Esportes

| Geral

“Em casa”, é assim que a carioca Erika define sua volta ao Recife para atuar com a camisa da UNINASSAU pela Liga de Basquete Feminino. Após conquistar sua oitava Copa da Rainha e ser MVP pela equipe espanhola do Avenida, o reforço mais esperado por Roberto Dornelas, treinador da equipe, chegou e já mostrou do que é capaz sendo eleita MVP nas três primeiras partidas.

Érika tem 37 anos e é a terceira vez que atua no Recife. Nas outras duas oportunidades foi comandada por Roberto Dornelas no Sport, em 2013, onde foi campeã, e em 2016, no América, ficando na segunda colocação.

##RECOMENDA##

O currículo de Érika fala por si só. A pivô foi a primeira brasileira a jogar pela liga norte americana de basquete feminina, a WNBA. Também foi a primeira a conquistar o título mais cobiçado do mundo do basquete vestindo  a camisa do Los Angeles Sparks. Além de títulos no campeonato espanhol e até conquista da Euroleague. Mas como todo começo, Érika enfrentou dificuldades como ela mesmo conta em entrevista exclusiva ao LeiaJá.

INÍCIO

 “Comecei muito tarde, com 16 anos. Normalmente as crianças começam com oito, nove anos. Caí de paraquedas no basquete. Cheguei nos Estados Unidos sem saber falar nada”, explica. Durante a carreira Érika se dividia entre a liga americana e a liga espanhola. Como são disputadas em períodos opostos, a pivô conseguiu unir as duas histórias durante 13 anos. “Foi mais uma porta que eu abri para outras brasileiras chegarem lá e eu me sinto muito feliz por isso”, ressaltou.

SELEÇÃO BRASILEIRA

Com toda essa bagagem, Érika ganhou destaque também na seleção brasileira. Foram cinco mundiais disputados e três olimpíadas. Além do mundial sub-21 em que ela se sagrou campeã. Mesmo com toda essa história ela rechaça que não chegou no nível de Hortência e Magic Paula.

 “Ainda não, eu ainda tenho um caminho a trilhar tenho algumas coisas para construir. Não me coloco nesse patamar. Quero conquistar algumas coisas com a seleção, quando eu conquistar com as minhas parceiras de seleção acho que aí sim vou poder me colocar nesse patamar”, cravou.

Mas para que o Brasil conquiste troféus, Erika afirma que falta dedicação das pessoas responsáveis por controlar a seleção brasileira feminina de basquete.

“Primeiro precisa ter uma estrutura. Falta muito, nós não sabemos quem é o técnico, não sabemos se vamos jogar, se não vamos jogar. Precisamos de um pouco mais de profissionalismo. Tudo é em volta do masculino. Precisamos esquecer um pouco do masculino e pensar no feminino porque treinamos, lutamos, abrimos mão da nossa família para está com a seleção. Deveriam pensar com um pouco mais de carinho como pensam no feminino”, disse.

A jogadora se prepara e pensa nas próximas olimpíadas em Tóquio-2020: “Estou me preparando para isso. Se eu chegar com a forma física que estou agora acho que posso fazer minha despedida”.

“Temos oportunidade de ganhar de trazer títulos para o Brasil e colocar o basquete feminino no topo como era no tempo de Magic Paula e Hortência. Acho que temos um caminho a ser trilhado e depende muito das pessoas que vem de cima”, completou.

[@#galeria#@]

VOLTA AO RECIFE

De volta ao Brasil, Érika celebrou a evolução na Liga de Basquete Feminina: “Estou vendo evoluindo. Hoje em dia já está na ESPN e todo mundo que tem já pode acompanhar o nosso trabalho e eu fico feliz em poder voltar e poder trazer minha experiencia tanto para as meninas que estão jogando aqui quanto as que acompanham minha carreira”.

Com apenas três jogos na LBF 2019 pela UNINASSAU a pivô mostra com números o seu basquete de alto nível. A atleta tem a segunda média de pontos na liga com 19 pontos por jogo. Nos rebotes Érika lidera o quesito com média de 14.33, e também lidera o quesito tocos com 2 por jogo, além de também ser líder de eficiência com 32.33. Érika se sente totalmente adaptada.

“Estou em casa, liderando vários quesitos graças as minhas colegas de equipe porque sem elas eu não conseguiria jogar. Tudo que estou fazendo agora é devido a Roberto e minhas companheiras que estão me deixando livre para poder fazer o que tenho de fazer de melhor. O que eu puder ajudar vou estar aqui 100% e quem sabe conquistar um título igual 2013 e trazer mais visibilidade. Estamos precisando”, contou Erika.

ROBERTO DORNELAS

Outro ponto que contou positivamente para sua rápida adaptação a equipe é a relação de longa data com Roberto Dornelas. Essa é a terceira vez da dupla em Recife, dupla que conquistou o título em 2013.

“Adoro Recife, Roberto, o pessoal. Estou tranquila, estou me sentindo em casa como sempre me sentir aqui. Ainda mais jogar com essa meninada nova assim que ao mesmo tempo ficam nervosas quando eu estou perto, se soltam, estou me sentido a tia do time, assim que elas me chamam. Roberto me chama de dona Hermínia porque falou que eu sou falo, só grito”, brincou em alusão ao personagem do ator Paulo Gustavo do filme “minha mãe é uma peça”.

“Roberto é um paizão. Ele foi a primeira pessoa que me trouxe de volta para o basquete brasileiro, sou muito grata ao que ele tem feito por mim esses anos todos. Mesmo longe ele manda mensagem para saber como estou. Tenho minha família aqui no Recife”, salientou.

OBJETIVOS

A jogadora também falou sobre suas ambições com a equipe: “Nossa expectativa é cada jogo conseguir melhores resultados. Subir na liderança e na classificação e como falei, trazer de volta o título para o Nordeste. Fazer a UNINASSAU vença cada vez mais”.

Essa ligação com Pernambuco e com Roberto Dornelas nasceu em 2013. Érika naquele ano estava na WNBA e foi repatriada pelo comandante. No mesmo ano a conquista histórica e marcante com a camisa do Sport. Érika lembrou com carinho da conquista.

TÍTULO COM SPORT

“Vê o ginásio lotado desde o aquecimento até o final do jogo. No final todo mundo gritando o ‘cazá, cazá cazá’ foi uma experiencia ótima. Depois de muitos anos fora do Brasil voltar e ser recebida assim de braços abertos pela torcida, por todo Pernambuco. É uma das melhores lembranças que eu tenho”, finalizou.

[@#video#@]

 

2019 não está sendo um ano bom para Neymar Jr.! O jogador de futebol, que enfrenta uma acusação de estupro, recentemente sofreu outra lesão e, agora, está com problemas na Receita Federal. Pois é, segundo informações da Folha de S. Paulo, o atleta está com 36 imóveis bloqueados pela justiça, já que ele está devendo 69 milhões de reais em impostos. De acordo com o jornal, que fez esse levantamento, esses imóveis no nome de Neymar, de membros de sua família ou de suas empresas estão indisponíveis.

Dentre as propriedades há, por exemplo, duas mansões localizadas em um condomínio de luxo no Guarujá, litoral de São Paulo, que juntas somam três mil metros quadrados. O jogador costuma ir para lá principalmente pelo fato de estar perto de Santos, sua cidade natal. Além disso, há um apartamento na Vila Mariana, em São Paulo, que custa cerca de 15 milhões de reais.

##RECOMENDA##

Há também três imóveis em Santa Catarina. Um deles foi adquirido por um milhão e 400 reais e possui 470 metros quadrados de área privativa. Os outros dois são bem semelhantes, em valor e tamanho.

Esses bloqueios impedem que os bens sejam negociados, mas não que sejam utilizados. A ideia é garantir que Neymar pague o que deve à Receita Federal após ele, supostamente, sonegar impostos de sua transferência do time de futebol do Santos para o time de Barcelona, em 2013.

Foi uma longa espera até poder voltar a competir. Adriano de Souza, o Mineirinho, está recuperado da grave lesão no joelho esquerdo e escalado para a terceira bateria da etapa do Rio do Circuito Mundial do Surfe, que começa na quinta-feira em Saquarema. Logo de cara vai enfrentar seu compatriota Yago Dora e o norte-americano Kolohe Andino.

Para ele, só de poder subir novamente em cima da prancha no Circuito Mundial já é motivo de comemoração. "O resultado que almejo em Saquarema é pegar a lycra de competição e fazer o que eu amo. Não importo com o resultado que vier ou a colocação que conseguir. A meta é voltar ao esporte e isso será uma grande vitória. É isso que estou em busca", disse, em entrevista ao Estado.

##RECOMENDA##

Campeão mundial em 2015, Mineirinho oscilou nas temporadas seguintes, com um 11.º lugar em 2016 e um oitavo em 2017. No ano passado, ficou em 19.º e acabou se machucando em Peniche, na etapa portuguesa do circuito. A lesão o afastou do último evento no Havaí, em Pipeline, e em novembro ele foi submetido a uma cirurgia no joelho, comandada pelo médico Rodrigo Lasmar, que é da seleção brasileira de futebol.

"A expectativa é grande, pois passei oito meses em recuperação vislumbrando esse retorno. Não vejo a hora de poder voltar a fazer o que mais amo na vida que é competir. Estou muito feliz de voltar a surfar em uma etapa", comentou o surfista, ansioso para sentir o carinho dos fãs brasileiros na etapa do Rio, que tem prazo até o dia 28 de junho para terminar.

Apesar da ansiedade, o atleta saber que no início as coisas não serão fáceis. "Fisicamente estou super bem. O fato de ter ficado tanto tempo em recuperação física complica na questão do ritmo, acho que isso vai me faltar bastante. Mas só vou adquirir isso com o tempo. Não tenho como ter pressa ou acelerar qualquer etapa."

Outro motivo de orgulho para o surfista é que ele vai apresentar um filme sobre sua trajetória desde que se machucou. "Na etapa de Saquarema vou mostrar um pouco da minha recuperação em um documentário. Foi tudo filmado e será legal poder mostrar para todo mundo esse processo um dia antes da competição começar", afirmou. Além disso, sua patrocinadora Red Bull lançou a série especial "Se Prepara" na qual mostra essa rotina do surfista no período em que ficou parado em vídeos bem curtos.

INVASÃO - A etapa fluminense do Circuito Mundial de Surfe terá 14 brasileiros no masculino e três no feminino. Vão disputar entre os homens Adriano de Souza, Gabriel Medina, Filipe Toledo, Italo Ferreira, Yago Dora, Jadson André, Peterson Crisanto, Deivid Silva, Caio Ibelli, William Cardoso, Michael Rodrigues, Jesse Mendes, Mateus Herdy e um atleta que virá da triagem. No feminino, a competição terá Tatiana Weston-Webb, Silvana Lima e mais uma competidora que será a campeã da triagem entre as mulheres.

Depois de decidirem três finais em 2018, o Asec-Caruaru e o Aest-Tamandaré reforçam a rivalidade recente neste sábado (15). As equipes disputam a final da Copa Pernambuco de futsal 2019 no Sesc Caruaru as 20h30. Os ingressos custam R$ 10.

A decisão ainda terá um ingrediente a mais para apimentar a rivalidade. A partida será em jogo único com vantagem do empate para o Asec-Caruaru que teve uma primeira fase melhor que o rival. Foram oito vitórias em nove jogos e um empate com o próprio Aest-Tamandaré por 2x2.

##RECOMENDA##

“As duas equipes chegam em condições de igualdade pelo que fizeram ao longo do torneio. Apesar da vantagem que temos no regulamento, o jogo deverá ser de qualidade e exigência elevadas. Portanto, vamos procurar manter o nosso nível de foco e envolvimento, assim como teve em todos os jogos, que resultou na boa campanha. Assistimos alguns jogos do Tamandaré, enfrentamos eles na primeira fase e vamos montar a nossa proposta para tentar superar as qualidades do adversário”, disse Fabiano Chokito treinador do Asec-Caruaru.

O Aest-Tamandaré não passou ileso na primeira fase, diferente do seu adversário. Foram quatro vitórias, quatro empates e uma derrota. Com o favoritismo do lado do adversário, a equipe aposta no jogo único para levantar o troféu.

“Em um jogo apenas pode dar qualquer resultado, talvez se fosse em uma melhor de cinco fosse mais difícil para a gente. Eles têm a vantagem do empate, porém, vamos com tudo em busca da vitória. A expectativa que temos é boa. Começamos a preparação atrasado comparado às outras equipes, alguns atletas nem tinham ficha na federação e fomos crescendo durante a Copa Pernambuco. Com muito trabalho chegamos à final e vamos brigar pelo título, mesmo não sendo o favorito”, afirmou o treinador Flávio Rebelo.

Mais uma partida emocionante no Sesc de Santo Amaro. Uninassau/Cabo de Santo Agostinho recebeu Santo André/APABA, mas perdeu a invencibilidade de 5 jogos, dentro de casa, pelo placar 73 a 68. A MVP da partida foi mais uma vez Érika de Souza, com 19 pontos, 16 rebotes, 2 tocos e 33 de eficiência. A equipe pernambucana volta a jogar na sexta-feira (14), às 20h30, contra o São Bernardo.

O JOGO

##RECOMENDA##

O time comandado pelo técnico Roberto Dornelas começou com Casanova, Ramona, Leila, Starling e Érika. Ramona abriu o placar no Sesc de Santo Amaro, mas foi Santo André que dominou o primeiro período da partida. No segundo período, a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho se organizou dentro de quadra e venceu o período por 21 a 10, mas mesmo assim foi para o vestiário perdendo por 22 a 25.

No retorno da partida, ambas as equipes voltaram determinadas, com boas atuações de Ramona, do lado pernambucano e Erika, do lado paulista, possibilitando o time de Recife passar na frente no placar. Mas o quarto período foi marcado por um jogo mais faltoso, cheio de emoções até o segundo final. Uninassau estava 1 ponto atrás do placar e Érika de Souza foi para a linha de lance livre. Errou o primeiro e acertou o segundo, empatando o jogo e levando a partida para a prorrogação.

No tempo extra, Santo André dominou a partida, levando a vitória após duas bolas de três seguidas de Alana, cestinha da partida com 24 pontos. 

LeiaJá também

--> Ex-marido diz que nunca viu tablet 'furtado' de Najila

*Da assessoria

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou nesta terça-feira (11) o ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello pelas mortes dos 10 atletas de base do clube no incêndio que ocorreu no Centro de Treinamento (CT) "Ninho do Urubu".

No incêndio, ocorrido no dia 8 de fevereiro em um dos alojamentos do CT George Halal, popularmente conhecido como "Ninho do Urubu", morreram 10 atletas da categoria de base do Flamengo. Outros três sobreviveram.

##RECOMENDA##

Assinado pelo delegado Márcio Petra, da 42ª Delegacia de Polícia (Recreio), o inquérito também pede que outras sete pessoas sejam indiciadas por dolo eventual, entre elas engenheiros do clube e da empresa NHJ, responsável pelos contêiners, um técnico de refrigeração e um monitor do Flamengo.

De acordo com o portal "G1", o clube carioca ainda não foi informado e só se posicionará sobre o caso quando ter conhecimento do relatório.

Bandeira, de 66 anos, comandou o Flamengo entre 2013 e 2018. Sob sua gestão, o time conquistou dois Campeonatos Cariocas e uma Copa do Brasil.

Da Ansa

O advogado de Najila Trindade, mulher que acusa Neymar de estupro e agressão, disse neste sábado (8) que pode abandonar o caso se sua cliente não apresentar provas contra o jogador.

Segundo o portal UOL, Danilo Garcia de Andrade deu até esta semana para Najila entregar a ele as supostas evidências do crime. A declaração chega após a modelo ter alegado à polícia que o tablet contendo um suposto vídeo que incriminaria Neymar foi furtado de seu apartamento em São Paulo.

##RECOMENDA##

"Se a investigação policial a respeito do eventual arrombamento onde residia Najila mostrar que não houve arrombamento, deixarei o caso, pois a relação advogado-cliente é baseada sempre na confiança", disse Garcia ao UOL.

Além do vídeo, Najila garantiu ao advogado que tem fotos e conversas de WhatsApp com uma amiga que comprovariam o crime. A modelo, no entanto, ainda não apresentou o material. Em seu depoimento, Najila disse que foi violentada por Neymar em um quarto de hotel em Paris, após se recusar a transar com o jogador por ele não ter preservativo.

Segundo o UOL, a modelo afirmou que estava em "estado de choque" e demorou a "processar o que havia acontecido". Em seguida, quis fazer o craque voltar ao hotel para "bater nele" - esse segundo encontro é o do vídeo de um minuto divulgado na semana passada e que mostra Najila dando tapas em Neymar.

O jogador, por sua vez, alega inocência e diz que a relação com a modelo foi consensual. Para se defender, ele divulgou uma troca de mensagens com Najila e acabou alvo de inquérito por vazamento de fotos íntimas.

"O que aconteceu nesse dia foi uma relação entre homem e mulher, dentro de quatro paredes, algo que acontece com todo casal. No dia seguinte não aconteceu nada demais, a gente continuou trocando mensagem. Ela me pediu uma lembrança para o filho, e eu ia levar. Agora fui pego de surpresa por causa disso", declarou Neymar em um vídeo no Instagram. 

Da Ansa

[@#galeria#@]

Emocionante. Em uma noite fria de terça-feira, dia 4 de junho, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, uma final que esquentou o ginásio do Complexo Esportivo “Elba de Pádua Lima – Tim” – Cava do Bosque e fez muitas pessoas chorarem, torcerem, se emocionarem e segurarem o grito “É campeão!” até o último segundo do jogo. Brasil e Argentina protagonizaram o que se esperava das duas melhores seleções do II Campeonato Mundial de Futsal Down 2019, uma final que ficará para a história.

##RECOMENDA##

Com 3,5 mil pessoas na Cava do Bosque apoiando os atletas, a Seleção Brasileira dominou o primeiro tempo. Com a pontaria certeira do artilheiro Renato Gregório (que fez quatro gols), o Brasil dominou a Argentina em quadra.

Quando a seleção argentina partia para cima do Brasil e conseguia finalizar, a estrela do goleiro Rafael brilhava. Com defesas espetaculares, o arqueiro fechou o gol e deu ao Brasil a vantagem de terminar o primeiro tempo vencendo por 5 a 2. O quinto gol do Brasil foi marcado por Caio Batista e o tento da Argentina, por Lucas Unhold.

Mesmo com toda a emoção vivida no primeiro tempo, as torcidas brasileira e argentina não esperavam que o segundo tempo seria ainda mais eletrizante, tendo sido considerado o mais emocionante de todos os jogos.

O Brasil estava com os atletas visivelmente mais cansados em quadra e ainda assim conseguiu aumentar a vantagem no placar, com o gol do Júlio Silva. Mas o que ninguém esperava aconteceu. Em uma espetacular reação, a Argentina, de gol em gol, foi encostando no placar. Mesmo com as defesas impressionantes do goleiro Rafael, a seleção argentina fez 6 a 4, com gols de Ignacio de Luca e Gaston Torche (2).

A reação da argentina parecia ser irreversível e o Brasil, que já estava com uma mão na taça, não mais tinha a certeza de que seria campeão diante da marcação de um tiro livre direto para a Argentina. Frente a frente com o craque argentino Gaston Torche, o goleiro brasileiro mostrou frieza e defendeu o chute, levantando a torcida no ginásio.

O jogo seguiu bastante disputado, com chances para as duas equipes marcarem, mas a Argentina, com outro tiro livre direto, teve nova chance de encostar no placar. Novamente o craque Gaston pegou a bola, colocou na marca e bateu. A torcida brasileira só gritava um nome, Rafael. Em outra sensacional defesa, evitou que a seleção argentina encostasse no marcador.

Mas como tem que ser sofrido, aos 19 minutos, faltando apenas 60 segundos para o término da partida, Ignacio de Luca marcou de cabeça para a Argentina, que deixou a Cava do Bosque em silêncio e apreensiva. Foram momentos de agonia até que, em uma jogada perfeita, o craque do mundial, artilheiro com 21 gols, chutou. Acompanhando em silêncio a bola, em um só coro, todos no ginásio levantaram e gritaram gol. A partir daí, só se ouvia o grito da torcida brasileira: “É campeão!”.

Aos 20 minutos cravados, o árbitro encerrou o jogo. Com uma vitória de 7 a 5, o Brasil conquistou de forma invicta o II Campeonato Mundial de Futsal Down 2019. Festa verde e amarela na Cava do Bosque. O choro dos jogadores e da comissão técnica era de alegria pela vitória sobre a Argentina na final de um mundial, que não poderia ser diferente, sofrida, difícil, com emoção do começo ao fim, mas os atletas conseguiram o tão sonhado título.

Após a conquista, o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, disse que o título é de todas as delegações que estiveram na cidade. “O Brasil conseguiu ser vitorioso na disputa, mas pela forma como todos comemoraram, os atletas, a comissão técnica, é como se todos os sete países tivessem vencido. Então, a alegria é mais que redobrada. É um carinho enorme, um amor que se dedica em tudo que eles fazem e a gente só tem o que comemorar e agradecer”, disse o prefeito.

“Realizar em casa [o mundial] é orgulho e honra para todo mundo. Poder entregar uma festa maravilhosa para nossa cidade, com o Brasil sendo campeão mundial em Ribeirão, mostra que a cidade é pé quente em um monte de coisa, e agora no futsal down. Ribeirão Preto está de parabéns, a Prefeitura e toda a equipe da Secretaria de Esportes, todos estão de parabéns”, afirmou o secretário de Esportes Ricardo Aguiar.

O técnico do Brasil, Cleiton Maurício, destacou que todos tinham razão em acreditar que os atletas seriam capazes de fazer esse belo espetáculo. “Esse grande futebol que foi apresentado, essa grande final, vai estimular ainda mais a Seleção. Agora ninguém pode falar que não somos capazes, fomos capazes e somos campeões mundiais”, emocionou-se o técnico.

Da Prefeitura de Ribeirão Preto

No clássico nordestino de basquete, a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho foi soberana. Venceu o Sampaio Corrêa por 71 a 55 na noite desta quarta-feira (5) e manteve a excelente fase que vive na LBF CAIXA 2019. A cestinha e MVP da partida, foi Érika de Souza, com mais um double double (16 pontos, 15 rebotes, 2 assistências, 2 tocos e 27 de eficiência).

O JOGO

##RECOMENDA##

O time comandado por Roberto Dornelas entrou com Casanova, Ramona, Leila, Starling e Érika de Souza e sofreu com o bom começo do Sampaio. Faltando 4 minutos para o final do primeiro período, o técnico pernambucano começou com sua rodagem e a equipe pernambucana começou a crescer na partida. Após duas bolas de três de Ramona, o time terminou a primeira etapa da partida na frente do placar, vencendo por 20 a 16. N o segundo período de jogo, boas atuações de Chirinda e Thaissa, levando a equipe para o vestiaário vencendo por 35 a 25.

No retorno do intervalo, jogo mais parelho. Érika de Souza foi dominante no garrafão, mas Jackson não tornou o trabalho da Uninassau/Cabo de Santo Agostinho fácil, fazendo 10 pontos apenas nesse período. No final da partida, o clássico nordestino teve dono: a Uninassau/Cabo foi soberana, com excelente atuação do time pernambucano.

Além da MVP da partida, Érika de Souza, também pontuaram em dígitos duplos Isabela Ramona (15), Starling (14) e Casanova (13).

Da assessoria

LeiaJá também

--> Entorse no tornozelo tira Neymar da Copa América

A lutadora do UFC Luana Dread voltou às atividades nesta terça-feira (4) após vencer na sua estreia no UFC 237. Os trabalhos na academia Capital de Luta que fica em São Paulo contaram com uma presença ilustre. Não foi nenhum lutador famoso, mas um dos youtubers mais influentes da atualidade, Whindersson Nunes.

Luana de 25 anos estreou no UFC no Rio de Janeiro diante da também brasileira Priscila Pedrita. O cartel de Luana tem sete lutas com seis vitórias e apenas uma derrota.

##RECOMENDA##

A atleta publicou no seu Instagram um vídeo em que auxilia Whindersson com movimentos de muay thay. O youtuber que assumiu publicamente que sofre de depressão e tem comentado nas suas redes que pretende voltar a praticar exercícios físicos para voltar a boa forma. O youtuber mostrou certa intimidade com a modalidade.

"Foi um prazer poder passar um pouco do meu conhecimento no thai para o Whindersson Nunes, uma pessoa que eu já acompanho faz tempo nas redes, sinistro. É muito bom vê-lo buscando a evolução no esporte e o bem-estar em nossa academia, Capital da Luta. Bora evoluir", postou Luana em seu Instagram. 

[@#video#@]

A Uninassau/Cabo de Santo Agostinho enfrenta o Sampaio Corrêa Basquete nesta quarta-feira (05), às 20h, no Sesc de Santo e chega para a partida embalado pela sua boa fase. Com a estreia de Érika de Souza em Recife, a expectativa é de casa cheia e um jogo completamente diferente do visto na primeira rodada da LBF CAIXA 2019.

O único desfalque da equipe continua sendo a ala/pivô Ronni Williams, que segue em tratamento de uma entorse no tornozelo. A atleta começou a correr nesta semana e tem previsão de retorno às quadras para os play-offs do campeonato nacional. Por outro lado, Érika de Souza, que fez sua estreia nesta temporada na última partida, contra o SESI Araraquara, levando o prêmio de MVP do jogo, irá se reencontrar com o torcedor pernambucano nesta quarta-feira.

 “Joguei aqui por muitos anos e estou até um pouco nervosa em reencontrar essa torcida maravilhosa, que sempre me acolheu tão bem. Conto com a torcida de todos no jogo”, disse a pivô.

##RECOMENDA##

Sobre o adversário, segundo colocado na tabela da LBF CAIXA, Érika mantém as expectativas altas. “Nosso time evoluiu bastante desde aquele primeiro jogo.  Crescemos no campeonato e a expectativa é das melhores, pois a gente vem de grandes vitórias. Tenho certeza que vai ser uma grande partida”, finalizou Érika de Souza.

Os ingressos para o jogo entre Uninassau/Cabo de Santo Agostinho e Sampaio Corrêa estarão à venda na hora da partida, por R$ 5 (meia), R$ 10 (inteira) e R$ 20 (VIP).

Da assessoria

LeiaJá também

--> Barbara chega a quarta Copa do Mundo e iguala recorde

 Rafaella Santos, irmã de Neymar, falou na noite desta segunda-feira (3), no Instagram, sobre a acusação de estupro feito contra o jogar. Via stories, a jovem disse que a situação está sendo difícil para ela e para a família, além de deixar uma ‘mensagem’ para mulher que acusa Neymar.

“Eu espero de coração que você consiga dormir, que você tenha consciência de tudo o que você fez, que você consiga dormir tranquila. E é isso, eu não desejo seu mal, não desejo mesmo… Desejo que Deus te perdoe, de coração. Que você consiga seguir em paz depois de tudo que você fez”, disse.

##RECOMENDA##

Em outro momento do vídeo, Rafaella se emociona e sai em defesa Neymar. “Todo mundo que conhece meu irmão sabe que ele nunca faria uma coisa dessa”, afirma. A acusação contra Neymar veio à tona no último sábado (1º).

LeiaJá também

---> "Temos provas de que nada aconteceu", diz pai de Neymar

---> Exame de mulher que acusa Neymar aponta dor e hematomas

Autor do primeiro gol do Internacional na vitória sobre o Avaí, por 2 a 0, no Beira-Rio, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, o peruano Paolo Guerrero elogiou o elenco colorado neste domingo e comentou sobre a sua expectativa no time gaúcho e também pela seleção do Peru.

"O Inter tem um elenco grande e muito qualificado, um grupo bastante unido. Merecemos muito ganhar alguma coisa neste ano. Estou muito feliz de estar aqui", comentou o centroavante na saída do gramado.

##RECOMENDA##

Guerrero marcou seu 9º gol em 13 jogos com a camisa do Internacional. Em alta, a partir desta segunda-feira (3) ele se apresenta à seleção do Peru para integrar o elenco que disputará a Copa América, no Brasil.

E é grande a expectativa do jogador. "A gente tem um objetivo traçado e tomara que nesta Copa América possamos conseguir algo. Temos um elenco jovem, mas muito qualificado. Vou trabalhar para poder ajudar sempre", concluiu.

Com a vitória deste domingo, o Internacional chegou aos 13 pontos e assumiu a quinta colocação da tabela.

Maior artilheiro da história do América, com 311 gols marcados, Luizinho Lemos, também conhecido por Luizinho Tombo, morreu, neste domingo, no Hospital Geral de Nova Iguaçu, no Rio, em consequência de um enfarte sofrido dia 25, enquanto dirigia o time do América na primeira rodada da Série B do Campeonato Carioca.

Irmão dos também atacantes Cesar Maluco e Caio Cambalhota, Luizinho se destacava pela velocidade e pelo poder de finalização dentro da área. Nascido em 3 de outubro de 1952, Luisinho atuou também por Flamengo, Botafogo, Internacional, Palmeiras, Ferroviário, Americano, Las Palmas (ESP) e no futebol do Catar.

##RECOMENDA##

Campeão da Taça Guanabara de 1974 e da Copa dos Campeões de 1982, ambos os títulos conquistados pelo América, Luizinho marcou 434 gols, atuando por clubes brasileiros. Ele é o terceiro maior artilheiro do Maracanã.

Após o atacante Neymar ser acusado de estupro por uma mulher, o pai do jogador, que cuida de sua carreira, garante que o atleta está sendo vítima de uma acusação mentirosa e que a moça que fez o Boletim de Ocorrência tentou extorquir o jogador após ter tido uma relação sexual com consentimento.

"É uma pessoa acusando o Neymar, mas temos provas de que nada aconteceu. O Neymar caiu nesta armadilha. Agora temos de fazer o possível para mostrar a verdade, porque hoje nem namorar ele vai poder mais", afirmou Neymar pai, em entrevista à TV Bandeirantes.

##RECOMENDA##

Ele confirmou que a mulher se encontrou com Neymar em Paris. Os dois fizeram sexo, mas segundo Neymar pai, houve consentimento entre as partes. "Foi uma relação consentida, não houve estupro. Depois ela tentou marcar outros encontros, mas o Neymar percebeu que podia ser algum golpe e se afastou", comentou.

A partir daí, um advogado da moça teria procurado o pai de Neymar e seus representantes e exigiu dinheiro para não registrar o Boletim de Ocorrência. "Tiramos fotos, tenho mensagens do whatsapp marcando o encontro comigo e coloquei três testemunhas para esse encontro. Naquele momento não sabíamos os motivos, mas a gente já estava esperando por isso, porque recebemos a extorsão", disse.

"O Neymar conseguiu guardar as conversas e tudo o que se fala sobre essa relação. Em nenhum momento fez isso. Sei que meu filho pode ser acusado de muitas coisas, mas sei o menino que ele é. Sei o homem que Neymar é; então, é filho de pai e mãe. Desta vida, a gente vai fazer com que a justiça venha o mais rápido possível", continuou.

"É mais uma lição que a gente aprende, que o Neymar aprende. O estrago é grande porque uma acusação dessas... A Justiça vai saber lidar com isso", afirmou Neymar pai, lembrando que vai conversar com seus advogados para ver o que vai fazer. "Ninguém entrou em contato com a gente. O estranho é que o boletim é de ontem e já vazou. O Neymar não foi notificado e vou ouvir os advogados e tomar as devidas providências."

O jogador espanhol José Antonio Reyes, de 35 anos, morreu, neste sábado, em acidente de carro na estrada que vai de Sevilha a Utreta, no sul da Espanha. Segundo o serviço de emergência da Andaluzia e a prefeitura de Utreta, cidade natal do atacante, Jonathan Reyes, primo do jogador, também não resistiu aos ferimentos e um outra pessoa ficou ferida.

Em 1999, Reyes, aos 16 anos, se tornou o jogador mais jovem a atuar na Primeira Divisão da Espanha, ao integrar o elenco do Sevilla. Bom jogador, despertou o interesse do Arsenal, que o contratou em 2004. Ele foi o primeiro espanhol a conquistar um título da liga inglesa. Também foi jogador do Real Madrid, time no qual se sagrou campeão espanhol em 2007. Atuou ainda pelo Benfica e Atlético de Madrid, antes de retornar ao Sevilla em 2012.

##RECOMENDA##

Reyes ganhou três Ligas Europa consecutivas (2014, 2015, 2016) pelo Sevilla, torneio que já havia vencido com o Atlético de Madrid duas vezes (2010, 2012). Após a segunda passagem pelo Sevilla, Reyes defendeu Espanyol, Córdoba, Xinjiang Tianshan Leopard (China) e retornou à Espanha para jogar pelo Extremadura, sendo importante na briga do time para permanecer na segunda divisão espanhola.

Reyes disputou 21 partidas pela seleção da Espanha, fez quatro gols e disputou a Copa do Mundo da Alemanha, em 2006.

Arsenal, Sevilla, Extremadura prestaram homenagens em suas redes sociais. "Não poderíamos ter uma notícia pior. Faleceu em um acidente de trânsito nosso querido José Antonio Reyes. Descanse em paz", escreveu o Sevilla. "Com a alma encolhida e o coração partido, comunicamos a morte de Reyes em um acidente de trânsito", lamentou o Extremadura.

"Nossos pensamentos estão com toda a sua família, amigos e companheiros de equipe. José, que fez parte da equipe Invincibles, era uma figura extremamente popular no nosso clube e sempre ocupará um lugar especial em nossos corações. Ele representou o clube em 110 ocasiões, marcando 23 vezes e fez contribuições memoráveis para a nossa série invicta de 49 jogos. Descanse em paz, José", diz uma nota oficial no site do Arsenal. Muitos jogadores e outras equipes também se pronunciaram na internet.

Noite de gala para a estreante do jogo nesta quinta-feira (30). Na partida entre SESI Araraquara e Uninassau/Cabo de Santo Agostinho, Érika foi o nome do jogo. A equipe pernambucana venceu pelo placar de 71 a 64 e a pivô foi a MVP com um duplo-duplo, foram 22 pontos, 81.7% de aproveitamento, 12 rebotes, 6 assistências, 2 bolas roubadas, 2 tocos e 37 de eficiência.

O JOGO

##RECOMENDA##

Com Érika de Souza regularizada, o time comandado pelo técnico Roberto Dornelas começou com uma formação diferente. O quinteto titular foi Casanova, Ramona, Leila, Starling e Érika e as pernambucanas começaram bem na partida, com um excelente duelo entre Aline Moura e a estreante da noite.

No segundo período, Thaissa veio do banco e contribuiu bastante ofensivamente, fazendo 7 pontos. Porém, o time do interior paulista conseguiu manter o bom ritmo e as equipes foram para o vestiário quase empatadas, com a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho vencendo por apenas 1 ponto.

Na volta do intervalo, a equipe pernambucana mostrou que queria reverter a derrota do primeiro turno da LBF CAIXA. Érika anotou mais 10 pontos e a Uninassau venceu o período parcial por 23 a 15. No último período, grande duelo em Araraquara, mas a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho conseguiu a vitória necessária para manter a boa fase.

A Uninassau volta a jogar no dia 5 de junho, contra o Sampaio Corrêa, em Recife.  

Da assessoria

LeiaJá também

--> Copa América abrirá venda do ultimo lote de ingresso

A Uninassau/Cabo de Santo Agostinho venceu o Pró-Esporte/Sorocaba, por 84 a 38, na manhã deste domingo (26), no Sesc de Santo Amaro, no Recife. Abrindo uma vantagem desde o primeiro período, o time pernambucano conseguiu dominar toda a partida e vencer com um placar largo. A MVP da partida foi Lê Lisboa, de Sorocaba, com 25 de eficiência, mas a cestinha da partida foi Leila, com 19 pontos e 7 rebotes.

O JOGO

##RECOMENDA##

Ainda sem Érika de Souza e Ronni Williams, o técnico Roberto Dornelas começou a partida com Casanova, Leila, Ramona, Chirinda e Starling. No começo da partida, a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho mostrou para o que veio. Nos primeiros 5 ataques do time adversário, roubou 5 bolas e conseguiu abrir uma boa vantagem logo no início da partida, com excelente atuação de Leila, convertendo 10 pontos.

No segundo período, Thaíssa e Fabi tiveram boas atuações, ajudando a equipe a ir para o vestiário vencendo por 38 a 21. No retorno, a Uninassau que ditou o ritmo da partida. Dornelas conseguiu colocar algumas de suas jogadoras titulares para descansar e mesmo assim continuar com uma boa vantagem no placar, fazendo seu melhor período do jogo (26 a 5).

No período final, Dornelas conseguiu promover a entrada de todas as suas atletas,  colocando em quadra Pernambuco, Luiza, Mari Rocha e Rayane e a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho saiu de quadra vencendo a partida por 84 a 38, com excelente efieciência das 7 principais jogadoras da equipe: Ramona (21), Fabi (21), Casanova (15), Leila (15), Thaissa (14), Chirinda (12) e Starling (12).

No dia 30 de maio, próxima quarta-feira a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho irá enfrentar o Sesi/Araraquara, em Araraquara.

Da assessoria

[@#galeria#@]

O Internacional foi o único time mandante a obter vitória nos jogos de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, ao vencer o Paysandu, por 3 a 1, nesta quinta-feira (23), no Beira-Rio, em Porto Alegre. Com o resultado, a equipe gaúcha pode até perder por um gol de diferença em Belém, na próxima quarta-feira (29), para garantir vaga nas quartas de final. O Papão terá que vecer o Colorado por três gols de diferença.

##RECOMENDA##

O jogo começou com o Inter no comando, com o domínio de bola, enquanto o Paysandu, que disputa a Série C do Campeonato Brasileiro, buscava uma jogada rápida para sair nos contra-ataques. Logo aos quatro minutos, Guerrero, pelo time gaúcho, e Primão, pelos paraenses, assustaram as defesas adversárias.

Como a marcação do Paysandu só se tornava forte em seu campo defensivo, o Inter teve espaço para iniciar bem as jogadas. Principalmente, pelo lado esquerdo, onde Iago se apresentou com destaque no apoio ao ataque.

O primeiro lance de grande perigo surgiu aos 18 minutos, após bela cobrança de D'Alessandro, que acertou a trave, as costas do goleiro Mota e saiu pela linha de fundo. Aos 23, Edenílson tabelou com o meia argentino e bateu firme para a defesa de Mota.

O gol estava amadurecendo e saiu aos 25 minutos, após linda triangulação entre D'Alessandro, Nico López e finalização de Guerrero. Aos 29, Iago fez o segundo, mas estava impedido. A partir daí, o Inter perdeu a concentração e só não foi ameaçado por falta de confiança do Paysandu.

O time gaúcho só foi fazer uma boa jogada novamente aos 45, quando Nico López tentou encobrir Mota, mas o goleiro fez bela defesa. Na sequência, Guerrero quase fez o segundo.

No segundo tempo, o Inter demorou para entrar em jogo. O Paysandu aproveitou e empatou logo aos 2 minutos, com uma bonita cabeçada do capitão Micael. Odair Hellmann, ao perceber que o adversário passou a forçar as jogadas pelo lado esquerdo com Collaço, trocou Zeca por Gustavo Paredes e passou Edenílson para a lateral-direita, em busca de uma maior produção por aquele setor.

A mudança deu resultado. Guilherme Paredes, de cabeça, forçou Mota a mandar a bola para escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para Rodrigo Lindoso fazer o segundo do Inter.

Em desvantagem no placar, o Paysandu não se intimidou e Marcos Antônio arriscou de longe para defesa de Marcelo Lomba. Mas a grande oportunidade foi perdida por Guerrero, ao errar o alvo quase na pequena área.

O jogo ficou morno com a impressão de que o Inter tinha consciência de que a vantagem seria aumentada com o passar do tempo. E isso ocorreu aos 33 minutos, após falha da zaga paraense em cobrança de escanteio. Guerrero subiu sozinho e, desta vez, não perdoou.

O Paysandu não teve forças para reagir. O Inter poderia ter feito pelo menos mais dois gols, mas perdeu a chance de ir para o Pará com a vaga definida.

Ficha técnica

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Zeca (Guilherme Parede), Emerson Santos, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Lindoso, Nonato; Edenílson e D'Alessandro (Rafael Sóbis); Nico López (Sarrafiore); Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

PAYSANDU - Mota; Bruno Oliveira, Micael, Victor Oliveira e Bruno Collaço; Anderson Uchoa, Jhony, Nicolas (Paulo Henrique) e Thiago Primão (Tiago Luis); Marcos Antônio e Diego Rosa (Vinícius Leite). Técnico: Léo Condé.

GOLS - Paolo Guerrero, aos 25 minutos do primeiro tempo. Micael, aos dois, Rodrigo Lindoso, aos 11, e Guerrero, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Jhony.

ÁRBITRO - Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP).

RENDA - Não divulgada.

PÚBLICO - 15.328 pagantes.

LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, está sendo investigado por corrupção como parte de uma apuração sobre supostas irregularidades no processo de definição das sedes das edições de 2017 e 2019 do Mundial de Atletismo, disse uma autoridade judicial nesta quinta-feira.

A autoridade disse à agência de notícias The Associated Press que a acusação preliminar de "corrupção ativa" foi feita contra o presidente do grupo de mídia beIN neste mês. A declaração foi dada sob condição de anonimato porque a pessoa não estava autorizada a falar da investigação publicamente. De acordo com a autoridade, Al-Khelaifi é suspeito de corrupção "em relação ao Mundial de Atletismo do Catar".

##RECOMENDA##

O diretor executivo do beIN, Yousef Al-Obaidly, também recebeu acusações preliminares de corrupção, enquanto Lamine Diack, ex-presidente da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês), é suspeito de "corrupção passiva" no mesmo caso.

De acordo com o advogado de Al-Obaidly, o caso se concentra em documentos que mostram que um ex-membro da IAAF recebeu dois pagamentos de US$ 3,5 milhões (aproximadamente R$ 14,1 milhões) de investidores do Catar antes da votação da sede do Mundial de 2017. O Catar acabou perdendo para Londres, mas depois foi premiado com o Mundial de 2019. O campeonato será realizados em Doha, de 27 de setembro a 6 de outubro.

Os dois pagamentos da Oryx Qatar Sports Investments, um fundo de investimento ligado ao governo do Catar, foram feitos para a Pamodzi Sports Marketing em outubro e novembro de 2011, dias antes da votação.

Os representantes da Al-Obaidly dizem que os pagamentos feitos pela Oryx ao agente nomeado pela IAAF foram transparentes e faziam parte do processo de definição da sede. A Oryx aceitou pagar US$ 32,5 milhões (R$ 131,3 milhões) pelos direitos comerciais do evento, incluindo os US$ 3,5 milhões pagos a Pamodzi como depósito não reembolsável. O valor total seria pago somente se a oferta do Catar tivesse sido bem-sucedida.

A Pamodzi foi fundada por um dos filhos de Diack, Papa Massata Diack. Ex-consultor de marketing da IAAF, ele foi banido pela acusação de ter extorquido em centenas de milhares de dólares de um maratonista russo para evitar a sua suspensão por doping antes da Olimpíada de 2012.

Em outro caso, autoridades brasileiras e francesas estão tentando descobrir se Lamine Diack e seu filho tiveram participação na organização do pagamento de supostos subornos para ajudar o Rio a obter o direito de sediar a Olimpíada de 2016. Diack, que dirigiu a IAAF de 1999 a 2015, também foi acusado de encobrir testes positivos de atletas russos em exames antidoping em troca de dinheiro.

Al-Khelaifi é membro do comitê executivo da Uefa, representando os clubes europeus, e está previsto para participar da reunião do órgão nesta quarta-feira em Baku, no Azerbaijão.

Ele foi selecionado como delegado pelos clubes e confirmado pelas federações filiadas à Uefa em fevereiro, apesar de ser alvo de processo criminal por suborno na Suíça desde 2017. O executivo de é suspeito de pagamento de suborno para ajudar a garantir os direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030 no Oriente Médio para a beIN Sports.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando