Esportes

| Basquete

Demitido do cargo de treinador do Los Angeles Lakers ao final da temporada regular da NBA e contratado pelo Sacramento Kings pouco tempo depois, Luke Walton está sendo acusado de abuso sexual pela repórter esportiva norte-americana Kelli Tennant quando ainda era assistente técnico no Golden State Warriors - ficou em Oakland até 2016.

No relato contido no processo judicial, Walton convidou a jornalista para ir ao seu quarto de hotel em Santa Monica, na Califórnia, para discutir sobre um livro que ela estava escrevendo. Tennant alega que o treinador tentou forçá-la a fazer sexo - teria a jogado na cama e prendido seus braços, impedindo que se levantasse.

##RECOMENDA##

Depois, a repórter afirmou que foi beijada à força e que só acabou solta por Walton após gritar por socorro. Tennant ainda ressaltou que fez a denúncia agora por questões profissionais, já que foi obrigada a interagir novamente com o treinador depois que ele foi contratado pelo Los Angeles Lakers em 2016.

Ao ser divulgada na imprensa norte-americana, a notícia rapidamente viralizou e até os Lakers tiveram que emitir um posicionamento oficial sobre o caso. Por meio de um comunicado, a franquia ressaltou jamais ter ciência sobre o caso durante o tempo em que o Walton comandava a equipe.

"O incidente alegado ocorreu antes de Luke Walton ser o treinador principal do Los Angeles Lakers. Em nenhum momento antes ou durante sua passagem aqui esta alegação foi relatada aos Lakers. Se tivesse sido, nós teríamos iniciado imediatamente uma investigação e notificado a NBA. Como Luke Walton está agora sob contrato com outra equipe, não faremos mais posicionamentos", escreveu os Lakers.

Os playoffs da NBA conheceram na rodada de domingo o primeiro time classificado às semifinais de sua conferência. O feito foi obtido pelo Boston Celtics, que mesmo fora de casa, em Indianápolis, derrotou mais uma vez o Indiana Pacers por 110 a 106 e fechou em 4 a 0 a série melhor de sete da primeira rodada da pós-temporada na Conferência Leste.

A quarta vitória em quatro jogos contra os Pacers veio em uma grande atuação coletiva dos Celtics. Foram sete jogadores com dígitos duplos em pontuação. Entre os titulares, Kyrie Irving teve 14 pontos e sete assistências; Jayson Tatum fez 18 e ainda pegou 9 rebotes. Al Horford anotou seu "double-double" (dois dígitos em dois fundamentos) com 14 pontos e 12 rebotes.

##RECOMENDA##

No lado do time eliminado, o melhor foi Bojan Bogdanovic com 22 pontos e oito rebotes. Myles Turner ficou perto de um "double-double" (13 pontos e sete rebotes) e Darren Collison fez 19 pontos, apanhou seis rebotes e distribuiu cinco assistências.

Também pelo Leste, o Toronto Raptors ficou mais perto da classificação ao derrotar o Orlando Magic por 107 a 85, na Flórida, e abriu 3 a 1 na série depois de ter perdido o primeiro jogo em casa. A equipe canadense está a uma vitória de avançar às semifinais da conferência e terá a primeira chance nesta terça-feira, em Toronto.

O astro Kawhi Leonard foi mais uma vez dominante e liderou os Raptors com 34 pontos, com 12 arremessos certos em 20 tentativas. O ala ainda registrou 6 rebotes, 2 roubos e 2 tocos. Grande destaque do jogo anterior, Pascal Siakam fechou a partida com 16 pontos e 6 rebotes. Pelo Magic, o destaque ficou por conta de Aaron Gordon, cestinha do time com 25 pontos, além de 7 rebotes e 5 assistências.

NO OESTE - Atual bicampeão, o Golden State Warriors mostrou força ao bater o Los Angeles Clippers por 113 a 105, no ginásio Staples Center, em Los Angeles, e, assim, abrir 3 a 1 na série pela primeira rodada dos playoffs na Conferência Oeste. Com o armador Stephen Curry apagado (apenas 12 pontos), Kevin Durant e Klay Thompson foram os grandes nomes da partida. O primeiro anotou 33 pontos e o segundo fez 32, sendo 27 apenas no primeiro tempo.

Pelos Clippers, Shai Gilgeous-Alexander foi o destaque, anotando 25 pontos com 60% de aproveitamento nos arremessos de quadra. As equipes agora voltam para Oakland, onde farão o quinto jogo do confronto nesta quarta-feira.

Na mesma situação dos Warriors está o Portland Trail Blazers, que bateu o Oklahoma City Thunder por 111 a 98, mesmo fora de casa, e fez 3 a 1 na série. Os destaques individuais dos visitantes foram os armadores C.J McCollum (27 pontos e dois tocos) e Damian Lillard (24 pontos e oito assistências), os alas Al-Farouq Aminu (19 pontos e nove rebotes) e Maurice Harkless (15 pontos e 10 rebotes, além de três tocos).

Já pelo Thunder, os destaques foram os alas Paul George (cestinha do jogo com 32 pontos e 10 rebotes, além de seis assistências) e Jerami Grant (11 pontos e nove rebotes). O astro Russell Westbrook obteve bons números com 14 pontos, nove rebotes e sete assistências. O quinto jogo será nesta terça-feira.

Os playoffs da NBA terão dois jogos nesta segunda-feira. Neles, Milwaukee Bucks e Houston Rockets estão ganhando as suas séries por 3 a 0 e têm a chance de "varrer" Detroit Pistons e Utah Jazz, respectivamente, se vencerem como visitantes.

A ex-atleta Janeth Arcain, considerada uma das maiores jogadoras de basquete da história, completou 50 anos na última quinta-feira (11). Em sua homenagem, a Mauricio de Sousa Produções decidiu incluir a personagem Milena, inspirada na história de Janeth, como um dos destaques do projeto "Donas da Rua da História".

O objetivo do projeto é alavancar a autoestima de adolescentes por todo país por meio de uma plataforma digital (www.turmadamonica.uol.com.br/donasdarua), além de estimular a conscientização de seus direitos e oportunidades. A biografia de Janeth também estará no site da ação, e a personagem Milena será a mais nova moradora do bairro do Limoeiro, onde se passam as aventuras de Mônica e seus amigos.

##RECOMENDA##

Janeth é recordista mundial de atuações por uma seleção nacional de basquete. Foram 21 anos defendendo a seleção brasileira e uma coleção de títulos importantes, como o Pan-Americano de Havana, em 1991, o Mundial da Austrália, em 1994, além das medalhas olímpicas de prata em Atlanta 1996 e de bronze em Sydney 2000.

A ex-jogadora de basquete Janeth Arcain | Foto: Reprodução

Aposentada das quadras desde 2007, a atleta é fundadora do Instituto Janeth Arcain (IJA), criado em 2002. O IJA busca auxiliar o desenvolvimento de crianças e adolescentes por meio do esporte, além de ministrar programas que integram saúde, nutrição, inclusão social e cursos de idiomas.

Quebrando tabus até o fim. Foi assim que Dwyane Wade encerrou a sua brilhante carreira de atleta profissional na noite desta quarta-feira: o armador teve uma grande partida e anotou um "triple-double", algo pouco usual para ele, se despedindo das quadras em grande estilo.

O Miami Heat entrou no jogo diante do Brooklyn Nets, fora de casa, com uma mínima possibilidade de se classificar para a pós-temporada. Chance essa que foi embora em poucos instantes, com o domínio do time da casa nas ações ofensivas e uma defesa bem postada que deverá dar trabalho nos playoffs da Conferência Leste.

##RECOMENDA##

Restou, então, a Wade tentar ter um último brilho pessoal como jogador profissional. E ele conseguiu: atuando ao lado do grande amigo Udonis Haslem, com quem passou a maior parte da carreira na equipe da Flórida, ele chamou o jogo para si e realizou um feito que não alcançava desde fevereiro de 2011, conseguir dois dígitos em três fundamentos.

Aos 37 anos, o armador conseguiu o quinto "triple-double" da carreira: anotou 25 pontos, pegou 11 rebotes e deu dez assistências na derrota do Heat por 113 a 94 para os Nets. O revés em sua despedida da NBA e do basquete - que teve, ainda, passagens pela seleção dos Estados Unidos -, foi apenas um detalhe.

Com o resultado já definido muito antes do fim do jogo, o armador ainda teve a chance de ter a última posse de bola do Heat a poucos segundos do estouro do cronômetro. Visivelmente emocionado, ainda que fora de casa, ele devolveu a bola ao Nets e deixou a quadra substituído, ovacionado pelos fãs de Brooklyn.

Wade quebrou o maior tabu do Heat. Superou de longe grandes nomes da história da franquia como Alonzo Mourning, Steve Smith, Tim Hardaway, Glen Rice, Jamal Mashburn, o próprio amigo LeBron James e outros: conquistou, e sendo o principal jogador do elenco, o primeiro título da equipe na NBA em 2006 - na ocasião, um jovem armador de 24 anos dividia protagonismo com o já veterano Shaquille O' Neal.

Teve, em 2011, a chance de vencer a liga mais uma vez. Esbarrou, no entanto, na equipe que havia vencido cinco anos antes, o Dallas Mavericks. E deixou, então, o basquete dos EUA mais justo ao "permitir" que o alemão Dirk Nowitzki, outro ídolo que se aposentou na noite desta quarta-feira, também tenha um anel de campeão. E venceu a liga mais duas vezes, em 2012 e 2013, desta vez ao lado de LeBron e Chris Bosh, um trio que marcou a história recente do basquete norte-americano.

A UNINASSAU entrou em quadra neste sábado (06) e venceu o Pró Esporte Sorocaba, fora de casa, por 86 a 80, em uma partida extremamente acirrada. Casanova foi o grande destaque do jogo, levando o troféu de MVP, com 28 pontos, 6 rebotes, 11 assistências, 1 bola roubada e 33 de eficiência. A equipe pernambucana só volta a jogar no dia 26, contra o Blumenau, no Recife.

O JOGO

##RECOMENDA##

Sem a pivô Fabi, a UNINASSAU entrou em quadra com uma formação diferente da habitual, com Casanova, Thaissa, Leila, Chirinda e Williams. Sorocaba se impôs em quadra, mas a equipe pernambucana, com uma excelente atuação de Leila (10/10) e Casanova (11/14), conseguiu sair na frente no placar.

No segundo período, a UNINASSAU não conseguiu produzir no ataque e sofreu com o excesso de faltas. As equipes foram pro intervalo com o time da casa vencendo por 45 a 43.

O terceiro período serviu para o Sorocaba abrir uma vantagem, mas a UNINASSAU não desistiu da partida. Na última etapa, buscou o jogo embaixo da cesta e conseguiu diminuir a vantagem, até virar o placar. Sorocaba ainda tentou reagir, mas Wiliams não deixou. Dos 17 pontos marcados em toda a partida, 11 foram marcados na última etapa do jogo, o que levou a equipe pernambucana até a su a segunda vitória na LBF CAIXA.

Ronni Williams é ala/pivô e foi contratada esta temporada para integrar a equipe da UNINASSAU na Liga Feminina de Basquete 2019 (LBF). Estreante em terras tupiniquins, a norte americana tem sido destaque nos primeiros quatro jogos da temporada.

ADAPTAÇÃO

##RECOMENDA##

Antes de desembarcar na capital pernambucana, Ronni jogou na Argentina, Russia, Alemanha e Bélgica. Com experiencia na bagagem e passagens por vários clubes mundo a fora, a atleta comentou em entrevista ao LeiaJá sobre sua chegada e falou da adaptação a cidade, idioma e temperatura.

“O Brasil é meu favorito. Na Florida, nos Estados Unidos, o tempo é bem parecido. Chove e faz calor, chove e faz calor. Eu estou acostumada com isso. Quanto ao idioma, minhas companheiras de equipe e todo mundo estão me ajudando a entender tudo que acontece”, comentou.

A norte americana lembrou que ainda não entende a língua, mas disse ter aprendido algumas palavras em português: “Obrigada, de nada, cansada, exausta, morta”, disse em tom de brincadeira. A pivô ainda comentou sobre sua opinião do basquete brasileiro em relação ao norte americano: “Não é diferente para mim. Jogo do mesmo da mesma forma e no fim do dia é só basquete, fazendo o que eu amo”. 

               Ronni fazendo trabalho de fisioterapia antes de mais uma atividade Foto: Julio Gomes/LeiajáImagens

TEMPORADA

Na ultima partida contra a equipe do LSB RJ/Sodiê Doces, disputada na sexta-feira (29), a pivô igualou o recorde de cinco tocos em uma partida da LBF e os 26 pontos e 6 rebotes lhe renderam a premiação de MVP da partida. Além do recorde ela tem a melhor média de tocos da liga com 2.0 por jogo e a melhor média também nos arremessos de dois pontos com 7.5.

“Minhas colegas me colocam na melhor posição para ter sucesso aqui. Os créditos vão para elas. Para começar, Casanova. Ela é uma ótima armadora ela sabe como te achar para te colocar na melhor posição para marcar e ter sucesso. Eu dou todos os créditos a ela por isso”, salientou.

“No treino nos arremessamos todos os dias, trabalhamos forte para chegar no jogo e usar. faço no treino para realizar no jogo e como disse, a Casanova sempre te encontra nas melhores posições”, disse. A armadora digna dos elogios, Casanova, tem a terceira melhor média de assistências da liga com 6.0.

Ela também comentou que o ambiente tem ajudado a se adaptar: “Eu amo a equipe dentro e fora de quadra. Eu sinto que é uma grande família”, ressalta. “Esse sentimento fazem as coisas acontecerem 10 vezes melhor”.

PRÓXIMO JOGO

Com quatro jogos disputados, a equipe ainda não sabe o que é vencer fora de casa e terá uma nova oportunidade contra o Ituano no sábado (6). Ronni acredita ter a formula da vitória. “Precisamos manter a disciplina e o foco, seguir o nosso plano de jogo como na última partida. Se repetimos o que fizemos no último jogo, estaremos bem”, concluiu

[@#video#@]

James Harden fez 50 pontos, agarrou 11 rebotes e fez 10 assistências na vitória do Houston Rockets sobre o Sacramento Kings, por 119 a 108, na rodada de sábado à noite da NBA. O armador conquistou o 42º triplo

Harden conseguiu o 42º triple-double da carreira e o terceiro jogo consecutivo na casa dos 50 pontos. Clint Capela acrescentou 24 pontos e 15 rebotes, e Chris Paul fez 22 pontos. Pelo lado do Sacramento, o destaque foi Bogdan Bogdanovic fez 24 pontos.

##RECOMENDA##

Com a quarta vitória nos últimos cinco jogos, o Houston ocupa a terceira posição na Conferência Oeste, com 49 triunfos, em 77 jogos. O Sacramento, que perdeu as três últimas partidas para o rival do Texas, está fora dos playoffs, com 37 vitórias e 39 derrotas.

O Toronto Raptors foi até Chicago e somou mais uma vitória, ao marcar 124 a 102 nos Bulls, com destaque para Serge Ibaka, que marcou 23 pontos e pegou 12 rebotes. Ele teve a ajuda de Fred VanVleet, autor de 23 pontos para o Raptors.

O time canadense venceu as quatro partidas que teve contra a ex-equipe do astro Michael Jordan. Nos últimos dez jogos, foram nove vitórias do time de Toronto, vice-líder da Conferência Leste, com 57 vitórias, em 76 jogos.

Timothe Luwawu-Cabarrot marcou 18 pontos e acrescentou 10 rebotes para o Chicago, apenas o 13º colocado na Conferência Leste, com 21 triunfos e 56 derrotas.

Jonas Valanciunas marcou 14 dos seus 34 pontos no terceiro quarto para levar o Memphis à vitória diante do Phoenix, no Arizona, por 120 a 115. O pivô ainda pegou 20 rebotes.

As duas equipes estão fora dos playoffs. Memphis ganhou 31 jogos, após 75 rodadas, enquanto o Phoenix faz a segunda pior campanha da temporada, superior apenas ao New York Knicks. São 60 derrotas, em 77 partidas.

Confira os resultados da rodada de sábado na NBA:

Los Angeles Clippers 132 x 108 Cleveland Cavaliers

Brooklyn Nets 110 x 96 Boston Celtics

Houston Rockets 119 x 108 Sacramento Kings

Indiana Pacers 116 x 121 Orlando Magic

Detroit Pistons 99 x 90 Portland Trailblazers

New York Knicks 92 x 100 Miami Heat

Minnesota Timberwolves 109 x 118 Philadelphia 76ers

Chicago Bulls 101 x 124 Toronto Raptors

Phoenix Suns 115 x 120 Memphis Grizzlies

Jogos previstos para domingo:

Atlanta Hawks x Milwaukee Bucks

Oklahoma City Thunder x Dallas Mavericks

New Orleans Pelicans x Los Angeles Lakers

San Antonio Spurs x Sacramento Kings

Denver Nuggets x Washington Wizards

Golden State Warriors x Charlotte Hornets

Los Angeles Clippers x Memphis Grizzlies

A equipe de basquete feminino da UNINASSAU entrou em quadra nesta sexta-feira (29), contra o LSB RJ/Sodiê Doces e conseguiu sua primeira vitória na LBF CAIXA 2019, pelo placar de 82 a 57. A cestinha e MVP da partida foi a pivô Ronni Williams, com 24 pontos, 6 rebotes, 2 assistências, 5 bolas roubadas, 5 tocos e 35 de eficiência. 

O técnico Roberto Dornelas começou a partida com Casanova, Leila, Chirinda, Williams e Fabi. A equipe pernambucana mostrou que estava sedenta pela vitória após três  derrotas e impôs seu ritmo logo no início, fazendo um 1° período excepcional com um placar de 27 a 6. 

##RECOMENDA##

Para o segundo período, o técnico conseguiu fazer uma melhor rotação, mas a equipe do Rio de Janeiro foi bastante eficiente no ataque e conseguiu encostar no placar. As equipes foram para o vestiário com o placar marcando 42 a 33 para o time da casa. 

No terceiro período, a UNINASSAU voltou para a partida. Com alta intensidade e enorme volume de jogo, a equipe foi comandada pelas jogadoras Williams e Leila – que também foi destaque na equipe, com 23 pontos. O quarto período serviu para manter a vantagem da UNINASSAU, que garantiu sua primeira vitória na LBF CAIXA 2019.

A próxima partida da equipe será no dia 4 de abril, contra a equipe de ITU, em São Paulo.

Da assessoria de imprensa

A UNINASSAU Basquete não começou bem a temporada na Liga de Basquete Feminino. Após três derrotas em três partidas fora de casa, o treinador Roberto Dornelas destacou a dificuldade que passa em equipe, tanto pela tabela, quanto nos treinamentos.

“Fomos a última equipe a se inscrever, a treinar, a começar o trabalho, não tivemos tempo de nos preparar e a tabela foi ingrata. Nos 6 primeiros jogos, 5 são fora. Também tivemos dificuldades no aspecto físico mas houve evolução e pudemos trabalhar alguma coisa defensiva nessa última semana. A importância do jogo de amanhã, do apoio da torcida, por causa dos jogos fora, é importante que a galera venha, que lote e que traga apoio a esse time porque temos muito a crescer”, afirmou.

##RECOMENDA##

“Nosso objetivo é sempre tentar ficar entre os quatro finalistas. Se a gente chegar na semifinal, veremos até onde iremos. O primeiro passo é chegar nos playoffs, sair dessa posição meio incômoda. Acho que existem três grupos (disputando a competição): os favoritos, os intermediários e quem está no campeonato para participar. Acho que estamos no segundo grupo, e podemos surpreender, é claro, com muito trabalho”, analisou.

Duas jogadores já têm contrato assinado para reforçar a equipe. Isabela Ramona e Brittany Starling devem chegar entre abril e maio após o fim das competições europeias. Enquanto os reforços não chegam, o destaque do time até agora, Ronni Williams se mostrou confiante na recuperação.

“Precisamos ter disciplina, precisamos ter foco. Vamos bem nos primeiros quartos, mas acabamos desconcentrando na segunda parte. Estou animada para jogar em casa. Ainda estamos no começo da temporada, então acredito que temos uma grande possiblidade de dar a volta por cima. Só precisamos começar amanhã”, disse Williams.

A UNINASSAU encara agora a LSB do Rio de Janeiro, sexta-feira (29), às 20h, no SESC Santo Amaro. A partida é válida pela 4ª rodada da Liga de Basquete Feminino.

Por Miguel Inácio

O Los Angeles Clippers é a quinta equipe classificada aos playoffs na Conferência Oeste da NBA. A equipe da Califórnia avançou na rodada de terça-feira ao superar o Minnesota Timberwolves por 122 a 111, fora de casa, se juntando a Golden State Warriors, Denver Nuggets, Portland Trail Blazers e Houston Rockets, times que já estão garantidos na pós-temporada neste lado da liga.

Após disputar seis playoffs consecutivos, os Clippers haviam ficado de fora no último campeonato, mas agora voltarão a disputá-lo, depois de obterem o 45º triunfo em 75 jogos.

##RECOMENDA##

Nessa vitória, a sexta consecutiva do time californiano e a décima nos últimos 11 duelos, Danilo Gallinari marcou 25 pontos e Lou Williams acrescentou 20, saindo do banco - foram 53 pontos dos suplentes do time contra apenas 25 dos reservas dos Timberwolves. Karl-Anthony Towns liderou o Minnesota, o décimo colocado do Oeste, com 24 pontos e 13 rebotes.

No duelo entre duas das principais estrelas da liga, Giannis Antetokounmpo se deu melhor e o Milwaukee Bucks superou o Houston Rockets, de James Harden, por 108 a 94, em casa. O grego somou 19 pontos e 14 rebotes, enquanto Eric Bledsoe somou 23 pontos pelos Bucks, time de melhor campanha da NBA, agora com 56 triunfos em 75 partidas.

James Harden marcou 23 pontos, tendo acertado apenas 9 de 26 arremessos de quadra, sendo uma de nove tentativas de três. Já Chris Paul acrescentou 19 pontos pelos Rockets, que perdeu apenas pela terceira vez nos últimos 17 jogos e está na quarta posição na Conferência Oeste.

BRASILEIROS EM AÇÃO - No Canadá, o Toronto Raptors superou o Chicago Bulls por 112 a 103 com 20 pontos de Norman Powell, além de 14 de Kahwi Leonard e Kyle Lowry, cada. Já Cristiano Felício jogou por 21min52 pelos Bulls, com oito rebotes, seis pontos e duas assistências.

O Los Angeles Lakers bateu, em casa, o Washington Wizards, por 124 a 106, com 29 pontos de Kentavious Caldwell-Pope e 15 rebotes de JaVale McGee. O brasileiro Scott Machado fez três pontos no 1min06 em que atuou pelo time californiano.

OUTROS JOGOS - Em um duelo importante para a definição dos classificados aos playoffs, o Orlando Magic superou, em casa, o Miami Heat por 104 a 99, ultrapassou o rival e assumiu a oitava posição na Conferência Leste. Nikola Vucevic brilhou com 24 pontos e 16 rebotes.

Com 21 pontos de Jayson Tatum e também de Marcus Smart, o Boston Celtics bateu o Cleveland Cavaliers por 116 a 106, fora de casa. Em duelo definido apenas na prorrogação, o Charlotte Hornets bateu o San Antonio Spurs, como mandante, por 125 a 116 com 38 pontos, 11 assistências e nove rebotes de Kemba Walker.

O Denver Nuggets fez 95 a 92, em casa, no Detroit Pistons, com 33 pontos de Jamal Murray. Como visitante, o Sacramento Kings superou o Dallas Mavericks por 125 a 121 com 23 pontos, oito assistências e cinco rebotes de De'Aaron Fox. Também fora de casa, o Atlanta Hawks bateu o New Orleans Pelicans por 130 a 120 com 33 pontos e 12 assistências do novato Trae Young.

Confira os jogos da rodada de quarta-feira da NBA:

Chicago Bulls x Portland Trail Blazers

Memphis Grizzlies x Golden State Warriors

Oklahoma City Thunder x Indiana Pacers

Phoenix Suns x Washington Wizards

Utah Jazz x Los Angeles Lakers

A partida entre Portland Trail Blazers e Brooklin Nets que aconteceu na noite desta segunda-feira (25) no Moda Center terminou com quase 300 pontos, duas prorrogações, classificação do Portland para os playoffs da NBA e uma lesão assustadora do pivô da equipe, Jusuf Nurkic.

Uma das melhores partidas da temporada regular acabou sendo marcada por tristeza após a lesão do Bósnio Jusuf Nurkic já no fim da segunda prorrogação. A partida terminou 148 a 144 para equipe da casa. O destaque do Nets foi D'Angelo Russell com 39 pontos foi o cestinha da partida. Jusuf Nurkic somou 32 pontos e foi o principal pontuador da sua equipe, mas acabou saindo de maca.

##RECOMENDA##

Brigando por um rebote no garrafão Nurkic, que tem sido peça importante na boa engrenagem do Portland acabou caindo de mal jeito no fim da prorrogação e fraturou o tornozelo. O momento da lesão assustou a todos que assistiam e inclusive os jogadores que reagiram com espanto quando perceberam a gravidade.

Todo ginásio ovacionou o atleta que foi retirado de maca. Nurkic não deve retornar as quadras nesta temporada e vai ficar de fora dos playoffs confirmado após vitória do Portland. O jogador deve fazer a cirurgia em breve e inicia sua recuperação.

[@#video#@]

LeiaJá também

--> Conor McGregor anuncia aposentadoria do MMA

 

Com o sucesso do espaço "NBA Finals" nas últimas duas temporadas em São Paulo, a liga norte-americana de basquete traz agora a "NBA House" para a capital paulista. Em uma área de 3 mil metros quadrados, o local será inaugurado em 30 de maio e vai funcionar no estacionamento do Shopping Eldorado até o dia 16 de junho, data da última partida da série final da NBA.

A expectativa é que mais de 25 mil pessoas visitem a "NBA House", repetindo o sucesso da casa nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O local receberá eventos aos finais de semana e terá exibição de todos os jogos da final da liga norte-americana em um telão de 32 metros quadrados. Serão mais de 20 atrações e os fãs terão a oportunidade de encontrar com as mascotes, equipes de enterradas e dançarinas de franquias da NBA.

##RECOMENDA##

O "NBA Sports Bar" será outra novidade para o público. O restaurante temático ficará aberto durante todo o período de funcionamento da casa, inclusive nos dias em que não houver "Fan Day" ou jogos das finais.

Um dos espaços mais visitados dos eventos promovidos pela liga, a NBA Store também vai marcar presença com uma enorme variedade de produtos exclusivos e licenciados: camisas oficiais, acessórios, bonés, bolas, chinelos, canecas e linhas infantil.

"A casa foi desenhada nos mínimos detalhes, pensada com carinho em cada espaço para garantir que o público viva experiências únicas no universo da NBA. Vamos receber os fãs aos finais de semana, com uma programação que mistura, diversão, entretenimento, paixão e inovação, e à noite, para acompanhar os jogos das finais da liga. Vamos surpreender", afirmou Rodrigo Vicentini, Head da NBA no Brasil.

A pré-venda começa em 4 de abril, a partir das 10 horas (de Brasília), com ingressos a R$ 40 (Fan Day), com meia-entrada por R$ 20, e R$ 100 (Game Night), com meia-entrada por R$ 50, e será necessário fazer um cadastro prévio no nbahouse.com.br, a partir desta segunda-feira, às 10 horas.

Após a pré-venda, o primeiro lote de ingressos estará disponível ao público no dia 8 de abril, até o dia 10 de abril ou enquanto durar o lote. Estarão à venda entradas para as sessões diurnas durante o fim de semana (Fan Day) e os eventos noturnos (Game Night) com exibição dos jogos das Finais da NBA (quatro primeiras partidas). Será possível adquirir até seis ingressos por CPF por evento, incluindo meia-entrada.

A UNINASSAU voltou às quadras neste sábado (23) para enfrentar a equipe do Santo André pela terceira rodada da Liga de Basquete Feminino (LBF) no Complexo Esportivo Pedro Dell’Antonia, no ABC paulista e acabou somando sua terceira derrota consecutiva na competição.

O resultado adverso nas duas primeiras rodadas fez com que o treinador da UNINASSAU, Roberto Dornelas, mudasse a equipe que foi titular nos dois primeiros jogos. A Ala/pivô Chirinda saiu para a entrada de Thaíssa. A alteração melhorou a equipe pernambucana que fez um bom primeiro período com destaque para Fabi que ficou com 8/8 nos arremessos de quadra. O primeiro período terminou 24 a 15 para a UNINASSAU.

##RECOMENDA##

O Santo André se recuperou no segundo período, mas não foi suficiente para tirar a diferença de 9 pontos construída no primeiro quarto pela UNINASSAU.

Já na volta do intervalo a equipe recifense não se encontrou em quadra e mesmo com um bom volume no derradeiro quarto, viu sua vantagem no placar ser revertida e a primeira vitória na liga escapar das mãos. O jogo terminou 88 a 77.

 Apesar da derrota, Ronni Willians novamente foi o destaque e cestinha da partida com 19 pontos, Fabi terminou com 17 pontos e foi escolhida MVP da partida (jogadora mais valiosa).

Para se recuperar, a UNINASSAU espera contar com o apoio da torcida na estreia dentro de casa. A equipe jogará pela primeira vez no Recife na próxima sexta-feira (29) no ginásio do Sesc de Santo Amaro às 20h. A partida será contra o LSD RJ/Sodiê Doces.

Contratado pelo Los Angeles Lakers meses antes do início da atual temporada, LeBron James comentou a eliminação sofrida pela equipe, que já não tem chance de conquistar uma vaga nos playoffs após a derrota sofrida na rodada de sexta-feira, por 111 a 106 para o Brooklyn Nets, em casa. O astro não fica de fora do mata-mata da NBA desde o segundo ano dele na liga de basquete dos Estados Unidos, em 2005.

"Da minha parte, eu sigo me esforçando, sigo me preparando mentalmente. Claro que foi uma temporada difícil para todos nós. Não foi para isso que nos alistamos. Mas, durante o ano, situações acontecem. Suspensões, lesões e coisas dessa natureza. Não conseguimos jogar um basquete de alto nível por 48 minutos. Não existe promessa de se garantir nos playoffs. Vou continuar trabalhando", disse LeBron após a partida.

##RECOMENDA##

Antes de assinar por quatro temporadas com o Los Angeles Lakers, LeBron havia participado das últimas oito finais da NBA, quatro vezes pelo Miami Heat, com dois títulos, e quatro pelo Cleveland Cavaliers, onde foi campeão uma vez. Sobre a possibilidade de ser poupado nas 10 partidas restantes, o ala disse que prefere entrar em quadra.

"Claro que, agora que estamos oficialmente eliminados, vou ter uma conversa com a comissão técnica e meu treinador pessoal. Mas eu amo jogar. Eu já vou ter de ficar inativo por cinco meses. Se tudo der certo, vou participar o máximo de vezes possível", afirmou LeBron, finalista nove vezes na carreira, a primeira delas pelos Cavaliers, na temporada 2006/2007.

Os Lakers estavam na quarta posição na Conferência Oeste quando LeBron sofreu uma lesão na virilha, no último Natal. Sem o ala por 18 partidas, o time despencou na tabela de classificação e nem o retorno do jogador melhorou a situação. O desempenho piorou depois de a tentativa de trocar os jovens atletas do elenco por Anthony Davis, ideia que partiu da direção da franquia californiana, chefiada pelo ídolo Magic Johnson, mas recusada pelo New Orleans Pelicans, com quem o ala-pivô tem contrato.

A culpa da tensão no vestiário recaiu também sobre LeBron, uma vez que foi Rich Paul, o empresário do jogador e de Davis, que vazou o interesse de o ala-pivô se transferir para os Lakers, o que desagradou os Pelicans.

O mau desempenho da equipe californiana põe em dúvida a manutenção do técnico Luke Walton no cargo. São 31 vitórias e 41 derrotas na atual temporada, suficiente para o time ocupar o 11.º lugar. O oitavo colocado, portanto o último entre os que estão se classificando para os playoffs, é o San Antonio Spurs, com 42 triunfos e 31 reveses.

Eleito MVP (jogador mais valioso, na sigla em inglês) da última temporada da NBA, James Harden fez jus a esse status nesta sexta-feira. O ala-armador do Houston Rockets marcou 61 pontos na vitória da equipe dele sobre o San Antonio Spurs, por 110 a 103, em Houston, nos Estados Unidos.

"Eu sabia que era uma partida importante para nós porque abrimos 3 a 1 nessa série particular", disse Harden depois do jogo em que igualou a maior pontuação dele na carreira. Os Rockets estão em terceiro lugar na Conferência Oeste, com 46 vitórias e 27 derrotas, enquanto os Spurs estão em oitavo, com 42 triunfos e 31 reveses. Caso terminem com o mesmo retrospecto, o confronto direto durante a temporada regular é o primeiro critério de desempate para quem está na mesma divisão (os dois times competem no Sudoeste).

##RECOMENDA##

"Quis ser agressivo durante a noite inteira e funcionou", disse astro sobre a estratégia dele. A 3min58 para o fim da partida, os Spurs lideravam o placar por 100 a 94, mas Harden marcou 13 pontos em um espaço de dois minutos, com direito a três bolas de três pontos seguidas. A atuação do "Barba", como é conhecido o ala-armador, ofuscou o bom desempenho coletivo da equipe rival, treinada por Gregg Popovich.

Em segundo lugar no Oeste está o Denver Nuggets, que nesta sexta-feira venceu pela sexta vez seguida, por 111 a 93 contra o New York Knicks, em Nova York. Como de costume, o destaque do time vitorioso foi o Nikola Jokic, que desta vez marcou 21 pontos, pegou 17 rebotes e deu cinco assistências. A equipe do pivô sérvio tem 49 vitórias e 22 derrotas, campanha idêntica à do Golden State Warriors, líder da conferência por causa do confronto direto. O time nova-iorquino tem o pior retrospecto da atual temporada, com 14 triunfos e 59 reveses.

Quem lidera no Leste é o Milwaukee Bucks, que nesta sexta-feira chegou a 54ª vitória em 73 partidas. De volta após se recuperar de lesão, Giannis Antetokounmpo jogou apenas 28 minutos no triunfo por 116 a 87 contra o Miami Heat, tempo suficiente para comandar o time dele com 27 pontos, oito assistências e oito rebotes. A equipe perdedora no duelo está em oitavo lugar na mesma conferência, portanto o confronto pode acontecer na primeira rodada dos playoffs.

Já o Los Angeles Lakers jogou em casa e contou com a atuação sólida de LeBron James (25 pontos, nove rebotes e 14 assistências), mas perdeu por 111 a 106 para o Brooklyn Nets. Com destaque para o armador D'Angelo Russell, o time nova-iorquino está em sétimo lugar no Leste, com 38 vitórias e 36 derrotas, enquanto a equipe californiana tem 31 triunfos e 41 reveses, suficiente para ficar na 11ª colocação no Oeste.

Confira os resultados da noite desta sexta-feira:

Orlando Magic 123 x 119 Memphis Grizzlies

New York Knicks 93 x 111 Denver Nuggets

Cleveland Cavaliers 108 x 110 Los Angeles Clippers

Toronto Raptors 109 x 116 Oklahoma City Thunder

Houston Rockets 111 x 105 San Antonio Spurs

Milwaukee Bucks 116 x 87 Miami Heat

Los Angeles Lakers 106 x 111 Brooklyn Nets

Acompanhe os jogos deste sábado:

Charlotte Hornets x Boston Celtics

Washington Wizards x Miami Heat

Atlanta Hawks x Philadelphia 76ers

Chicago Bulls x Utah Jazz

Memphis Grizzlies x Minnesota Timberwolves

Golden State Warriors x Dallas Mavericks

Portland Trail Blazers x Detroit Pistons

Sacramento Kings x Phoenix Suns

A equipe de basquete feminino da Uninassau não tem descanso. Após duas derrotas na Liga de Basquete Feminino, a equipe volta a jogar neste sábado (23), às 18h, contra a equipe de Santo André, no Ginásio Pedro D’Ella Antônia, no ABC Paulista.

Realizando os jogos sem muito tempo para treinar e descansar, o time pernambucano terá que se reinventar antes de voltar ao Recife. O time de Santo André, adversário deste sábado, enfrentou o Sampaio Corrêa na ontem da última quinta (21) e perdeu pelo placar de 68 a 60.

##RECOMENDA##

Antes de embarcar para as duas partidas em São Paulo, o técnico Roberto Dornelas já previa partidas muito difíceis pela LBF CAIXA. “No segundo jogo, vamos pegar o time mais entrosado da LBF, então vai ser um jogo muito difícil. Vamos precisar de sabedoria e paciência para ponderar tudo que está acontecendo e fazer um bom jogo”, disse o técnico.

A partida terá transmissão pelo site da LBF CAIXA e pela TV NSports. Após o jogo, a equipe retorna à capital pernambucana, onde aguarda para fazer sua estreia em casa, na próxima sexta-feira (29), contra o LSB RJ/Sodiê Doces. 

 

A UNINASSAU entrou em quadra nesta quinta-feira (21) contra a equipe da Instituto Brazolin/São Bernardo/Unip pela segunda rodada da Liga de Basquete Feminino (LBF) no ginásio Baetinha, em São Bernardo do Campo (SP) e perdeu a segunda seguida. O placar final foi de 78x60.

Apesar de ser a segunda rodada para a equipe do Recife, o Instituto Brazolin/São Bernardo/Unip fazia sua estreia na temporada e contou com grande atuação da ala/pivô Milena que chegou a um duplo-duplo na partida com 24 pontos e 10 rebotes.

##RECOMENDA##

O destaque da UNINASSAU foi a norte-americana Ronni Williams, que também chegou a um duplo-duplo com 21 pontos, 14 rebotes, 3 assistências. Apesar da boa participação de Willians, a equipe novamente fez uma partida abaixo do esperado e desperdiçou boas oportunidades.

Roberto Dornelas não fez alterações em relação a equipe que estreou na competição e entrou em quadra com Casanova, Leila, Chirinda, Williams e Fabi. O primeiro período foi de domínio dos donos da casa com a UNINASSAU fazendo um segundo período melhor, mas a equipe acabou sentindo o ritmo de jogo nos dois períodos finais e somou sua segunda derrota em dois jogos na LBF.

A UNINASSAU já entra em quadra neste sábado (23), contra Santo André, às 18h, no Ginásio Pedro D’Ella Antonia, em Santo André.

No último sábado (16), a Uninassau entrou em quadra para o seu primeiro compromisso da temporada na Liga de Basquete Feminino Caixa 2019 (LBF). Fazendo sua estreia fora de casa diante do Sampaio Basquete, em São Luís (MA), a equipe pernambucana acabou derrotada por 66 a 38.

A Uninassau é a única equipe de Pernambuco inscrita na LBF CAIXA 2019 e faz sua sétima participação na competição. Para o técnico Roberto Dornelas, a equipe ainda não possui o condicionamento físico ideal e isso foi um fator determinante para o revés.

##RECOMENDA##

“Nós demoramos a fazer a confirmação na competição, fomos a última equipe a confirmar e com isso saímos atrás no mercado. A grande maioria das jogadoras já tinham fechado com outras equipes. Tentamos montar o elenco com jogadoras que estavam a disposição e conseguimos. Montamos uma boa equipe, porém a grande maioria dessas jogadoras estavam paradas desde o final da liga do ano passado, ou seja, foram 10 meses sem treinar ou jogar em clubes. O reflexo disso foi confirmado dentro de quadra”, explicou Roberto Dornelas.

[@#galeria#@]

“Fizemos um bom primeiro tempo em relação a situação que nós apresentávamos. Iniciamos o terceiro período da partida sofrendo em algumas bolas, conseguimos reequilibrar até a metade desse terceiro período e a partir daí a condição física se mostrou uma incapacidade nossa de digerir a parte técnica e tática”, completou.

A equipe comandada por Dornelas perdeu o patrocínio da Prefeitura do Recife pouco antes do início da atual temporada. Segundo a secretária executiva de Esportes do Recife, Yane Marques, a gestão possuía o desejo de firmar a parceria com a equipe, mas a controladoria do município interrompeu o patrocínio por não ter havido uma "concorrência oficial" para oferta de patrocínio esportivo.

Mesmo sem parceiros, além de renovar com atletas do Estado, o treinador conseguiu fechar contrato com seis reforços: a norte-americana Ronni Williams, as laterais Leila Zabani e Isabela Ramona, as armadoras Thaissa e Ineidis Casanova e a pivô Fabi Caetano.

Apesar de um início turbulento, em entrevista ao LeiaJá, Roberto Dornelas afirmou o acerto com um co-patrocinador que será anunciado na próxima semana, possibilitando uma reorganização orçamentária.

"Se a prefeitura não tivesse interrompido o patrocínio em um dia, no dia seguinte nós tínhamos acertado contrato com uma pivô, estava tudo encaminhado. Nós só temos uma pivô, que é uma das atletas que passou 10 meses parada. De 40 minutos, hoje ela está nos dando 5 minutos de um rendimento altíssimo, de uma condição física altíssima, e aí eu precisaria ter uma segunda para fazer a rotação”, ressaltou.

“Esse novo parceiro entra financeiramente no lugar da Prefeitura do Recife, possibilitando nos devolver aquilo que nós pensávamos em fazer. Vamos ver a disponibilidade das atletas”, finalizou.

Nesta quinta-feira (21), a Uninassau encara o Instituto Brazolin/São Bernardo/Unip às 19h, no ABC Paulista, com transmissão da ESPN Extra e do WatchESPN.

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) divulgou nesta segunda-feira a tabela do Mundial Masculino deste ano, que acontecerá na China. Integrante do Grupo F, a seleção brasileira vai estrear na competição no dia 1º de setembro, um domingo, diante da Nova Zelândia.

Todas as partidas da chave do Brasil serão realizadas na cidade de Nanquim. Em teoria, o primeiro adversário da seleção comandada por Aleksandar Petrovic é o mais fraco do grupo, mas pode subir de patamar se contar com seu principal jogador na atualidade, o pivô Steven Adams, do Oklahoma City Thunder, da NBA.

##RECOMENDA##

Depois de encarar a Nova Zelândia, o Brasil volta à quadra para duelar com a cabeça de chave do grupo, a Grécia, no dia 3 de setembro. A seleção fecha sua participação na primeira fase diante de outra equipe europeia, Montenegro, dois dias depois.

Os montenegrinos, em teoria, são os principais adversários do Brasil pela segunda vaga do grupo à próxima fase e podem contar ainda com a presença do pivô Nikola Vucevic, destaque do Orlando Magic nesta temporada da NBA. O favoritismo da chave é da Grécia, que pode se tornar uma das candidatas ao título do Mundial se Giannis Antetokunmpo, do Milwaukee Bucks, disputar o torneio.

O Mundial de Basquete terá início no dia 31, quando a China, dona da casa, estreia diante da Costa do Marfim, em Pequim. Atuais bicampeões e favoritos ao título, os Estados Unidos jogam no dia 1º de setembro contra a República Checa, em Xangai. A grande final acontecerá em 15 de setembro, em Pequim.

Os dois primeiros colocados de cada um dos oito grupos vão se classificar para a segunda fase do Mundial, na qual os 16 times restantes serão divididos novamente em quatro chaves. Mais uma vez, classificam-se os dois primeiros de cada grupo para a fase de quartas de final. O torneio dá sete vagas diretas à Olimpíada de Tóquio, em 2020, além de outras 16 para o Pré-Olímpico Mundial.

Mesmo sem Kevin Durant e atuando fora de casa, o Golden State Warriors não teve maiores dificuldades para derrotar o Oklahoma City Thunder na rodada de sábado (16) da NBA. Os atuais bicampeões da liga visitaram o adversário e levaram a melhor por 110 a 88, com atuação de gala de Stephen Curry.

Se Durant foi novamente desfalque por uma lesão no tornozelo direito, os Warriors viram Curry assumir o protagonismo e anotar 33 pontos, além de sete rebotes. Ele ainda foi auxiliado pelos 23 pontos de Klay Thompson. Pelo Thunder, Paul George foi o destaque com 29 pontos e 13 rebotes, mas Russell Westbrook viveu noite para esquecer e terminou com apenas sete pontos, acertando dois dos 16 arremessos que tentou.

##RECOMENDA##

Esta foi a 47.ª vitória dos Warriors, líderes do Oeste e já garantidos nos playoffs. Por outro lado, o Thunder perdeu pela 28.ª vez e está na quinta colocação da mesma conferência. Por mais que também tenha vaga encaminhada para a próxima fase, a equipe não teria a vantagem do mando de quadra se a temporada regular terminasse hoje.

Na cola dos Warriors, o Denver Nuggets também venceu no sábado, mas com bem mais dificuldade. A equipe recebeu o Indiana Pacers e precisou de uma cesta de Paul Millsap já nos segundos finais para fazer 102 a 100, somando o 46.º triunfo na temporada, em segundo no Oeste. Os Pacers têm 44 e são os quartos colocados do Leste.

Millsap terminou com 15 pontos e 13 rebotes e apareceu para decidir a partida depois que Nikola Jokic, cestinha com 26 pontos, foi expulso pela arbitragem, já na reta final do último período. Do outro lado, Thaddeus Young terminou com 18 pontos e 10 rebotes e foi o destaque dos Pacers.

Logo atrás do time de Indiana no Leste está o Boston Celtics, que chegou à 43.ª vitória na temporada ao fazer 129 a 120 no Atlanta Hawks, em casa. Kyrie Irving anotou 30 pontos, 11 rebotes e nove assistências e liderou a equipe, enquanto Trae Young se destacou pelo Hawks, com 26 pontos.

Ainda no sábado, o Memphis Grizzlies de Bruno Caboclo caiu diante do Washington Wizards, fora de casa, por 135 a 128, com três pontos e três rebotes do brasileiro, novamente titular. Já o Utah Jazz visitou o Brooklyn Nets e venceu por 114 a 98. Raulzinho saiu do banco para marcar nove pontos e pegar quatro rebotes para os sétimos colocados da Conferência Oeste.

Confira os resultados de sábado na NBA:

Boston Celtics 129 x 120 Atlanta Hawks

Washington Wizards 135 x 128 Memphis Grizzlies

New Orleans Pelicans 136 x 138 Phoenix Suns

Dallas Mavericks 121 x 116 Cleveland Cavaliers

Oklahoma City Thunder 88 x 110 Golden State Warriors

San Antonio Spurs 108 x 103 Portland Trail Blazers

Denver Nuggets 102 x 100 Indiana Pacers

Utah Jazz 114 x 98 Brooklyn Nets

Acompanhe as partidas da NBA neste domingo:

New York Knicks x Los Angeles Lakers

Miami Heat x Charlotte Hornets

Milwaukee Bucks x Philadelphia 76ers

Detroit Pistons x Toronto Raptors

Orlando Magic x Atlanta Hawks

Sacramento Kings x Chicago Bulls

Houston Rockets x Minnesota Timberwolves

Los Angeles Clippers x Brooklyn Nets

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando