Cultura

| Cinema

A edição 2019 da Comic Con Experience, em São Paulo, está causando o maior frisson entre o público. No evento, os apaixonados por filmes, quadrinhos e séries tiveram uma presença ilustre neste sábado (7). Ryan Reynolds, protagonista do longa Deadpool, movimentou a CCXP dando atenção aos fãs que foram vê-lo de perto. A euforia foi tão grande que Ryan quase sofre um acidente.

Uma grade de proteção que separava as pessoas do astro hollywoodiano acabou caindo na feira. Por um triz, Ryan Reynolds não caiu junto; ele pulou rapidamente para o palco. Assustado e preocupado com a situação, o ator ficou acompanhando de perto se alguém havia se machucado, mas tudo não passou de um susto.

##RECOMENDA##

Confira o vídeo:

[@#video#@]

Neste sábado (7), a Warner Bros. divulgou o teaser do filme Mulher-Maravilha 1984. Previsto para estrear nos cinemas em junho de 2020, o longa-metragem terá o seu trailer liberado na íntegra neste domingo (8), mesmo dia da presença de atriz Gal Gadot na Comic Con Experience, em São Paulo. 

Os 24 segundos do vídeo publicado mostram Diana Prince (Gadot) usando sua inteligência e agilidade para combater o mal. Dirigido por Patty Jenkins, o filme conta no elenco com a participação de Kristen Wiige, Chris Pine, Connie Nielsen, Pedro Pascal, Gabriella Wilde, Ravi Patel e Natasha Rothwell.

##RECOMENDA##

Confira o teaser:

[@#video#@]

No início desta semana, profissionais do audiovisual detonaram a decisão da Agência Nacional do Cinema (Ancine) de retirar os cartazes de filmes nacionais do site oficial e das paredes da sede. Neste sábado (7), Kleber Mendonça Filho, diretor dos filmes O Som ao Redor, Aquarius e Bacurau, voltou a falar sobre a polêmica. Na sua conta oficial do Facebook, o cineasta reuniu astros do cinema internacional como forma de protesto contra a Ancine.

"Essa semana a Ancine tirou das suas paredes cartazes dos filmes brasileiros que a instituição sempre promoveu como parte da sua missão. O júri oficial do #festivaldemarrakech composto por atrizes, roteiristas, cineastas e escritores mandou fazer camisas para vestir no peito cartazes de filmes brasileiros e assim mostrar apoio ao Cinema Brasileiro", escreveu, publicando uma foto ao lado de David Michot, Rebecca Zlotowski, Tilda Swinton, Chiara Mastroianni, Atiq Rahimi, Andrea Arnold e Ali Essafi.

##RECOMENDA##

Internautas que acompanham o trabalho do pernambucano elogiaram a atitude. "É preciso contra-atacar. Esses fascistas passaram do limite", escreveu um dos usuários da rede social. "O que nos resta é resistir", comentou outra pessoa.

Confira:

[@#video#@]

Maurício de Sousa, o 'pai' da Turma da Mônica, animou os fãs dos seus quadrinhos com o anúncio da continuação do live-action da turminha para os cinemas. Ele revelou, durante sua participação na Comic Con Experience, que a sequência do longa-metragem deve chegar às telonas brasileiras em dezembro de 2020.

Acompanhado pelo elenco mirim que deu vida à Turma da Mônica, Maurício revelou que a continuação de Laços, primeiro filme live-action dos personagens, começará a ser rodado em janeiro de 2020. A produção contará com os mesmos atores mirins do primeiro longa e vai se chamar Lições.

##RECOMENDA##

O novo filme também vai trazer outros personagens do universo dos quadrinhos da Mônica e vai mostrar a turma em seu primeiro ano na escola. A direção ficará, novamente, a cargo de Daniel Rezende e a previsão de estreia nos cinemas é dezembro de 2020. 

 

Eddie Murphy, ator de vários filmes conhecidos de Hollywood como Um Príncipe em Nova York (que vai ganhar uma continuação!), participou, na última quinta-feira, dia 5, do programa Ellen DeGeneres Show e aproveitou para falar sobre os seus muitos filhos - mais especificamente dez!

Com idades que variam de um a 30 anos de idade, o astro comentou sobre como se sentia de ser pai de dez filhos.

##RECOMENDA##

- É engraçada a reação do público. Os homens meio que me olham tipo: Ele é louco! Quanto isso custa? Quando se trata de mulheres, a coisa é diferente. E as mulheres, tipo: Tem algo de sexy nisso, eu acho. Eddie Murphy deve estar fazendo o que gosta. Eddie Murphy está fazendo isso! Ele não brinca!, disse rindo.

Eddie é pai de Eric, 30 anos de idade, Bria, também 30 anos de idade, Christian, 29 anos de idade, Miles, 27 anos de idade, Shayne, 25 anos de idade, Zola, 19 anos de idade, Bella, 17 anos de idade, Angel, 12 anos de idade, Izzy, três anos de idade, e Max, um ano de idade, esse último com a atual noiva Paige Butcher. O ator compartilha a guarda dos filhos com a ex-Nicole Mitchell Murphy, Mel B das Spice Girls, Paulette McNeely e Tamara Hood Johnson.

Sobre a sua participação no novo longa Um Príncipe em Nova York 2, Eddie garantiu que vai ser surpreendente.

- Muitas pessoas tinham essa expectativa. As pessoas me disseram quando descobriram que eu estaria fazendo [o filme]: Não f**e com esse filme! Não mexa com ele! Nós fomos além do que qualquer um pensaria, assegurou.

O cineasta e professor Alexandre Figueirôa é um dos homenageados, na próxima segunda-feira (9), na edição de 2019 do Festival de Curtas de Pernambuco (FestCine). O evento ocorre entre os dias 9 e 14 de dezembro, no Cinema São Luiz, localizado no bairro da Boa Vista, área central do Recife. Na programação do festival há exibição de ficções, videoartes, documentários, animações e videoclipes. A entrada é gratuita.

Alexandre Figueirôa é doutor em cinema pela Sorbonne (França) e atualmente atua como professor adjunto do curso de Jornalismo da Universidade Católica de Pernambuco, da Especialização em Estudos Cinematográficos e da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Como diretor, realizou os curtas "Eternamente Ágora" (1987), com George Moura; "Eternamente Elza" (2013), com Paulo Feitosa; "Tudo se Liga, Siga" (2015), com Sérgio Dantas; "Kibe Lanches" (2017) e seu mais recente "Piu Piu" (2019).

##RECOMENDA##

Além de Figueirôa, o FestCine também homenageia Conceição Camarotti, atriz pernambucana conhecida por atuar com diretores como Cláudio Assis e Matheus Nachtergaele. Já participou de filmes premiados como “Texas Hotel" (1999), “A Febre do Rato" (2011), “A Festa da Menina Morta" (2008) e “Baixio das Bestas" (2006).

Mostra competitiva

O FestCine chega à sua 21ª edição com 49 filmes pernambucanos selecionados para a programação. Ao todo, 152 trabalhos de várias cidades do estado participaram do processo de inscrição.  O FestCine é realizado pelo Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife, e tem o objetivo de incentivar a produção audiovisual pernambucana.

Figueirôa participa ainda do festival com o curta “Piu Piu”, como era conhecido o ator, cenógrafo e figurinista Elpídio Lima, que foi, talvez, um dos primeiros transformistas do Recife. Nos anos 1950 e 1960, ele atuou na Companhia Barreto Junior, nos palcos dos teatros Almare e Marrocos, onde imitava as cantoras e atrizes Sarita Montiel e Carmem Miranda. Foi também um dos criadores da Companhia Tra-la-lá, de teatro rebolado. O filme será exibido na sessão da quarta-feira (11), às 20h.

Começa na próxima segunda (9), a 21ª edição do Festival de Curtas de Pernambuco (Festcine). Até o dia 14 de dezembro, serão exibidos, no Cinema São Luiz, 49 filmes pernambucanos selecionados para a programação do festival. Este ano, o evento homenageia o cineasta Alexandre Figuerôa e a atriz Conceição Camarotti. 

Para esta edição, inscreveram-se 152 trabalhos de várias cidades do estado de Pernambuco. Os selecionados concorrem a um total de R$ 58,5 mil em premiações, divididas entre a Mostra Competitiva Geral e a Mostra Competitiva de Formação. Será concedido, ainda, o Troféu Fernando Spencer para as produções que concorrem na Mostra Competitiva Geral, em diversas categorias. 

##RECOMENDA##

Além disso, a programação do Festcine conta com atividades formativas. A oficina Formatos Viáveis e midiativismo, voltada para jovens mulheres interessada em cinema, acontece entre os dias nove e 13 de dezembro, e será ministrada por educadoras do Ventana Filmes. As interessadas podem se inscrever pelo email festvinepe@gmail.com

PROGRAMAÇÃO DO 21º FESTCINE

Local: Cinema São Luiz (Rua da Aurora, 175 - Boa Vista, Recife/PE)

Acesso gratuito

Segunda-feira (9/12)

18h30 – Abertura do 21º FestCine

Mostra Competitiva Formação (56 minutos)

Classificação:

Espelhos (Documentário, 8 minutos), de Carol Lima.

Linha da Mão (Documentário, 17 minutos), de Victória Drahomiro.

O menino que tinha medo do rio (Ficção, 20 minutos), de Dir. Coletiva.

Notícias de São Paulo (Documentário, 11 minutos), de Priscila Nascimento.

Mostra Competitiva Geral (98 minutos)

Classificação:

Marie (Ficção, 25 minutos), de Leo Tabosa.

Não moro mais aqui (Animação, 10 minutos), de Laura de Araújo.

Corpo Em Brasa - Romero Ferro e Duda Beat (Videoclipe, 4 minutos), de Sâmia Emerenciano.

Deus te dê boa sorte (Documentário, 23 minutos), de Jacqueline Farias.

Terça-feira (10/12)

Mostra Competitiva Formação (55 minutos)

Classificação: 14 anos

A Última Feira (Documentário, 20 minutos), de Tharciele Santiago.

AA- (Ficção, 11 minutos) de Pedro Ferreira.

Cena Jazz (Documentário, 24 minutos) de Tiago Silva

Mostra Competitiva Geral (92 minutos)

Classificação: 14 anos          

Ex-Humanos (Ficção, 17 minutos), de Mariana Porto.

Barbas de Molho (Animação, 11 minutos), de Eduardo Padrão e Leanndro Amorim.

Nome de Batismo – Frances (Documentário, 16 minutos), de Tila Chitunda.

Revólver (Vídeo clipe, 4 minutos), de Cezar Maia.

Banzo (Experimental, 7 minutos), de Rafael Nascimento.

Caranguejo Rei (Ficção, 23 minutos), de Taciano da Silva.

Elos (Documentário, 12 minutos), de Juliana Lima.

Desumanize o Humano (Vídeo Clipe, 3 minutos), de Sérgio Dantas.

Quarta-feira (11/12)

19h – Mostra Competitiva Geral (58 minutos)

Classificação: 12 anos

BRAVO! (Documentário, 22 minutos), de João Gabriel Lourenço.

Legado e Resistência (Documentário, 10 minutos), de Dir. Coletiva.

FilmeClipe Favela em Crise – Marolas Crew (Documentário, 10 minutos), de Dir. Coletiva.

Nu Ngi Sénégal: Imigrantes no Recife (Documentário, 16 minutos), de Erick da Silva.

Mostra Competitiva Geral (92 minutos)

Classificação: 14 anos          

Volta Seca (Ficção, 21 minutos), de Roberto Veiga .

Um peixe pra dois (Animação, 10 minutos), de Chia Beloto  e Marila Cantuária.

Piu Piu (Documentário, 16 minutos), de Alexandre Figueirôa.

Corpo Monumento (Experimental, 18 minutos), de Alexandre Salomão.

Suporto Perder (Videoclipe, 7 minutos), de Cezar Maia.

O balido interno (Ficção, 15 minutos), de Eder Deó.

Zumbi (Videoclipe, 6 minutos), de Rafaela Gomes.

Quinta-feira (12/12)

18h30 – Mostra Competitiva Geral(100 minutos)

Classificação: 12 anos

Mansão do Amor (Ficção, 17 minutos) de Renata Pinheiro.

O mundo de Clara (Animação, 7 minutos) de Ayodê França.

Eu falo com todo mundo (Videclipe, 4 minutos), de Buguinha Dub e Costa Neto.

Hoje sou felicidade (Documentário, 20 minutos), de João Luís e Tiago Aguiar.

Rosário (Ficção, 19 minutos) Juliana Soares e Igor Travassos.

Quarto Negro (Ficção, 23 minutos), de Carlos Kamara.

Na busca do Conhecimento (Videoclipe, 4 minutos), de Cassiano Cassique.

Dias tão vermelhos (Experimental, 4 minutos), de Clara Gouvêa.

Hotel Central (Documentário, 18 minutos), de Tiago Martins Rêgo

Brega Protesto - Sem Destruição (Videoclipe, 3 minutos), de Dir. Coletiva.

Sexta-feira (13/12)

18h30 – Mostra Competitiva Geral (102 minutos)

Classificação: 16 anos

Até 10 (Ficção, 10 minutos), de Gabriel Coêlho.

Una - Faz Ideia (Videoclipe, 10 minutos), de Chico Ludermir.

Quando a chuva vem? (Animação, 8 minutos), de Jefferson Batista.

Naticoda (Experimental, 13 minutos), de Taciano Valério.

Atrofia (Ficção, 15 minutos ), de Geisla Fernandes e Wllyssys Wolfgang.

ARRETE - NUM ME ENCABULE (Videoclipe, 04 minutos), de Nathalia Simião.

Sambada dos Mascarados (Documentário, 24 minutos), de Chia Beloto e Rui Mendonça.

D-20 Vermelha (Ficção, 11minutos), de Djaelton Quirino.

Ouça o corpo falar (Experimental, 17minutos), de Ana Gabriela e Sofia de Oliveira.

Sábado (14/12)

17h – Sessão Especial com acessibilidade comunicacional

Classificação: Livre

Bacurau (Ficção, 130 minutos, 2019), de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles

19h – Sessão especial Mostra Documentando

20h – Cerimônia de Encerramento

Serviço

Festival de Curtas de Pernambuco - Festcine

Segunda (9) a sábado (14)

Cinema São Luiz

Gratuito 

A sétima arte é atração em quatro festivais de cinema que acontecem em dezembro na cidade de São Paulo. O Final de Semana do Cinema Chinês, o Festival Histórias de Cozinha, o Ciclo de Cultura Tradicional e a sexta edição do Festival Internacional Cinema e Transcendência apresentam obras clássicas e gratuitas para os cinéfilos da região metropolitana da capital paulista. Confira:

Final de Semana do Cinema Chinês

##RECOMENDA##

De 6 a 8 de dezembro, a partir da parceria entre os canais Arte 1 e China Movie Channel, o Museu da Imagem e do Som (MIS) realiza o evento. Como destaques, os longas "Xuanzang" (2009), "A Caminho da Escola" (2009) e "Melhor Noite de Todas" (2013). A programação completa está no site do MIS

Histórias de Cozinha

Programado para acontecer entre os dias 9 e 22 deste mês, as sessões prometem aguçar o paladar do público. Nesta mostra, o Cinusp Paulo Emílio exibe uma programação de duas semanas com títulos que apresentam relações culturais e afetivas da sociedade com a alimentação. É possível acessar os horários e os filmes em cartas no site do Cinusp

Ciclo de Cultura Tradicional

Em exibição na Associação Cultural Cachuera (ACC) entre 13 e 14 de dezembro, as sessões com curtas-metragens e documentários reproduzem a diversidade da produção cinematográfica de nomes de destaque entre quilombolas e comunidades indígenas. Além dos filmes, haverá debates com intelectuais do segmento. Os ingressos para os dois dias de “Ciclo” serão distribuídos no local do evento a partir das 18h do dia 13 de dezembro. Detalhes no Facebook da ACC

VI Festival Internacional Cinema e Transcendência

A sexta edição do evento acontece pela primeira vez no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). De 18 a 23 de dezembro, a programação traz reflexões sobre arte, espiritualidade e o pensamento da atualidade sobre as experiências humanas na Terra. Junto com a exibição de filmes de vários países, haverá debates e oficinas relacionadas com o tema do Festival. Programação no site do evento

Fernando Meirelles, diretor de Dois Papas, filme que estreou no catálogo da Netflix nesta quinta-feira (5), rasgou o verbo sobre a situação atual da política brasileira. Entrevistado pelo site americano Deadline, Meirelles criticou as atitudes do presidente Jair Bolsonaro.

"Nós temos um presidente no Brasil que é um tremendo idiota", disse. Em seguida, o cineasta afirmou: "Famílias estão se separando por causa desse cara. Isso é realmente estúpido, e ninguém fala com o outro. Então, a tolerância se torna algo realmente raro no meu país".

##RECOMENDA##

Além de ter trabalhado com os atores Anthony Hopkins e Jonathan Pryce em seu novo projeto cinematográfico, Fernando Meirelles coleciona no currículo sucessos como Cidade de Deus, O Jardineiro Fiel, Ensaio Sobre a Cegueira, Menino Maluquinho 2 - A Aventura, entre outros.

Nesta quinta-feira (5), a Disney divulgou um novo trailer do live-action Mulan. Sucesso entre crianças e adultos na década de 1990, o filme em sua nova versão irá estrear nos cinemas em março de 2020. Fiel à animação infantil, a guerreira aparece no teaser enfrentando desafios para proteger sua família.

Protagonizado pela atriz Liu Yifei, o longa-metragem é dirigido por The Niki Caro, com roteiro de Elizabeth Martin, Rick Jaffa, Lauren Hynek e Amanda Silver. Além de Liu, os atores Donnie Yen (Tung), Jason Scott Lee (Böri Khan), Yoson An (Cheng Honghui), Gong Li (Xianniang) e Jet Li (Imperador) completam o elenco.

##RECOMENDA##

Confira o trailer: 

Owen Wilson, conhecido pela atuação no filme Marley & Eu, terá que desembolsar 25 mil dólares - aproximadamente 104 mil reais na cotação atual - por mês para pagar a pensão alimentícia de Lyla, sua filha de um ano de idade com Varunie Vongsvirates, sua a ex-namorada.A pequena nasceu em outubro de 2018 e, até o momento, ainda não conheceu o pai, que declarou anteriormente em uma ação judicial que não queria fazer parte da vida da filha, segundo informações divulgadas pelo site Radar Online.

Como parte do acordo na justiça, Owen terá que pagar a pensão, além 70 mil dólares - aproximadamente 300 mil reais - por conta dos custos judiciais que Varunie teve e pela enfermeira que a modelo precisou contratar para cuidar da filha. Além disso, o acordo estabeleceu que a ex-namorada terá custódia completa de Lyla e tomará todas as decisões sobre a saúde, educação e bem-estar da criança. O ator também ficou encarregado de pagar um seguro de saúde para a filha, de acordo com o portal.

##RECOMENDA##

Owen também é pai de outras duas crianças, um menino de oito anos de idade fruto de seu relacionamento com a ex-namorada Jade Duell, e outro de cinco anos de idade de seu namoro com a personal trainer Caroline Lindqvist.

Apesar de ainda terem pouca representatividade no ramo de direção de filmes no cinema mundial, as mulheres tem sido cada vez mais reconhecidas e premiadas por seus trabalhos. Mas, apesar disso, poucas pessoas conseguem lembrar de filmes que foram dirigidos por mulheres, você consegue?

Para você refrescar a memória, e adicionar naquela lista de bons filmes para assistir, o LeiaJá listou grandes e premiadas produções que foram comandadas por mulheres. Confira:

##RECOMENDA##

O Piano (1993), Jane Campion

Divulgação

O drama O Piano foi escrito e dirigido pela neozelandesa Jane Campion e eleito o melhor filme de todos os tempos dirigido por uma mulher, segundo a BBC e considerado um dos expoentes da década de 1990. Ele tornou Anna Paquin, com apenas 11 anos, a segunda atriz mais jovem a vencer um Oscar.

Psicopata Americano (2000), Mary Harron

Divulgação

O filme Psicopata Americano é um thriller psicológico, co-escrito e dirigido por Mary Harron. O foi um sucesso financeiro e de críticas e usa o humor negro de forma inteligente. 

As Patricinhas de Beverly Hills (1995), Amy Heckerling

Divulgação

As Patricinhas de Beverly Hills é uma comédia romântica de Amy Heckerling. O filme é vagamente baseado no livro Emma, de Jane Austen, e recebeu bastante críticas positivas, levando os prêmios de ‘novos clássicos’ e ‘melhor comédia’, além de ter se tornado uma referência na moda.

Lady Bird: É hora de voar (2017), Greta Gerwig

Divulgação

Lady Bird é uma comédia dramática escrita e dirigida por Greta Gerwig. O longa concedeu 5 indicação ao Oscar, dentre elas a de melhor roteiro e direção para Greta e o prêmio Globo de Ouro de Melhor Filme.

Zama (2017), Lucrecia Martel

Divulgação

O drama Argentino, Zama, foi escrito e dirigido por Lucrecia Martel, e selecionado como representante do seu país para o Oscar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro em 2018. O longa possui no elenco o ator brasileiro Matheus Nachtergaele.

Você nunca esteve realmente aqui (2017), Lynne Ramsay

Divulgação

O suspense Você nunca esteve realmente aqui, foi escrito e dirigido por Lynne Ramsay. Estreou no Festival de Cannes em 2017, onde venceu os prêmios de melhor roteiro e o de melhor ator para Joaquin Phoenix (atualmente protagonista do Coringa).

Matrix (1999), Lana e Lilly Wachowski

Divulgação

O longa de ação e ficção científica Matrix, assim como os seguintes filmes da trilogia foram dirigidos pelas irmãs Lana e Lilly Wachowski. O filme venceu 4 Oscar e consagraram as irmãs no mercado. Conhecidas como The Wachowski, as irmãs ainda possuem na filmografia os filmes ‘V de Vingança’, ‘O Destino de Júpiter’ e a série ‘Sense8’, entre outros trabalhos.

Docinho da América (2016), Andrea Arnold

Divulgação

O filme Docinho da América foi escrito e dirigido por Andrea Arnold, e é um drama de estrada. Andrea recebeu muitas críticas positivas quanto a seu desempenho e o filme ganhou o Prêmio do Júri de 2016 no Festival de Cannes.

Monster: Desejo assassino (2003), Patty Jenkins

Divulgação

O drama americano escrito e dirigido por Patty Jenkins foi baseado em uma história real. O filme rendeu 17 prêmios a Charlize Theron, protagonista do filme, entre eles o Oscar e o Globo de Ouro de Melhor atriz. O filme também recebeu indicação para o Urso de Ouro no Festival de Berlim.

A 13ª Emenda ( 2016), Ava DeVernay

Reprodução / Netflix

A 13ª Emanda é um documentário dirigido por Ava DeVernay. Com temática voltada ao sistema carcerário e étnico dos Estados Unidos, abordando a alteração na constituição que permite o encarceramento em massa, como uma alternativa para manter o trabalho braçal após o fim da escravidão. O filme recebeu o BAFTA Awards na categoria de Melhor Documentário.

Maria Antonieta (2006), Sofia Coppola

Reprodução / Filme

O drama biográfico Maria Antonieta, foi escrito e dirigido por Sofia Coppola e conta a história da rainha consorte até o período da Revolução Francesa. O filme ganhou o Oscar de Melhor Figurino e foi indicado a diversos prêmios. Houveram algumas críticas negativas quanto a retratação de figuras históricas e eventos, apesar de sua maior locação ter sido o Palácio de Versalhes.

Que horas ela volta? (2015), Anna Muylaert

Divulgação

O drama Que horas ela volta? foi escrito e dirigido por Anna Muylaert e aborda os conflitos de uma empregada doméstica e seus patrões de classe média alta, numa crítica à desigualdade social brasileira. O filme recebeu uma ótima avaliação da crítica, assim como grandes prêmios em festivais pelo mundo como o Festival de Berlim.

Adam Sandler foi considerado o Melhor Ator do ano pela National Board of Review, organização formada por críticos de cinema e profissionais da indústria cinematográfica dos Estados Unidos e considerada uma das principais prévias ao Oscar. A escolha foi anunciada na última terça-feira, dia 12. O ator levou o prêmio por causa de sua atuação em Uncut Gems, onde interpreta um vendedor de joias de Nova York. O trabalho está sendo apontado como um dos melhores papeis da carreira do ator. O longa-metragem ainda levou o prêmio de Melhor Roteiro Original.

Já o prêmio de melhor filme de 2019 foi para O Irlândes, da Netflix e produzido e dirigido por Martin Scorsese. O longa ainda foi homenageado nas categorias de Melhor Roteiro Adaptado e com o Icon Award para o diretor e as estrelas Robert De Niro e Al Pacino, que protagonizam o filme.

##RECOMENDA##

Renée Zellweger ficou com o troféu de Melhor Atriz, por Judy, enquanto Quentin Trantino recebeu o prêmio de Melhor Diretor por Era uma Vez em...Hollywood, protagonizado por Brad Pitt e Leonardo Di Caprio. O ex-companheiro de Angelina Jolie, aliás, foi vitorioso na categoria de Melhor Ator Coadjuvante pela atuação no longa.

O Brasil não levou prêmio em nenhuma das categorias, no entanto, ficou muito bem representado pelo filme A Vida Invisível, que entrou para a lista dos cinco melhores filmes de língua estrangeira - a categoria foi vencida por Parasita, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes deste ano.

Vale lembrar que, em 2018, o National Board of Review premiou o filme Green Book: O Guia como Melhor Filme do Ano e, alguns meses depois, a produção venceu o Oscar na mesa categoria, provando a influência da organização à principal premiação do cinema.

A seguir, veja a lista completa dos vencedores:

Melhor filme

O Irlandês

Melhor Diretor

Quentin Tarantino - Era uma Vez em... Hollywood

Melhor Ator

Adam Sandler - Uncut Gems

Melhor Atriz

Renée Zellweger - Judy

Melhor Ator Coadjuvante

Brad Pitt - Era uma Vez em... Hollywood

Melhor Atriz Coadjuvante

Kathy Beates - O Caso Richard Jewell

Melhor Roteiro Original

Josh Safdie, Benny Safdie, Ronald Bronstein - Uncut Gems

Melhor Roteiro Adaptado

Steven Zaillian - O Irlandês

Melhor Revelação

Paul Walter Hauser - O Caso Richard Jewell

Melhor estreia na direção

Melina Matsoukas - Queen & Slim

Melhor Animação

Como Treinar Seu Dragão 3 - Como encontrar o Mundo Escondido

Melhor Filme em Língua Estrangeira

Parasita

Melhor Documentário

Maiden

Melhor Conjunto

Entre Facas e Segredos

Realização de destaque na cinematográfica

Roger Deakins - 1917

Prêmio NBR Icon

Martin Scorsese, Robert De Niro, Al Pacino

Prêmio NBR de Liberdade de Expressão

For Sama

Prêmio NBR de Liberade de Expressão

Just Mercy

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) tomou uma decisão drástica. Depois de limitar recursos para projetos do audiovisual, a agência acabou retirando do site oficial os filmes que estão nos cinemas brasileiros. Além da internet, os cartazes que estampavam os corredores da Ancine também foram removidos das paredes, segundo informações do jornal O Globo.

No dia 16 agosto, o presidente Jair Bolsonaro afirmou em uma live no Facebook que filmes LGBT teriam recursos vetados pela Ancine, negando que a decisão de barrar as produções com essa temática era uma forma de censura, mas que os projetos fossem financiados por iniciativa privada. "Quem quiser pagar, que fique à vontade. Não iremos interferir em nada. Mas, fomos garimpar na Ancine filmes que estavam sendo prontos para ser captados recursos no mercado", disse.

##RECOMENDA##

Vivendo sob ameaças de um filtro cultural, a Ancine patrocinou filmes que acabaram sendo premiados. Entre as produções estão os sucessos Aquarius, O Palhaço, Tropa de Elite, Cidade de Deus e Que Horas Ela Volta?, esse último protagonizado pela atriz Regina Casé e dirigido por Anna Muylaert.

De 13 a 15 de dezembro, no Shopping Paço Alfândega, no Bairro do Recife, será realizado o Festival Anime Fama. Os fãs de quadrinhos irão se reunir para prestigiar os vencedores do prêmio Power-Kon Recife - Melhores do Ano. A premiação vai eleger destaques de diversas áreas da Cultura Pop que repercutiram em 2019. Entre as novidades está uma homenagem ao Batman.

Para celebrar os 80 anos do super-herói da DC Comics, um Bat-Sinal será projetado na capital pernambucana. O show de luzes, com o famoso morcego reproduzido no céu, acontecerá no terraço do shopping no próximo dia 13, às 18h. Assim como em Recife, o sinal já foi ativado em São Paulo, Nova York, Londres, Los Angeles e Barcelona.

##RECOMENDA##

Além de homenagear o Batman, a organização vai lembrar também os 90 anos do marinheiro Popeye, e haverá um tributo a Stan Lee, um dos fundadores da Marvel. O Festival Anime Fama terá ainda concurso de Cosplay e K-pop, feira de quadrinhos, exposição Star Wars, presença de convidados especiais, exibição de curtas e animações, entre outras atividades. A entrada para o evento é gratuita.

A Marvel divulgou, nesta terça (3), o primeiro trailer do filme da Viúva Negra. Scarlett Johansson volta ao papel da agente Natasha Romanoff para o primeiro longa solo da heroína. A prévia mostra uma história a parte dos Vingadores e apresenta outros personagens. 

No trailer, é possível ver algumas das cenas de ações e vilões que Natasha vai enfrentar. O filme mostra passagens da infância da personagem, o encontro e o embate com Yelena Belova, e o Guardião vermelho, uma espécie de Capitão América.

##RECOMENDA##

O elenco conta também com Florence Pugh, que dá vida a Yelena, Rachel Weisz, como Melina Vostokoff e David Harbour, como o Guardião Vermelho. O filme chega ao Brasil em 30 de abril de 2020. 

[@#video#@]

 

Com a chegada do mês de dezembro, está aberta oficialmente a temporada natalina. Além das decorações, espalhadas por todas as cidades, e Papais Noéis, que recebem as crianças em shoppings e centros de compras ao redor do país, os serviços de streaming também estão no clima do Natal com uma programação voltada a esse tema. O LeiaJá fez uma lista com alguns dos títulos disponíveis na Netflix para curtir com toda a família. Confira. 

Klaus

##RECOMENDA##

A animação conta a origem do Papai Noel a partir da improvável amizade de um jovem carteiro com um fabricante de brinquedos. Os atores brasileiros Rodrigo Santoro, Daniel Boaventura e Fernanda Vasconcellos fazem a dublagem da versão nacional. 

Deixe a neve cair

Uma nevasca, em plena véspera de Natal, isola uma pequena cidade e acaba colocando em jogo relações de amizade, romances e o futuro de um grupo de jovens. 

Um Natal quase perfeito

Quatro irmãos se reúnem para o primeiro Natal após o falecimento de sua mãe. Junto ao pai, o viúvo, eles se defrontam com vários dramas e problemas familiares. 

O feitiço do Natal

Uma fotógrafa desanimada com a vida acaba encontrando um calendário mágico que parece prever o futuro. A misteriosa peça pode ajudá-la a encontrar um novo amor. 

Natal em El Camino

Estranhos acabam reféns em um suposto assalto a uma loja de bebidas na véspera do Natal. Em meio à situação caótica, eles acabam criando vínculos inesperados. 

Crônicas de Natal

Após causarem um acidente com o trenó do Papai Noel, dois irmãos, Kate e Teddy, entram em uma corrida desenfreada para tentar salvar o Natal. 

O Natal de Angela

Nesta animação, a pequena Angela tem uma ideia bem diferente na véspera de Natal. O filme é baseado em um conto de Frank McCourt. 

Cartão de Natal

A empresária Ellen precisa visitar a pequena cidade de origem do pai para herdar a empresa da família. Lá ela se depara com lições de altruísmo e trabalho duro.

O resgate dos desejos de Natal

As cartinhas de uma pequena cidade, endereçadas a Noel, acabam virando cinzas acidentalmente. Dois elfos decidem se aventurar para recuperar cada pedido feito. 

Especial de Natal Porta dos Fundos: A primeira tentação de Cristo

Após ter sido premiado com o Emmy de Melhor Comédia pelo seu primeiro especial de Natal da Netflix, o Porta dos Fundos está de volta com mais um episódio temático. Neste, Jesus está fazendo 30 anos e traz um convidado surpresa para conhecer a família. 

Protagonistas que encaram passar por cima de tudo e todos não conseguem um final feliz sem transitar pelos planos asquerosos dos vilões. Se em até contos de fadas existem maldades, nas grandes produções cinematográficas destinadas ao público adulto o assunto não pode ser dispensado.

Aterrorizando o público com atuações de deixar qualquer pessoa assustada, o LeiaJá selecionou atores que fizeram sucesso nos cinemas com personagens malvados, tensos e icônicos.

##RECOMENDA##

Heath Ledger

Personagem: Coringa / Filme: Batman: O Cavaleiro das Trevas 

Ralph Fiennes

Personagem: Amon Goeth / Filme: A Lista de Schindler

Jack Nicholson

Personagem: Jack Torrance / Filme: O Iluminado

Leandro Firmino

Personagem: Zé Pequeno / Filme: Cidade de Deus

Billy Campbell

Personagem: Micth / Filme: Nunca Mais

Anthony Hopkins

Personagem: Hannibal Lecter / Filme: O Silêncio dos Inocentes

Malcolm McDowell

Personagem: Alex DeLarge / Filme: Laranja Mecânica

Anthony Perkins

Personagem: Norman Bates / Filme: Psicose

A empresa norte-americana Xfinity, que promove serviços de internet, telefone e TV por assinatura, divulgou um comercial que cativou o coração do público mais nostálgico. Na última quinta-feira (28), a companhia lançou o vídeo do retorno do personagem E.T. - que, após 37 anos, vem à Terra para visitar o seu amigo Elliot pela segunda vez. 

Durante a propaganda, E.T. descobre que Elliot constituiu uma família e que parece feliz e com uma vida bem estruturada. O extraterrestre também percebe que a tecnologia da Terra evoluiu drasticamente desde a sua última visita. Como da última vez, ele fica um tempinho ao lado do amigo - e até posa para uma foto com Elliot e toda a sua família.

##RECOMENDA##

Até o momento, o comercial atingiu mais de três milhões de visualizações.

[@#video#@]

Carla Diaz abriu o jogo sobre como foi interpretar Suzane von Richthofen nos cinemas! De férias após o longo período de filmagens, a atriz contou em entrevista à Patrícia Kogut que se sentiu preparada psicologicamente para encarar o papel por causa de suas experiências de mais de dez anos como atriz:

- Aprendi a lidar com as cenas psicologicamente fortes. É claro que fiquei ansiosa em muitos momentos, já que nunca tinha feito nada com uma carga emocional tão pesada, ainda mais por se tratar de uma história real. Mas conseguia me desligar ao fim de cada dia de filmagem. Foi como qualquer emprego que tem dias ruins e bons.

##RECOMENDA##

A atriz ainda falou sobre as críticas que recebeu por ter aceitado o papel, já que muita gente ficou dividida sobre a criação do filme, acreditando que um crime tão cruel não deveria ser retratado nas telonas:

- As pessoas envolvidas são muitos sérias e tudo foi feito com responsabilidade. Além do mais, todo ator quer fazer um trabalho que o tire da zona de conforto e que ganhe destaque. Como esse crime é um caso emblemático no país, a produção vem gerando uma expectativa grande. A forma inovadora como ela foi concebida também me conquistou desde o início.

Páginas

Leianas redes sociaisAcompanhe-nos!

Facebook

Carregando