Cultura

| Música

O bregafunk e o passinho também são ferramentas de protesto, pelo menos na Comunidade Caranguejo Tabaiares. Os jovens residentes na localidade, que participam do Grupo Adolescer, criaram um brega e um vídeo - em parceria com o projeto Coque Vídeo -, para falar sobre sua luta por moradia. A música 'Sem Destruição' pede que seja revogado o pedido de desapropriação dos moradores do Canal do Prado, que corta a comunidade. O clipe foi lançado nesta sexta (11), nas redes sociais.

Contando com a participação de crianças e jovens, o vídeo traz a batida do brega funk e o ritmo do passinho alertando para a causa dos moradores da comunidade. Há cerca de três meses, a Prefeitura do Recife expediu um decreto de desapropriação para os moradores do Canal do Prado, que corta Caranquejo Tabaiares. Através da música, a comunidade pede pela revogação do pedido assegurando que irá resistir. 

##RECOMENDA##

O trabalho audiovisual foi desenvolvido pelos próprios jovens da Caranguejo Tabaiares, participantes do projeto Grupo Adolescer, em parceria com os jovens do Coque Vídeo, formado por moradores do Coque. A ideia é dar voz e visibilidade à campanha 'Revoga o decreto, Prefeito', criada pelos residentes do Canal do Prado e do Caranguejo. 

[@#video#@]

 

O cantor e guitarrista Fernandes continua transitando com seu primeiro trabalho, o disco Bonanza. Nesta sexta (11), ele sobe ao palco do Terra para mais uma apresentação do projeto LoopSession. O show começa às 21h.

No LoopSession, Fernandes mostra ao público versões mais intimistas das canções que compõem seu álbum de estreia. Mas o músico não sobe ao palco sozinho, para esta noite ele conta com os convidados Ciel Santos, Publius, Diablo Angel, Carlos Filho, Julião Feiticeiro e Guma. 

##RECOMENDA##

Serviço

LoopSession - Fernandes

Sexta (11) - 21h

Terra (Rua Bispo Cardoso Ayres, 467 - Boa Vista)

R$ 10

A edição 2019 do VillaMix Recife acontece em 7 de dezembro. O festival, que tem como marca o sertanejo, confirmou nesta semana as duplas Jorge e Mateus e Matheus e Kauan para compor as atrações do evento.

As duplas que são fenômenos nacionais do gênero cantam seus maiores sucessos. Na ocasião, Jorge e Mateus apresentam o repertório completo e mesclam musicais atuais e os sucessos mais antigos da dupla.

##RECOMENDA##

Já os irmãos Matheus e Kauan, prometem animar o público com as canções mais marcantes da trajetória da dupla, e já confirmaram os sucessos "O Nosso Santo Bateu"; "Ao vivo e a cores" e as canções mais recentes "Quarta Cadeira" e "Vou ter que superar".

O ‘Sambinha Sunset - Edição Retrô’ acontece no dia 27 de outubro, no Catamarã, área central do Recife, e recebe o cantor Rodriguinho, junto com o ex-vocalista do Exaltasamba Chrigor. Prometendo um super sambinha de domingo, o evento ainda recebe o grupo Pique Novo e é a pré-estreia do selo ‘Sambinha Sunset’ organizado pelo produtor Saulo Melo.

O evento tem início às 15h e promete ser a sensação dos domingos com o pôr do sol da bacia do Pina e edições mensais. Os ingressos custam R$ 50 e já estão à venda nas Lojas Figueiras e pelo Bilheteria Digital.

##RECOMENDA##

Com uma longa peruca preta, meias arrastão e uma minissaia, "Lila Fadista" levanta um leque na altura da barba enquanto canta a dor e a revolta de uma comunidade gay ausente, até agora, do universo do fado, a música tradicional de Portugal.

Tiago Lila, seu nome verdadeiro, está acompanhado por João Caçador, que, agarrado a seu violão elétrico, se oculta debaixo de um chapéu de aba longa, calça de leopardo e saltos altos.

##RECOMENDA##

Juntos, os dois artistas formam o grupo "Fado Bicha".

Desde 2017, fizeram 150 shows em Portugal, Espanha, França e Bélgica, e animam regularmente as noites de um hotel de Lisboa para turistas gays.

A dupla se apropria do patrimônio do fado para contar os amores de um pescador com um vendedor de mariscos, a desesperança de um dançarino homossexual trancado em um hospital psiquiátrico e o orgulho de uma mulher transexual que se tornou líder dos militantes a favor dos direitos das pessoas LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros e intersexuais).

"Quando canto o fado, sinto uma energia muito feminina (...) Compreendi rápido que não há lugar para mim no meio do fado tradicional", conta o cantor de 34 anos, que deixou a escola de fado que frequentava para criar seu alter ego travesti.

- Clássicos com novo rosto -

"Foi a solução que encontrei para viver meu sonho sem ter que renunciar a uma parte da minha identidade", diz este psicólogo de profissão.

Lila se apropria das canções mais famosas, inclusive as cantadas pela grande diva do fado Amalia Rodrigues, falecida há 20 anos, e reescreve suas letras.

O uso do violão elétrico em vez do clássico é também "uma forma de libertação e subversão", afirma João Caçador, instrumentista de 30 anos que estudou jazz e continua tocando para empresas musicais de fado tradicional.

"É a primeira vez que ouço fado e é comovente. É necessário que os artistas se comprometam assim, é incrível o que fazem por nossa comunidade", diz Guillaume Bellon, turista francês de 31 anos hospedado neste hotel situado em um bairro elegante de Lisboa.

"Não faço distinção se é cultura gay ou não. Canta com a alma, com todo o seu ser", diz Ana Pereira, que veio ouvir a dupla em um festival de música e arte emergente.

Os artistas, que cresceram nos subúrbios de Lisboa, afirmam que este gênero musical surgiu à margem da sociedade, nos bairros populares da cidade no fim do século XVIII, e foi inscrito no patrimônio imaterial da Unesco em 2011.

- A sombra da ditadura -

Maria Severa, cantora que viveu no século XIX, "é considerada a primeira lenda do fado e era cigana e trabalhadora sexual", ressalta Lila com um sorriso.

Perante um projeto como o "Fado Bicha", tem gente tradicional que critica, diz Carlos Sanches Ruivo, proprietário do hotel onde a dupla toca. Sanchez Ruivo é presidente da Câmara de Comércio e Turismo LGBTI de Portugal.

"Mas nós queremos sair desse status quo que continua ligado a uma sombria etapa da nossa história", acrescentou o empresário franco-português de 51 anos, referindo-se à ditadura de Antonio Salazar, cuja política cultural se apoiava sobre "três Fs": fado, futebol e Fátima, o santuário católico do centro do país.

Tiago Lila e João Caçador começaram a gravar um primeiro álbum que será produzido por Luis Clara Gomes, artista conhecido por seu projeto de pop eletrônico "Moullinex".

"O que eu gosto do 'Fado Bicha' é sua capacidade de prestar homenagem à herança do fado lançando-o em um universo filosófico com o qual me identifico", disse o produtor.

A cantora Pabllo Vittar foi apontada pela revista americana Time como uma das dez "líderes da próxima geração". A publicação se refere à drag queen brasileira como figura de extrema importância no meio LGBTQ, além de afirmar que ela tem feito uma verdadeira "tempestade" no mundo pop. 

Anualmente, a Time elabora uma lista com os nomes de 10 personalidades que, segunda a revista, poderão fazer a diferença na próxima geração figurando como destaque e liderança entre os jovens. Em 2019, a brasileira Pabllo Vittar foi uma das escolhidas para a listagem dividindo espaço com a ativista Greta Thunberg, a boxeadora Ramla Ali, a atriz Thessa Thompson e o rapper Stormzy, entre outros.

##RECOMENDA##

Segundo a revista, "ao longo dos últimos quatro anos, a drag queen e popstar brasileira (Pabllo Vittar) se estabeleceu como alguém para ser vista em diversos aspectos, integrando perfeitamente o pessoal ao cultural e político e usando sua plataforma como uma estrela musical para exigir igualdade para as comunidades LGBTQ no Brasil e no exterior". 

A cantora falou, em entrevista à Time, sobre representatividade. "Não é só a arte do drag, ser artista LGBTQ, a gente tem uma causa social muito grande e importante por trás, pra mostrar pra essas novas gerações que elas podem, sim, ter voz ativa e fazerem o que elas quiserem. Como artista, você tem a obrigação de tomar posições sobre as coisas e trazer junto com a sua popularidade as mensagens que realmente importam. Se falar sobre isso me coloca em uma posição de risco, então vamos todos morrer tentando". 

Uma das participantes do programa Canta Comigo, da Record, a paulista Heloisa Lucas, acaba de colocar 'na praça' o clipe de seu segundo single, Mundo Cão. Lançada na última terça (8), a canção toca em temas como injustiça, preconceito, falta de empatia e descrença na política. 

Heloisa Lucas está na estrada desde 2007 e tem rodado o circuito paulistano de Jazz, R&B e Soul Music desde 2009. O clipe de Mundo Cão foi gravado no Centro Cultural Ouvidor, no centro de São Paulo, e traz mensagens contra a corrupção e hipocrisia. O objetivo da cantora é usar sua voz como ferramenta de denúncia e protesto ao cenário sociopolítico atual. 

##RECOMENDA##

[@#video#@]

Com o fim do Rock in Rio, o Lollapalooza deu nesta quinta-feira (10) as cartas para a edição de 2020. A produção do festival anunciou nas redes sociais as atrações que irão sacudir São Paulo no ano que vem.

Estão confirmados para se apresentar no palco do Autódromo de Interlagos, entre os dias 3, 4 e 5 de abril, Guns N' Roses, The Strokes, Lana Del Rey, Martin Garrix, Gwen Stefani, Pabllo Vittar, Emicida, Rita Ora e Jaden Smith, além do DJ Armin Van Buuren. 

##RECOMENDA##

Apesar da divulgação de algumas atrações internacionais, internautas reclamaram das escolhas. "Tá virando rave. Metade do line é música eletrônica", criticou uma pessoa no Instagram. "Perderam a oportunidade de trazer artistas que nunca vieram como Radiohead e outros que a galera tava pedindo como Florence, Baco Exu do Blues e Catfish. Mas enfim, melhore Lolla", criticou outra.

Confira a programação completa:

[@#video#@]

O No Ar Coquetel Molotov realiza mais uma edição em 16 de novembro. Promovido pelo festival pernambucano TNT Energy Drink, o evento chega a 16° edição e recebe a cantora iraiana/holandesa Sevdaliza, que vem pela primeira vez ao Brasil, e ainda Black Alien, Liniker e os Caramelows e Lia de Itamaracá. Esta edição conta ainda com o lançamento do novo disco do Dj Dolores, a pernambucana Clarice Falcão e outros artistas.

O evento ainda reúne marcas de moda regionais e promove uma ‘Feira na Laje’, com ações de sustentabilidade, acessibilidade e igualdade de gênero, além de atividades espalhadas pelo Recife nos dias que antecedem o festival. A programação completa e atividades, podem ser conferidas no Coquetel Molotov. Os ingressos custam a partir de R$ 60 e estão à venda nas lojas Avesso e no Sympla.

##RECOMENDA##

Confira a programação de shows:

PALCO COQUETEL MOLOTOV

MC Tha (SP)

Lia de Itamaracá (PE)

Sevdaliza (Irã / Holanda)

Luiz Lins (PE)

Liniker e os Caramelows (SP)

Black Alien (SP)

Coppola (SP)

Gui Boratto (SP)

PALCO NATURA MUSICAL

Uana Mahin (PE)

Clarice Falcão (PE)

Terno Rei (SP)

Rosa Neon (BH)

Drik Barbosa (SP)

Denov (SP)

Dani Costa, o show da queridinha (PE)

O Quadro (BA)

Revérse Djs (PE)

Cherolainne b2b JV Gop Tun (SP)

PALCO SONIC Aventura (PE)

Siba Carvalho (PE)

Torre (PE)

Satanique Samba Trio (DF)

Taco de Golfe (SE)

Raça (SP)

Bione (PE)

Jurandex (PE)

Saskia (RS)

SOM NA RURAL

Batestaca (PE) convida MADDAM (PE)

Serviço

No Ar Coquetel Molotov 2019

16 de novembro | 13h

Caxangá Golf Country Club (Av. Caxangá, 5362 - Iputinga)

R$ 60 meia; R$ 120 inteira; R$ 85 social (levar 1 kg de alimento não-perecível)

Rafael Vanucci, em entrevista ao jornal Extra, falou sobre o estado de saúde de sua mãe, a cantora Vanusa.

Vanusa está internada desde, pelo menos, o começo de 2019, tratando uma depressão. Ela também já esteve internada para tratar dependência química.

##RECOMENDA##

Agora, Rafael revelou que existe a suspeita de que ela esteja com alzheimer:

Ela continua internada, fazendo tratamento para depressão, e os médicos vão pedir uma bateria de exame, porque há uma suspeita que ela possa estar com Alzheimer. Pode ter algum indício muito pequeno ou não ter, mas a gente está achando que tem.

Ele contou ainda que ela teve alta algumas vezes, mas, pouco tempo depois, voltava a ser internada. A cantora, segundo o filho, está muito debilitada:

Ela está muito debilitada porque emagreceu 30 quilos. Então, todo o tratamento que é feito com ela, é feito muito devagar, com calma, porque ela está bem magrinha, com 72 anos e debilitada. Cada quilo que ela conquista, para a gente é uma vitória. A gente faz o tratamento bem devagar. Não podemos dar remédio na quantidade que o médico queria por conta do pouco peso e da idade avançada.

Melhoras!

Compadre Washington, do É O Tchan, foi acionado judicialmente pela estudante de enfermagem Débora Souza, que é mãe de um filho de nove anos de idade com o cantor.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, a mulher pede que Compadre Washington pague de forma integral a pensão, já que os depósitos estão sendo feitos de forma irregular. Para a colunista, Débora, que conheceu o cantor em 2006 em uma rede social, disse:

##RECOMENDA##

Ficou acordado que ele pagaria a pensão no valor de dois salários mínimos [aproximadamente dois mil reais]. Dentro desses dois salários já vem incluso o valor do plano de saúde, que meu filho precisa porque sofre de problemas respiratórios. Só que ele vem descumprindo esse acordo. Já chegou a ficar devendo três meses. Quando noticiei os atrasos uma vez, na internet, em um instante fizeram o depósito. Depois ficam depositando de dois em dois meses. Agora, dia 10 [de outubro], vão completar mais dois meses de atraso, e ainda assim quando depositam não colocam o valor integral. Apenas parcial. Ele vai depositando pela metade e isso gera multa - que eles não depositam logo também. Com isso, vai prejudicando a vida do meu filho e, consequentemente a minha, porque o que era pra nós dois estarmos arcando, eu estou arcando sozinha, e isso me desorganiza totalmente. Fora o abandono afetivo.

Ela afirma que ele não registrou o menino e pediu, também, um teste de DNA para se certificar de que era filho dele, além de tê-la deixado sozinha durante toda a gravidez.

Essa, inclusive, não é a primeira vez que Compadre Washington se envolve em um processo devido a falta de pagamento da pensão.

A polêmica continua! Ludmilla teria brigado feio com Anitta após descobrir que o nome da cantora estaria nos créditos de composição do hit Onda Diferente, que apesar de ser uma parceria das duas com Snoop Dogg, teria sido composta pela funkeira de Duque de Caxias. Mas como será que a ex de Pedro Scooby está lidando com essa confusão? Parece que ela não está muito preocupada.

Em meio á polêmica, Anitta postou, em seu Instagram, um vídeo de sua apresentação, durante o Rock In Rio do último sábado, dia 5, da música Contatinho, parceria com Léo Santana. Na legenda do vídeo, a cantora escreveu:

##RECOMENDA##

Alô? Se é pra encher o saco, nem me liga, porque Contatinho tá bombando no Brasil!

Os seguidores de Anitta não deixaram passar e já apontaram que a frase foi um shade para Ludmilla. Nos comentários, um internauta escreveu:

Tudo o que tem você envolvida bomba.

Após frustrar os fãs com o cancelamento de sua participação em um festival que aconteceria no mês de julho em São Paulo, a banda norte-americana Maroon 5 já recolocou o Brasil em sua agenda de 2020, como parte de uma turnê pela América Latina. Ainda sem datas e locais definidos o M5, como é conhecido entre os seus admiradores, deve se apresentar no país entre fevereiro e março do ano que vem, apresentando seus grandes sucessos e algumas faixas do novo disco como “Memories”, lançada na última terça-feira (8). 

Formada em meados da década de 1990, o M5 atingiu o auge do sucesso em 2004 com as canções “This Love”, “She Will Be Loved” e “Sunday Morning”. O álbum “Songs About Jane”, lançado em 2002, deu à banda o Grammy Award, considerado o Oscar da música, na categoria Artista Revelação.

##RECOMENDA##

Com mais de 15 anos de sucesso, o Maroon 5 segue em alta. O clipe da música “Sugar” alcançou, no último mês de julho, a marca de três bilhões de visualizações no YouTube. A última apresentação da banda pop norte-americana no Brasil aconteceu no Rock in Rio 2017.

Chico Buarque não está nem um pouco preocupado com a recusa do presidente Jair Bolsonaro em assinar o Prêmio Camões, conferido a ele neste ano. Em sua conta oficial no Instagram, o artista deixou bem claro que não receber o 'aval' de Bolsonaro é o mesmo que ser premiado novamente.

Na última terça (8), o presidente falou à imprensa sobre a necessidade de assinar a premiação de Chico Buarque em tom de desdém. Quando questionado se o faria, ele respondeu: "É segredo. Chico Buarque? Eu tenho prazo? Até 31 de dezembro de 2026 eu assino".

##RECOMENDA##

A declaração, no entanto, não incomodou Chico. Em uma publicação em seu Instagram, ele rebateu o presidente e comemorou sua decisão de não assinar o prêmio. "A não assinatura do Bolsonaro no diploma é para mim um segundo prêmio Camões", disse o artista.

[@#video#@]

A premiação é uma das mais importantes prêmios de língua portuguesa, conferida anualmente a um escritor cuja obra contribua para a projeção e reconhecimento do idioma. Além do reconhecimento, o escolhido ganha o valor de 200 mil euros, dividido entre os governos do Brasil e de Portugal. A parcela brasileira já foi paga, o que segue pendente é a assinatura do presidente no diploma que comprova o recebimento do prêmio.

Lexa vem ao Recife, na próxima sexta (11), para animar a festa Esquentaí. O agito acontece no Clube Metrópole e contará, ainda, com os DJs Alex Bloon, André Valentim, Danic e Paulo Marreta.

Com mais de oito milhões de seguidores no Instagram e mais de 67 milhões de visualizações no YouTube, Lexa vem crescendo no meio musical. Ela já é dona de vários hits como Sapequinha e Provocar. Na festa Esquentaí, ela promete cantar seus grandes sucessos e o mais recente, a música Só depois do Carnaval.

##RECOMENDA##

Além do show de Lexa, o público também poderá aproveitar as pistas da casa ao som de DJs convidados. Na New York, estarão Alex Bloon, André valentim e Luan Sobral, já na pista Brasil, quem comanda o som é Danic e Paulo Marreta. 

Serviço

Esquentaí com Lexa

Sexta (11) - 23h

Clube Metrópole 

R$ 40

A cantora americana Halsey divulgou o clipe de ‘Graveyard’, música que faz parte de seu novo álbum intitulado de ‘Manic’, com lançamento previsto para janeiro de 2020.

O clipe tem a participação de Sydney Sweeney, atriz da série Euphoria. Juntas, elas protagonizam um casal que sai para se divertir em um parque de diversões.

##RECOMENDA##

Assista:

[@#video#@]

Por Suellen Elaine

O Parque Santana recebe, no dia 19 de outubro, a quinta edição do festival BB Seguros de Blues e Jazz. Este ano, o evento traz ao recife o bluesman Jimmi Burns e promove o encontro entre dois dos maiores guitarristas do Brasil, Sérgio Dias e Luiz Carlini, entre outras atrações. 

Com a proposta de oferecer um dia para curtir em família, o festival promove shows de blues e jazz e, também, oficinas recreativas para a criançada. Além de Jimmi Burns, Sérgio Dias e Luiz Carlini, o festival também recebe Bia Villa-Chan, André Christovam, Thiago Espírito Santo, o grupo Festival BB Seguros Brass Band e o tributo a Eric Clapton. Os shows começam às 14h30. 

##RECOMENDA##

Já para a molecada, haverá diferentes opções de oficinas para aprender e brincar. Também começando às 14h30, as atividades seguem até às 20h30 e são gratuitas. Os pequenos poderão ter aulas de desenho, colagem, malabares, pintura facial e escultura de balão. 

Programação

14h30 - Festival BB Seguros Brass Band

15h00 – Bia Villa-Chan

16h05 – André Christovam

17h10 – Thiago Espírito Santo convida Nivaldo Ornelas

18h15 – Tributo Eric Clapton

19h20 - Sérgio Dias convida Luiz Carlini

20h30 - Jimmy Burns

Serviço

Festival BB Seguros de Blues e Jazz

19 de outubro - 14h30

Parque Santana 

Gratuito

Julia Menotti, filha do sertanejo Fabiano Menotti, ganhou um festão para comemorar seus seis anos de vida. Os pais da garota produziram um mega evento com o tema de circo para receber 250 convidados. Cada um deles, no entanto, precisaria de um ingresso para entrar no evento, um quilo de alimento não perecível que seria doado para uma instituição.

A festa aconteceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, e foi do jeitinho que a menina pediu: com mágico, palhaço, bailarinas e os demais personagens do circo. Para a sensação de estar entrando em um picadeiro ficar mais real ainda, os pais colocaram uma bilheteria na entrada do evento que 'cobrou' um quilo de alimento não perecível para os convidados. O arrecadado será doado à Casa de Acolhida Padre Eustáquio, que cuida de crianças com câncer na capital mineira. 

##RECOMENDA##

E por falar em comida, opções não faltaram no cardápio da festinha. Havia rodízio de pizza e hambúrguer, churros, brigadeiro, pipoca, sorvete e algodão doce. A mãe da pequena, que tem cursos em gastronomia fit, se preocupou também em oferecer opções saudáveis aos convidados e colocou no menu pizza e hambúrguer low carb e bolos e doces sem açúcar. 

O que deveria ter sido um momento de diversão e alegria acabou em confusão, depredação do espaço público, brigas e até facadas, na última segunda (7), em Belo Horizonte. A capital mineira foi escolhida pela cantora Marília Mendonça para receber um show surpresa do projeto 'Todos os Cantos', mas a quantidade de pessoas que estiveram na Praça da Estação resultou em uma noite caótica.

Segundo o jornal O Tempo, ao fim do show de Marília foram registrados 46 boletins de ocorrência e 14 pessoas foram presas. Além disso, a Praça da Estação, que recentemente havia passado por uma reforma, estava depredada. Também houve registros de arrastões, assaltos, roubos, briga entre moradores de rua e duas pessoas esfaqueadas.

##RECOMENDA##

Ainda de acordo com a publicação, a Polícia Militar de Belo Horizonte declarou que a empresa de eventos responsável pelo show não havia informado à prefeitura do que se tratava, de fato aquela noite. O nome de Marília Mendonça foi revelado apenas dois dias antes do show e já não havia tempo para elaborar nova estratégia de segurança do público. Estima-se que estiveram presentes na praça 100 mil pessoas, embora o  espaço comportasse apenas 15 mil. 

[@#video#@]

A dupla Sandy e Junior encheu o coração dos fãs ao anunciar um retorno - ainda que passageiro - para a comemoração dos 30 anos de carreira. Uma turnê para celebrar a história dos irmãos foi iniciada no dia 12 de julho, no Recife, e após rodar o Brasil, Nova Iorque e Lisboa, se prepara para deixar a estrada no em novembro, no Rio de Janeiro. Em entrevista, os artistas falaram sobre a nova separação e como estão lidando com elas. 

Após 12 anos do fim da dupla, e com carreiras solo consolidadas, Sandy e o irmão Júnior decidiram ouvir o clamor dos fãs e reatar a parceria em uma turnê comemorativa. O anúncio do projeto enlouqueceu o público que precisou de muita boa vontade para conseguir um ingresso nas cidades que receberiam os shows pois esses se esgotaram rapidamente. A tour Nossa História, que teria 10 shows previstos, acabou sendo estendida e, depois de passar por palcos internacionais - Nova Iorque e Lisboa - se prepara para encerrar os trabalhos no Brasil, com uma derradeira apresentação, no dia 9 de novembro, no Rio de Janeiro.   

##RECOMENDA##

Em entrevista ao UOL, os irmãos falaram sobre a nova separação da dupla que acontecerá com o fim da turnê comemorativa. Sandy  falou que está pronta para voltar para seu trabalho solo mas garante que ficará com saudade: "Vai ser diferente. Teve um ajuste constante de como lidar a ser dupla de novo, de ser 50% em todas as decisões. vais er confortável voltar, mas vai deixar uma saudade..". Já Júnior se mostrou tranquilo com o fim do projeto: "Não tem tanto peso, porque é uma turnê e depois acaba. Então é só alegria. Só diversão". 

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando