeiro tempo, aos 42: Geuvânio recebeu pela direita, levou para a perna esquerda e bateu forte no canto destro de Fábio, que se esticou todo para evitar o segundo gol. Alívio para o Cruzeiro, que poderia ter ido para o intervalo com um prejuízo ainda maior. Foi a primeira vez que o time de Mano Menezes saiu atrás no placar em 2019, depois de 20 jogos disputados.

No segundo tempo, a equipe celeste veio determinada a reverter a desvantagem. Logo aos 2 minutos, Robinho bateu falta perigosamente e a bola passou perto da baliza defendida por Victor. Aos 20, foi a vez de Pedro Rocha, que entrou no lugar de Marquinhos Gabriel, ameaçar: ele recebeu de Robinho na pequena e chutou na rede, mas pelo lado de fora.

O Cruzeiro seguiu levando mais perigo e promoveu a entrada do meia-atacante Thiago Neves, que estava há um mês sem jogar, no lugar do volante paraguaio Lucas Romero. Aos 33, veio o lance que definiria o campeão: Pedro Rocha fez boa jogada pela esquerda, mas o zagueiro Leonardo Silva, substituto do lesionado Réver na defesa atleticana, encostou com o braço na bola dentro da área. O auxílio do árbitro de vídeo foi acionado e o juiz Leandro Bizzio Marinho confirmou a penalidade.

Na cobrança, Fred deslocou Victor e empatou para os visitantes. Foi o 12º gol do artilheiro do campeonato, que chegou ao seu 60º tento na história do Estadual. Depois do 1 a 1, o Atlético foi para cima, já que precisava vencer para conquistar o título. Os mandantes foram para o abafa, mas o Cruzeiro resistiu à pressão e confirmou a igualdade no placar, garantindo o título mineiro.

Dominante nesta década em seu país, a Juventus conquistou neste sábado (20), no Allianz Stadium, o histórico e inédito octocampeonato italiano. Com 20 pontos de vantagem sobre o vice-líder Napoli (87 a 67), o time de Cristiano Ronaldo derrotou a Fiorentina, de virada, por 2 a 1. O time de Turim é o primeiro clube a ganhar oito títulos consecutivos em um dos seis principais torneios domésticos da elite do futebol europeu.

Maior campeã nacional, a Juventus conquistou o seu 35º scudetto na Itália, quase o dobro que possuem Milan e Inter de Milão juntos, com 18 taças da Série A cada e que estão empatados atrás da equipe de Turim no ranking de títulos do torneio.

##RECOMENDA##

Com o troféu deste sábado, a Juventus ganha o título com cinco rodadas de antecipação, igualando o feito que inicialmente foi conquistado pelo Torino na temporada 1947/1948 e depois igualado por Fiorentina e Milan nas respectivas edições de 1955/1956 e 2006/2007 do Campeonato Italiano.

Antes de a Juventus triunfar em sua casa, a Fiorentina começou surpreendendo ao abrir o placar, logo aos cinco minutos, com o sérvio Nikola Milenkovic, após confusão na área. O gol desestabilizou a Juventus.

Cristiano Ronaldo, em um dia sem muita inspiração, pouco foi notado em campo nos primeiros 45 minutos. Com isso, o time de Florença se entusiasmou nos contra-ataques e Mirallas quase fez o segundo, aos 11 minutos.

A Juventus ficava com a bola, mas as melhores oportunidades eram da Fiorentina. Bonucci salvou gol certo, aos 19 minutos, e Simeone teve um gol muito bem anulado, aos 25. Parecia que a festa do título, mais uma vez, seria adiada.

Mas, aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, a defesa da Fiorentina bobeou e Alex Sandro se esticou todo para cabecear e empatar o jogo. O gol não desanimou a Fiorentina, que por pouco não foi para o intervalo em vantagem no placar. Chiesa acertou um lindo chute, aos 42 minutos, mas a bola explodiu no travessão.

No segundo tempo, mesmo sem brilho, Cristiano Ronaldo apareceu mais. Aos sete minutos, o português disparou pela direita e cruzou. Na ânsia de tirar a bola da área, o zagueiro German Pezzella fez contra.

A partir daí, o jogo ficou morno. A Juventus passou a valorizar a posse de bola, enquanto a Fiorentina pareceu sentir a parte física. Mesmo assim o goleiro Szczesny ainda teve tempo de fazer boa defesa após finalização de Dabo.

O técnico Massimiliano Allegri ganhou o seu quinto troféu consecutivo do Italiano em sua quinta temporada à frente da equipe. Após chegar ao clube, o treinador deu continuidade à dinastia iniciada quando o time era dirigido por Antonio Conte.

E vale destacar também o fato de que o zagueiro e capitão Giorgio Chiellini, que chegou à Juventus em 2005, e o também defensor Andrea Barzagli, no clube desde 2011, participaram das campanhas dos oito títulos e são únicos jogadores octocampeões do atual elenco.

OUTROS RECORDES NA MIRA - Se a Juventus encerrar a sua campanha com mais cinco vitórias nas últimas cinco rodadas do Italiano, vai chegar aos 102 pontos e vai igualar seu próprio recorde estabelecido na temporada 2013/2014. E se ainda ganhar todos os últimos cinco jogos, fechará esta edição da competição com 33 vitórias em 38 jogos, repetindo a marca daquela campanha fechada há cinco anos, quando acumulou 33 triunfos, além de três empates e apenas duas derrotas.

Os números da atual campanha da Juventus já são incríveis, pois contabiliza 28 vitórias, três empates e apenas duas derrotas em 33 confrontos, nos quais ainda marcou um total de 67 gols e sofreu somente 23. Tem uma média de 2,03 bolas na rede por partida.

Único clube que alimentava esperanças apenas matemáticas de ultrapassar a Juventus na reta final deste Italiano, o Napoli enfrenta a Atalanta na segunda-feira, em Nápoles, no confronto isolado que fechará em 33ª rodada da competição.

O atleta Asbel Kiprop, campeão olímpico nos 1500 metros em 2008 e tricampeão mundial da mesma distância entre 2011 e 2015, foi suspenso por quatro anos por uso de doping. O anúncio foi feito neste sábado (20) pela Unidade para a Integridade do Atletismo (AIU, na sigla em inglês).

O queniano de 29 anos testou positivo para a presença de EPO (eritropoietina) em uma verificação realizada em novembro de 2017, fora do período de competições. O atleta alegou que a coleta de seu sangue havia sido adulterada e um segundo exame que foi feito em fevereiro de 2018. Ambos os testes comprovaram o uso da substância proibida e o argumento de Kiprop foi negado.

##RECOMENDA##

Ele também disse que outros dois aspectos podem ter causado o resultado dos exames: a rotina intensa de treinamentos em elevada altitude no Quênia e a utilização de um remédio antes dos testes.

A AIU negou as teses apresentadas pelo atleta e confirmou a punição. A entidade é responsável pela fiscalização de doping e responde à Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês). Kiprop fica suspenso até fevereiro de 2022.

Além do resultado positivo, foi confirmada a informação de que o queniano soube com antecedência da realização do primeiro exame, o que infringe os protocolos de controle antidoping.

Kiprop também teria pago uma quantia em dinheiro para os oficiais responsáveis pelo teste. O atleta alega que o pagamento foi apenas para refrescos e outras despesas triviais. A AIU, porém, disse que a postura foi "inadequada", embora não tenha impacto no resultado dos exames.

"Nem todo preso na cadeia é culpado. Vou consultar meu advogado para ver se vou recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês). Mas não importa o resultado, voltarei mais forte", disse Kiprop neste sábado.

Seu caso traz mais dúvidas sobre a qualidade do controle antidoping no Quênia, potência do atletismo de longa distância que tem sua reputação manchada por dezenas de escândalos nos últimos anos.

Kiprop recebeu a medalha de ouro da Olimpíada de Pequim de 2008. A conquista veio depois que o vencedor da corrida, Rashid Ramzi, do Bahrein, não passou no antidoping e perdeu sua medalha.

A família da jovem Maria Joaquina, garota transexual de 11 anos, obteve uma importante vitória para a carreira da jovem patinadora. Maria foi proibida pela Confederação Brasileira de Patinação de participar do campeonato sul-americano de patinação que será realizado de 19 a 30 de abril em Joinville, Santa Catarina. A participação no torneio foi garantida por meio de liminar.

A Defensoria Pública do estado do Paraná, em conjunto com a Defensoria de São Paulo, moveu uma ação para garantir a presença da patinadora no torneio. Maria foi segunda colocada no Campeonato Brasileiro e garantiu sua vaga direta na competição, mas um e-mail recebido pelo Pai Gustavo determinou a não participação da atleta.

##RECOMENDA##

“O Comitê Executivo da Confederação Sul-americana de Patinagem, com base nos Estatutos e Regulamentos vigentes desta Confederação Regional, informa que só se permite que compitam em seus eventos patinadores cujos documentos de identidade confirmem a que categoria pertencem, ou seja RNI [Registro Nacional de Identidade] masculino = categoria masculina, RNI feminino = categoria feminina”, dizia o e-mail.

Foi aí que em conjunto o Núcleo de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (NUDEM) e o Núcleo da Cidadania e Direitos Humanos (NUCIDH) do estado do Paraná garantiram por liminar a participação da jovem na competição.

“A Defensoria Pública do Paraná, por meio da obtenção desta decisão tão importante, reafirma seu papel como expressão do regime democrático. Essa decisão, concedida em tutela provisória de urgência, muito bem fundamentada e de extrema sensibilidade ao tema pelo d. Juízo da 2ª Vara Cível de São Paulo, o Dr. Tom Alexandre Brandão, reafirma o direito à identidade de gênero como direito da personalidade” disse a coordenadora do NUDEM, Eliana Lopes.

Eliana também comentou em entrevista ao Paraná Portal que antes da ação judicial cobrou explicações da entidade: “Tentamos por meio de oficio conseguir uma reconsideração dessa decisão explicando esse excessivo formalismo, toda a discussão de que o Comitê Olímpico Internacional permite atletas trans participarem, de que é uma criança e os hormônios estão dentro da tabela do COI. Não houve outra saída senão ajuizar uma tutela provisória de urgência”, ressaltou.

O torneio começa na próxima sexta (19) em Joinville, Santa Catarina com participação de Maria. Até o momento a Confederação Brasileira de patinação não se pronunciou sobre o caso se vai ou não recorrer da decisão.

O autor de um dos gols da vitória do Fluminense por 2x0 diante do Santa Cruz, nessa quarta-feira (17), no Maracanã, relatou que escapou de um assalto na Linha Amarela, no Rio de Janeiro, após a partida. 

Na tentativa, o carro do lateral-direito sofreu danos na traseira. "Linha Amarela agora, tentaram pegar nosso carro. O cara ainda bateu. Aí o Rio de Janeiro como está. Saindo do jogo", narrou o jogador, que garantiu estar bem.

##RECOMENDA##

Confira

[@#video#@]

 

O ex-presidente da CBF José Maria Marin se desfez nos últimos dois anos de um patrimônio imobiliário adquirido em mais de três décadas para conseguir pagar despesas com advogados, dívidas processuais e multas nos Estados Unidos. Com as vendas, ele arrecadou R$ 37 milhões.

O ex-governador de São Paulo está preso na penitenciária de Allenwood, nos Estados Unidos, condenado a quatro anos de prisão pelos crimes de organização criminosa, fraude bancária e lavagem de dinheiro cometidos no período em que presidiu a CBF, de 2012 a 2015. Ele teria recebido U$ 6,5 milhões (R$ 25,3 milhões pelo câmbio atual) de propina para assinar contratos de direitos comerciais da Libertadores, Copa do Brasil e Copa América. Marin nega os crimes.

##RECOMENDA##

Quando foi preso, em maio de 2015, na Suíça, ele tinha quatro imóveis registrados em seu nome na cidade de São Paulo. Hoje, possui apenas uma sala comercial na Avenida Paulista, de acordo com registros em cartórios obtidos pelo Estado. Os advogados de Marin confirmam as transações, mas só se pronunciarão após os recursos apresentados pelo brasileiro serem julgados na corte americana.

Entre fevereiro de 2017 e dezembro de 2018, o ex-dirigente, de 86 anos, vendeu três imóveis (um apartamento, um casarão e um prédio comercial) e arrecadou R$ 37 milhões com os negócios. Boa parte do dinheiro foi usada para pagar multas relacionadas ao processo aberto contra o dirigente nos EUA.

Em agosto do ano passado, por exemplo, a juíza Pamela Chen, da Corte Federal do Brooklyn, de Nova York, condenou Marin a pagar US$ 1,2 milhão (R$ 4,6 milhões) e confiscou US$ 3,35 milhões (R$ 13 milhões) do brasileiro. Em novembro, ele teve de devolver US$ 137,5 mil (R$ 529 mil) para a Conmebol e a Fifa. Na última segunda-feira, a Fifa baniu Marin de qualquer atividade relacionada ao futebol e aplicou multa de 1 milhão de francos suíços (cerca de R$ 3,8 milhões).

Para pagar as contas, o cartola vem se desfazendo de bens. O último e mais valioso imóvel vendido por ele foi um prédio comercial na Rua Colômbia, no Jardim América, região com um dos metros quadrados mais caros do País. Em dezembro do ano passado, o ex-dirigente vendeu o local por R$ 18,1 milhões. O prédio comercial havia sido comprado por Marin em maio de 1983, poucos dias depois de ele ter deixado o governo do Estado de São Paulo.

Antes, em julho de 2018, o ex-dirigente já havia vendido o apartamento onde morou por mais de duas décadas com a mulher Neuza Augusta Barroso Marin, na rua Padre João Manoel, no bairro de Cerqueira César. O imóvel, de 609m² e com cinco vagas de garagem, foi negociado por R$ 7,6 milhões.

O primeiro imóvel vendido por Marin após sua prisão foi um casarão localizado no Jardim Europa por R$ 11,5 milhões, em fevereiro de 2017, conforme o Estado revelou na ocasião. A mansão estava em terreno de 2.600m², possuía dois andares, 12 salas, dez banheiros e estacionamento para 30 carros.

O casarão havia sido comprada por Marin em 2014. O ex-presidente da CBF pagou R$ 13,5 milhões. Ele a registrou em nome da JMN Empreendimentos e Participações, empresa criada para administrar os bens da família. A mansão foi um mau negócio para o cartola. Ele acumulou mais de R$ 2 milhões de prejuízo com o imóvel. Além de ter vendido por um preço menor do que pagou na compra, somente de IPTU ele gastava quase R$ 200 mil por ano.

Em 2015, quando já estava preso nos EUA, Marin deixou a sociedade da JMN Empreendimentos e Participações. Permaneceram como proprietários sua mulher e o filho Marcus Vinícius Marin. O dirigente banido tentou, com a manobra, se proteger de uma possível tentativa da Justiça americana de pedir o confisco e o bloqueio de seus bens e contas no Brasil.

Mesmo preso, Marin recebe pensão vitalícia do Estado de São Paulo de R$ 20.257,80 por mês, referentes à pensão parlamentar da extinta carteira previdenciária dos deputados paulistas. Recebe desde 1987.

O juiz Pedro Henrique Alves, da 1ª Vara da Infância, Juventude e Idoso do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, liberou, nesta terça-feira, o uso parcial do Ninho do Urubu, o CT do Flamengo, por jogadores das divisões de base do clube.

A decisão do juiz acata pedido do Ministério Público do Rio, ainda que sob algumas condições. De qualquer forma, a liberação permitirá que as divisões de base do Flamengo voltem a treinar no CT, onde ocorreu incêndio que provocou a morte de dez jovens atletas, em fevereiro.

##RECOMENDA##

O magistrado definiu que os atletas das divisões de base do Flamengo não poderão pernoitar no Ninho do Urubu. "Libero parcialmente o Centro de Treinamento Ninho do Urubu, para ingresso dos menores integrantes das categorias de base do CRF, com vistas, exclusivamente, à realização de treinamentos e demais atividades esportivas e correlatas, conforme área limite de trânsito, bem como frequentar os vestiários, centro médico e restaurante", determina o juiz.

A decisão do magistrado tem três condicionantes. São elas: disponibilização de assistência médica integral e oportuna em caso de incidente de urgência, realização de vistoria no local e de uma audiência, marcada para 21 de maio.

Durante o período em que não podia utilizar o Ninho do Urubu, as divisões de base do Flamengo vinham treinando no CT do Audax, localizado em São João do Meriti, na região metropolitana do Rio.

O Ninho do Urubu chegou a ficar interditado de 27 de fevereiro a 11 de março, mas o Flamengo conseguiu liberá-lo após realização de vistorias e a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Corpo de Bombeiros com medidas regularizadoras contra incêndio e pânico.

Os surfistas brasileiros vão em busca de mais uma vitória na segunda etapa do Circuito Mundial de Surfe, que começa na Austrália nesta quarta-feira (tarde de terça no Brasil, com chamada às 17h30) com Italo Ferreira usando a lycra amarela de líder do campeonato. O tradicional Rip Curl Pro Bells Beach terá a presença de 11 brasileiros no masculino e uma no feminino.

Na primeira etapa do ano, Italo levou a melhor com um show de aéreos e belas manobras e passou a liderar o circuito no ano que define os classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020, na estreia do surfe no programa. No final do ano, os dois brasileiros mais bem ranqueados vão carimbar a vaga na competição.

##RECOMENDA##

Italo vem embalado e vai competir justamente na etapa que foi vencedor no ano passado. Ele sabe que é uma competição difícil, mas tem o sonho de "balançar o sino" de campeão novamente. Para isso, terá de começar bem, na quarta bateria da primeira fase, contra o havaiano Ezekiel Lau e o também brasileiro Caio Ibelli.

Quem tentará melhorar a sua posição é o atual campeão mundial Gabriel Medina. Ele ficou em quinto lugar na etapa de abertura e agora vai começar a sua caminhada em Bells Beach contra os australianos Ryan Callinan e Harrison Mann. Já Filipe Toledo terá pela frente os norte-americanos Griffin Colapinto e Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial.

"É bom para ir logo aquecendo as canelas. Se pretende vencer, tem logo que já ir colocando seu ritmo", afirmou Filipinho, que considera Kelly Slater uma lenda. Os dois têm uma boa relação e o norte-americano chegou inclusive a ajudar o brasileiro com dicas quando ele estava disputando o título mundial em Pipeline, no Havaí, no ano passado.

O brasileiro tem como objetivo ganhar a etapa para superar a sua melhor posição histórica, um quinto lugar, conquistado em 2013 e 2017. "Quero apenas ter boas oportunidade na bateria. O surfe está no pé. Se as ondas vierem para mim, vou mostrar o meu surfe e é isso que mais quero", explicou.

No novo formato de baterias criado pela WSL (Liga Mundial de Surfe, na sigla em inglês), os duelos eliminatórios entre apenas dois atletas começam logo na terceira fase e vão até a final. Ou seja, os erros são fatais. "Tudo vai depender muito das condições do mar, mas teoricamente é sempre escolher as maiores e manobrar forte nas partes mais críticas nas sessões da onda", comentou o surfista de Ubatuba (SP).

Além dele, Medina e Italo, o Brasil terá ainda na etapa Jadson André, Caio Ibelli, Michael Rodrigues, Yago Dora, Deivid Silva, Willian Cardoso, Jesse Mendes e Peterson Crisanto. No feminino, a única representante é Tatiana Weston-Webb, pois Silvana Lima está machucada e ainda não competiu este ano no Circuito Mundial.

O prazo para a competição terminar vai até o próximo dia 27 e a previsão de ondas para os primeiros dias na Austrália não é das mais animadoras. A tendência é que o evento ocupe boa parte da janela de disputa, aguardando melhores condições para o final do período. Vale lembrar que Bells Beach tem fundo de pedra, água gelada e ondas para a direita.

A 60° edição dos Jogos Escolares de Pernambuco (JEPs) terá sua abertura oficial nesta terça feira (16) no Centro de Convenções de Pernambuco, no Teatro Guararapes. O evento, que se inicia as 14h, tem como tema a magia do circo com a energia esportiva.

Um espetáculo dirigido pelo professor e dramaturgo, Robson Teles promete encantar o público. Além da apresentação, o evento conta com a presença do grupo DIDHA Circo, alunos do Conservatório Pernambucano de Música e a goleira Bárbara, atleta homenageada deste ano.

##RECOMENDA##

Os atletas, dirigentes e membros da comunidade esportiva assistirão além das peças teatrais o desfile das agremiações, juramento do atleta e declaração oficial da abertura da maior competição do Estado. Serão mil escolas e 60 mil alunos participantes.

Homenagem

O evento deve ser encerrado com a grande homenageada da noite. A pernambucana, goleira da seleção brasileira de futebol feminino nos últimos três jogos olímpicos, Barbara. A atleta já participou do JEP´s nas modalidades futsal e Handebol Escola Estadual Ariano Suassuna e o Colégio GEO. Mas desde de 2005 ela defende a amarelinha nos gramados. A organização do torneio promete surpresas com a homenageada.

"Foi no JEPs onde tudo amadureceu na minha cabeça. Eu já tinha o sonho, mas os jogos escolares me impulsionaram. Sempre que chegava a época de jogar era uma felicidade imensa. Hoje vejo que ainda mais, pois o incentivo aumentou muito e o evento tomou proporções incríveis", comentou Barbara.

Com informações da assessoria.

LeiaJá também

--> José Maria Marin é banido definitivamente do futebol

--> Dois dias após cirurgia, Pelé ganha alta de hospital

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, golfista e proprietário de clubes de golfe, anunciou nesta segunda-feira (15) que entregará a Tiger Woods a mais alta distinção civil dos Estados Unidos, após sua vitória no Masters de Augusta.

"Falei com @TigerWoods para felicitá-lo por sua grande vitória ontem no @TheMasters", tuitou Trump.

##RECOMENDA##

"Por seu incrível Sucesso e Retorno aos Esportes, e, ainda mais importante, por sua VIDA, lhe concederei a Medalha Presidencial da Liberdade", declarou Trump.

Woods terminou no domingo com uma seca de 11 anos ao vencer o Masters de Augusta, seu 15º título de Grand Slam.

Trump é um grande fã do golfe, e possui vários clubes com a sua marca, além de se declarar um estudioso do esporte.

Joyce Vieira de 27 anos é atleta das artes marciais mistas, ou MMA, como é popularmente conhecida. A atleta estava participando de uma sessão de fotos em Cabo Frio no Rio de Janeiro quando se deparou com um homem se masturbando enquanto ela posava para fotos. A atleta partiu para cima.

Normalmente esses casos terminam com a vitima assustada, mas nesse caso foi bem diferente. Joyce reagiu e partiu para cima do assediador. Lutadora experiente ela desferiu chutes e socos até que ele partisse em disparada.

##RECOMENDA##

Em entrevista a Folha de São Paulo, Joyce disse que inicialmente achava que o rapaz estava esperando alguém, mas acabou percebendo que ele estava com pênis fora da calça. Segundo Joyce, antes de reagir tentou conversar com o agressor que disse: ““Por quê, não gostou? Vem cá”.

Foi nesse momento que ela reagiu ao deboche e partiu para cima dele. Joyce, conhecida Fiona no MMA, prestou queixa na delegacia da mulher em Cabo Frio. O homem ainda não foi identificado. Confira as imagens registradas pela fotografa Suellen Alva que presenciou a cena.

[@#galeria#@]

LeiaJá também

--> José Maria Marin é banido definitivamente do futebol

De forma invicta, dono da defesa menos vazada (com quatro gols sofridos) e do melhor ataque da competição (com 31 gols feitos), o Praia Clube-MG conquistou o título da Taça Brasil de Futsal Sub-17. A equipe mineira confirmou os 100% de aproveitamento na competição ao derrotar o Sport, neste sábado (13), por 5×1, no ginásio do Centro Esportivo do Santos Dumont, no Recife.

Os gols foram anotados por Neto (2), Ostinha, Natan e Hugo, enquanto Deyvson descontou para o Leão. Esta é a segunda vez que o Praia Clube-MG é campeão da Taça Brasil Sub-17. Antes, havia levado em 2013 e ainda foi vice em 2018.

##RECOMENDA##

O domínio foi dos visitantes na etapa inicial com controle e mais posse de bola. Foi assim que o Praia Clube-MG obrigou Léo, do Sport, a fazer grandes defesas. Quando o goleiro rubro-negro não salvou, o lance parou na trave. O Leão tentou equilibrar as ações com o decorrer do tempo, mas esbarrou na forte marcação mineira. O artilheiro Deyvson até tentou, porém, não conseguiu dar vantagem aos pernambucanos e, assim, ninguém balançou as redes até o intervalo.

O bom desempenho do Praia Clube-MG deu resultado assim que a bola voltou a rolar na volta do intervalo. Após boa jogada de Hugo, Neto recebeu na entrada da área e finalizou para abrir o placar: 1×0. Mesmo em vantagem, os mineiros seguiram na pressão e ampliaram o marcador em um golaço outra vez de Neto num arremate do meio da quadra. Sem chances para o goleiro Léo.

Ao Sport só restou a opção de ir para cima do adversário de qualquer forma. A tentativa surtiu efeito e Deyvson, artilheiro da competição com nove gols, diminuiu o placar para 2×1. No entanto, nem deu tempo para comemorar. Para evitar qualquer susto e confirmar o título, o Praia Clube-MG marcou três gols em sequência com Ostinha, Natan e Hugo e levantou o troféu da Taça Brasil Sub-17 após o apito final do árbitro.

A campanha do Praia Clube-MG até o título foi irretocável. Na primeira fase, o time mineiro venceu os cinco adversários, incluindo o Sport, na última rodada, por 2×0. Já na semifinal, diante do São José-SC, a equipe mineira não tomou conhecimento e goleou por 4×0. Na grande decisão, mais um resultado expressivo por 5×1. Tudo isso fruto de uma estratégia coletiva montada pelo técnico Morcego e os atletas.

 “Estávamos treinando em Uberlândia com a base saindo de cinco em cinco minutos. Era uma estratégia boa, mas os atletas pediram para fazermos de três em três minutos e deu certo aqui. Sem desmerecer o Sport, que tem uma grande equipe, mas o nosso plano foi eficiente e venceu a equipe que estava mais descansada. Foi uma grande conquista”, pontuou o comandante do Praia Clube-MG.

Da assessoria

LeiaJá também

--> Sport derrota o Náutico nos Aflitos e sai em vantagem

O piloto Mauricio Paludete, conhecido como Linguiça, morreu neste domingo (14), após sofrer acidente no autódromo de Interlagos durante a segunda etapa do SuperBike Brasil, uma categoria de motos. A pista estava molhada quando ele sofreu o acidente fatal.

"O SuperBike Brasil comunica, com muito pesar, que o piloto Mauricio Paludete, numeral 80, veio a óbito após não resistir às complicações sofridas neste domingo (14), depois de uma queda, em Interlagos (SP), durante a 2ª etapa do SuperBike Brasil 2019", anunciou a organização da categoria.

##RECOMENDA##

Segundo o comunicado divulgado pela organização do evento, Paludete largou na décima posição e completou a prova na sexta colocação. Logo após receber a bandeirada, sofreu um forte acidente no S do Senna. Em vídeos, é possível vê-lo passando reto na curva com a sua moto e depois atingindo violentamente uma barreira de pneus. O seu capacete teria se rompido com o impacto da batida.

Paludete chegou a ser levado para o Hospital Grajaú, mas não resistiu aos ferimentos. "Mauricio Paludete foi prontamente atendido pela equipe médica e passou por todos os procedimentos de segurança do evento ainda em pista. O piloto foi removido e levado para o Hospital Grajaú, onde infelizmente veio a óbito", diz.

"O SuperBike Brasil envia sinceras condolências à família e lamenta profundamente a fatalidade. Desejamos força aos parentes e amigos neste momento de tristeza, que é compartilhado por toda comunidade do evento", conclui a categoria em seu comunicado oficial.

Tiger Woods, de 43 anos, confirmou seu retorno espetacular ao golfe com o título do Masters de Augusta neste domingo. O norte-americano não vencia um dos quatro Majors do circuito mundial havia 11 anos. Foi o seu 15º título de Grand Slam - o último havia sido o US Open de 2008.

Considerado um dos melhores golfistas da história, Woods viu sua carreira entrar em declínio em 2009, após a revelação pública de que ele mantinha relações extraconjugais durante o período em que foi casado com a modelo sueca Elin Nordegren. Ele teria saído com prostitutas e atrizes de filmes pornográficos. Apontado em 2009 pela Revista Forbes como primeiro atleta a faturar US$ 1 bilhão, o golfista perdeu contratos patrocínios e entrou em decadência. Sofreu com lesões nos joelhos, pescoço, ombro e costas e passou por quatro cirurgias.

##RECOMENDA##

Com o vitória desde domingo, ele se tornou o segundo golfista mais velho a vencer o Masters de Augusta. O recordista é que Jack Nicklaus, que em 1986, faturou o título aos 46 anos.

Woods comemorou a vitória deste domingo com o filho Charlie, de 10 anos, e a filha Sam, de 11, e a mãe Kultida. "É irreal para mim experimentar isso. Foi um dos títulos mais difíceis que ganhou por tudo o que aconteceu nos últimos anos"", disse Woods.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o ex-presidente Barack Obama parabenizaram o golfista pela conquista. "Parabéns, Tiger Woods", twittou Trump, que chegou a jogar uma partida de golfe com Woods este ano. "Um verdadeiro grande campeão!" "Parabéns, Woods!", twittou Obama. "Voltar e vencer o Masters depois de todos os altos e baixos é uma prova de excelência, coragem e determinação."

Depois de ter sido submetido a uma cirurgia no último sábado, quando a intervenção serviu para a retirada de um cálculo renal, Pelé se recupera bem no hospital Albert Einstein, em São Paulo. O procedimento havia sido realizado com sucesso e o Rei do Futebol continua dando prosseguimento ao seu tratamento sem problemas.

"O paciente Edson Arantes do Nascimento encontra-se clinicamente bem. Apresenta evolução satisfatória no pós-operatório, sem intercorrências", informou o hospital em boletim médico divulgado neste domingo e assinado em conjunto por Fabio Nasri (geriatra e endocrinologista), Gustavo Caserta Lemos (urologista) e Miguel Cendoroglo (diretor superintendente do Albert Einstein).

##RECOMENDA##

No último sábado, o ex-jogador de 78 anos já havia sido liberado para ir ao quarto do hospital após passar pelo centro cirúrgico do local, tendo em vista a sua boa recuperação. Com isso, Pelé deverá ganhar alta dos médicos em breve.

O ídolo do Santos e da seleção brasileira chegou ao Brasil na última terça-feira após sofrer com uma infecção renal em Paris, quando participava de um evento com o atacante Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain e da seleção francesa, no último dia 2, e se ressentiu de uma febre. Na ocasião, ele foi internado e medicado por cinco dias na França, onde seguiu internado até segunda-feira.

Logo depois de chegar ao País e confirmar que está bem, Pelé seguiu para o hospital Albert Einstein, onde foi submetido a novos exames e continuou o seu tratamento do problema renal. Com boa condição física, o astro inspira cuidados maiores por ter apenas um rim.

Por causa dos recentes problemas de saúde, Pelé também precisou cancelar sua ida a um evento em que seria homenageado na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, no último dia 7, onde o técnico da seleção brasileira, Tite, deu uma palestra.

Depois disso, na quarta-feira, o Rei do Futebol foi condecorado pela Conmebol com a máxima honraria concedida pela entidade. Em congresso realizado no Rio, o órgão anunciou que vai entregar ao ex-jogador a Ordem de Honra do Futebol Sul-Americano, o que ocorrerá após o ex-atleta ser liberado pelos médicos para deixar o hospital.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando